browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Incêndios na Califórnia, mais de 70 mortos e 1.276 desaparecidos

Posted by on 22/11/2018

O incêndio mais mortífero da história da Califórnia (nomeado de Camp Fire – Campo de Fogo, no norte do estado) continua a incinerar tudo que encontra em seu caminho de devastação enquanto os bombeiros e as equipes de resgate encontram mais e mais corpos de pessoas mortas pelo fogo.

Com 77 vítimas fatais confirmadas até agora, a lista de desaparecidos subiu para 1.276 pessoas, a maioria provavelmente sendo de idosos. Os teóricos da conspiração já começam a alegar que a catástrofe foi deliberadamente planejada.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Incêndios na Califórnia: cerca de 1.276 pessoas desaparecidas em Camp Fire com 77 vítimas fatais

Fonte: https://www.cbsnews.com/

O número de mortes no incêndio Camp Fire no norte da Califórnia aumentou no domingo para 77, enquanto o número de pessoas desaparecidas chegava a 993 pessoas. O incêndio foi contido em dois terços da noite de domingo, depois de consumir cerca de 150.000 acres de florestas.

No sul da Califórnia, nos arredores de Los Angeles, o incêndio de Woolsey foi 91% contido depois de queimar 96.949 acres e matar três pessoas. A fumaça densa dos incêndios tem sufocado partes do estado com o que tem sido descrito como “o ar mais sujo do mundo”.

O bombeiro Jose Corona ataca o fogo com água enquanto as chamas do incêndio Camp Fire consomem mais uma casa em Magalia, Califórnia, na sexta-feira, 9 de novembro de 2018.

A chegada da chuva está prevista para o meio desta semana, o que poderia ajudar os bombeiros, mas também complicar a busca desafiadora de restos mortais de pessoas desaparecidas. “É uma situação desanimadora”, disse o xerife do condado de Butte, Kory Honea. “Tanto quanto eu gostaria que pudéssemos passar por isso antes das chuvas chegarem, eu não sei se isso é possível.” A chuva também pode provocar lama e deslizamento de rochas no sul da Califórnia.

Mapa do incêndio florestal da Califórnia:

Um mapa mostra onde dois grandes incêndios estão queimando na Califórnia.

Este mapa mostra onde dois grandes incêndios estão queimando na Califórnia.

Incêndios florestais da Califórnia fatos rápidos: Estes são os números atuais a partir de domingo à noite do Cal Fire .

Incêndio Camp Fire

  • Localização: Condado de Butte
  • 150.000 acres queimados
  • 65 por cento contidos
  • 77 mortes confirmadas
  • 993 pessoas desaparecidas
  • 12.794 estruturas destruídas
  • Contenção total prevista para 30 de novembro

Incêndio Woolsey Fire

  • Localização: Condado de Los Angeles, Condado de Ventura
  • 96.949 acres queimados
  • 91 por cento contidos
  • 3 fatalidades confirmadas
  • 1.452 estruturas destruídas, 337 danificadas
  • Contenção total prevista para 22 de novembro

Vigília realizada em Chico, Califórnia, pelas vítimas dos incêndios florestais

A cidade de Paradise, na Califórnia, realizou uma vigília no domingo à noite para lembrar as centenas que morreram no incêndio que varreu a região. A vigília na Primeira Igreja Cristã em Chico foi um momento para os moradores refletirem tranquilamente, rezar, trazerem fotos ou momentos de amigos perdidos, familiares e animais de estimação e foi uma chance de procurar ajuda de conselheiros e especialistas em saúde mental.

181118-cbsnews-paradise-vigil-01.png

Uma vigília foi realizada para as vítimas do incêndio Camp Fire, norte da Califórnia no domingo, 18 de novembro de 2018.

Um sinal na vigília dizia: “Vamos ressurgir das cinzas” e duas hashtags: #paradisestrong #buttecountystorng . As pessoas se abraçaram e derramaram lágrimas enquanto o pastor Jesse Kearns recitava uma prece para os socorristas: “Pedimos a força contínua enquanto eles estão ficando cansados ​​agora”.

