browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Colônias com escravos humanos nas Bases em Marte

Posted by on 06/03/2018

Bem-vindos à Divulgação Cósmica. Eu sou David Wilcock e eu estou aqui com Corey Goode, um informante  insider, um homem cujas experiências realmente revolucionaram o que sabemos sobre o fenômeno UFO-OVNI como um todo, e particularmente o que sabemos sobre um grupo dentro do Complexo Industrial Militar (grandes corporações dos EUA e Europa) que explorou e colonizou o espaço e construiu uma grande quantidade de bases habitadas em nosso sistema solar para fins de crescimento industrial através da exploração de minérios e comércio com uma grande variedade de civilizações extraterrestres. 

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Bases com escravos humanos em Marte, controladas pela Cabala e o Interplanetary Corporate Conglomerate (ICC-SSP) – Conglomerado Empresarial Interplanetário

Fonte:  https://spherebeingalliance.com/

Entăo, Corey, bem-vindo ao show.

CG: Obrigado.

DW : Nós temos conversado em episódios anteriores sobre esta cadeia de eventos muito bizarros que começa a acontecer quando você é puxado de volta para o programa espacial secreto – SSP-Secret Space Program, depois de anos de ausência. Nós falamos sobre a figura enigmática do Tenente Coronel Gonzalez – que não é o seu nome real. E pareceu que até que esta barreira exterior imposta ao sistema solar pelos sere Blue Avians aparecesse que a Cabala não imaginava realmente que eles seriam parados em seus nefastos planos. Você concorda com isso?

CG: Eles achavam que nada pudesse detê-los. Seus aliados no reino dos ETs no mundo Etérico eram muito fortes. Seus “deuses” estavam apoiando-os, e nós éramos (a humanidade) apenas comedores inúteis que são descartáveis, e de que não havia nenhuma possibilidade de eles serem impedidos.

DW : Você pode nos dizer o que você sabe sobre o despertar da estase dos seres que parece ter ocorrido nos subterrâneos? Por que a Cabala estava interessada nesses seres em estase, e o que aconteceu quando eles acordaram?

CG: Assim como quando as grandes esferas começaram a aparecer no sistema solar, eles pensaram que eram os seus deuses sumérios retornando.

DW: Eles achavam que os seres em estase eram dessas esferas – ?

CG: As próprias esferas são seres (consciência).

DW: Oh. Sim.

CG: Eles também pensavam que os seres em estase, que eles estavam visitando e adorando e achavam que eles também eram seus deuses. E quando eles começaram a reviver, a despertar, eles ficaram desapontados mais uma vez. Esses seres estavam despertando e estavam confusos e perturbados, e pelo que me disseram, foram então enviados com outro grupo que pode ou não ser ETs, para reunirem-se ao seu povo, o que, eu não sei se isso é informação precisa ou não proveniente dessa fonte.

DW: Então, se a fonte estiver correta, então esta foi uma grande decepção para os membros da Cabala das Trevas.

CG: Uma de muitas.

DW: Eles pensaram que um de seus deuses iria acordar e basicamente salvar seus traseiros de tudo o que estava acontecendo.

CG: Certo.

DW: E eles não conseguiram o que queriam.

CG: Certo, e isso mais uma vez desmoralizou a Cabala. E um dos mais fortes programas de espaço secreto, o ICC , depois do recente encontro com os reptilianos da espécie Draco Real Brancos, quando eles ofereceram a todos os seus seguidores humanos em troca de que eles fossem autorizados a deixar o sistema solar para o exterior da barreira, o ICC estava começando a capitular em algumas coisas. E depois que muita informação foi lançada sobre as colônias de escravos das bases em Marte, que foi uma grande dor de cabeça para a Cabala e o Interplanetary Corporate Conglomerate (ICC-SSP) Conglomerado Empresarial Interplanetário.

DW: Isso soa como se a Cabala estivesse esperando que eles iriam dizer a verdade em algum momento. Ou é mais que eles agora têm que dizer a verdade, e eles estão preocupados sobre como ela será apresentada?

