browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Mais de 110.000 restaurantes fecharam nos EUA, cenário para um colapso imobiliário comercial de proporções épicas

Posted by on 06/01/2021

A indústria de restaurantes dos EUA está passando por um colapso total e diferente de tudo o que já vimos antes. Se você perguntar ao Google quantos restaurantes existem nos Estados Unidos, ele dirá que existem 660.755, embora esse número já tenha alguns anos. Mas, para os fins deste artigo, essa estimativa é boa o suficiente. Um exemplo, no fim de semana, o restaurante Sammy’s Roumanian Steakhouse na cidade de Nova York anunciou que  finalmente havia chegado ao fim da linha e fechou suas portas…

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

EUA perderam mais de 110.000 restaurantes, preparando o cenário para um colapso imobiliário comercial de proporções épicas

Fonte:  Activist Post

Por Michael Snyder

Os americanos adoram comer fora, e os trabalhadores de restaurantes são algumas das pessoas mais trabalhadoras de todo o país. Por isso, é extremamente triste ver mais restaurantes falindo constantemente. Em alguns casos, restaurantes que atendem suas comunidades há décadas estão decidindo fechar suas portas permanentemente.

Por exemplo, no fim de semana, Sammy’s Roumanian Steakhouse na cidade de Nova York anunciou que  finalmente havia chegado ao fim da linha …

“O restaurante Sammy’s Roumanian Steakhouse, emblemático da cidade de Nova York, fechou suas icônicas portas no subsolo enquanto a pandemia do coronavírus continua a prejudicar a indústria de restaurantes. O local do Lower East Side era famoso por seus latkes, fígado picado e garrafas de vodka congeladas em blocos de gelo e era conhecido como um local de festa barulhento frequentado por celebridades”.

Photo: Melissa Hom

Um dos melhores restaurantes de N. York fecha suas portas para sempre, após mais de 45 anos de funcionamento.

Infelizmente, o restaurante Sammy’s está longe de ser o único.

Na verdade, em um artigo recente que ele escreveu  para a Fox Business , Adam Piper lamentou o fato de mais de 100.000 restaurantes dos EUA terem falido durante esta pandemia …

“Os governos estaduais e locais têm usado a pandemia do coronavírus como uma licença para roubar a liberdade e a oportunidade em busca de “uma onipotência” sem precedentes. Ações irracionais, desnecessárias e hipócritas obrigaram mais de 100.000 restaurantes a fechar para sempre e colocar em risco incontáveis ​​outros”.

E de acordo com  a Bloomberg , o verdadeiro número de restaurantes mortos agora é mais de 110.000 …

“Mais de 110.000 restaurantes fecharam permanentemente ou por longo prazo em todo o país, enquanto a indústria luta com o impacto devastador da pandemia Covid-19” no seu ramo.

Apenas pense nisso. Mais de um em cada seis restaurantes nos EUA já acabou, e a National Restaurant Association está avisando que haverá mais carnificina nos próximos meses porque o setor está em  “queda livre econômica” 

“A indústria de restaurantes simplesmente não pode mais esperar por alívio”, disse Sean Kennedy, vice-presidente executivo de relações públicas da associação, em uma carta ao Congresso. “O que essas descobertas deixam claro é que mais de 500.000 restaurantes de todos os tipos de negócios – franquias, redes e independentes – estão em queda livre econômica.”

É assim que se parece uma depressão econômica. Com dezenas de milhares de restaurantes vazios, e com dezenas de milhares de outros não pagando aluguel, com dezenas de milhares de funcionários desempregados o cenário foi montado para um desastre imobiliário comercial de extensão e tamanho sem precedentes.

É claro que há milhões de metros quadrados de espaço para escritórios e lojas que também não estão sendo produtivos no momento. Em um artigo recente , Lee Adler se referiu a esse pesadelo imobiliário comercial iminente como “um monstro na sala” …

“Eu acho que se tem alguma coisa que ilustra o problema da cabeça de ponte na areia das margens é isso. Financiamento de imóveis comerciais (CRE). Há um monstro na sala. Todo aquele espaço vazio. Não mais produzindo renda, impostos e salários”.