O governador da Califórnia diz que Trump prometeu não cortar o financiamento para combate aos incêndios florestais

O governador da Califórnia, Jerry Brown, disse que o presidente Trump garantiu que ele não vai cortar o financiamento federal para a Califórnia para lidar com os incêndios florestais do Estado no que o governador chamou de “grande vitória”. No sábado, Brown e o presidente visitaram os danos do incêndio Camp Fire que matou dezenas de pessoas, com quase 1.300 a mais ainda desaparecidas e provavelmente mortas. O governador também disse que o impacto econômico dos incêndios será de “dezenas de bilhões” de dólares.

“O presidente Trump não apenas assinou uma declaração presidencial dando à Califórnia fundos substanciais, mas disse e se comprometeu muito especificamente a continuar nos ajudando, que ele está de volta”, disse Brown em “ Face the Nation” no domingo. “E eu pensei que isso foi uma coisa muito positiva”.

O número de mortos aumentou para 77, número de pessoas desaparecidas subiu para 1,276

O número de mortes no incêndio Camp Fire aumentou no sábado para 76 depois que quatro corpos foram encontrados em Paradise e outro foi encontrado na vizinha cidade de Concow. Sessenta e três deles foram tentativamente identificados, e estão à espera de provas de DNA.

O número de pessoas desaparecidas aumentou para 1,276, disse o xerife do condado de Butte, Kory Honea. Isso é um aumento de 265 a partir de sexta-feira. Honea pediu sábado ao público para verificar a lista e ligar se estiverem seguros. Honea diz que a lista está crescendo porque as autoridades continuam a separar nomes de telefonemas, e-mails e relatórios que chegaram nas primeiras horas do incêndio que começou em 8 de novembro.

Trump visita Malibu

Em Malibu, o presidente Trump visitou um penhasco com vista para o Oceano Pacífico, onde as casas ficavam e as palmeiras estavam queimadas, sinais dos incêndios intensos. O Sr. Trump elogiou autoridades locais, socorristas e a assistência militar, e ele disse que as autorizações de reconstrução serão aceleradas.

Ao lado de Trump, o governador da Califórnia, Jerry Brown, disse que as autoridades precisarão avaliar todas as informações disponíveis sobre incêndios florestais para planejar o futuro. O governador eleito do estado, Gavin Newsom, diz que as pessoas já estão fartas com incêndios e o problema precisa ser tratado de frente.

Trump diz que a destruição não mudou sua opinião sobre as mudanças climáticas

O Presidente Trump visitou a devastação em Paradise, Califórnia, depois que um incêndio mortal quase nivelou toda a comunidade. Trump se recusou a dizer se a mudança climática impactou diretamente os incêndios, dizendo que havia “muitos fatores” em jogo.  Em outubro, ele disse ao programa “60 Minutes“, da CBS News, que ele não considera mais a mudança climática uma farsa, mas disse que não acredita que isso seja feito pelo homem.

Trump disse no sábado que o incêndio foi “muito ruim” e disse “esperançosamente” que seria o último. “Eu acho que todo mundo viu a luz, e eu não acho que teremos isso novamente até este ponto”, disse ele.

Sentimentos mistos entre os evacuados por causa da visita de Trump

Entre os milhares que perderam suas casas em Camp Fire, houve emoções mistas durante a visita de sábado pelo presidente Trump. “Eu acho que é uma ótima idéia”, disse Lindsay Nelson, que fugiu de sua casa em chamas em Paradiseo. “Quero dizer, se alguém quer entender o que estamos passando aqui, você tem que estar aqui. Não é algo que você possa ver na TV.”

Outro evacuado de Paradise George Denora ecoou essa crença. “Eu respeito o trabalho que ele está fazendo o que ele está tentando fazer”, disse Denora. “E eu estou feliz que ele veio ver tudo. E eu acho que isso vai adicionar um pouco de brilho a muitas pessoas.”

Outros, no entanto, não tinham tanta certeza. “Bem, eu entendo agora por que as pessoas em desastres não querem que o presidente venha imediatamente”, disse Charlotte Harkness, que perdeu sua casa em Paradise. “Já é um zoológico aqui e eu não me importo com quem é o presidente. Ele precisa esperar porque o trânsito já esta horrível.”