CG: Bem, neste momento, eles já sabem que uma grande percentagem de altos personagens no ranking da “Cabala”, o governo (oculto, das trevas) secreto da Terra e membros secretos do governo da Terra, tinham desertado com muita informação semelhante à que Snowden revelou, e eles estavam se juntando à SSP-Alliance, a Aliança do Programa Secreto Espacial, e concordando em algum momento em testemunhar contra eles. E muito bem eles estavam vendo e ouvindo que haveria uma gigantesca liberação de informações secretas  no futuro de toda essa manipulação sobre seus crimes contra a humanidade. E uma oferta estranha surgiu do ICC-Conglomerado Empresarial Interplanetário através de uma negociação que eles queriam provar que as coisas não eram tão ruins em Marte como havia sido alegado através de relatórios recentes que eu tinha liberado e que outros insiders informantes estavam começando a liberar na Internet, sobre a existência de trabalhadores “escravos nas colônias” humanas em Marte, e que essas pessoas estariam lá por vontade própria,

DW: Então, em certo sentido, a versão do ICC-Conglomerado Empresarial Interplanetário da Cabala agora está antecipando vários denunciantes que têm muito conhecimento de alto nível de que vai vir à público e incriminá-los bastante. E por causa da importância que eles vêem em você, eles querem que você apresente um show que iria tentar melhorar suas preocupações sobre eles e fazer todo mundo parecer que todos estão unidos e de mãos dadas e cantando “Kumbaya” em Marte.

CG: Não era tudo a meu respeito. Foi mais um show para os representantes do conselho da SSP-Alliance, sendo Gonzales e eu.

esferas-energia-corey-goode

DW: Eu acho que um dos problemas que algumas pessoas vão ter com isso é – se a missão deste programa espacial é tão importante para a Aliança, por que eles o jogariam aqui como um canário numa mina de carvão? Por que eles não implantariam cinco pessoas diferentes em que todos saberiam o que você sabe, por exemplo?

CG: Me foi  dito – e eu estava esperando antes, mais para aparecer. E eu estou desafiando você agora lá fora, aqueles que estão lá fora – a começarem a avançar! Há muitas pessoas lá fora que sabem muito do que eu tenho falado. E, como eu disse no passado, assisti a muitos no passado que falaram com você, até mesmo, caminhando até a linha limite, parar e esconder o rosto, e depois desaparecer do público. E há um monte de gente que conhece estas informações ou partes compartimentadas desta informação que poderiam vir à público, e eu acredito que estará vindo com informações semelhantes, corroborando o que aqui revelamos.

DW: Sim, e na verdade o primeiro convidado que queríamos ter no show “Divulgação” foi Henry Deacon. E eu pessoalmente paguei o bilhete para ele voar e vir aqui, e logo antes que ele estivesse vindo para conversar conosco, logo antes, ele foi muito severamente ameaçado. E isso incendiou tudo. Então, parte de, talvez, por que mais pessoas não se apresentaram é apenas a gravidade da força e coerção que é usada para tentar impedir que isso venha à público. Porque eu falei com várias outras pessoas que sabem muitas informações do mesmo tipo que você sabe, nenhum deles quis vir para a frente e falar.

CG: Está na hora.

DW: Então o ICC não está apenas apresentando isso para você e seus leitores na Internet. Eles estão antecipando que você é tipo a primeira pedra de uma avalanche que vai atingi-los. E eles querem fazer esse show para a SSP-Alliance como um todo.

CG: Certo. E isso estava em antecipação também dessa liberação de informações. E eles estão querendo começar a dar uma volta na situação.

DW: Apenas uma recapitulação que, no caso de alguém ter perdido esse episódio, você disse que a N.S.A. estava cortando todo o material do SSP-Programa Espacial Secreto. Eles estavam…

CG: Bem, o que Snowden tem nas mãos, a NSA cometeu um dos erros cardinais de colocar todos os seus ovos numa só cesta. E eles estavam excessivamente confiantes. E eles tinham todos os tipos de informações que estavam usando para chantagear políticos e pessoas de todo o mundo. E eles tinham informações secretas do Programa Espacial Secreto, todas altamente criptografadas.

Snowden conseguiu esperar e ficou expatriado fora dos EUA, agora na Rússia. E as informações que ele estava enviando por satélites há algum tempo. Ele não tinha apenas um pequeno disco rígido no bolso traseiro quando fugiu. Ele tinha toneladas, terabytes e terabytes, de informações secretas.

DW: Eu ouvi a mesma coisa.

CG: Tudo isso agora foi totalmente descriptografado muito recentemente.

DW: Como foi liberado em junho de 2015, por aí (a última liberação foi agora em Março de 2017, documentos da CIA)?

CG: Sim, muito recentemente. Então tudo isso – eles ainda estão passando por isso. É apenas recentemente foi descriptografado. E então temos tudo isso – toneladas e toneladas de mais informações nestes hacks recentes que as pessoas ouviram falar um pouco. E por isso esta é a informação que o ICC está preocupado. E isso nos leva a por que eles se ofereceram para ter um tipo de inspeção da OTAN de uma de suas colônias de “nossa” escolha em Marte para inspecionar a condição, as condições de vida dos colonos de Marte.

DW: Quantas colônias em Marte você está ciente de existir?

CG: Existem dezenas de colônias, instalações e plantas industriais (do ICC-Conglomerado Empresarial Interplanetário) que constroem tecnologias. E muitas dessas colônias estão nos arredores dessas instalações. E as pessoas são transportadas para trabalharem nesses locais.

DW: Bem, eu acho que isso faria sentido se você tem um planeta inteiro em que haveria dezenas de instalações no planeta.

CG: E foi um desses tipos de instalações que para nós fomos levados, para fazer uma inspeção.

DW: Então, vamos conversar sobre essa história, começando com – você está em casa. Você recebeu um telefonema de Gonzales ou algo para lhe dizer quando isso ia acontecer?

CG: Sim, eu fui avisado de que ia acontecer a visita de inspeção. Eu não antecipei o momento certo. Entrei na minha sala. Eu não tinha sequer me vestido ainda. E o pequeno orbe azul, meu velho amigo, surgiu voando para dentro da sala através de minha porta de vidro deslizante, porta que dá para o pátio, e passa direto através do vidro e começou a ziguezaguear ao redor.

DW: Qual o tamanho dela neste momento?

CG: Era cerca deste tamanho. (2 polegadas de diâmetro – 5 centímetros)

DW: E parecia tipo uma bola de golfe, como um tipo de bola redonda?

CG: mmHmm. (Sim) E eu sabia que eu não ia ser capaz de voltar para o meu quarto, para me trocar e tudo o mais. Então, eu basicamente fiquei lá, coloquei minhas mãos assim (braços abertos com as palmas voltadas para cima), e eu mentalmente deixei que o orbe azul soubesse – Estou pronto. E ele se desloca direto,  à distância de cerca de 18 centímetros do meu peito, e se expande. Agora estou flutuando dentro e no meio dela. E é uma sensação estranha, do tipo uma bolha espaço-temporal na medida em que o orbe azul, whoosh, decola.

corey-goode-teletransporte-esfera-azul

DW: E qual é o sentido da duração do tempo quando isso acontece? Quanto tempo você fica dentro  dela ?

CG: Momentos.

DW: É muito rápido.

CG: Muito rápido.

DW: Você não experimenta um senso de movimento ou estrelas?

CG: Não. Há uma sensação de movimento no início, mas de repente, você já está em sua localização de destino. E há uma sala da qual me tornei muito familiarizado no LOC (a Base Lunnar Operation Command, na Lua) . É uma sala de conferências muito grande. Desde então, ele tem sido usado com tanta frequência para este tipo de ir e vir de não só eu, mas muitos dos civis que foram criados para fazer o que eles estão fazendo lá. Mas isso é um assunto diferente.

DW: Os Programas Espaciais alguma vez lhe disseram se eles têm uma maneira de bloquear a Cabala para fora daquela área para que não possam ser espionados? Por que essa área seria segura?

CG: Não. Esta é uma instalação que tem de ser … é uma instalação compartilhada que às vezes não temos acesso porque os grupos da Cabala a estão usando. Mas a mesa principal foi posta contra a parede durante meses agora para haver uma área maior da sala de conferência aberta.

DW: Só para que mais pessoas pudessem participar?

CG: Certo, porque houve momentos de um grande número de pessoas lá ao mesmo tempo, cerca de 70 ou mais pessoas. E assim, eu apareço lá. Pouco depois de eu chegar, um dos agentes de segurança entra. E eu digo a ele que preciso de algo para vestir. Ele me pergunta que tamanho eu sou e ele me olha de cima para baixo. E ele sai, volta, traz um … geralmente quando eu não estou preparado, me são cedidas roupas usadas. E essa era muito, muito nítido.

DW: Tinha pelo menos sido lavada?

CG: Sim. Era um macacão e um novo par de botas quase exatamente como estas, que têm ziper no lado para passar por pontos de segurança onde você pode tirá-las rápido e, em seguida, calça-las de volta, tinha laços na frente que eram novos, nunca foi usado. Mas eu estava apenas de pé lá vestindo shorts, camiseta t-shirt, e calçando chinelos de dedos. Então eu estava totalmente despreparado.

DW: Então, você se vestiu.

CG: Então, depois que eu me vesti, eu fiquei esperando um pouco. E o pessoal da segurança veio e me escoltou para uma das baías de lançamento, ou para as áreas onde eles mantêm a espaçonave de transporte (shuttle). E quando saí,  um grupo de pessoas em pé, num semicírculo, conversando. E Gonzales me viu chegando e me reconheceu, e eu vi o representante do ICC de pé ali. E havia vários conselheiros do Programa Espacial Secreto-SSP lá de pé, basicamente desejando uma boa missão, esperando que tudo fosse um sucesso – um tipo de conversa política.

