browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

“Emergência Nacional” decretada na Itália pelo surto de coronavírus. Região de Milão afetada

Posted by on 23/02/2020

Itália anuncia 79 casos de infecção e duas mortes pelo coronavírus, pais declara “Emergência Nacional”:

O norte da Itália foi bloqueado e posto em QUARENTENAPontos de verificação em torno das cidades com contágio para impedir que os residentes saiam.  Corredores “estéreis” para permitir a entrada de alimentos e medicamentos, garantindo assim aos cidadãos o fornecimento de bens essenciais. É o plano de intervenção desenvolvido pelo governo após as dezenas de casos de coronavírus registrados na Lombardia  e Veneto para “cercar os lugares afetados”.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Itália se torna o maior surto de coronavírus da Europa, com 2 mortes e 79 casos em 5 regiões. Decretada Situação de “Emergência Nacional” com QUARENTENA nas regiões afetadas. [Atualização às 11:00 de Brasilia: nº de casos atinge 130 neste domingo, aumento de 65% em apenas uma NOITE}

Fontes: https://www.corriere.it/  –  https://www.rt.com/

Conselho de Ministros da Itália aprovou um decreto-lei para conter a emergência epidemiológica nas áreas do surto infectadas pelo coronavírus. | Ansa – CorriereTv

O Conselho de Ministros aprovou um decreto-lei para conter a emergência epidemiológica nas áreas do surto. Aqui está o que ele determina:

  1. Proibição [quarentena] de todos os indivíduos presentes do Município ou da área afetada. 
  2. Proibição de acesso ao município ou área em questão. 
  3. Suspensão de atividades de qualquer natureza: culturais, recreativas, esportivas e religiosas, mesmo que realizadas em locais fechados e abertos ao público. 
  4. Suspensão de serviços de educação infantil e escolas de todos os níveis. 
  5. Suspensão dos serviços de abertura de museus. 
  6. Suspensão de todas as viagens educacionais, em território nacional e estrangeiro. 

As regiões da Lombardia e do Vêneto têm 12 cidades postas  em QUARENTENA total

Para garantir que essas regras sejam respeitadas, o MDL estabeleceu a aplicação de vigilância ativa. O não cumprimento das medidas de contenção decididas será punido nos termos do artigo 650 do código penal. Espera-se detenção de até três meses ou multa de até € 206 euros. Primeiros efeitos do decreto, a suspensão das partidas de futebol da Serie A neste domingo, Inter de Milão-Sampdoria, Atalanta Sassuolo e Verona-Cagliari.

Estas são medidas que – se a epidemia piorar conforme o esperado, devido aos números desse sábado à noite – visa limitar a transmissão do vírus e também prevê o uso do exército da mesma forma que aconteceu para impedir atos terroristas. Uma medida de emergência máxima que de fato “suspende os direitos de livre circulação de todas pessoas”, mas que é necessária quando não há outras maneiras de impedir a propagação de uma epidemia. É o “modelo Wuhan” , do nome da cidade chinesa onde o coronavírus se desenvolveu e onde ainda existe um regime de vigilância de quarentena muito rigoroso.

As “Áreas Vermelhas”

Qualquer área em que as pessoas que testaram positivo e foram infectadas pelo coronavírus em viagens ocasionais ou onde morem devem ser “isoladas”. Assim, é criada uma “zona vermelha” real, fechada à circulação de pessoas. As vias de acesso são controladas por carros policiais e carabinieri, para que ninguém possa chegar ou sair, a menos que haja necessidades específicas que, no entanto, devam ser especificamente autorizadas pelo prefeito. Na primeira fase, o “cordão” de segurança será instalado nos municípios onde as atividades públicas já foram suspensas, escolas e escritórios fechados. Se a epidemia se espalhar, serão criadas áreas maiores que poderão incluir mais municípios, para que as áreas possam ser melhor controladas.

 Ambulâncias e profissionais de saúde são vistos do lado de fora do Hospital de Pádua, norte da Itália

Ambulâncias e profissionais de saúde são vistos do lado de fora do Hospital de Pádua, norte da Itália. Crédito: EPA

O maior surto de contagio pelo coronavírus depois da China foi o navio de cruzeiro Diamond Princess, onde agora parece que mais de 700 passageiros infectados se misturavam a turistas saudáveis ​​(e agora parece que o Japão mentiu que havia testado todos os passageiros), com muitos deles retornando ao seus países de origem agora que a quarentena no navio foi terminada; o segundo e o terceiro surto são a Coréia do Sul e o Japão; o primeiro viu casos dobrando todos os dias, atingindo 433 infectados no sábado em um aumento exponencial em novos casos (veja o gráfico abaixo), enquanto o Japão também tem centenas de casos.

