browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Japão alerta os EUA que um ataque da China e Rússia no estilo ‘Pearl Harbor’ pode acontecer

Posted by on 05/07/2021

Na quarta-feira, o segundo oficial de defesa do Japão, o Ministro da Defesa do Estado japonês, Yasuhide Nakayama, disse que a China e a Rússia estão mostrando sinais crescentes de cooperação militar e que suas atividades no Pacífico podem mostrar sinais de que planejam lançar um ataque ao estilo de Pearl Harbor contra os EUA, semelhante ao que o Japão fez em dezembro 7, 1941, impulsionando os EUA a entrar na Segunda Guerra Mundial.


“O indivíduo é [TÃO] deficiente mentalmente [os zumbis], por ficar cara a cara, com uma conspiração tão monstruosa, que nem acredita que ela exista. A mente americana [humana] simplesmente não se deu conta do mal que foi introduzido em seu meio. . . Ela rejeita até mesmo a suposição de que as [algumas] criaturas humanas possam adotar uma filosofia, que deve, em última instância, destruir tudo o que é bom, verdadeiro e decente”.  – Diretor do FBI J. Edgar Hoover, em 1956


Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Japão alerta os EUA que um ataque da China e Rússia no estilo ‘Pearl Harbor’ pode acontecer

Fontes:  American Military News  –  Natural News

Falando em um evento do Instituto Hudson, o ministro da Defesa do Estado japonês, Yasuhide Nakayama , disse :

“Setenta anos atrás, nós atacamos Pearl Harbor, mas agora os EUA e o Japão [são] aliados muito bons, um dos melhores aliados em todo o mundo”.

Nakayama continuou, dizendo que agora as forças navais russas “estão realmente se exercitando bem na frente da parte oeste de Honolulu, então não quero lembrar os 70 anos atrás, mas temos que ter cuidado com o atual exercício [de guerra naval] dos russos” .

O Ministro de Estado da Defesa do Japão é o adjunto direto de seu Ministro da Defesa, o principal oficial de defesa do Japão

Nos últimos dias, a frota russa realizou vários exercícios navais perto do Havaí, incluindo a prática de afundar um porta-aviões. Alguns navios russos foram relatados operando dentro de 35 milhas náuticas da costa do Havaí . Em meio aos exercícios navais russos nas proximidades, a Marinha dos Estados Unidos reposicionou um Carrier Strike Group 1 (CSG-Grupo de Ataque capitaneado por um Porta Aviões) na área operacional das ilhas havaianas.

Nakayama disse: “Temos que mostrar a dissuasão em relação à China, e não apenas à China, mas também aos russos, porque, como eu disse a vocês, eles estão fazendo seus exercícios conjuntos”.

“A China e a Rússia estão indo muito bem. Eles são amigos. Eles são bons amigos, eu acho. Mas, por outro lado, eles estão criando sua própria capacidade de mísseis, sua própria capacidade de submarinos. Eles estão compartilhando seu conhecimento juntos, até mesmo com a academia, eu acho, ou [pesquisa e desenvolvimento] ”, disse Nakayama. “. . . Portanto, temos que nos concentrar mais em como nos proteger e não apenas em nos proteger, mas em como evitar o risco”. 

Nakayama também fez uma comparação entre um potencial ataque nuclear da Rússia ou China e os ataques nucleares dos EUA em Hiroshima e Nagasaki, no Japão, durante a Segunda Guerra Mundial.

“Se algum país disparar [uma arma nuclear] de seu continente em direção a Honolulu, aquele míssil. . . as ogivas em comparação com Hiroshima, é 200 vezes mais [potente] do que Hiroshima ”, disse Nakayama. “Eu já estive em Hiroshima antes e fui ao museu antes, dessa experiência e da perspectiva, se bombas atômicas 200 vezes mais fortes ou torpedos ou mísseis, ogivas [nucleares] para Honolulu, acho que Honolulu será apagada do mapa. Portanto, temos que pensar antes de usar esses poderes, temos que pensar em como evitá-lo”.