O sentimento foi compartilhado por Terry Lee. “Não acredito que ele vá nos fazer bem”, disse Lee. “As pessoas locais estão fazendo um trabalho fantástico. A FEMA está se saindo fantástica. Eu acho que é só mostrar”.

Trump visita a cena de incêndio da Califórnia

O presidente Trump partiu para a Califórnia no sábado para ver em primeira mão a dor e a devastação do mais violento incêndio dos EUA em um século. Os governadores de saída e de entrada da Califórnia, tanto democratas quanto críticos de Trump, planejavam se juntar ao presidente no sábado. O governador Jerry Brown e o governador eleito Gavin Newsom saudaram a visita de Trump, declarando que é hora de “unir forças para o povo da Califórnia”.

Detalhes do itinerário do Sr. Trump não haviam sido divulgados na manhã de sábado. Trump provocou ressentimento entre os sobreviventes por causa de comentários que ele fez dois dias após o início do desastre no Twitter, e depois reiterou na véspera de sua visita. Em uma entrevista gravada na sexta-feira e programada para ser transmitida no “Fox News Sunday”, Trump disse que ficou surpreso ao ver imagens de bombeiros removendo um arbusto seco perto de um incêndio, acrescentando que “isso deveria ter sido eliminado”.

Perguntado se achava que as mudanças climáticas contribuiu para os incêndios, ele disse: “Talvez isso contribua um pouco. O grande problema que temos é a administração”. Esses comentários ecoaram sua reação inicial aos incêndios em 10 de novembro, quando ele culpou os incêndios florestais pelo mau manejo florestal e ameaçou então suspender os pagamentos federais. O Sr. Trump subseqüentemente aprovou uma declaração de desastre federal para o estado.

As pessoas na Bay Area fazem fila para comprar máscaras

As pessoas têm feito fila em lojas de ferragens e outros locais na área da Baía de São Francisco para comprar máscaras faciais para minimizar o consumo de ar não saudável resultante da fumaça do incêndio Camp Fire. Os respiradores N95, assim chamados por causa de sua capacidade de filtrar pelo menos 95 por cento de partículas transportadas pelo ar, precisam se encaixar bem para trabalhar, informa a CBS San Francisco .

Algumas pessoas usam uma correia em vez de duas, porque são desconfortáveis. Mas os médicos disseram que isso é um grande equívoco. Eles disseram usar ambas as tiras, apertar o metal no topo do nariz e tentar selar a máscara ao redor do rosto. Se for bem feito, não deve haver lacunas.

“Nós devemos respirar oxigênio e nitrogênio. Agora você também tem esse material particulado que seus pulmões não gostam. E uma vez que você respira esses irritantes e nocivos produtos químicos, eles são distribuídos por todo o seu corpo”, disse o Dr. Desmond Carson, o diretor médico do centro de bem-estar LifeLong Medical Care. “Essas substâncias irritantes não devem entrar em seu corpo e é por isso que as pessoas ficam com dores de cabeça.”

Image result for Butte County camp fire

Muitos lugares na área da baía estavam distribuindo máscaras gratuitas na sexta-feira, mas eles estavam acabando rapidamente. As agências notam que as máscaras podem dar às pessoas uma falsa sensação de segurança e recomendam ficar em ambientes fechados.

Woolsey Fire 78 por cento contido

A contenção do incêndio chamado de Woolsey Fire saltou para 78 por cento a partir das 9:40 pm ET. Centenas de moradores frustrados de Malibu não sabiam se poderiam retornar às suas comunidades, informou a CBS Los Angeles. Vários moradores disseram à CBS Los Angeles na noite de quinta-feira que havia confusão sobre se os bairros haviam sido reabertos. Alguns disseram que inicialmente haviam voltado para casa depois que as ordens de evacuação foram retiradas, e depois foram embora para recados, mas voltaram para encontrar bloqueios de estradas difíceis no local.

“É muito frustrante, considerando que eles não nos disseram que iria haver um bloqueio das rodovias, e nós estamos indo e voltando o dia todo”, disse um homem. “E de repente, eles simplesmente, bloquearam, eu até deixei algo no fogão.”

