browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Encontro estranho de astronautas no espaço… com Anjos gigantes.

Posted by on 02/06/2018

O espaço é muitas vezes considerado como a última fronteira, o infinito deserto final que ainda temos que domar ou entender, e de muitas maneiras isso é muito verdadeiro. Nós apenas no século passado realmente começamos a compreender alguns dos seus segredos em qualquer grau apreciável, e certamente há maravilhas além de nossa imaginação para nós que ainda não contemplamos. 

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Um encontro estranho de cosmonautas russos no espaço… com Anjos gigantes. 

No entanto, alguns mistérios que foram encontrados lá fora na escuridão do espaço imenso vão muito além da compreensão convencional, para impulsionar o mundo do paranormal e o universo dos eventos verdadeiramente bizarros. Certamente, o ranking entre esses mistérios é um curioso encontro íntimo entre algumas das primeiras pessoas enviadas ao espaço e, bem, com algo mais.

A estação espacial Salyut 7

O último a ser lançado no programa e um precursor da estação espacial Mir, o Salyut 7 foi a 10ª estação espacial já posta em órbita pela humanidade e foi projetada para servir como uma espécie de teste de um novo sistema de estações espaciais modulares, o que implicou a capacidade de anexar novos módulos para expandir a estação ou adaptá-la a qualquer função necessária, bem como um posto avançado para vários experimentos fora do planeta. 



O Salyut 7 acabaria ficando em órbita por um total de 8 anos e 10 meses, que até então foi a estação espacial há mais tempo que já havia permanecido em órbita contínua. Também é conhecida por ter acontecido uma série muito bizarra de eventos estranhos e inexplicados testemunhados pela equipe à bordo.

Em julho de 1984, o Salyut 7 estava em seu 155º dia de sua missão e as coisas estavam indo de forma rotineira até que houve uma transmissão súbita dos cosmonautas, o comandante Oleg Atkov, Vladmir Solovyov e Leonid Kizim em que eles alegaram que a estação espacial de repente, estava cercada e inundada por uma forte luz cor de laranja opressiva e cegante. 

A tripulação de três cosmonautas a bordo do Salyut 7, então, supostamente olharam para fora pelas escotilhas para tentar ver o que estava causando esse imenso e ofuscante brilho laranja inexplicável. Neste ponto, eles testemunhariam provavelmente a última coisa que eles esperavam ver lá fora da estação.

Aquilo que a equipe descreveu estar vendo eram sete seres humanoides alados e enormes, com cerca de 90 pés (27 metros) de altura e com suas faces tranqüilas e sorridentes, e era dessas entidades bizarras que a luz etérea de cor laranja estava aparentemente emanando. Eles também foram identificados como exalando um sentimento de calma e tranqüilidade, e estranhamente os cosmonautas não sentiram medo durante o encontro, apenas ficaram maravilhados.

De acordo com as testemunhas, as aparições colossais, que descreveram como “anjos”, corresponderam à velocidade da órbita da estação espacial, permanecendo na mesma posição por cerca de 10 minutos antes de desaparecerem. Perplexos com o que todos tinham visto, os três cosmonautas tiveram uma discussão acalorada sobre o que eram os seres e buscando por uma explicação racional que pudesse explicar o que aconteceu, mas eles não puderam encontrar nada, no final,

Pouco tempo depois que esses novos membros da tripulação chegaram, a estação foi mais uma vez banhada por aquela luz laranja potente e deslumbrante, e desta vez, todos os seis cosmonautas da tripulação olharam para fora das vigias para ver vários dos enormes seres angélicos flutuando no vácuo através da escuridão do espaço lá fora, novamente com seus benevolentes e sorridentes rostos. Considerando que desta vez eles voltaram a ver o mesmo tipo de evento, parecia que havia talvez algo mais além das simples alucinações.

Os cosmonautas descreveram ter visto sete seres humanoides alados e enormes, com cerca de 90 pés (27 metros) de altura e com suas faces sorridentes, e era dessas entidade que a luz etérea de cor laranja estava aparentemente emanando.

Quando a missão de Salyut foi concluída e os cosmonautas voltaram para a Terra, suas experiências estranhas foram supostamente cobertas e varridas sob o tapete pelo governo soviético, e as testemunhas disseram em termos inequívocos que nunca deveriam discutir o que tinham visto lá em cima. Curiosamente, rodadas intensivas de testes físicos e psicológicos realizados na equipe da estação espacial supostamente não mostraram nada fora do comum. Eles estavam perfeitamente saudáveis de corpo e mente.



Considerando o segredo espasmódico em torno dos eventos estranhos, a história realmente não obteve uma cobertura mais ampla até depois da Guerra Fria, mas quando ela surgiu e veio à tona imediatamente, acendeu uma tempestade de debates e especulações sobre o que os cosmonautas realmente haviam visto. A resposta mais racional e científica é que esses cosmonautas experimentaram o que suspeitaram no início, que é algum tipo de alucinação em massa ou loucura provocada pelas exigentes tensões, fadiga e as duras condições do espaço. Afinal, ninguém jamais gastou tanto tempo continuamente no espaço antes, e por isso deveria ser natural que eles tivessem tais visões.

Na verdade, tais fenômenos visuais surreais foram relatados por outros astronautas e cosmonautas que estiveram no espaço por longos períodos de tempo e até mesmo pilotos terrestres em vôos longos e exigentes. O problema com esta explicação é que seis cosmonautas experimentados e experientes viram o mesmo evento ao mesmo tempo, sem nenhuma variação e todos eles receberam exames limpos de sua saúde mental e física depois de voltarem à Terra, tornando-se bastante improvável que isso tudo estivesse acontecido “apenas dentro de em suas cabeças”.  Também parece bastante improvável que um grupo de seis cosmonautas soviéticos (provavelmente todos ATEUS) altamente treinados e respeitados se juntassem e inventassem tal história da aparição destes seres “angélicos” como uma farsa.

Outra explicação bastante racional é que eles testemunharam um fenômeno natural estranho e inexplicável e simplesmente identificaram erroneamente o que estavam vendo, mas mesmo que isso fosse verdade, porque todos dariam exatamente a mesma descrição de entidades aladas e angélicas com caras sorridentes? E quanto a sensação de calma e paz que sentiram enquanto durou a visão?

Entrar em mais idéias marginais de que estes eram anjos reais e literais, e que sua aparência anunciava algum tipo de informação profética, ou que era mesmo um sinal do fim bíblico do mundo. Também houve todos os tipos de afirmações de que todos os membros da NASA, dos governos mundiais, os Illuminati e até o próprio Vaticano conhecem em segredo do público em geral (Eisenhower, presidente norte americano teria se encontrado com cinco raças de seres extraterrestres, em uma base da USAF, em 1954, sendo que uma das raças eram de seres “etéricos”)

Um alegada foto  dos “Space Angels” (Anjos Espaciais) mas da NASA

Então, o que  fizeram os cosmonautas do Salyut 7? Incrível, houve outros relatos de serem visitados por aparições semelhantes no espaço, com alguns casos chegando mesmo antes dos avistamentos da Salyut 7. Supostamente, o primeiro humano a entrar no espaço, o cosmonauta Yuri Gagarin, teve seu próprio encontro com uma dessas criaturas em abril de 1961. Em dois pontos durante seu voo espacial a bordo do Vostok-1, Gagarin inexplicavelmente ficou em silêncio e perdeu contato e quando ele foi perguntado sobre isso mais tarde, ele não tinha certeza do que aconteceu, achando que ele poderia ter acabado de perder a consciência rapidamente.

Durante a regressão hipnótica, Gagarin afirmou que ele poderia se lembrar de ter visto uma enorme e misteriosa figura flutuando no espaço à sua frente e que ele tinha ouvido uma voz na cabeça dizendo: “Não se preocupe, tudo ficará bem. Você voltará para a Terra”. Antes que a aparição desaparecesse no ar direto perante os seus olhos. Alucinações ou não?



Mais recentemente, em 2008, um ex-membro astronauta da Frota do ônibus espacial da NASA, chamado Clark C. McClelland se apresentou para afirmar que há anos que observava um ser semelhante ao examinar alguns monitores de uma missão de ônibus espacial no Kennedy Space Center enquanto estava em serviço a o Centro de Controle de Lançamento (LCC). Ele afirma que, ao longo de um dos monitores de 27 polegadas, ele não só observou uma enorme entidade entre 8 a 9 metros de altura dentro da baía de carga útil do ônibus (Shuttle) espacial, mas também que estava realmente interagindo com os astronautas. Ele diria sobre o que ele via assim:

O ET estava de pé na Baía de Payload do ônibus espacial com uma discussão com dois astronautas da NASA norte-americanos. Eu também observei nos meus monitores, a nave espacial do ET como estava em uma órbita estabilizada e segura na parte traseira das vagens do motor principal do ônibus espacial. Eu observei esse incidente por cerca de um minuto e sete segundos. Muito tempo para memorizar tudo o que eu estava observando.

McClelland afirmou que outros também tinham visto o incidente, e que lhes disseram para ficar quieto sobre o que tinham visto, o que significa que ele se manteve discreto sobre essa experiência assustadora e bizarra até depois de se aposentar. Ele também afirma que o governo tem relações regulares com essas criaturas e que tudo é mantido em segredo. Neste caso, a entidade mencionada é certamente descrita como um alienígena de algum tipo, mas seu tamanho puro torna interessante em relação ao fenômeno do anjo espacial, e faz uma maravilha exatamente o que realmente esse homem viu, se viu alguma coisa. Essa história tem alguma credibilidade ou é ele apenas uma bizarrice?

Então, você tem isso. Anjos. E no espaço. Esta última fronteira tem muitas coisas estranhas, mas talvez não seja tão estranho assim. Apenas o que está acontecendo aqui? Estas alucinações foram vistas por todos os membros da tripulação? Era outra coisa? Quem sabe? 

Considerando que os relatórios de notícias originais do fenômeno foram silenciosamente relegados ao fundo e só são realmente discutidos nos fóruns da Internet por pessoas que perceberam o quão estranha é a história, talvez nunca possamos saber com certeza. Continua a ser apenas mais uma anomalia em talvez uma estrada inteira de anomalias que nos aguardam enquanto mergulhamos cada vez mais nos alcances da compreensão do nosso universo.


“CONHECE-TE A TI MESMO E CONHECERÁS TODO O UNIVERSO E OS DEUSES, PORQUE  SE O QUE TU PROCURAS NÃO ENCONTRARES PRIMEIRO DENTRO DE TI MESMO, TU NÃO ACHARÁS EM LUGAR ALGUM” – Frase escrita no pórtico do Templo do Oráculo de Delphos, na antiga Grécia.


Muito mais informações, leitura adicional:

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e a citação das fontes.

thoth(172x226)www.thoth3126.com.br

 

11 Responses to Encontro estranho de astronautas no espaço… com Anjos gigantes.

  1. Jedu

    Fique em paz consigo mesmo, reserve um tempo para uma “abordagem” em seu interior e encontrará maravilhas e respostas para suas perguntas. Não questione, apenas retenha o que tiver percebido!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.