browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Efeitos Metafísicos da Reversão do Campo e Polos Magnéticos da Terra

Posted by on 04/10/2021

Os Efeitos Metafísicos da Reversão do Campo Eletromagnético e dos Polos da Terra: A ciência provou que a Terra está atualmente passando por uma reversão dos polos e do Campo Eletromagnético, então como isso nos afetará? Ao analisar os campos magnéticos de lava, podemos determinar que a última reversão do pólo magnético foi há cerca de 780.000 anos. Embora os registros fósseis não mostrem nenhuma mudança dramática na vida animal ou vegetal, mudanças mais sutis podem ter ocorrido.

Efeitos Metafísicos da Reversão do Campo e Polos Magnéticos da Terra

Fonte:  In5D.com

Extinção da espécie Neandertal?

Embora os registros fósseis da vida animal e vegetal não mostrem quaisquer mudanças significativas, John Tarduno, professor de geofísica da Universidade de Rochester, propôs uma ligação direta entre a morte e desaparecimento dos Neandertais e uma diminuição significativa da intensidade do campo geomagnético que ocorreu exatamente no mesmo período.

Antiga localização dos polos antes da última mudança ocorrida durante o DILÚVIO, em 10.986 a.C.

Além disso, de acordo com Monika Korte , diretora científica do Observatório Geomagnético Niemegk do GFZ Potsdam, na Alemanha:

“Não é uma virada repentina [reversão dos polos magnéticos], mas um processo lento, durante o qual a força do campo se torna fraca, muito provavelmente o campo se torna mais complexo e pode mostrar mais de dois pólos por um determinado tempo, e então aumenta em força e (se alinha) na direção oposta [uma inversão].”

Camada de ozônio

Uma coisa a ser considerada é o que acontecerá com o campo eletromagnético da Terra, um vital protetor contra raios, cósmicos, da energia solar, meteoros, cometas, asteroides, etc… ao redor deste planeta se a mudança de pólo ocorrer. Buracos na camada de ozônio apareceriam com uma proteção magnética reduzida. Nesse cenário, a Terra seria extremamente vulnerável a ejeções de massa coronal, à chegada dos raios cósmicos e explosões [flares] solares , que levariam à radiação solar e a todas estas demais energias a atingirem a superfície do planeta com efeitos catastróficos.

Animais Migratórios, Vida Marinha, satélites e GPS

Nossos recursos de GPS seriam eliminados até que novas coordenadas fossem estabelecidas.  Praticamente todas as companhias aéreas comerciais também seriam fechadas. Animais e pássaros migratórios ficariam desorientados, assim como golfinhos , baleias e outros mamíferos marinhos.

O encalhe de centenas de baleias, na costa de todos os continentes, comprova que o campo eletromagnético já esta revertendo assim como os polos magnéticos. FONTE

Muito provavelmente, uma mudança de pólo físico NÃO acompanharia uma mudança de pólo magnético , como mais uma vez evidenciado pelos registros geológicos.

Implicações Metafísicas: A Ressonância De Schumann

O batimento cardíaco da Terra é conhecido como Ressonância Schumann , que foi registrada em aproximadamente 7,83 ciclos por segundo durante provavelmente milhares de anos. Nos últimos anos, a Ressonância Schumann tem aumentado e foi recentemente registrada em 8,90.

A especulação infere que a Terra pode parar de girar quando a Ressonância Schumann atingir 13 [um número cabalístico] ciclos por segundo. Nesse ponto, a Terra iria parar de girar por 3 dias e então começaria a girar na direção oposta, causando uma reversão magnética dos polos.

Os esquimós que vivem dentro do Círculo Polar Ártico já avisaram a NASA, em correspondência que o sol e as estrelas estão “nascendo” em coordenadas diferentes do habitual, um CLARO sinal da aceleração da atual REVERSÃO dos polos magnéticos.

Sob essa premissa, uma reversão dos polos magnéticos pode afetar a maneira como os hemisférios em nosso cérebro interagem. Existem três cenários possíveis em tal situação:

1. Nada acontece com nossos cérebros.
2. Os hemisférios de nossos cérebros interagem instantaneamente uns com os outros, abrindo sinapses para habilidades metafísicas superiores [para os mais evoluídos em consciência, não os zumbis].
3. Todos [os zumbis] ficamos loucos!

Estima-se que leve entre 1.000 a 10.000 anos para que ocorra uma reversão completa dos polos magnéticos. Nossa versão atual de reversão dos polos está em andamento desde o início de 1900 tendo acelerado drasticamente nos últimos vinte anos. Embora a conclusão final possa não ocorrer por mais 900 a 1990 anos, seus efeitos já podem ser vistos e sentidos.

Como evidenciado no vídeo acima, a reversão completa pode estar a décadas de distância ou “muito mais perto”. Os últimos estudos da Universidade da Califórnia em Berkeley afirmam que pode levar 100 anos ou menos, acrescentando que o atual enfraquecimento do campo magnético precederá a reversão dos polos. O que podemos observar prontamente são os seguintes fatos:

  • Os pólos magnéticos têm começado sua reversão desde o início de 1900;
  • A ressonância Schumann está aumentando;
  • Houve um fenômeno recente em relação à nossa percepção do tempo. Isso poderia estar relacionado à mudança dos polos magnéticos?

Se “como é acima, assim é embaixo” pode ser interpretado como “como dentro, assim fora”, então podemos presumir que grandes mudanças estão acontecendo tanto no cosmos, em nosso planeta e, em última análise, dentro de nós mesmos, para àqueles que estão abertos e acompanhando o atual  processo de transição planetária.


“Precisamos do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal  AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)”. para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


Saiba mais, leitura adicional:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.