browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

‘Federação Galáctica’ extraterrestre manteve contado com EUA e Israel, declarou cientista israelense

Posted by on 08/12/2020

O contato e assinatura de acordo foi mantido em segredo porque ‘a humanidade não está pronta’, afirmou Haim Eshed ex-chefe do programa de segurança espacial de Israel: De acordo com o General aposentado, cientista e atual professor falando em uma entrevista a Yediot Aharonot , Eshed – que serviu como chefe do programa de segurança espacial de Israel por quase 30 anos e recebeu três vezes o Prêmio de Segurança de Israel – explicou que Israel e os EUA têm lidado com alienígenas durante os últimos anos, com Eshed esclarecendo a existência de uma “Federação Galáctica” de extraterrestres.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

‘Federação Galáctica’ extraterrestre manteve contado com EUA e Israel, que foi mantido em segredo porque ‘a humanidade não está pronta’, afirmou ex-chefe do programa de segurança espacial de Israel

Fontes:  Daily Mail –  Rússia Today  –  Jerusalem Post

  • Haim Eshed disse que os alienígenas são reais e estão em contato secreto com os EUA e Israel
  • Ele afirmou que a ‘Federação Galáctica’ extraterrestre administra uma base subterrânea em Marte em conjunto com os EUA
  • O cientista e militar de 87 anos disse que os alienígenas não virão a público até que a humanidade “evolua” 
O professor retratado na capa de um novo livro chamado The Universe Beyond the Horizon

O General e professor Haim Eshed retratado na capa do livro chamado The Universe Beyond the Horizon

O ex-chefe da divisão espacial militar israelense afirmou que Tel Aviv e Washington contataram uma “Federação Galáctica” de extraterrestres, mas que a humanidade não está pronta ainda para a saber a “verdade” sobre a existência de vida no cosmos.

O general aposentado Haim Eshed, 87, que chefiou a unidade espacial do Ministério da Defesa por quase três décadas, alegou a existência de uma aliança alienígena abrangendo a galáxia em uma entrevista desconcertante para o jornal israelense Yedioth Ahronoth.

“Os OVNIs pediram para não anunciar que estão aqui, [porque] a humanidade ainda não está pronta”, Eshed disse ao jornal no sábado, acrescentando que o presidente dos EUA, Donald Trump “estava prestes a descobrir, mas os alienígenas na Galáxia A federação diz: espere, deixe os espíritos se acalmarem primeiro. Eles não querem que tenhamos histeria em massa. ”

Eles querem nos tornar sãos e compreensivos primeiro. Eles esperaram até hoje que a humanidade evoluísse e alcançasse um estágio em que entenderemos o que são o espaço e as espaçonaves.

Quem é Haim Eshed?

De acordo com a imprensa judaica, Haim Eshed serviu como chefe do programa espacial de segurança de Israel de 1981 a 2010 e ao longo dos anos recebeu o Prêmio de Segurança de Israel três vezes, duas vezes por invenções tecnológicas confidenciais.

O militar cientista de 87 anos é bacharel em engenharia eletrônica pela Technion, mestre em pesquisa de performance e doutor em engenharia aeronáutica. Em 1965, trabalhou na unidade tecnológica da Divisão de Inteligência do IDF [Forças de Defesa de Israel] em cargos de pesquisa e desenvolvimento. 

Mais tarde, em 1969, ele foi designado pela Inteligência Militar do IDF para estudar para um doutorado em engenharia aeronáutica nos Estados Unidos. Quando voltou, foi nomeado chefe do departamento de pesquisa e desenvolvimento do Corpo de Inteligência. Ele se aposentou com o posto de tenente-coronel.

Após o serviço militar, ele foi contratado como professor no Instituto de Pesquisas Espaciais do Technion e, em 1981, estabeleceu e se tornou o primeiro diretor do Programa Desafio, uma unidade da Administração para Pesquisa, Desenvolvimento de Armas e Infraestrutura Tecnológica do Ministério da Defesa , que é responsável por projetos de satélite. Em outubro de 2011, ele se aposentou do Ministério da Defesa, tendo dirigido o lançamento de 20 satélites israelenses.

Eshed forneceu mais informações no livro ‘The Universe Beyond the Horizon – conversations with Professor Haim Eshed’, que é baseado em conversas que a autora Hagar Yanai teve com Eshed.

Embora não esteja claro exatamente o que mudou para evitar a suposta “histeria em massa” alertada pelos extraterrestres da Federação Galáctica, Eshed aparentemente sentiu que era hora de jogar a cautela ao vento e contar o que aprendeu [provavelmente enquanto estudava nos EUA] sobre a existência de vida extraterrestre, alegando não apenas a comunicação com os seres do outro mundo, mas que eles mantem uma “base subterrânea nas profundezas de Marte”. 

Em sua afirmação mais extraordinária, Eshed disse que o governo dos Estados Unidos havia chegado a um “acordo” explícito com os visitantes alienígenas de planetas de sistemas solares distantes.

“Eles assinaram um acordo com os EUA para experimentarem aqui”, disse ele, sem oferecer detalhes sobre os termos do suposto acordo interplanetário ou a natureza da experimentação alienígena – com sorte, nada muito invasivo. Mas os alienígenas tiveram que intervir para impedir Donald Trump de “abrir a boca” quando ele apareceu “à beira” de revelar esses segredos, disse ele ao jornal israelense Yediot Aharonot. 

Eshed não disse há quanto tempo os alienígenas estão se escondendo nas sombras, mas disse que parte do suposto contato ocorreu durante a presidência de Trump.  Ele disse que os alienígenas queriam trabalhar com os americanos para estudar ‘a estrutura do universo’.  O ex-oficial espacial israelense afirmou que se apresentou agora na esperança improvável de que suas revelações fossem aceitas como verdadeiras. 

O ex-general também se apressou em acrescentar que os alienígenas estão meramente  “investigando” e procurando alistar a humanidade como “ajudantes” em sua busca para  “compreender as regras do universo”, sugerindo que – pelo menos por agora – não há necessidade de temer uma força de invasão hostil de extraterrestres, apesar dos experimentos.

‘Se eu tivesse dito há cinco anos atrás o que estou falando hoje, teria sido hospitalizado [em um hospício]’, disse ele ao jornal israelense.  Todos os lugares que eu falei no meio acadêmico sobre isso, eles falavam: o cara perdeu a cabeça. Eu não tenho nada a perder. Recebi meus diplomas e prêmios; sou respeitado em universidades no exterior, onde a tendência também está mudando’. 

O professor até colocou suas ideias em um livro no qual descreve como alienígenas evitaram desastres nucleares na Terra, de acordo com o Jerusalem Post .  


Questione tudo, nunca aceite nada como verdade sem a sua própria análise, chegue às suas próprias conclusões.


Mais informações, leitura adicional:

Permite reproduzir desde que mantida a formatação original e a conversão como fontes.

phi-cosmoswww.thoth3126.com.br

 

2 Responses to ‘Federação Galáctica’ extraterrestre manteve contado com EUA e Israel, declarou cientista israelense

  1. Rafael

    E adivinhem? A maior parte da grande mídia (pre$$titute) ignorou essa declaração. O que não é de se espantar.

Deixe um comentário para Rafael Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.