Por enquanto, as grandes instituições financeiras estão fazendo o possível para esconder suas perdas futuras, mas de acordo com Adler, para certos setores as perdas serão simplesmente inevitáveis …

Multifamiliar cortará o cabelo, mas sobreviverá. Meu palpite é que a indústria, embora supervalorizada, produzirá renda suficiente para sobreviver. Escritório e varejo? Beijo de adeus. Está feito. Kaput.

Infelizmente, ele acertou o alvo. A crise imobiliária comercial que se aproxima vai fazer com que o colapso das hipotecas subprime de 2008 e 2009 pareça um festivo piquenique de domingo. E quanto mais essa pandemia se estender, maiores serão as perdas.

Para imóveis residenciais, a grande história é que hordas de americanos estão fugindo de ambas as costas e se mudando para comunidades menores no centro do país. Portanto, embora os preços das moradias caiam substancialmente nas principais cidades da costa leste e oeste, eles estão aumentando rapidamente em cidades como Pittsburgh, Boise e Austin …

“Mercados metropolitanos menores, como Pittsburgh, Cleveland, Cincinnati, Indianápolis, Kansas City, Boise, Idaho, Austin, Texas e Memphis, Tennessee, estão obtendo alguns dos maiores ganhos de preços dos imóveis no país agora, de acordo com a Federal Housing Finance Agency. Os preços nessas cidades estão agora pelo menos 10% mais altos do que no ano anterior”.

E, como discuti ontem , estamos realmente começando a ver hiperinflação para propriedades de alto padrão em áreas rurais e suburbanas desejáveis ​​do país.

Recentemente, um amigo vendeu uma casa que está localizada não muito longe de nós por um preço que quase fez meus olhos pularem de minha cabeça. Eu literalmente tive dificuldade em acreditar no preço absurdamente alto que eles conseguiram obter, mas isso é o que acontece em um ambiente hiperinflacionário.

O ano de 2020 pode ter sido um “desastre financeiro pessoal” para 55% de todos os americanos, mas graças à hiperinflação no mercado de ações, os ricos têm mais dinheiro do que nunca para investir em imóveis de luxo. Infelizmente, toda essa impressão de dinheiro selvagem não será capaz de evitar o colapso do mercado imobiliário comercial.

Não importa quanto dinheiro eles tenham, muitos americanos estão simplesmente com medo de COVID para comer fora agora, e esse continuará sendo o caso no futuro previsível. E vamos continuar a ver mais americanos migrando das grandes cidades em ambas as costas, e mais negócios nessas áreas urbanas centrais continuarão a falhar.

À medida que o crash do mercado imobiliário comercial se desenrola, muitas instituições financeiras simplesmente não conseguirão sobreviver sem a ajuda do governo. O governo federal [de Biden] irá salvá-los?

Nunca se sabe, mas cada dólar que o governo federal toma emprestado e gasta só piora ainda mais nossos problemas de longo prazo Todos os dominós estão começando a cair, e ainda estamos nos primeiros capítulos deste colapso econômico horrível.

Infelizmente, a maioria dos americanos ainda não entende o que está acontecendo e a maioria deles não tem ideia de que as condições econômicas em breve ficarão ainda piores.


“Parece duvidoso se, de fato, a política de “Botas no rosto” pode continuar indefinidamente.  Minha própria convicção é que a oligarquia governante encontrará maneiras menos árduas e perdulárias de governar e de satisfazer sua ânsia de poder, e essas formas serão semelhantes às que descrevi em Admirável Mundo Novo [uma verdadeira profecia publicada em 1932]Na próxima geração, acredito que os governantes do mundo descobrirão que o condicionamento INFANTIL e a narco-hipnose são mais eficientes, como instrumentos de governo, do que e prisões e campos de concentração, e que o desejo de poder pode ser completamente satisfeito sugerindo às pessoas que amem sua servidão ao invés de açoita-los e chutando-os até à obediência. ”  Carta de Aldous Huxley  EM 1949 para George Orwell autor do livro “1984” 


Mais informação adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

 

One Response to Mais de 110.000 restaurantes fecharam nos EUA, cenário para um colapso imobiliário comercial de proporções épicas

  1. Silvio J B Maia

    Na responsabilidade imensa de assegurar oportunidades derradeiras neste ciclo a administração sideral não tem escolha a não ser apertar o cerco, dada a irresponsabilidade e indiscernência terráqueas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.