browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Forte Onda de frio deve atingir toda a região Sul, Sudeste e Centro-Oeste

Posted by on 17/07/2017

SJAusentes-Neve-frioForte massa de ar polar vinda da Argentina derruba temperaturas nesta semana pelo país. Há possibilidade de geada e até neve em Santa Catarina; o Rio Grande do Sul já registrou queda de neve granular nesta segunda, com temperaturas abaixo de zero em quatro cidades. em Canela, Gramado, São Francisco de Paula e Caxias do Sul, na serra gaúcha, e Palmeira das Missões, na Região Noroeste do estado, que registraram o fenômeno. Frio chegou com muita intensidade ao estado do RS e temperatura deve cair ainda mais ao longo do dia.

Edição e imagens: Thoth3126@protonmail.ch

Onda de frio deve atingir Sul, Sudeste, Centro-Oeste e parte da região Norte. Forte massa de ar polar vinda da Argentina derruba temperaturas nesta semana pelo país. Há possibilidade de geada e até neve em Santa Catarina; Rio Grande do Sul já registrou neve granular.

Fonte: http://g1.globo.com/

Várias cidades gaúchas tiveram queda de neve granular nesta segunda-feira (17), segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Canela, Gramado, São Francisco de Paula e Caxias do Sul, na serra gaúcha, e Palmeira das Missões, na Região Noroeste do estado, registraram o fenômeno.

A massa de ar frio que vem do Polo se encontra com a massa de ar seco sobre o Rio Grande do Sul, isso cria a frente fria", afirma a meteorologista. "Esta, por sua vez, vai sentido ao litoral, enquanto a massa polar, com ar seco e ... - Veja mais em https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2017/07/17/massa-polar-leva-neve-ao-sul-e-provocara-queda-brusca-na-temperatura-em-sp.htm?cmpid=copiaecola

A massa de ar frio que vem do Polo sul se encontra com a massa de ar seco sobre o Rio Grande do Sul, isso cria uma frente fria, afirmam os meteorologistas, derrubando a temperatura. 

Moradores de Pinheiro Machado, na Campanha, também presenciaram o fato ainda na noite de domingo (16). Neve granular são pequenos cristais de gelo que caem durante chuva fina. Além dessas quatro cidades, o Inmet informou ainda a ocorrência de chuva congelada em Soledade, Caseiros, Teutônia, São Marcos, Crissiumal, Passo Fundo e Nova Prata.

O frio chegou com intensidade ao Rio Grande do Sul, por causa de uma forte massa de ar polar vinda da Argentina. São José dos Ausentes, nos Campos de Cima da Serra, teve a menor marca do estado. O amanhecer foi congelante e a temperatura foi caindo ainda mais ao longo da manhã.

Por volta das 5h, fazia 3,4°C, com sensação térmica de -3°C. Perto das 9h, a temperatura era de 0,8°C, a menor do estado. E a sensação térmica continuava negativa: -7°C. Ao todo, 15 cidades tiveram sensação térmica negativa, conforme o levantamento do Inmet. Em Porto Alegre, a mínima foi de 7,5ºC.

Ao longo do dia, a previsão é que as temperaturas caem ainda mais, principalmente na Serra. As temperaturas ficam baixas na parte da tarde e a sensação de frio aumenta muito entre noite e madrugada do dia seguinte. Na terça (18), não há mais chance de neve porque a umidade diminui, mas pode haver chuva congelada na serra gaúcha e formação de geada na Fronteira Oeste e Campanha.

frio-cachoeira-do-sul-rs

A massa de ar polar que chegou ao Rio Grande do Sul baixa a temperatura em todas as regiões. Em Cachoeira do Sul (centro do estado), a mínima nesta segunda-feira (17), às 6h, foi de 4ºC e a máxima deverá chegar a 10ºC com uma previsão de 5mm de chuva. Esta será uma semana de frio intenso e existe a possibilidade de geada.

Além do interior, pode gear até mesmo na capital. Mesmo com o sol predominando no decorrer da tarde, as máximas não se elevam muito, e a sensação de frio se mantém, com temperaturas entre 2°C e 12°C em Porto Alegre.

Chuva congelada e neve granular

Segundo o Inmet, há uma diferença entre os fenômenos. A chuva congelada ou congelante ocorre quando a chuva cai de forma líquida, e atinge o ponto de congelamento ao entrar em contato com a superfície.

No caso da neve, a precipitação ocorre na forma de flocos formados de cristais de gelo – ou seja, a água se precipita já em estado sólido. Esses cristais de gelo geralmente se formam em nuvens onde as temperaturas são menores que -20°C, mas só chegarão em forma de neve se a coluna de ar vertical estiver totalmente fria, ao contrário da chuva congelada onde o meio da coluna de ar pode apresentar uma temperatura mais alta.

Também existem neves tipo úmida e seca. O primeiro caso é caracterizado por grandes flocos que se formam com temperaturas do ar em superfície próximas de zero e no segundo caso a neve ocorre quando os termômetros estão apresentando valores muito abaixo de zero.

neves.j.dosausentes-rs

A temperatura em São José dos Ausentes nesta segunda chegou a 0,5º negativos – Félix Zucco/Agência RBS

Há casos em que a chuva congelada e a neve, que neste caso é granular, ocorrem ao mesmo tempo. A neve granular são grãos de gelo ligeiramente achatados ou alongados, com diâmetro geralmente inferior a 1 mm. Porém, elas não se despedaçam quando caem em uma superfície.

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

thoth-escribawww.thoth3126.com.br

2 Responses to Forte Onda de frio deve atingir toda a região Sul, Sudeste e Centro-Oeste

  1. Gonzalez

    Mais frio pra MG !!! O mundo realmente está muito diferente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *