browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Mudança dos polos acelera e surpreende cientistas (e vai surpreender a imensa maioria)

Posted by on 18/01/2019

Os POLOS estão mudando de lugar rápido demais. Do Canadá para a Rússia; Para ampliar imagem CLIQUE

O campo magnético da Terra protege nosso planeta de perigosos raios solares e cósmicos, como um escudo gigante. À medida que os pólos alternam lugares (ou tentam erraticamente), esse escudo é enfraquecido;  os cientistas calculam que isso poderia acontecer com apenas um décimo de sua força habitual. O escudo poderia ser comprometido durante séculos enquanto os pólos se movem de local, permitindo a radiação solar e dos raios cósmicos (oriundos, por exemplo, do gigantesco SOL CENTRAL da galáxia) chegarem cada vez mais perto da superfície do planeta durante todo esse tempo, afetando sistemática e paulatinamente a biologia dos seres humanos e todo o sistema tecnológico de nossa civilização.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

A mudança dos pólos magnéticos da terra já estão confundindo até mesmo o seu telefone: 

Fontes: http://spaceweather.com/  e  https://undark.org/

Hoje, sabemos que os pólos mudaram de lugar centenas de vezes, mais recentemente há 780 mil anos. (Às vezes, os pólos tentam inverter as posições, mas depois encaixam de volta no lugar, no que se chama de excursão. A última vez a ocorrer este fenômeno foi há cerca de 40.000 anos atrás).

Também sabemos que quando eles mudarem a próxima vez, as conseqüências para a infra-estrutura de geração, distribuição de eletricidade e de toda a eletrônica que comanda e permeia a civilização moderna será terrível. A questão é quando isso acontecerá?

Pegue seu celular e olhe para ele. Essa maravilha retangular da tecnologia moderna contém milhares de linhas de código em seus programas. Entre eles está o World Magnetic Model (WMM) – um programa que ajuda seu telefone a navegar e se localizar. E isso é um pouco problemático. Pesquisadores anunciaram que o sistema do programa WMM precisa de uma atualização de emergência porque o campo magnético da Terra está mudando mais rápida e drasticamente.

O polo magnético norte da Terra esta se mudando rapidamente desde o Canadá para o interior da Sibéria, na Rússia. A linha verde no mapa demonstra a surpreendente mudança, em aceleração, nas últimas décadas começando em 1900. Clique na IMAGEM para ampliar

Há muito tempo, os caminhantes dos sertões, florestas e desertos sabem que as agulhas das suas bússolas não apontam para o norte geográfico. O pólo norte magnético esta deslocado centenas de quilômetros do  pólo norte geográfico e, para piorar, vagueia imprevisivelmente de ano para ano. Para encontrar o norte verdadeiro na região continental dos EUA, você precisa corrigir as direções da bússola em até (absurdos) 20 graus usando uma “mesa de declinação” especial.

O World Magnetic Model (WMM) é um programa de computador que faz essa correção para você. Melhora a navegação de dispositivos desde submarinos nucleares até os smartphones comuns possuídos pela maioria da população.

“O WMM é o modelo magnético padrão usado para navegação por organizações internacionais como a OTAN, o Ministério da Defesa e o Departamento de Defesa dos EUA (e por todas as forças militares de todos os países do planeta), e também por sistemas operacionais de smartphones como Android e iOS”, explica Will Brown, do British Geological Survey. Geomagnetism Team, que produz o modelo em colaboração com a NOAA dos EUA.

“Quando você abre o aplicativo de mapa (localização) do seu smartphone, você pode ver uma seta apontando para onde voce está indo, e há algo muito inteligente acontecendo por baixo disso”, continua ele. Seu telefone celular contém um magnetômetro que mede o campo magnético da Terra. Para entender essas informações, os sistemas operacionais Android e iOS  usam o programa WMM para corrigir as medições para obter o norte verdadeiro (geográfico)”.

Normalmente, o programa World Magnetic Model (WMM) é atualizado a cada 5 anos. Por décadas esse prazo tinha sido suficiente para rastrear mudanças naturais no magnetismo dos polos norte e sul magnéticos de nosso planeta causadas por flutuações magnéticas geradas pelo núcleo fundido da Terra. Mas de repente as coisas em relação aos polos (e mesmo ao próprio campo eletromagnético da Terra) estão mudando muito mais rápido do que antes, para espanto dos próprios cientistas.

Taxa de variação anual da declinação entre os anos de 2015 a 2020 do World Magnetic Model (WMM2015).

“Desde o final de 2014, o campo magnético da Terra tem variado de uma forma imprevisível e atualmente esta imprevisível [incluindo uma mudança repentina na declinação chamada ‘empurrão geomagnético fenômeno que aconteceu em 2014/2015]”, diz Brown. “O objetivo do World Magnetic Model (WMM) é ser globalmente preciso dentro de um grau de declinação, mas vamos ultrapassar esse limite em apenas 3 anos.” É por isso que, pela primeira vez, eles estão emitindo uma atualização para o WMM antes da usual marca de 5 anos da revisão que estava prevista para acontecer somente em 2020.

O novo modelo é baseado em dados de uma rede global de 160 observatórios de superfície e satélites em órbita baixa da Terra, como a missão Swarm da ESA. Deveria ser lançado em 15 de janeiro, mas foi adiado até 30 de janeiro por causa da paralisação parcial do governo dos EUA. Um permalink compartilhável desta história pode ser encontrado aqui.

Nossa civilização mudou drástica e irremediavelmente a química da atmosfera e do oceano com nossas atividades, prejudicando o sistema de suporte de vida do planeta. Os seres humanos construíram grandes e gigantescas cidades, grandes complexos industriais e redes de estradas, corredores de navegação, ferrovias, oleodutos, redes de transmissão de energia elétrica, de comunicação, espalhamos torres de telefonia móvel que afetam as abelhas, cortando o acesso a espaços de vida mais seguros para muitas outras criaturas. Nós empurramos talvez um terço de todas as espécies conhecidas para a extinção e colocamos em perigo os habitats de muitos outros seres. Adicione o aumento da radiação cósmica e ultravioleta a esta mistura, e as consequências para a vida e toda a biologia da Terra podem ser ruinosas.

Nesta animação, as linhas azuis indicam um campo magnético mais fraco, as linhas vermelhas mais fortes e a linha verde o limite entre elas, em intervalos de 10 anos de 1910 a 2020. O campo está enfraquecendo sobre a América do Sul (BRASIL) e o vermelho, na área sobre a América do Norte está perdendo força. Visual by NOAA National Centers for Environmental Information

E os perigos não são apenas biológicos. O vasto caixão cibernético que se tornou o sistema central de processamento de dados da civilização moderna está em grave perigo. As partículas energéticas solares e dos raios cósmicos podem rasgar a eletrônica em miniatura sensível do crescente número de satélites que circundam a Terra, prejudicando-os gravemente. 

Os sistemas de temporização por satélite  que  governam as redes elétricas provavelmente falhariam. As grades de transformadores elétricos podem ser incendiados em massa. Como as redes estão tão estreitamente acopladas entre si, o colapso ocorreria por todo o mundo, causando um efeito cascata de apagões que poderiam durar décadas com o mesmo acontecendo COM TODO o sistema de comunicações. Nossa civilização pode ficar “MUDA” em um piscar de olhos.

Como Mac Slavo da SHTFplan.com observa, cientistas da Universidade do Colorado em Boulder estão soando o alarme de que os pólos magnéticos da Terra estão mostrando sinais de reversão IMINENTE. Embora a inversão do pólo, por si só, não seja sem precedentes, os ventos solares carregados e os raios de energia cósmica penetrariam fundo na Terra e colapsariam a rede elétrica e tornariam partes do globo inabitáveis ​​e poderiam causar catástrofes generalizadas…

SEM ELETRICIDADE, ILUMINAÇÃO, COMUNICAÇÃO, INTERNET, SISTEMA DE NAVEGAÇÃO (tipo GPS), sem computadores e sem os telefones celulares… Nenhuma energia disponível, mesmo para lavar um banheiro ou encher o tanque de combustível de um carro se tornaria impossível. E isso é apenas para iniciarmos a pensar sobre os efeitos que tal evento teria sobre a nossa civilização, tão carente e dependente da tecnologia…

Mais matérias importantes, sobre mais descobertas sobre mudanças dos polos da Terra provocadas por eventos solares e pelos raios cósmicos: 


A Matrix (o SISTEMA de CONTROLE MENTAL): “A Matrix é um sistema de controle, NEO. Esse sistema é o nosso inimigo. Mas quando você está dentro dele, olha em volta, e o que você vê? Empresários, professores, advogados, políticos, carpinteiros, sacerdotes, homens e mulheres… As mesmas mentes das pessoas que estamos tentando despertar.

Mas até que nós consigamos despertá-los, essas pessoas ainda serão parte desse sistema de controle e isso as transformam em nossos inimigos. Você precisa entender, a maioria dessas pessoas não está preparada para ser desconectada da Matrix de Controle Mental. E muitos deles estão tão habituados, tão profunda e desesperadamente dependentes do sistema, que eles vão lutar contra você para proteger o próprio sistema de controle que aprisiona suas mentes …”


Mais informações, leitura adicional:

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

 

One Response to Mudança dos polos acelera e surpreende cientistas (e vai surpreender a imensa maioria)

  1. Leandro

    Excelente.
    Continue nos informando.
    Otima materia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.