DW: O presidente do ICC, é um extraterrestre? É um reptiliano ou algo assim?

CG: Não, este era um ser humano. Ele era um membro do Conselho do ICC, com um alto cargo.

DW: Então, como ele se parece? Poderia descrevê-lo?

CG: Sim, ele tinha cabelos grisalhos, cabelos branco-acinzentados, não era um cara robusto, estava vestindo um desses trajes que descrevi.

DW: Como colete?

smart-glass-pads

Temos agora acesso através do Complexo Industrial Militar através dos “Smart Glass Pads”– (Pastilhas de vidro inteligentes), que é uma nova tecnologia obtida dos ETs que exibe imagens e textos no que parece ser um simples pedaço de plexiglass. Eles também são dispositivos pessoais usados para transmitir filmes, vídeos, informação, música… etc.}

CG: Sim, estilo Nehru, da Índia, mais ou menos. Eu não sei por que eles são tão populares, mas isso parece ter se tornado a coisa para vestir as pessoas que estão no poder. Então, entramos na espaçonave de transporte (shuttle) que eu descrevi. Elas têm vários tamanhos diferentes entre 40 e 60 pés de (12 a 18 metros) comprimento – essas espaçonaves. E são modulares no seu interior. Eu vi elas sendo adaptadas para todos os tipos diferentes de usos, incluindo o transporte de tropas militares, pessoal médico. Este em que embarcamos estava adaptados obviamente para uma situação de transporte VIP. Tinha assentos suficientes para todos nós. E uma vez que nos sentamos nos assentos … e eu fiz um relatório muito longo on-line sobre isso. Estou abrandando para o atual show. Gonzales estava fazendo a maior parte da conversa. Ele é um político impecável.

E quero dizer, ele tem todas essas habilidades de lidar com esses tipos de pessoas. Eu realmente estava fora do circuito. Eu estava realmente ouvindo para ver se eu conseguia obter mais informações do que a que me tinha sido dada. Antes que eu soubesse, nós estávamos estacionados bastante longe da órbita de Marte. Estávamos parados. E quando nós paramos, um painel de tela gigante – quase, eu estimaria, aproximadamente com 70 polegadas (1,75 metros) diagonalmente, o painel deslizou para baixo. Era uma das versões maiores dos “Smart Glass Pads”. E uma imagem tridimensional de Marte apareceu. E vários ícones diferentes começaram a aparecer na tela marcando onde havia as instalações das bases em Marte.

DW: Quantos ícones havia?

CG: Eu não me lembro agora. Havia bastante, pelo menos uma dúzia. Havia um número maior. Nós só estávamos vendo um lado de Marte neste ponto da órbita.

DW: Eles estavam no Hemisfério Norte ou no Hemisfério Sul?

CG: Toda as bases assinaladas na tela estavam no Hemisfério Norte. Mas este sujeito do ICC começou a apontar para os diferentes pontos, fazendo recomendações das instalações das bases que nós deveríamos visitar. E nesse momento, Gonzales disse: “Bem, espere um segundo!” E ele não tocou em nada. Eu acho que ele tinha algum tipo de componente mental ativando este novo ícone que surgiu no Hemisfério Sul na tela. E quando o fez, o representante do ICC imediatamente, de certa forma, endireitou-se e ficou perturbado. E Gonzales disse: “Nós escolhemos esta instalação.” E o representante do ICC era obviamente, um político completo. Ele, muito depressa, disse: “Esta não é uma instalação de trabalho. Não tem uma colônia. É velha … “, eu acho que ele estava dizendo que era como uma instalação automatizada. “Não é algo que você esteja interessado.” – sem muita convicção. E Gonzales imediatamente disse: “Bem, um de nossos recentes desertores viveu nesta colônia, e temos informações muito frescas e detalhadas sobre essa base. Esta é a instalação que queremos visitar. “

DW: Aposto que isso o deixou em pânico.

CG: O cara do ICC ficou preocupado. O representante do ICC estava preocupado. E ele se desculpou e foi para uma das salas modulares. E aparentemente ele tinha algum tipo de dispositivo de comunicação ou uma maneira de se comunicar. E ele disse que tinha que limpar tudo. E ele apareceu alguns minutos depois e disse que ia ser aprovada a nossa inspeção, mas demoraria cerca de uma hora para ter tudo limpo e o espaço aéreo livre e ter tudo funcionando – obviamente um tempo para eles limpar a base e fazer arranjos. Então, aproximadamente 50 minutos mais tarde, um dos tripulantes do shuttle disse: “Estamos autorizados para o desembarque.” E descemos.

