browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Mais uma FARSA: morte de Abu Bakr al-Baghdadi, agente da CIA infiltrado no mundo islâmico

Posted by on 28/10/2019

EI-estado-islamico

O “líder terrorista”, segundo a versão relatada pelo presidente americano Donald Trump, estava sendo perseguido e morreu ao “detonar explosivos” amarrados ao seu corpo dentro de um túnel, cometendo “suicídio”, depois de perceber que não teria como escapar. A operação, que durou mais de uma hora teve participação de oito helicópteros, ocorreu na província de Idlib, no noroeste da Síria.

Edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

A farsa da morte do líder do Estado Islâmico, um “agente da CIA”, segundo depoimento do Insider e denunciante Edward Snowden

Fontes: Global ResearchGlobo – Thierry Meyssan

Imagens feitas com drone divulgadas nesta segunda-feira (28) mostram o que restou do local de esconderijo de Abu Bakr al-Baghdadi, o chefe do Estado Islâmico, cuja morte o governo americano anunciou no fim de semana (veja vídeo acima).

Autoridades de segurança iraquianas revelaram que, durante a longa busca por Baghdadi, equipes de inteligência conseguiram um avanço em fevereiro de 2018 depois que um dos maiores assessores do líder do Estado Islâmico repassou informações sobre como ele conseguiu evitar ser capturado durante tantos anos.

Às vezes, Baghdadi tinha conversas estratégicas com seus comandantes em miniônibus em movimento repletos de vegetais para evitar uma detecção, disse Ismael al-Ethawi a funcionários depois de ser preso por autoridades turcas e entregue aos iraquianos.

“Ethawi deu informações valiosas que ajudaram a equipe a completar as peças que faltavam no quebra-cabeça dos movimentos de Baghdadi e os lugares que usava para se esconder”, disse uma das autoridades de segurança iraquianas.

“Ethawi nos deu detalhes de cinco homens, incluindo ele, que estavam se encontrando com Baghdadi dentro da Síria e as localidades diferentes que usavam”, explicou al-Ethawi à agência Reuters.

O ex-funcionário da Agência de Segurança Nacional dos EUA (NSA), o insider e denunciante Edward Snowden, revelou que a inteligência britânica (MI6), norte americana (CIA) e o Mossad israelense trabalharam em conjunto para criar o Estado Islâmico do Iraque e da Síria (ISIS). Snowden disse que os serviços de inteligência dos três países criaram uma organização terrorista que é capaz de atrair todos os extremistas do mundo para um lugar, usando uma estratégia chamada de “ninho de vespas”.  

Documentos da NSA se referem a recente implementação do “ninho de vespas” para proteger a entidade (Israel) sionista através da criação de slogans religiosos e islâmicos radicais. De acordo com documentos divulgados por Snowden, “A única solução para a proteção do Estado judeu sionista é criar um inimigo perto de suas fronteiras.

Vazamentos revelou que o líder do ISIS, Abu Bakr Al Baghdadi teve treinamento militar intensivo durante um ano inteiro nas mãos do Mossad, em Israel, além de cursos de teologia e da arte de expressão.

EI-estado-islamico.meissan-02

John McCain em reunião com o estado-maior do exército sírio livre. No primeiro plano à esquerda, Ibrahim al-Badri (agora Abu Bakr al-Baghdadi ), com quem o senador está a iniciar a conversa. Logo em seguida, o brigadeiro- general Salim Idriss (de óculos). FONTE

Na medida em que a agenda sionista e seu apoio nos EUA perdeu força, com a mudança de governo com a eleição de Trump e a retirada das tropas dos EUA da Síria, toda a estrutura de manipulação da região desmoronou, sendo necessário a “eliminação” de quem sabia muito sobre essa agenda para o Oriente Médio.

A mesma situação aconteceu, para outro “agente da CIA”, Osama Bin Laden (Tim Osman), quando os EUA se retiraram do Afeganistão, com a morte de Bin Laden. Convenientemente, em ambos os casos da eliminação de “grandes líderes” (marionetes) terroristas os corpos NÃO APARECERAM…porque os eventos narrados são falsos visando acomodar segredos que devem ser mantidos longe da opinião pública.

Assim como Osama Bin Laden, o corpo de Al-Baghdadi, chefe do ISIS  foi “enterrado” no mar, mas a prova de foto e vídeo permanece classificada… é obvio!


“Existem três portas para o inferno, uma esta no deserto, outra esta no oceano e a terceira fica em JERUSALÉM”.  –  Jeremias, 19 – Talmud


A Matrix (o SISTEMA de CONTROLE MENTAL):  “A Matrix é um  sistema de controle, NEO. Esse sistema é o nosso inimigo. Mas quando você está dentro dele, olha em volta, e o que você vê? Empresários, professores, advogados, políticos, carpinteiros, sacerdotes, homens e mulheres… As mesmas mentes das pessoas que estamos tentando salvar. “Mas até que nós consigamos salvá-los, essas pessoas ainda serão parte desse  sistema de controle e isso os transformam em nossos inimigos. Você precisa entender, a maioria dessas pessoas não está preparada para ser desconectada da Matrix de Controle Mental. E muitos deles estão tão habituados, tão desesperadamente dependentes do sistema, que eles vão lutar contra você  para proteger o próprio sistema de controle que aprisiona suas mentes …”


Leitura Adicional

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

 

 

One Response to Mais uma FARSA: morte de Abu Bakr al-Baghdadi, agente da CIA infiltrado no mundo islâmico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.