“Provavelmente tem que encontrar lugar em um dos pequenos hotéis, mas não há hotéis disponíveis, então eu provavelmente terei que dormir no meu veículo”, disse outro homem. “Não tivemos nenhum aviso, deixei minha casa totalmente exposta”, disse uma mulher. O Escritório de Administração de Emergências do Condado de Los Angeles explicou em um comunicado de imprensa na sexta-feira que graves danos infra-estruturais os impediram de reabrir o acesso a certas áreas.

“Com os postes de energia e telefone queimados, as linhas de distribuição de gás comprometidas e as estradas destruídas, várias agências devem trabalhar juntas para inspecionar as áreas afetadas e determinar a segurança geral”, escreveu o departamento de gerenciamento de emergência. O departamento observou que várias comunidades terão que ser “completamente reconstruídas”.

“Estamos lidando com quedas de energia, vazamentos de gás, problemas com fornecimento de água, estamos lidando com postes de energia derrubados, com árvores que caíram”, disse o capitão do condado de Los Angeles, Darren Harris, a repórteres.

Qualidade do ar no norte da Califórnia é o pior do mundo

A fumaça dos incêndios florestais da Califórnia fez com que partes do norte do país registrassem os piores níveis de qualidade do ar no mundo, de acordo com a Purple Air. Os níveis na Califórnia ultrapassaram as cidades da Índia e da China.

A maioria das escolas de San Francisco, Sacramento, Oakland e Folsom disse que elas estariam fechadas na sexta-feira. Pelo menos seis universidades no norte da Califórnia cancelaram as aulas na quinta-feira. Os bondes de San Francisco foram fechados sexta-feira para incentivar moradores e turistas a permanecerem no interior.

O estado está alertando as pessoas sobre a qualidade do ar. Equipes de busca na área do incêndio de Camp Fire estão lidando com fumaça pesada e poluição do ar perigosa. Uma estação de monitoramento em Palermo, Califórnia, perto do Camp Fire, disse que os níveis de poluentes no ar estão 13 vezes mais altos do que em uma estação perto da fronteira do estado de Nevada, em Truckee, Califórnia.

Dezenas ainda estão hospitalizadas após os incêndios na Califórnia

Dezenas de pessoas ainda estão hospitalizadas uma semana depois do incêndio fatal no norte da Califórnia. O Centro Médico UC Davis, em Sacramento, disse na sexta-feira que tratou 11 pessoas feridas no incêndio que destruiu a cidade e matou dezenas de pessoas. A porta-voz Pamela Wu disse que nove permanecem hospitalizadas. Uma pessoa está em estado crítico, uma está em estado grave e outras oito estão em condições razoáveis.

O principal cirurgião de queimados do hospital disse à KRON-TV que a maioria dos pacientes teve queimaduras em 20 a 50% de seus corpos. O Enloe Medical Center, em Chico, tratou 49 pacientes que foram evacuados de um hospital em Paradise. A porta-voz do hospital, Andrea Gleason, diz que muitos outros foram admitidos devido a ferimentos relacionados a incêndios, mas a equipe não registrou o número exato de pacientes.

National Park Service planeja reconstruir prédios incendiados, conjuntos de filmes

Funcionários do National Park Service planejam reconstruir os prédios e cenários do Paramount Ranch, no sul da Califórnia, e reabrir dentro de dois anos. O superintendente da Área de Recreação Nacional das Montanhas de Santa Monica, David Szymanski, anunciou o plano enquanto guiava os repórteres pelas fundações carbonizadas que compunham a “Cidade do Oeste” da fazenda, a maioria queimada logo após o início do incêndio em 8 de novembro.

EUA-INCÊNDIO-CALIFÓRNIA-AMBIENTE-TEMPO

O Paramount Ranch, onde o programa de televisão “Westworld” foi filmado, foi deixado em ruínas após o incêndio Woolsey Fire em 12 de novembro de 2018 em Agoura Hills.  GETTY

Uma igreja construída para o “Westworld” da HBO e um depósito de trem construído para a série “Dr. Quinn, Mulher da Medicina” da CBS da década de 1990 são tudo o que ainda existe entre as colinas escuras do rancho que começou como cenário para a Paramount Pictures na década de 1920 e foi tomado pelo National Park Service em 1980. Estruturas que serviram como celeiros, hotéis, salões e barbearias por décadas como cenários de filmes e programas e séries de TV desapareceram queimados pelos incêndios.

