browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

“Discos voadores” nazistas estavam no “estágio de planejamento desde 1941”

Posted by on 05/01/2021

Engenheiro alemão declarou: “Discos voadores” nazistas estavam no “estágio de planejamento desde 1941”: Obtive acesso a um documento da sala de leitura eletrônica da CIA que detalha uma história sobre um famoso engenheiro alemão, George Klein, descrevendo sua experiência com a tecnologia dos “Discos Voadores” na Alemanha nazista. Nós ‘capturamos’ ou encontramos tecnologia de outro planeta e fizemos a engenharia reversa ? Alguma desta tecnologia se originou de humanos? Muitos OVNIs são feitos pelo homem e também são produtos de tecnologia ‘extraterrestres ?’

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Engenheiro alemão declarou: “Discos voadores” nazistas estavam no “estágio de planejamento desde 1941”

Por Arjun Walia  –  Fonte:  Collective Evolution

“Um jornal alemão publicou recentemente uma entrevista com George Klein, famoso engenheiro aeronáutico alemão e especialista em aeronaves, descrevendo a construção experimental de ‘discos voadores’ realizada por ele de 1941 a 1945.” ( fonte , por meio da sala de leitura eletrônica da CIA.)

Não faltam documentos estranhos na sala de leitura eletrônica da da CIA sob a Lei de Liberdade de Informação (FOIA). Muitos revelam os esforços da agência para acompanhar o desenvolvimento tecnológico de outros países, especialmente durante e após a Segunda Guerra Mundial.

documento nos arquivos da CIA traz à tona o depoimento de um famoso engenheiro alemão chamado Georg Klein, que, como o papel afirma, expressou que “embora muitas pessoas acreditem que os ‘discos voadores’ sejam um desenvolvimento do pós-guerra, eles já estavam na fase de planejamento nas fábricas de aeronaves alemãs desde o ano de 1941”.

O documento então menciona um experimento descrito por Klein:

O “disco voador” atingiu uma altitude de 12.400 metros em 3 minutos e uma velocidade de 2.200 quilômetros por hora. Klein enfatizou que de acordo com os planos nazistas alemães, a velocidade desses “discos” chegaria a 4.000 quilômetros por hora. Uma dificuldade enfrentada, segundo Klein, era o problema de obtenção dos materiais a serem usados ​​na construção dos “discos”, mas mesmo isso havia sido resolvido por engenheiros nazistas alemães já no final de 1945, e a construção em série dos objetos estava programada para começar, Klein acrescentou.

De acordo com Klein, em 1944 os alemães já haviam construído três discos rígidos para testes.  Eram esses os “foo” fighters que todos esses pilotos americanos estavam relatando durante os combates aéreos na Europa ? O documento  descreve  os três discos:

Um tipo, na verdade, tinha a forma de um disco, com uma cabine interna, e foi construído nas fábricas (não identificadas), que também haviam construído os foguetes V2 [Friedrichshafen  e Peenemünde]. Este modelo tinha 42 metros de diâmetro. O outro modelo tinha o formato de um anel, com laterais elevadas e cabine do piloto em formato esférico colocada na parte externa, no centro do anel. . . [e] ambos os modelos tinham a capacidade de decolar verticalmente e pousar em uma área extremamente restrita, como os helicópteros atuais.

Os engenheiros receberam ordens de destruir esses discos, incluindo todos os planos para eles. “Os engenheiros das fábricas de Mite em Breslau, no entanto, não foram avisados ​​a tempo da aproximação soviética e os soviéticos, portanto, conseguiram apreender seu material. Planos, bem como pessoal especializado, foram imediatamente enviados diretamente para a União Soviética sob forte guarda. ”

O escritor de aviação Nick Cook é um dos muitos que investigou extensamente este tópico sobre UFOs nazistas e, em 2002, chegou à conclusão de que os nazistas haviam experimentado “tido acesso a uma forma de ciência e tecnologia [extraterrestre] que o resto do mundo nunca sequer havia considerado remotamente” e que continua a ser suprimida até mesmo hoje. ( fonte )

Isso faz você se perguntar o que os EUA receberam destas tecnologias desconhecidas do público em geral [e mesmo da maioria dos cientistas mentalmente  presos ao establishment do atual paradigma  tecnológico], visto que, por meio da Operação Paperclip, vários [milhares dos principais] cientistas nazistas alemães importantes foram “transferidos” para os Estados Unidos e colocados em posições de destaque dentro dos grandes conglomerados do Complexo Industrial Militar dos EUA.

“[O pesquisador italiano] Renato Vesco argumentou que os nazistas alemães desenvolveram sistema de propulsão antigravidade. Naves em forma de disco e tubulares foram construídas e testadas perto do final da Segunda Guerra Mundial, o que, ele argumentou, era a explicação adequada para o fenômeno foo fighters. Esses conceitos, afirmou ele, foram desenvolvidos pelos americanos e soviéticos e levaram diretamente aos discos voadores ”.   Richard Dolan

O Dr. David Clarke é jornalista investigativo, leitor e palestrante na  Sheffield Hallam University,  na Inglaterra. Ele também foi o curador do projeto OVNI dos Arquivos Nacionais  de 2008–13, e regularmente comenta na mídia nacional e internacional sobre OVNIs.

Dr. Clarke disse ao The Daily Mail , 

“Mesmo que o assunto tenha sido parcialmente censurado, eles não podem esconder o fato de que os militares do Reino Unido estavam interessados ​​em capturar a tecnologia de OVNIs [nazista] ou o que eles timidamente chamam de ‘nova tecnologia de armas’ … E os arquivos revelam que eles estavam desesperados para capturar essa tecnologia – de onde quer que ela tenha surgido – antes que os russos ou os chineses a pegassem primeiro … Embora estivéssemos em 1997, a Rússia ainda era considerada um inimigo invicto com um programa de armas considerado uma ameaça ao Ocidente”.

Então, talvez essa engenharia reversa tenha começado há muito tempo? Um vazamento recente e muito significativo sobre o assunto também sugere a mesma coisa.

A Conclusão

O tópico dos OVNIs continua a ganhar popularidade, especialmente devido ao fato de que continua a ser legitimado pela corrente da mídia mainstream, com o volume de novas informações aumentando a cada ano. As intenções por trás disso são outro assunto, mas uma coisa que permanece certa, na minha opinião, é que “O fenômeno é algo real e não visionário ou fictício”. – conforme declarou o General Nathan Twining ( fonte )

A humanidade tem uma história de acreditar durante um confortável e longo tempo em alguma coisa e então passar por um momento de quebra de paradigma, destruindo essa crença. Tome, por exemplo, o “proeminente” [e dogmático] físico “Lord” Kelvin, quafirmou no ano de 1900 que, “Não há nada de novo a ser descoberto na física agora. Tudo o que resta é uma medição cada vez mais precisa”.  Não muito depois dessa infeliz declaração, que mais cabia ouvir de um analfabeto em ciências e não dele, o físico alemão Albert Einstein [não acreditando na declaração estupida de seu colega “Lord” Kelvin] publicou seu artigo sobre a relatividade especial.   As teorias de Einstein desafiaram [derrubaram completamente] a então estrutura [limitada] de conhecimento científico “aceita” na época e forçaram a comunidade científica a se abrir para uma visão alternativa e muito mais AMPLIADA da realidade.

Esse tipo de coisa continuará a acontecer ao longo da história da humanidade, e está acontecendo mais hoje do que nunca e esta em crescimento em relação a uma variedade de tópicos diferentes. Especialmente sobre a existência de vida extraterrestre, a nossa histórica interação com eles e sobre os diversos contatos de raças alienígenas com vários governos e militares de diferentes países. 

Este final de ciclo é definitivamente uma época emocionante para se estar vivo [CONSCIENTE].


“Conhece-te a ti mesmo e conheceras todo o universo e os deuses, porque se o que tu procuras não encontrares primeiro dentro de ti mesmo, tu não encontrarás em lugar nenhum” – Frase escrita no pórtico do Templo do Oráculo de Delphos, na antiga Grécia.

“A exposição à verdade muda a tua vida, ponto final – seja essa verdade uma revelação sobre a honestidade e integridade pessoal ou se for uma revelação divina que reestrutura o teu lugar no Universo. Por esse motivo é que a maioria (a massa ignorante do Pão e Circo) das pessoas foge da verdade, em vez de se aproximar dela”.  {Caroline Myss}


Mais informações sobre ANTÁRTIDA, leitura adicional:

Permitida a reprodução desde que mantida na formatação original e mencione as fontes.

phi-golden-ratiowww.thoth3126.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.