À medida que entramos na atmosfera de Marte, vimos fora dos painéis claros – descargas em torno da blindagem de cores púrpura, rosa e lilás e voamos rapidamente em direção ao solo do planeta vermelho, o que foi emocionante e, em seguida, um corte brusco para começarmos a voar ao longo da superfície no que parecia ser, costumava ser, parte de um curso de água de um rio. E havia uma espécie de parede de penhasco rochoso, como uma parede de penhasco, e fora dela surgiu – um cilindro, ergueu-se e …

DW: Era metálico?

CG: Sim. Era basicamente controle de tráfego aéreo. E então uma abertura surgiu que não estava visível antes no lado da parede rochosa do canyon. Desaceleramos e voamos para dentro. Como nós entramos, havia hangares de cada lado. E de cada lado, havia duas espaçonaves de cada lado de uma passarela que eu não tinha visto antes que tinham formato de lágrima e eram cromadas. E eu acredito que foi no terceiro hangar à direita, que nós fomos desembarcados. E havia uma das espaçonaves em forma de lágrima, e então uma espécie de grande área circular para nós pousarmos, que nossa nave transportadora mal se encaixava. E nós então aterrissamos.

O representante do ICC saiu do nossa espaçonave e correu – meio correndo, meio andando se dirigindo para o pessoal da segurança que o reconheceu, foi para o posto de controle de segurança, e depois voltou, correndo fazendo isso (polegares para cima), de que estava tudo bem. E Gonzales e eu tínhamos dois agentes de segurança, que eram IEs atribuídos a cada um de nós, que estavam autorizados a transportar armas de fogo. Desembarcamos. Nós fomos ao ponto de verificação. A segurança na estação disse à nossa segurança: “Não se porta armas além deste ponto”.

Houve uma pequena conversa entre o coronel Gonzales e o representante do ICC que, supunha-se que já era parte do acordo. O representante do ICC foi falar com o líder da instalação. O líder da instalação franziu o cenho e fez sinal para nos movermos em frente (nos chamando com as mãos). E entramos na base. E não havia ninguém presente. E ele disse que o salão principal estava sendo preparado para a inspeção. E o resto do pessoal do ICC estava a caminho.

Eles tinham sido informados da localização e que seriam enviados primeiro para o complexo industrial para ver onde um determinado componente foi produzido. E então, colocaram-nos em um trem, em um trem pequeno que era muito estreito, e cabiam duas pessoas lado a lado aonde eu me sentei  – nós sentamos lado a lado. E assim como entramos – havia bastantes membros da segurança da colônia que nos acompanhavam. E eu tinha os meus seguranças (duas pessoas) de cada lado de mim. E, além de mim, havia cinco seguranças da base.

base-fdoiss-marte

E na medida que descíamos para baixo muito rapidamente – era cerca de 8 km eu acho que ouvi-os dizerem, para as instalações do complexo industrial – me perguntaram de onde eu era. E eu cometi o erro de dizer que era do “Texas”. Bem, eu deixei escapar antes, e foi-nos dito, assim que desembarcamos, antes de termos entrado no posto de controle, o representante do ICC disse-nos:

“Escute, esta base é parte de uma experiência social muito importante para a humanidade. Por favor, não interfiram! Dissemos aos habitantes daqui que a Terra estava inabitável, após sofrer uma catástrofe …”

 CONTINUA …


contagem-regressiva-azul

“O medo é a emoção predominante das massas que ainda estão presas no turbilhão da negatividade da estrutura de crença da (in)consciência de massa. Medo do futuro, medo da escassez, do governo, das  empresas,  de outras crenças religiosas, das raças e culturas diferentes, e até mesmo medo da ira divina. Há aversão e medo daqueles que olham, pensam e agem de modo diferente (os que OUVEM e SEGUEM a sua voz interior), e acima de tudo, existe medo de MUDAR e da própria MUDANÇA.” –  Arcanjo Miguel

“Conhece-te a ti mesmo e conheceras todo o universo e os deuses, porque se o que tu procuras não encontrares primeiro dentro de ti mesmo, tu não encontrarás em lugar nenhum”.  –  Frase escrita no pórtico do Templo do Oráculo de Delphos, na antiga Grécia.


Muito mais informações, leitura adicional:

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

thoth(172x226)www.thoth3126.com.br

2 Responses to Colônias com escravos humanos nas Bases em Marte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.