browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

De Quem foi a ideia brilhante que criou a Rússia como inimigo?

Posted by on 06/10/2017

A resposta à questão no título deste artigo é que o Russiagate foi criado pelo diretor da CIA, John Brennan. A CIA começou o que se chama Russiagate (demonizar o país para criar conflito e divisão-Divide Et Impera) , a fim de evitar que a administração de Trump possa normalizar as relações com a Rússia. A CIA e os grandes conglomerados do complexo industrial militar / agência de segurança e inteligência (FEMA, CIA, FBI, DHS, NSA, etc) precisam de um inimigo para justificar seus enormes orçamentos e seu controle e poder inexplicável sobre o governo dos EUA. 

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

De Quem foi a ideia brilhante que criou o RússiaGate e que esse país é uma ameaça aos EUA?

Fonte: http://www.informationclearinghouse.info/47952.htm

03 de outubro de 2017 ” Information Clearing House ” – A Rússia recebeu esse papel de inimigo ameaçador a ser derrotado. Os democratas se juntaram como uma forma de atacar Trump. Eles esperavam que ele se atrapalhasse ao ser acusado como cooperando com a Rússia para roubar as eleições presidenciais da candidata do sistema, Hillary Clinton e para que ele fosse acusado de traição. Não acho que os democratas tenham considerado a conseqüência de piorar as relações entre os EUA e a Rússia.

O ataque público à Rússia é anterior ao governo Trump. Tem acontecido em particular nos círculos neoconservadores há anos, mas apareceu publicamente durante o regime de Obama quando a Rússia bloqueou os planos de Washington (os EUA obedecendo a vontade e os planos de ISRAEL) de invadir a Síria e bombardear o Irã.

O golpe da Rússia tornou-se mais intenso quando o golpe de Washington na Ucrânia não conseguiu SEQUER RETER a Criméia que passou para a Rússia. Washington pretendia que o novo regime ucraniano expulsasse os russos da base naval no Mar Negro. Este objetivo foi frustrado quando a Criméia votou para se juntar à Rússia.

A ideologia neoconservadora da (elite das trevas) hegemonia mundial dos EUA exige que o objetivo principal da política externa dos EUA seja impedir o surgimento de outros países que possam servir de moderação ao unilateralismo imperialista dos EUA. Esta é a principal base para a hostilidade da política externa dos EUA em relação à Rússia e, claro, também há os interesses materiais de ganhos astronômicos com a venda de armas do complexo militar industrial / agência de segurança e inteligência.

O golpe na Rússia é muito maior do que simplesmente um Russiagate. O perigo reside em Washington convencer a Rússia de que  está planejando um ataque surpresa ao seu território. Com as bases dos EUA e da OTAN nas fronteiras da Rússia, os esforços para armar a Ucrânia e incluir a Ucrânia e a Geórgia na OTAN fornecem mais evidências de que Washington esteja envolvendo a Rússia para efetuar um ataque surpresa. Não há nada mais imprudente e irresponsável do que convencer uma potência nuclear de que você vai ataca-la.

Washington está plenamente consciente de que não houve interferência russa na eleição presidencial ou nas eleições estaduais. O complexo militar industrial / agência de segurança e inteligência, os neoconservadores e o Partido Democrata estão apenas usando as acusações para servir às suas próprias agendas. Essas agendas egoístas são uma ameaça grave para existência da vida na Terra, mas servem à agenda de implantação de um governo estilo NWO-Nova Ordem Mundial.

O Dr. Paul Craig Roberts foi Secretário Adjunto do Tesouro para Política Econômica do governo Reagan, editor associado do Wall Street Journal. Ele foi colunista da Business Week, Scripps Howard News Service e Creators Syndicate. Ele costuma dar muitas palestras universitárias. Suas colunas da internet atraíram um seguimento mundial. Os últimos livros de Roberts são The Failure of Laissez Faire Capitalism and Economic Dissolution of the WestHow America Was Lost, e The Neoconservative Threat to World Order.


Saiba mais, leitura adicional:

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

thoth(172x226)www.thoth3126.com.br

 

One Response to De Quem foi a ideia brilhante que criou a Rússia como inimigo?

  1. Gilmar Gil

    Quanta imbecilidade . Dois países que são um câncer para o planeta .
    Conspiração atrás de outra conspiração. O maior nem nome de país possui .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *