browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Onda de calor Lúcifer “assa” a Europa, incêndios devastam a Espanha

Posted by on 05/08/2017

altas-temperaturas-calor-excessoDez países do sul e da Europa Central declararam alerta vermelho após a onda de calor ‘Lucifer’ atingir  temperaturas a cima de 40º C, em várias cidades, com os cientistas avisando que o calor extremo poderia acabar matando 152 mil pessoas por ano até 2100.

“Descobrimos que as catástrofes relacionadas ao clima podem afetar cerca de dois terços da população européia anualmente no ano de 2100”.

Tradução, edição e imagens:   Thoth3126@protonmail.ch

Alerta vermelho: Onda de calor Lúcifer grelha a Europa. Estudo diz que o calor pode matar 150 mil europeus por ano até 2100

Fonte: https://www.rt.com/

Itália, Suíça, Hungria, Polônia, Romênia, Bósnia-Herzegovina, Montenegro, Croácia, Eslovênia e Sérvia estão em alerta vermelho, disse a rede de previsão meteorologia européia Meteoalarm no sábado.

A famosa Galeria Uffizi de Florença foi fechada temporariamente na sexta-feira após o sistema de ar condicionado do museu quebrar, informou a agência de notícias ANSA . Grécia, Espanha, Bulgária, França, Macedônia, Eslováquia e Moldávia emitiram alertas laranja para enfatizar o potencial de piorar as condições climáticas.

incendio-espanha-verão-2017

A Força Aérea espanhola tem sido fortemente envolvida na batalha contra os incêndios no centro de Portugal nas últimas semanas e os recursos podem ter que ser realocados se o incêndio no sul da Espanha não for controlado em breve. 

Pelo menos duas pessoas morreram pelo calor, uma na Romênia e uma na Polônia, informou a Reuters , acrescentando que muitos outros foram levados aos hospitais por insolação. “Em duas horas do meu turno hoje eu vi quatro pessoas desmaiar na rua e queixar-se de exaustão por calor ” , disse um policial de trânsito à Reuters em Belgrado.

As autoridades da Sérvia, da Bósnia, da Macedônia e da Croácia recomendaram que as pessoas fiquem no interior das casas para evitar o calor, com temperaturas que deverão permanecer em torno de 40º C (104F) na semana que vem. As temperaturas recordes de calor atingiram a Croácia, com o Split Airport registrando 42º C, quebrando o recorde anterior de 40º C em 2015.

Mortes por ondas de calor

Os cientistas alertaram na sexta-feira que o número de mortes da Europa por desastres climáticos poderia aumentar 50 vezes até o ano 2100, com desastres relacionados ao clima, como ondas de calor e ondas de frio, incêndios florestais, secas, inundações fluviais e costeiras e tempestades de vento, o que poderia afetar dois terços da população europeia anualmente até o final do século.

croacia-dubrovnic

Amenizando o calor nas fontes de Dubrovnik, na Croácia

“Descobrimos que as catástrofes relacionadas ao clima podem afetar cerca de dois terços da população européia anualmente no ano de 2100 (351 milhões de pessoas expostas por ano [intervalo de incerteza de 126 milhões a 523 milhões] durante o período 2071-100) em comparação com 5% Durante o período de referência (1981-2010; 25 milhões de pessoas expostas por ano). Cerca de 50 vezes o número de mortes ocorridas anualmente durante o período de referência (3.000 mortes) pode ocorrer no ano 2100 (152.000 mortes [80.500-239.800]) “ , disseram pesquisadores em um estudo publicado no jornal The Lancet Planetary Health.

O estudo detalhado descobriu que “a menos que o aquecimento global seja travado com urgência e medidas adequadas de adaptação sejam tomadas, cerca de 350 milhões de europeus podem ser expostos a climas nocivos em uma base anual até o final deste século”.

sol-calor-mudanças-climáticasOs pesquisadores analisaram os efeitos dos desastres relacionados ao clima mais comum nos 28 estados da UE, bem como na Suíça, na Noruega e na Islândia, analisando os registros de desastres de 1981 a 2010. O desafio era combinar registros passados com cálculos que avalie como as mudanças climáticas mudarão o clima provável e quais as consequências que isso pode causar.

“As ondas de calor são o perigo mais letal das mudanças do clima” , observaram os pesquisadores, acrescentando que durante o período de referência (entre 1981 e 2010), 2.700 mortes relacionadas ao calor por ano foram relatadas na Europa pelas bases de dados de desastres.

“Este número deverá crescer de forma exponencial, atingindo 151.500 no período 2071-2100, ou 99% do número total de mortes por desastre relacionadas ao clima “, advertiram.


“A exposição à verdade muda a tua vida, ponto final – seja essa verdade uma revelação sobre a honestidade e integridade pessoal ou se for uma revelação divina que reestrutura o teu lugar no Universo. Por esse motivo é que a maioria (a massa ignorante do Pão e Circo) das pessoas foge da verdade, em vez de se aproximar dela”. {Caroline Myss}

contagem-regressiva-azul“O medo é a emoção predominante das massas que ainda estão presas no turbilhão da negatividade da estrutura de crença da (in)consciência de massa. Medo do futuro, medo da escassez, do governo, das empresas, de outras crenças religiosas, das raças e culturas diferentes, e até mesmo medo da ira divina. Há aversão e medo daqueles que olham, pensam e agem de modo diferente (os que OUVEM e SEGUEM a sua voz interior), e acima de tudo, existe medo de MUDAR e da própria MUDANÇA.” –  Arcanjo Miguel


Muito mais informações, leitura adicional:

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

thoth(172x226)www.thoth3126.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *