browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Militares do IRÃ disparam pesado fogo de artilharia contra UFO sem atingi-lo (vídeo)

Posted by on 27/09/2019

Imagens surpreendentes foram lançadas sobre um OVNI luminoso ziguezageando para frente e para trás enquanto a Guarda Revolucionária Iraniana dispara pesado fogo de artilharia antiaérea contra ele a uma distância aparentemente quase à queima roupa sem atingi-lo. No vídeo feito em 7 de setembro de 2019 em Saravan, na fronteira com o Paquistão, o OVNI continua se movimentando enquanto os soldados parecem não atingir o objeto voador com nenhum disparo (veja o vídeo de 2:45 minutos abaixo) apesar do intenso tiroteio.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Militares da Guarda Revolucionária Iraniana disparam pesado fogo de artilharia antiaérea contra UFO sem atingi-lo

Fonte:  https://exonews.org/iranian-artillery-shoots-at-playful-ufo/

Enquanto alguns líderes mundiais estão discutindo o que fazer sobre um ataque às instalações de produção de petróleo sauditas que podem ou não estar ligadas ao Irã, “alguém” (ou alguma ”coisa”) já está fazendo sua presença sentida pelos militares iranianos de uma maneira grande e misteriosa, na fronteira leste com o Paquistão.

O vídeo com imagens incomuns foi recentemente carregado no Instagram, que parece mostrar um objeto voador iluminado não identificado sendo atacado por pesado fogo de artilharia antiaérea. A suposta localização e identidade dos atiradores o coloca em um dos locais mais perigosos do mundo e pode mostrar um OVNI iludindo um dos principais exércitos da região.

A região de Saravan, no Irâ está localizada na fronteira com o Paquistão, perto da região do sul do golfo Pérsico. O IRG inicialmente pensou que eles estavam abatendo um drone espião norte americano, mas o objeto não apresentava padrão de voo regular típico deste tipo de aeronave.

O vídeo foi gravado e tuitado por um soldado da Guarda Revolucionária Iraniana. Foi distribuído posteriormente por ‘WeAreNot_Alone via @khaamenei_ir’ e publicado no canal Ufomania no YouTube. Fui alertado por Linda Moulton Howe sobre o vídeo em sua transmissão no YouTube de 18 de setembro, ‘Earthfiles’

Dizem que o bombardeio foi realizado pela organização islâmica Corpo da Guarda Revolucionária. É interessante notar que os atiradores carregam e descarregam suas armas e metralhadoras muitas vezes, mas parece que o UFO não tem a intenção de ser atingido e está tentando escapar loucamente da batalha. O confronto ocorreu à noite no leste do Irã, na cidade fronteiriça de Saravan, na área de Mashkad.

Sem qualquer informação ou confirmação adicional – a única fonte de mídia (até agora) que cobriu o incidente foi o Daily Star – este é o tipo de relatório de OVNI fácil de esquecer e seguir em frente

Exceto que … O vídeo iraniano chega às notícias ao mesmo tempo que as reportagens na Motherboard e em outros sites publicam que a Marinha dos EUA verificou pela primeira vez a autenticidade de uma série de três vídeos vazados para o público mostrando pilotos de caça dos EUA perseguindo OVNIs.

“A Marinha dos EUA designa os objetos contidos nesses vídeos como fenômenos aéreos não identificados-UAPs”
Combine isso com as autoridades americanas culpando o Irã pelos atentados às instalações petrolíferas sauditas e as explicações de que o objeto incrivelmente rápido no vídeo iraniano possa ser de origem alienígena, especialmente pelo seu padrão de voo apresentado durante o ataque e devemos nos perguntar o que realmente esta acontecendo? 


Mais informações nos links abaixo:

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

thoth(172x226)www.thoth3126.com.br

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.