Nakayama também descreveu a crescente ameaça de invasão que a China representa contra Taiwan e como o Japão e os EUA devem cooperar para manter as ações chinesas sob controle.

“O que podemos fazer é mostrar a dissuasão e também [que um ataque] ou acontecendo em direção a Taiwan, é direto não apenas relacionado com o Japão, mas também com a aliança EUA-Japão”, disse ele.

Essas declarações de Nakayama confirmam o que veículos de comunicação independentes como Natural News, Epoch Times, InfoWars e The Commonsense Show vêm alertando há anos: a China planeja atacar e destruir os EUA para alcançar o domínio global e governar o mundo num regime estilo Nova Ordem Mundial. Longe de trazer uma “teoria marginal”, a ameaça que a China representa contra os Estados Unidos agora é tão óbvia que até mesmo os aliados estratégicos dos Estados Unidos estão soando o alarme.

Como os leitores do Natural News sabem, entrevistamos o analista geopolítico JR Nyquist várias vezes, e ele repetidamente soou o alarme das ameaças chinesas e russas contra os Estados Unidos, até mesmo detalhando a invasão de terras que a China planeja ativar como parte da ocupação da América .

Aqui está nossa última entrevista com Nyquist:

A China planeja obliterar totalmente os EUA [e o ocidente], colonizar a América do Norte e usar as terras agrícolas para alimentar seu crescente império

Como já abordamos em vários podcasts de atualização de situação , a China tem planos de longa data para derrotar e eliminar os EUA, colonizar toda a América do Norte (incluindo o Canadá) e usar as terras agrícolas para alimentar seus próprios 1,4 bilhão de habitantes que enfrentam a própria crise de segurança alimentar devido a sistemáticas quebras de safras domésticas na China.

Este plano requer a invasão de terras dos Estados Unidos, seguida pelo extermínio total de todos os americanos restantes. O lançamento da arma biológica de coronavírus SARS-CoV-2 [covid] foi apenas a salva de abertura nesta guerra contra os Estados Unidos [e o ocidente]. Muitas outras fases ainda estão por vir. Infelizmente, o Pentágono, o FBI, a administração Biden, o CDC e a CIA estão todos trabalhando para realizar os interesses da China , enquanto a NSA, a DIA, a Força Espacial e muitos outros elementos do governo estão lutando para defender a América contra traidores e inimigos. Os governadores dos estados azuis [democratas] estão funcionando como extensões da implantação da agenda da China comunista, enquanto os governadores dos estados vermelhos estão do lado dos Estados Unidos.

Provavelmente, o impulso principal do próximo ataque será desencadeado por meio de Guerra Cibernética, de dentro do próprio pais, visando as instalações de energia, infraestrutura de energia e demais setores vitais da América. A China sabe que a rede elétrica da América é extremamente vulnerável e quase não funciona em climas extremos de muito quente ou frio (conforme comprovado pelos recentes apagões em Oregon, Califórnia, Texas e outros lugares). Na Califórnia, a empresa regional de energia corta partes da rede elétrica quando até quando o vento sopra!

Uma vez que a rede de infraestrutura cai, os setores bancário e financeiro param e o caos interno se instala

Derrubar a rede elétrica não é o objetivo final por si só, é claro. A perda da infraestrutura de energia desencadearia uma cascata de eventos catastróficos no domínio bancário e financeiro, basicamente paralisando todas as transações eletrônicas. Isso inclui transações de venda de varejo, saques em caixas eletrônicos, nas operações bancárias, transações comerciais, transferências eletrônicas de fundos, atividades de investimento, cupons de alimentos, pagamentos de pensões, criptomoedas e tudo o mais que você possa imaginar. Sem eletricidade, o mundo moderno das finanças e de infraestrutura deixa de funcionar instantaneamente .

Isso colocaria quase que instantaneamente todas as grandes cidades dos Estados Unidos no caos, com saques generalizados, incêndios criminosos, ataques a cidadãos inocentes e destruição total.  (Isso já acontece quase todo fim de semana em muitas cidades de esquerda [democratas], mesmo quando as luzes estão acesas, aliás.)

Em menos de 48 horas, se tanto, quase todos os pontos de venda nessas áreas seriam esvaziados, incluindo supermercados, varejistas de eletrônicos, farmácias, postos de combustíveis, lojas de artigos esportivos e até mesmo lojas de roupas. Espere que a lei marcial seja declarada muito rapidamente, seguida pela suspensão da Constituição dos Estados Unidos e tentativas federais de confisco generalizado de armas. Viajar nas estradas principais se tornará impossível.

A violência e o caos das grandes cidades centrais irão rapidamente se espalhar para áreas suburbanas e então – para os sobreviventes – para o campo enquanto os refugiados tentam fugir das cidades em colapso a pé, em busca de comida e abrigo fugindo do caos instalado.

Eu me deparei com um livro de áudio excelente que eu acho que captura como isso pode acontecer. Chama-se “Guerra do Amanhã: As Crônicas de Max ”,   de J.L. Bourne. O livro ferve com a autenticidade de como seria um colapso econômico global projetado (uma “reinicialização global” causada por um ataque cibernético que se infiltra na infraestrutura geral e o caos subsequente na área financeira) e parece muito preciso ao descrever a tentativa de resposta totalitária do atual governo de marionetes da China comunista instalado fraudulentamente em Washington DC.


Nosso trabalho no Blog é anônimo e não visa lucro, no entanto temos despesas fixas para mantê-lo funcionando e assim continuar a disseminar informação alternativa de fontes confiáveis. Desde modo solicitamos a colaboração mais efetiva de nossos leitores que possam contribuir com doação de qualquer valor ao mesmo tempo que agradecemos a todos que já contribuíram, pois sua ajuda mantem o blog ativo. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal AGENCIA: 1803 – CONTA: 00001756-6 – TIPO: 013 [poupança] e pelo PIX 211.365.990-53 (Caixa).


“O futuro será encontrar uma forma de reduzir a população … Claro, não seremos capazes de executar pessoas ou construir acampamentos [campos de concentração]. Livramo-nos deles fazendo-os acreditar que é para o seu próprio bem … Vamos encontrar ou causar alguma coisa, uma pandemia que atingirá certas pessoas, uma crise econômica real ou não, um vírus que afeta os idosos, tanto faz, os fracos e os medrosos sucumbirão a ela. O estúpido vai acreditar nisso e pedir para ser tratado.  Teremos cuidado de ter planejado o tratamento, um tratamento que será a solução.A seleção dos idiotas [para abate], portanto, será feita por si mesmos: eles irão para o matadouro sozinhos”.  – Excerto de livro de 1981 de Jacques Attalli [Membro do Grupo Bilderberger, num exemplo de mentalidade dos psicopatas da Elite]


Mais informação adicional:

Permitido reproduzir desde que mantida a formatação original e a conversão como fontes.

phi-cosmoswww.thoth3126.com.br

 

6 Responses to Japão alerta os EUA que um ataque da China e Rússia no estilo ‘Pearl Harbor’ pode acontecer

  1. Silvio J. B. Maia

    A banda discernente das pessoas desse mundo só pode estar ansiando pela campainha encerrando esses tempos …

  2. Gabriel

    E os EUA pode simplesmente deixar acontecer e sacrificar uns civis como peões pra justificar uma guerra como fez da primeira vez. Porque guerras são muito lucrativas para a elite.

    Quem quiser saber mais: https://aventurasnahistoria.uol.com.br/noticias/reportagem/pearl-harbor-roosevelt-sabia-do-ataque.phtml

    PS: esses sites americanos sempre vão puxar a sardinha pro país deles e demonizar a China e Rússia. (Todas as elites são corruptas e estão cagando pro gado)

  3. Keanu Reeves

    O evento Cyber Polygon tá pra acontecer agora em 9 de julho… Tem tudo haver com isso!!!

  4. Tiago Cavalcanti

    https://m.youtube.com/watch?v=XSue-L9uVtw

    Vejam este filme.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.