Embora o recente aumento de casos iranianos tenha alertado grande parte do Oriente Médio sobre a possibilidade do país afetado pelo embargo ter emergido como um centro de casos de Coronavírus no Oriente Médio, o mais recente e grave surto fora da China esta confirmado como sendo a Itália, em plena Europa, sendo o pais mais afetado no continente, onde tarde nesse sábado, o primeiro-ministro Conte anunciou que um total de 79 casos foram confirmados em 5 regiões, declarando a situação do Coronavírus uma “Emergência Nacional”. O primeiro-ministro italiano disse ainda que a Itália implementou um decreto-lei para combater o coronavírus e está comprometida em limitar a propagação do coronavírus.

Pelo menos 17 pessoas foram confirmadas infectadas em Veneto até agora, incluindo a esposa e filha da mais recente vítima, já que as autoridades ainda estão pensando se os eventos do Carnaval de Veneza devem ser cancelados. Na vizinha Lombardia, existem 54 casos, incluindo um em Milão – uma cidade com 1,4 milhão de habitantes, onde a Semana da Moda Feminina está ocorrendo atualmente.

Quadro de mensagens eletrônicas em Casalpusterlengo pedindo às pessoas para ficarem dentro de casa

As comunidades da Lombardia colocam cartazes aconselhando as pessoas a ficarem dentro de suas casas.

O número de casos confirmados de coronavírus Covid-19 subiu para pelo menos 79 na Itália, forçando as autoridades a introduzir medidas cada vez mais rigorosas de contenção e quarentena nas regiões norte da Lombardia e Veneto. Um homem de 78 anos morreu perto de Pádua, na região de Veneto, na sexta-feira à noite, tornando-se a segunda vítima do vírus na Itália, depois que uma mulher de 76 anos foi encontrada morta na quinta-feira a 50 km ao sul de Milão.

Há também dois casos no norte da Emília Romanha e dois no centro no Lácio, bem como no Piemonte, segundo o chefe da Proteção Civil, Angelo Borrell. Pelo menos 18 dos pacientes estão em estado grave em terapia intensiva.  Acredita-se que o surto tenha se originado em uma cidade a sudeste de Milão, onde 50.000 moradores de Codogno e cidades próximas foram aconselhados a ficar em casa e evitar reuniões públicas, que agora estão sendo canceladas em massa.

As medidas de quarentena afetaram não apenas escolas e universidades, mas também jogos de futebol. Não está claro quando os confrontos de domingo, que foram cancelados, entre a Inter de Milão e Sampdoria, Atalanta contra Sassuolo e Hellas Verona contra Cagliari serão remarcados.


Você quer mesmo saber como esse coronavírus “surgiu na China” e se espalhou pelo mundo em pouco tempo? Ao pesquisar os arquivos de registros de patentes nos EUA on-line, foi descoberto o registro de uma patente de Coronavírus concedida para o C.D.C. –  Centers for Disease Control and Prevention [se trata do principal instituto nacional de saúde pública dos EUA. O C.D.C. é uma agência federal dos EUA sob o United States Department of Health & Human Services (HHS)] que tem sua sede em Atlanta, Geórgia. Assim emerge um fato indiscutível, o de que o “DONO” DESSE VÍRUS MORTAL E SEU CRIADOR é o PRÓPRIO C.D.C. (Centro de Controle e Prevenção de Doenças)

O coronavírus do surto atual não teve origem na China, mas FOI IMPLANTADO neste país asiático com a clara intenção de causar o maior dano possível aos chineses. A consequência natural, quando  [se já não descobriu] a China perceber que a eclosão do surto pode ter sido um ataque de BIOWEAPON ao seu território e contra seu povo, qual será o tipo de resposta a ser dada pela China aos [ir]responsáveis pela contaminação. Começamos a ano de 2020 com muitos que operam nas sombras desejando aumentar o caos no planeta.

PATENTE de criação de um CORONAVÍRUS fornecida ao CDC (Centers for Disease Control and Prevention)  US7220852B1 – SOBRE A CRIAÇÃO DE CORONAVÍRUS [SARS] ….

Na patente acima, do registro de um CORONAVÍRUS [uma BIOWEAPON], você encontrará 72 páginas de conteúdo para poder julgar esse letal “surto repentino e desconhecido de coronavírus” na ChinaLeia a patente nesse link primeiro, faça o download e compartilhe este artigo amplamente antes que os AGENTES do DEEP STATE a excluam. Mantenha-se sábio, com discernimento e saudável!


“E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim.  Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá FOMES, PESTES e TERREMOTOS, em vários lugares. Mas todas estas coisas são [APENAS] o princípio de dores. Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome. Nesse tempo muitos serão escandalizados, e trair-se-ão uns aos outros, e uns aos outros se odiarãoE surgirão muitos FALSOS PROFETAS, e enganarão a muitos. E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará. Mas aquele que perseverar até ao fim, esse será salvo”.  Mateus 24:6-13


Leitura adicional:

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

thoth(172x226)www.thoth3126.com

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.