Família listada como desaparecida realmente escapou do incêndio

Autoridades acreditam que a lista de pessoas desaparecidas no  incêndio Camp Fire inclui alguns que fugiram do incêndio e não percebem que foram relatados como desaparecidos. Foi o que aconteceu com uma família que escapou da cidade de Paradise, que foi completamente destruída.

Greg Fernea e seus filhos adultos Nicolas Fernea e Patrick Fernea estão hospedados na casa de Patrick, no rural Tehama Ranch, onde o serviço de telefonia celular é instável, informa a CBS Sacramento. Nicolas Fernea disse à estação que as pessoas de suas relações ligaram preocupadas com seu bem-estar. “Eu tinha professores antigos, como me formei na Ridgeview High School, e eles realmente viram meu nome na lista e entraram em contato, e quero agradecer-lhes”, disse ele.

Acampamento no estacionamento do Walmart fechado

Um acampamento improvisado para vítimas em um estacionamento do Walmart no norte da Califórnia será desativado, informou o correspondente da CBS News, DeMarco Morgan. Caixas de doação e banheiros portáteis serão removidos. Mais de 100 evacuados do Camp Fire montaram o acampamento em Chico, que fica perto da cidade de Paradise, totalmente destruída. Um co-organizador do grupo disse que a Cruz Vermelha lhes disse que o campo será fechado às 13h no domingo.

A Cruz Vermelha disse que não foi a decisão da instituição de caridade de fechar o acampamento e que estava conscientizando as pessoas sobre seus abrigos na área. Funcionários de emergência estavam cientes, mas disseram que a assistência federal não estava disponível.

Família sobrevive ao fogo e ao tiroteio de Thousand Oaks

Os membros de uma família da Califórnia sobreviveram a duas tragédias impensáveis ​​com menos de 24 horas de diferença, informou a CBS Los Angeles.  Carmen Edman disse que a fuga angustiante de sua família de Malibu veio um dia depois que sua filha, Deseriee, sobreviveu ao tiroteio em massa dentro do Borderline Bar & Grill em Thousand Oaks. “Eu estava em pânico desde quarta-feira à noite – desde aquele telefonema – e os níveis de estresse estavam fora das paradas”, disse Carmen Edman.

A família Edman chegou em segurança, mas sua casa em Malibu foi incendiada. Foram 48 horas de horror para a família, mas todos eles mantinham as coisas em perspectiva: todos eles sobreviveram. “Duas experiências de quase morte que você simplesmente não espera”, disse Deseriee Edman.

Deseriee disse que ainda está processando o que aconteceu no Bar Borderline e com o incêndio  Woolsey Fire. “Estou tentando ficar o mais forte possível para minha família e meus amigos. E estou tentando ver tudo o mais positivo possível nesses tipos de situações”, disse ela.  A família de Deseriee sabe que a situação deles pode ser pior. “Doze pessoas não foram para casa. Ron não foi para casa, nem Justin, Christina, todas essas pessoas que estavam lá. Boas pessoas”, disse Carmen Edman.

CBS/AP November 19, 2018, 5:40 AM


contagem-regressiva-azul

“Haverá muitas mudanças dramáticas no clima do planeta, muitas mudanças nas condições meteorológicas  na medida em que o TEMPO DA GRANDE COLHEITA se aproxima RAPIDAMENTE ao longo dos próximos anos. Você vai ver a velocidade do vento em tempestades ultrapassando 300 milhas (480 quilômetros) por hora, às vezes.  Deverão acontecer fortes tsunamis e devastação generalizada NAS REGIÕES COSTEIRAS, e emissão de energia solar (CME-Ejeção de Massa Coronal do Sol)  que fará  importante fusão e derretimento das calotas de gelo nos polos, e subseqüente aumento drástico no nível do mar, deixando muitas áreas metropolitanas submersas em todo o planeta“. Saiba mais AQUI 


Saiba mais, leitura adicional:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.