browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Muita atividade sísmica e vulcânica neste começo de ano

Posted by on 29/01/2018

Toda a região do Anel de Fogo do Pacífico está se contorcendo, do Alasca a Papua Nova Guiné e do Chile para a Rússia e Filipinas para o México, com uma exceção, mais uma vez da costa oeste dos Estados Unidos que ainda ficou livre, apesar do terremoto na Califórnia, mas por quanto tempo?

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Terremoto de magnitude 6.2º – novamente balança a Rússia no Anel de Fogo do Pacífico! São agora 6 terremotos importantes e 6 vulcões extremamente ativos nos últimos 7 dias!

Fonte: http://www.thebigwobble.org/

  • 6 grandes terremotos em 7 dias ao redor do Anel de Fogo do Pacífico;
  • 6 vulcões extremamente ativos com pelo menos 2 entrando em erupção;
  • Califórnia sofreu um grande terremoto, mas teve sorte novamente.

Terremoto de magnitude 6.2º – a 38km a NE de Nikol’skoye, na Rússia, na manhã de 25 de janeiro é mais um grande terremoto na borda do Pacífico, o sexto nos últimos 8 dias, veja gráfico abaixo, e adicione os 6 vulcões mais ativos e é fácil ver que o Anel de fogo do Pacífico está estourando no momento. 

Com as erupções do vulcão Mayon na Indonésia e o vulcão da Ilha de Kadova, na Papua Nova Guiné, esperando por explosões iminentes e três grandes terremotos em 24 horas, incluindo o poderoso terremoto do Alasca, algo grande poderia estar na forja das entranhas da Terra. 

Todo o Anel do Pacífico está se contorcendo, do Alasca a Papua Nova Guiné e do Chile para a Rússia e Filipinas para o México, com uma exceção, mais uma vez da costa oeste dos Estados Unidos que ainda ficou livre, apesar dos terremotos na Califórnia, mas por quanto tempo?

O Anel de Fogo é “onde todas as placas se encontram e elas estão constantemente colidindo umas contra as outras”. Ele se estende da Nova Zelândia, passa ao redor da costa leste da Ásia, do Canadá e dos EUA e todo o caminho até a ponta sul da América do Sul.

Com quase 200 mil pessoas evacuadas ou afetadas pela atividade do vulcão do Pacífico e o fato de que milhões de residentes ao longo da costa oeste dos EUA e do Canadá, mais uma vez sendo abalada por um terremoto maciço de 7,9º na escala Richter que sacudiu o Alasca, certamente devemos nos perguntar quando o esperado “Big One” atingirá a região das grandes falhas geológicas de San Andreas e Juan de Fuca, na costa oeste da América do Norte! . 

O último grande terremoto é o 9º terremoto de grande magnitude que atingiu nosso planeta este mês e, claro, em 2018.  E com a Terra ainda saindo de um fluxo de vento solar rápido do recente buraco Coronal na crosta solar, o terremoto de hoje e de ontem gravou um impressionante 9 de 9.

Mais um grande terremoto, agora ao sul do continente africano, de 6,6º na escala Richter.

Os maiores terremotos deste ano ocorreram durante a chegada dos ventos solares e durante uma ejeção de massa coronal do sol que influenciou a magnetosfera da Terra. É um projeto do Big Wobble este ano  documentar quantos sismos graves ocorrem durante um buraco coronal com emissão de energia solar quando atinge a Terra, até agora foram 9 ocorrências de 9, até aqui foi 100%. 

Enquanto finalizávamos esta postagem ocorreu mais um grande terremoto, desta vez ao sul do continente africano, de 6,6º na escala Richter com réplicas de até 5,4º.

DATE and TIME (UTC) LAT LON MAG DEPTH
km
DIST
km
  LOCATION
(Shows interactive map)
  IRIS ID
(Other info)
28-JAN-2018 22:23:39 -52.97 10.22 5.4 33 0 SOUTHWEST OF AFRICA   10609447
28-JAN-2018 18:09:44 -53.04 9.75 5.0 10 32 SOUTHWEST OF AFRICA   10609394
28-JAN-2018 16:03:03 -53.06 9.68 6.6 10 37 SOUTHWEST OF AFRICA   10609375

“Haverá muitas mudanças dramáticas no clima do planeta, muitas mudanças nas condições meteorológicas  na medida em que o TEMPO DA GRANDE COLHEITA se aproxima RAPIDAMENTE ao longo dos próximos anos. contagem-regressiva-azulVocê vai ver a velocidade do vento em tempestades ultrapassando 300 milhas (480 quilômetros) por hora, às vezes.

Deverão acontecer fortes tsunamis e devastação generalizada NAS REGIÕES COSTEIRAS, e emissão de energia solar (CME-Ejeção de Massa Coronal do Sol)  que fará  importante fusão e derretimento das calotas de gelo nos polos, e subseqüente aumento drástico no nível do mar, deixando muitas áreas metropolitanas submersas em todo o planeta“. Saiba mais AQUI 


Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

phi-golden-ratiowww.thoth3126.com.br

 

One Response to Muita atividade sísmica e vulcânica neste começo de ano

  1. Regiane Maria Lourenço

    Ontem (31/01), teve um terremoto em Rondonópolis/MT de 3.4 de magnitude, conforme consta nesse site: https://www.agoramt.com.br/2018/01/terremoto-confirmado-tremor-de-magnitute-3-4-assusta-rondonopolitanos/. A terrra está mesmo dando sinais de que não está de brincadeira e algo a mais vai surpreender muita gente. Fica a dica!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *