browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

França: Protestos explodem depois que Macron jurou ‘irritar’ os não-vacinados

Posted by on 09/01/2022

A declaração de Macron esta semana de: “Mas quanto aos não vacinados, eu realmente quero irritá-los. E vamos continuar fazendo isso, até o fim. Essa é a estratégia”. podem ter saído pela culatra depois que grandes multidões saíram às ruas da França prometendo irritá-lo com mais e maiores protestos. Pelo menos 100.000 pessoas foram às ruas da França em protesto contra as restrições e mandatos da Covid-19, depois que o presidente Macron prometeu tornar a vida dos não vacinados cada vez mais difícil até que eles aceitassem a injeção, em declaração feita em entrevista esta semana.

França: Protestos explodem depois que Macron jurou ‘irritar’ os não-vacinados

Fonte: Rússia Today

As enormes multidões de franceses protestando no sábado foram quase quatro vezes maiores do que no dia 18 de dezembro, de acordo com estimativas da polícia. Os manifestantes se opuseram, entre outras coisas, a um plano governamental quase implementado para tornar a prova de vacinação contra a Covid-19 [Passe da Vacina Covid] obrigatória para usar o transporte público, comer em restaurantes e participar de eventos.

A Assembleia Nacional da França aprovou um projeto de lei esta semana que, se aprovado pelo Senado, introduziria os chamados ‘passes de vacina’ para substituir os ‘passes de saúde’ existentes. De acordo com as regras atuais, um PCR ou teste de antígeno negativo dá acesso a um passe válido por 24 horas. 

Um passe de vacina, no entanto, só seria emitido para aqueles que foram totalmente vacinados [bovinamente envenenados]. As pessoas infectadas com Covid-19 teriam que receber uma injeção de reforço três a quatro meses após contrair o vírus para obter a aprovação da vacina, disse o ministro da Saúde, Olivier Veran. Nesse ínterim, eles podem usar seus certificados de recuperação.

A multidão protestando em Paris somou pelo menos bravos 18.000 franceses indignados, de acordo com estimativas oficiais, com os manifestantes sendo ouvidos gritando “Vamos irritá-lo!” em referência aos comentários controversos de Macron.

Dez manifestantes foram presos e três policiais ficaram feridos em confrontos na capital. Pelo menos mais duas dúzias de pessoas foram detidas em vários protestos em outras cidades francesas.

Durante uma entrevista ao Le Parisien na terça-feira [04], Macron disse: “Não pretendo irritar o povo francês. Mas quanto aos não vacinados, eu realmente quero irritá-los. E vamos continuar fazendo isso, até o fim. Essa é a estratégia

Macron revelou que continuar a “irritar” os franceses não vacinados “até o fim” é sua “estratégia” e se gabou de que apenas uma “pequena minoria” estava resistindo às restrições do governo. LEIA MAIS: Macron jura ‘irritar’ os não-vacinados até à sua submissão.

“Como podemos reduzir essa minoria? Nós a reduziremos – desculpe a expressão – irritando-os ainda mais ”, disse o presidente francês, explicando que o plano inclui “pressionar os não vacinados, limitando, tanto quanto possível, seu acesso às atividades da vida social ”. Parece que a [estúpida] estratégia [de um reles marionete ] não deu certo e serviu para acirrar, ainda mais, a resistência dos franceses à imposição da vacina.


“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal  AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)”. para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


“Você não é deste mundo. Você não é este corpo que habita. Você não é essas emoções, esses pensamentos, esse ego com o qual se identifica. Você nem mesmo é sua vida ou morte. Quando você é capaz de se distanciar dessas coisas, então o verdadeiro você, o você gnóstico, entra no foco de sua cognição. Mais puro que o éter, mais radiante que o sol, mais puro que a neve acumulada, cheio de vida e retirado do contexto da morte, este é o eu que você é. Para ajudá-lo a saber disso, Jesus e Buddha e todos os outros grandes mensageiros de luz vieram a este mundo, fazendo o sacrifício de vir da plenitude para o vazio para trazer isso a você. Você deve saber disso, e deve fazer isso, porque sem ele você não está realmente vivo, não está realmente consciente, mas com ele, você é todas as coisas, você tem todas as coisas, e o Tudo se tornou você. Esta é a mensagem da Gnose! ”  – Richard, Duc de Palatine (1916–1977)


Saiba mais, leitura adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.