browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Forte terremoto de 7,5º no Alasca, com dezenas de fortes réplicas. Alerta de Tsunami

Posted by on 20/10/2020

Um forte terremoto de magnitude 7,5º na escala Richter, com dezenas de réplicas, também de grande magnitudes, atingiu a Península do Alasca na tarde dessa segunda-feira , disparando um alerta de tsunami na região. O aviso foi rebaixado dentro de algumas horas e foi suspenso totalmente na terça-feira, depois que várias ondas de cerca de dois pés de [60 cm] altura atingiram a costa em algumas áreas. 

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Forte terremoto de 7,5º no Alasca, com dezenas de fortes réplicas. Alerta de Tsunami

Fontes:  USGSCNN NewsCBS News

(CNN) Um forte terremoto de magnitude 7,5 graus na escala Richter perto de Sand Point, no Alasca, com dezenas de fortes réplicas, gerou um tsunami, disse Scott Langley com o Centro Nacional de Alerta de Tsunami na tarde de segunda-feira.

Alaska still shaking with aftershocks from 7.0 earthquake - oregonlive.com

Em janeiro de 2019, a Alasca foi sacudido por fortes tremores com grandes danos à infraestrutura

Langley disse que o tsunami enviou duas ondas, cada uma medindo cerca de 130 centímetros (4 pés e 3 polegadas) de altura. Mas os observadores em terra relataram que as ondas pareciam ter 1,5 pés (45,7 centímetros) e 2 pés (61 cm) acima da maré alta. O centro está monitorando portos em uma área de 500 milhas ao longo da costa do Alasca, disse ele. Algumas escolas da península foram evacuadas no início do dia, nessa terça feira, mas não houve relatos de danos.

Langley disse anteriormente que a área no Alasca que havia sido sujeita ao alerta e aconselhamento contra Tsunamis é “bastante remota”. “Para outras costas do Pacífico dos Estados Unidos e Canadá na América do Norte, não há ameaça de tsunami”, disse o centro.

O US Geological Survey disse que o terremoto de 7,5º ocorreu às 13h54, cerca de 56 milhas a sudeste de Sand Hill e quase 600 milhas a sudoeste de Anchorage. O terremoto atingiu uma profundidade de cerca de 25 milhas. Dezenas de tremores  secundários e de grandes magnitudes também foram registrados entre magnitudes de 4º a  5,9º  na escala Richter.

Uma fila de tráfego deixa Homer, Alasca, depois que uma ordem de evacuação por tsunami foi emitida para áreas baixas.

Uma fila de veículos deixa Homer, Alasca, depois que uma ordem de evacuação por tsunami foi emitida para áreas mais baixas.

Inúmeras sirenes de emergência foram ativados no Alasca e no Kodiak Emergency Operations Center monitorado a situação, a afiliada local da CBS, a KTVA-TV relatou . A polícia na cidade de Homer pediu aos residentes em áreas de baixa elevação que se transferissem para locais mais altos enquanto o alerta de tsunamis estava ativo.

David Adams, co-gerente de uma pousada em Sand Point, disse à Associated Press que o terremoto “foi um tremor muito forte aqui” e disse que “a própria estrutura é sólida”. Ele também disse que todos os convidados foram contabilizados. “Simplesmente aconteceu, foi de repente”, acrescentou.

Uma residente em Cold Bay, no Alasca,  compartilhou um vídeo de sua sala de estar enquanto ela e seus três filhos se amontoavam sob uma mesa quando o terremoto sacudiu sua casa, disse a KTVA-TV. “Nós sentimos o tremor”, disse Lorna Osterback, funcionária da Clínica Sand Point, sobre o terremoto. “Este é um grande problema.”

Osterback disse que os moradores da cidade irão para áreas mais altas longe da costa enquanto esperam a ameaça do tsunami. “Esperamos ter outro em cerca de meia hora”, observou Osterback. “Estamos bem na linha de falha. Eu cresci aqui e isso é normal.”

Jeanette Piniones Navales mudou sua família da Ilha Kodiak para um terreno mais alto na Montanha Pillar quando o alerta de tsunami soou na segunda-feira. Ela disse que mora em Kodiak desde 2014 e esta é a sexta vez que passa por um alerta de tsunami. “Fiquei nervosa e imediatamente convenci minha família a se mudar para um lugar alto para ficar segura”, disse ela à CNN.


Sobre fenômenos oceánicos no litoral do BRASIL:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.