browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Economia mundial pode não resistir à dívida de $ 243 trilhões de dólares

Posted by on 30/04/2019

Economistas alertam que, quando esta bomba da dívida dos países, de centenas de trilhões de dólares plantada sob a economia mundial explodir, a próxima crise será pior (e talvez seja a última) do que em 2008. Trata-se de um montante recorde três vezes superior ao PIB mundial, ou seja, três vezes o valor de todos os produtos e serviços produzidos por todos os países do planeta. Segundo o relatório do Instituto de Finanças Internacionais, a dívida global aumentou em $ 3,3 trilhões de dólares ($ 13 trilhões de reais) no ano passado, para $ 243 trilhões de dólares ($ 955 trilhões de reais).

Edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

É o fim? Economia mundial pode não resistir à dívida de 243 trilhões de dólares

Fonte: https://br.sputniknews.com/

Nos países desenvolvidos, o índice de endividamento, extremamente elevado, atingiu 390% do PIB, enquanto que nos mercados emergentes o efeito foi ao contrário — o aumento da dívida abrandou, atingindo seu nível mais baixo desde 2001. Para analistas, essa dívida incontrolável e gigantesca é o resultado da política irresponsável dos bancos centrais ocidentais {sistema criado pelos judeus khazares sionistas, e controlado pela família Rothschild}, que se tornaram viciados em imprimir dinheiro e emitir empréstimos.

“Os bancos centrais mundiais estão criando dívidas sem se preocuparem com o que lhes irá acontecer no futuro”, afirma o analista de investimentos John Moldin. No final do ano passado, os economistas do Fundo Monetário Internacional (FMI) apontaram a insustentável dívida global como a principal ameaça para a economia mundial.

O FMI afirmou que os governos da maioria dos países falharam quase todas as reformas necessárias para proteger o sistema bancário das ações arriscadas dos financistas, que causaram uma poderosa reação em cadeia e o colapso de 2008. De acordo com a colunista da Sputnik Natalya Dembinskaya, a verdadeira máquina da dívida são os EUA, cujo déficit quase triplicou desde 2000 e agora excede $ 73,6 trilhões de dólares, o que representa 106% do PIB.

A dívida das empresas não financeiras nos EUA está próxima dos máximos registados antes da crise de 2008. Outro recorde — $ 22 trilhões de dólares — foi quebrado pelos EUA devido a sua preocupante e gigantesca dívida pública. Em dois  anos, o governo contraiu quase $ 2 trilhões de dólares em dívidas e, segundo a Bloomberg, nos próximos dois anos esse montante será acrescido de mais $ 4,4 trilhões.

Os analistas financeiros acreditam que, por mais que a administração Trump tente se livrar do peso excessivo da dívida “até o final do segundo mandato presidencial”, a tendência não será revertida, uma vez que a situação orçamental está apenas piorando.

O déficit orçamentário federal dos EUA aumentou 17% no ano fiscal de 2018, alcançando $ 779 bilhões de dólares. A curto prazo, esta tendência se manterá devido à redução das receitas fiscais e ao aumento dos gastos em defesa. A previsão do Departamento de Orçamento do Congresso é que o déficit deste ano seja de 15,1% — até US$ 897 bilhões e, em 2022, exceda a marca do trilhão.

Já os bancos de investimento acreditam que a dívida pública americana atingirá 140% do PIB do país até 2024. O governo terá de pedir mais trilhões de dólares emprestados para apoiar a bolha financeira e o crescimento econômico do país. Em resultado, o déficit estrutural cria a chamada “path dependence”  (inércia institucional que mantém o país numa determinada trajetória) e a economia acabará por cair no abismo.

Especialistas especulam que Washington tem pouco tempo para reverter a situação, caso contrário, o país enfrentará uma crise em grande escala comparável à Grande Depressão dos anos 30. Caso a economia global não seja capaz de digerir essa enorme dívida, a crise subsequente levará à pobreza em massa, com uma poderosa instabilidade geopolítica, agitação e à eclosão de inúmeras guerras, observam analistas da Bloomberg.


Image result for puppet gif

A Matrix (o SISTEMA de CONTROLE MENTAL): “A Matrix é um sistema de controle, NEO. Esse sistema é o nosso inimigo. Mas quando você está dentro dele, olha em volta, e o que você vê? Empresários, professores, advogados, políticos, carpinteiros, sacerdotes, homens e mulheres… As mesmas mentes das pessoas que estamos tentando despertar. Mas até que nós consigamos despertá-los, essas pessoas ainda serão parte desse sistema de controle e isso as transformam em nossos inimigos. Você precisa entender, a maioria dessas pessoas não está preparada para ser desconectada da Matrix de Controle Mental. E muitos deles estão tão habituados, tão profunda e desesperadamente dependentes do sistema, que eles vão lutar contra você para proteger o próprio sistema de controle que aprisiona suas mentes …”


Muito mais informações, leitura adicional:

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.