browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

El Salvador, 1º país do mundo a adotar Bitcoin como moeda

Posted by on 09/06/2021

O Congresso Nacional de El Salvador aprovou formalmente a ‘Lei Bitcoin’ do governo por maioria qualificada, tornando a nação centro-americana o primeiro país do mundo a adotar oficialmente a criptomoeda Bitcoin como sua moeda corrente. Romeo Auerbach, deputado do partido Grande Aliança pela Unidade Nacional, sugeriu que a adoção de criptomoedas “colocará El Salvador no radar do mundo” e tornará o país “mais atraente para o investimento estrangeiro”.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

El Salvador, 1º país do mundo a adotar Bitcoin como moeda

Fonte:  Rússia Today

Ao anunciar a aprovação da lei na terça-feira por uma maioria de 62 votos, o presidente de El Salvador, Nayib Bukele, descreveu o momento como “histórico”, um sentimento compartilhado pela conta do Twitter da assembleia legislativa do país .

Romeo Auerbach, deputado do partido Grande Aliança pela Unidade Nacional, sugeriu que a adoção de criptomoedas “colocará El Salvador no radar do mundo” e tornará o país “mais atraente para o investimento estrangeiro”.

A lei garantiu os votos necessários, apesar da oposição dos partidos minoritários na legislatura, que acusaram o presidente e seus aliados de agirem muito rapidamente, tendo proposto o projeto apenas na semana passada.

Naquele momento, Bukele elogiou a chance de tornar o bitcoin uma moeda legal, alegando que ele “ajudará a fornecer inclusão financeira a milhares de pessoas que vivem fora da economia formal do pais”.

O líder de El Salvador usou sua plataforma de mídia social dias antes da votação para elogiar a criptomoeda de “crescimento mais rápido” por garantir “inclusão financeira” para 70% da população do país que não tem conta em banco e trabalha na economia informal.

O mercado de bitcoins altamente volátil, atualmente avaliado em mais de US $ 34.000, aumentou significativamente nos últimos meses, tendo valido menos de US$ 10.000 há um ano. No entanto, as preocupações sobre o status legal da criptomoeda mais popular do mundo, incluindo alegações de que ela tem sido associada à lavagem de dinheiro e às atividades do mercado negro, levantaram questões sobre a falta de supervisão nas transações com a criptomoeda.


Nosso trabalho no Blog é anônimo e não visa lucro, no entanto temos despesas fixas para mantê-lo funcionando e assim continuar a disseminar informação alternativa de fontes confiáveis. Desde modo solicitamos a colaboração mais efetiva de nossos leitores que possam contribuir com doação de qualquer valor ao mesmo tempo que agradecemos a todos que já contribuíram, pois sua ajuda mantem o blog ativo. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal AGENCIA: 1803 – CONTA: 00001756-6 – TIPO: 013 [poupança] e pelo PIX 211.365.990-53 (Caixa).


“O futuro será encontrar uma forma de reduzir a população … Claro, não seremos capazes de executar pessoas ou construir acampamentos [campos de concentração]. Livramo-nos deles fazendo-os acreditar que é para o seu próprio bem … Vamos encontrar ou causar alguma coisa, uma pandemia que atingirá certas pessoas, uma crise econômica real ou não, um vírus que afeta os idosos, tanto faz, os fracos e os medrosos sucumbirão a ela. O estúpido vai acreditar nisso e pedir para ser tratado.  Teremos cuidado de ter planejado o tratamento, um tratamento que será a solução.A seleção dos idiotas [para abate], portanto, será feita por si mesmos: eles irão para o matadouro sozinhos”.  – Excerto de livro de 1981 de Jacques Attalli [Membro do Grupo Bilderberger, num exemplo de mentalidade dos psicopatas da Elite]


Mais informação adicional:

Permitido reproduzir desde que mantida a formatação original e a conversão como fontes.

phi-cosmoswww.thoth3126.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.