browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

China: Tufão In-Fa em Xangai evacua Centenas de Milhares, cancela voos e suspende serviços de trem

Posted by on 25/07/2021

Shanghai region braces for typhoon In-fa after flooding in central China | BusinessCentenas de milhares de pessoas foram evacuadas das áreas costeiras da cidade chinesa de Xangai na medida que o tufão In-Fa atinge a costa ao sul. Todos os voos para a cidade e os serviços de trem de alta velocidade foram suspensos. Xangai emitiu o segundo maior alerta de tufão, já que o In-Fa deve atingir o distrito de Pudong, no sul da cidade, em outro landfall nesse final do domingo. O tufão já atingiu a cidade de Zhanshan, na província de Zhejiang, ao sul de Xangai, na manhã de domingo, com ventos atingindo velocidades de mais de 136 km / h, de acordo com a mídia chinesa. 

China: Tufão In-Fa em Xangai evacua Centenas de Milhares, cancela voos e suspende serviços de trem

Fonte:  Rússia Today

Um vídeo postado nas redes sociais mostra o céu sobre a cidade escurecido por nuvens negras de tempestade pairando sobre os arranha-céus de Xangai.

Cerca de 330.000 pessoas já foram evacuadas das áreas costeiras da cidade, incluindo o distrito de Fengxian. Mais de 100.000 funcionários públicos e trabalhadores foram enviados às ruas da cidade como parte das medidas de prevenção de enchentes iniciadas pelas autoridades locais.

Todos os voos de passageiros de e para os dois aeroportos de Xangai foram cancelados no domingo. Os portos da cidade – alguns dos centros de navegação mais movimentados do mundo – evacuaram milhares de navios. O aeroporto internacional de Hangzhou – uma cidade a sudoeste de Xangai – cancelou todos os voos.

Várias linhas de ônibus em Xangai também foram suspensas para evitar que os ônibus cruzassem as pontes sobre alguns rios. Todos os trens de alta velocidade com destino a Xangai foram suspensos a partir da noite de domingo.

O tufão já atingiu a cidade de Zhanshan, na província de Zhejiang, ao sul de Xangai, na manhã desse domingo, com ventos atingindo velocidades de mais de 136 km / h, de acordo com a mídia chinesa. Outro vídeo postado online mostra ventos rasgando uma rua em uma velocidade incrível.

O tufão deve passar pela Baía de Hangzhou e fazer outro landfall no final do domingo, afetando potencialmente a província de Zhejiang e Xangai. As imagens mostram pessoas na cidade já em busca de abrigo da chuva pesada e do vento forte.

O tufão In-Fa surge num momento em que a China se recupera das enchentes devastadoras que atingiram a província central de Henan, ceifando a vida de dezenas de pessoas e levando as autoridades a evacuar centenas de milhares.

tufão antes despejou chuva com fortes ventos na Ilha de Taiwan e derrubou galhos de árvores, no entanto, nenhuma morte ou acidente foi relatado. Estava com ventos sustentados de 155 quilômetros (95 milhas) por hora, com rajadas de até 191 km / h (120 mph).

Centenas de voos nos aeroportos de Shanghai Pudong e Shanghai Hongqiao foram cancelados e outros foram cancelados na segunda-feira [hora local], informou a TV estatal em seu site. Os parques fechados de Xangai e no distrito ribeirinho de Bund, um espaço preferido para os turistas.

Xangai cancela voos e fecha aeroportos porque a China se prepara para o chegada do tufão In-fa

O aeroporto internacional de Hangzhou, a sudoeste de Xangai, cancelou voos adicionais. O serviço de trem para Ningbo, uma metrópole portuária ao sul de Xangai, foi suspenso, em comunicado d TV estatal. A ponte Zhoushan que conecta as ilhas próximas a Ningbo foi fechada. Escolas, mercados e empresas na província de Zhejiang haviam sido condenados anteriormente ao fechamento.

No sábado, navios porta-contêineres gigantes foram transferidos do porto de Yangshan, em Xangai, uma das instalações de entrega de mercadorias via maritíma mais movimentadas do mundo. A TV estatal mencionou que um bloqueio de navio em Nantong, que faz fronteira com Xangai ao norte, parou de lançar navios no rio Yangtze.

Enquanto isso, no centro da China, o número de mortos subiu para 58 depois que chuvas atingiram a metrópole mais importante de Zhengzhou na terça-feira, informou a TV estatal. As chuvas inundaram o túnel do metrô de Zhengzhou, onde não menos de 12 pessoas morreram, acabou com a energia de um hospital e de vários prédios e deixou as ruas cheias de lama. As equipes de resgate usaram escavadeiras e barcos de borracha para evacuar os residentes de áreas que também estavam submersas, em resposta ao jornal The Paper, de Xangai.


{N.T. “Haverá muitas mudanças  dramáticas no clima do planeta, muitas mudanças nas condições meteorológicas na medida em que o TEMPO DA  GRANDE COLHEITA se aproxima RAPIDAMENTE ao longo dos próximos anos. Vocês vão ver a velocidade do vento em tempestades ultrapassando 300 milhas (480 quilômetros) por hora, às vezes. Deverão acontecer  fortes TSUNAMIS e devastação generalizada NAS REGIÕES COSTEIRAS, e uma emissão de energia solar que fará importante fusão e derretimento das calotas de gelo nos polos, e subseqüente aumento drástico no nível do mar, deixando muitas áreas metropolitanas submersas em todo o planeta“. FONTE 


Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

thoth(172x226)www.thoth3126.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.