browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Pandemia nos EUA leva população a entrar em filas para comprar armas e munições em massa

Posted by on 18/03/2020

Não é apenas pelo papel higiênico: Nos EUA as pessoas estão fazendo filas para comprar armas e munição por preocupações com o surto de coronavírus e suas consequências:  Ralph Charette, 71, disse que comprou um rifle e munição no sábado para proteger a si e sua família na medida que uma onda de pânico pelo surto do coronavírus em todo o país. Charette, um veterano militar, gastou US $ 1.500 em uma loja de armas em Germantown, Wisconsin, depois de encontrar compradores agressivos e prateleiras vazias nos supermercados locais. Agora, se saqueadores baterem à sua porta, ele estará pronto para defender a si e sua família, disse ele. “Há tanta incerteza e paranóia, mas você precisa se proteger”, disse Charette.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Americanos se apressam em comprar armas de fogo, enquanto surto do COVID-19 alimenta o medo de distúrbios

Fontes:  Zerohedge  –  UsaToday

Primeiro foi filas, medo e pânico pela comida, material de limpeza e higiene, agora são filas para comprar armas e munições. Os americanos preocupados com o impacto do surto do coronavírus no país e suas consequências estão se alinhando em lojas de armas em todo o país, armando-se com medo de inquietação social e escassez de alimentos que provocaram um aumento na prontidão do pais que tem a população mais bem armada do mundo.

Como a histeria, o medo e o pânico em torno da doença leva alguns a estocarem mantimentos e produtos higiênicos no caso de ficarem em quarentena, o pânico também está fazendo com que muitos se preocupem com a escassez de suprimentos de armas e munições, o que está aumentando a demanda e levando a longas filas nos fornecedores por todo o pais, que já tem a população civil mais bem armada do planeta, a ponto de superar o armamento de vários países. 

Gun store in Burbank, CA (via the Daily Mail)

Grandes filas podiam ser vistas estendendo-se ao redor do quarteirão em lojas de armas na Califórnia, Nova York e Washington – os estados atualmente mais afetados pelo COVID-19.

Filas longas se formaram do lado de fora da loja Martin Retting Guns em Culver City, Califórnia, no domingo de manhã, antes da abertura da loja. As pessoas disseram que a fila no sábado era muito longa, estendendo-se ao redor do quarteirão, então decidiram voltar e tentar novamente . 

“Os norte americanos estão assustadas”, disse Drew Plotkin, de Los Angeles. Há muito pânico no mundo e as pessoas querem estar protegidas para o pior cenário .

E, graças ao período de espera de 10 dias na Califórnia, os moradores preocupados – que só podemos esperar saber como lidar adequadamente com as armas e munições que acabaram de comprar – ficarão sem proteção por mais de uma semana.

John Gore, 39 anos, que se alinhou do lado de fora da loja Martin B. Retting no sábado, disse ao LA Times : ‘Políticos e pessoas armadas estão nos dizendo há muito tempo que não precisamos de armas.  Mas agora, muitas pessoas estão realmente assustadas e podem tomar essa decisão por si mesmas.”   

Fila em loja de armas e munições em Culver City, Califórnia

Anna – que nunca havia comprado uma arma antes – disse: ‘Não é como um pânico ativo, mas uma preocupação em garantir que todos estejam adequadamente preparados, eu, minha família e os amigo”. – Correio diário

Enquanto isso, a empresa de artigos esportivos Omaha Outdoors diz que foram “inundadas com perguntas de pessoas de fora do estado – muitas da Califórnia – perguntando se podemos enviar uma arma via correio diretamente para elas. A resposta é, é claro, não. Apesar do que os políticos e muitos afirmam que a mídia popular afirma que você não pode comprar uma arma on-line e enviá-la para sua casa “.

Não estamos sozinhos ao perceber que, geralmente, as pessoas anti-armas estão subitamente muito interessadas em ter armas e munições. No Twitter, Robert Evans escreveu: ” O grande número de pessoas que normalmente usam armas de fogo que entraram em contato comigo sobre a compra de uma arma de fogo na última semana é selvagem “.

E meus amigos que trabalham em outras lojas de armas também viram um aumento louco na compra de armas, com um observando que o total de vendas de um dia excedeu em 25% a Black Friday, e que 75% dos compradores estavam comprando sua primeira arma. Ele disse, em explicação: “As pessoas precisam proteger seu papel higiênico”. Outro amigo observou que a quantidade de munição de calibre 9 mm que geralmente vendem em um mês se foi na primeira semana, e que todo o resto seria vendido em breve também se as coisas continuassem nesse ritmo. – Omaha Outdoors

Na semana passada, relatamos que asiáticos preocupados no leste de Los Angeles estavam carregando armas por medo de serem alvos de crimes de ódio relacionados ao COVID-19. Também informamos na semana passada que o primeiro  crime de ódio relacionado ao coronavírus na América ocorreu depois que um homem asiático foi esfaqueado várias vezes, todas capturadas na câmera, em uma rua de Brooklyn, Nova York.

Supermercado com prateleiras vazias em Washington DC

Filas longas se formaram do lado de fora da loja Martin Retting Guns em Culver City, Califórnia, no domingo de manhã, antes da abertura da loja. As pessoas disseram que a fila no sábado era muito longa, estendendo-se ao redor do quarteirão, então decidiram voltar e tentar novamente.

Muitos disseram que procuravam proteção extra, principalmente munição, caso o vírus encerrasse a maioria das empresas. A tendência continuou fora da loja Outdoorsman da Turner’s, em Torrance, Califórnia, antes de abrir. “As pessoas estão assustadas”, disse Drew Plotkin, de Los Angeles. “Há muito pânico no mundo e as pessoas querem ser protegidas para o pior cenário possível”.

Em New Castle, Delaware, Emily Ken, uma jovem de 22 anos, comprou munição neste fim de semana para sua pistola de 9 mm antes que os “apimentados do dia do juízo final” pudessem comprar todo o suprimento, disse ela. 

Trump tuitou que: “A ironia disso tudo é que meus amigos democratas [que queriam desarmar a população] estão me procurando agora, perguntando-me quais armas eles deveriam comprar para o caso … em particular quais ARs”.

Ken foi a uma loja de artigos esportivos de Dick, onde ela disse que um dos trabalhadores disse a ela que todos os outros lugares da área estavam com seus estoques esgotados. “É melhor estar preparada do que não estar preparada”, afirmou Ken. “Eu já estocava comida. Munição foi apenas o próximo passo.” 

Como o estoque frenético despojados e acabando nas lojas especializadas em armas, mais pessoas também entraram na Internet para pedir suprimentos de armas nas últimas semanas. O varejista on-line de munição Ammo.com testemunhou um aumento exponencial nas vendas desde o final de fevereiro, que a empresa atribui à preocupação pública em torno do coronavírus. 

Linha do lado de fora da loja Outdoorsman da Turner

A tendência continuou fora da loja Outdoorsman da Turner’s, em Torrance, Califórnia, antes de abrir. 

“Sabemos que certas cenários afetam as vendas de munição, principalmente eventos políticos ou instabilidade econômica, quando as pessoas sentem que seus direitos podem acabar sendo violados, mas esta é a nossa primeira experiência com um vírus que leva a um aumento nas vendas de armas e munições”, disse Alex Horsman, gerente de marketing. em Ammo.com em uma declaração. 

O site registrou um aumento de 68% nas vendas entre meados de fevereiro e início de março. Os pedidos on-line estavam em alta na Carolina do Norte e na Geórgia. No entanto, as compras de munição também aumentaram na Flórida, que tem mais de 100 casos confirmados de coronavírus, e em Nova York, com mais de 700 casos de doenças respiratórias. 

Os varejistas também estão limitando a quantidade de munição que as pessoas podem comprar em meio à escassez de suprimentos.  Greg Reynders, 62 anos, comprou 250 cartuchos de munição no sábado, o máximo que um vendedor de armas em St. Louis permitiria após o aumento da demanda.

David Stone fecha uma venda com um cliente na Dong’s Guns, Munição e Reloading em Tulsa, Oklahoma. (Ian Maule / For LA Times)

“Eles estavam completamente sem munição a granel mais barata”, disse Reynders. Ele também comprou uma pistola de 9 mm para se proteger, caso alguém tentasse roubar suas compras, se houver mais falta de suprimentos.

“No momento, as lojas locais têm suprimentos leves de papel higiênico, água, produtos higiênicos e coisas assim”, disse Reynders. “Mas se eles não reabastecerem tão rápido quanto as pessoas querem, minha principal preocupação é alguém me procurar quando eu sair do Target e tentar pegar o que comprei.” 


Estamos vendo o uso do surto global do coronavírus COVID-19 [fabricado em laboratório]  sendo usado em todo o mundo para colapsar mercados e criar instabilidade financeira maciça. George Soros entrou em colapso de todo o sistema financeiro britânico sozinho, com certeza ficou quieto ultimamente, eu me pergunto o que ele tem feito nisso tudo. Aqui na América, acredito que a mídia MSM Pre$$titute e os democratas que eles amam tanto estão trabalhando incansavelmente o tempo todo para armar o COVID-19 para impedir a releição de Trump em novembro. Há anos que estamos avisando que esse dia chegará, já chegou? Fique ligado pois os próximos dias serão eletrizantes.


Você quer mesmo saber como esse coronavírus “surgiu na China” e se espalhou pelo mundo em pouco tempo? Ao pesquisar os arquivos de registros de patentes nos EUA on-line, foi descoberto o registro de uma patente de Coronavírus concedida para o C.D.C. –  Centers for Disease Control and Prevention [se trata do principal instituto nacional de saúde pública dos EUA. O C.D.C. é uma agência federal dos EUA sob o United States Department of Health & Human Services (HHS)] que tem sua sede em Atlanta, Geórgia. Assim emerge um fato indiscutível, o de que o “DONO” DESSE VÍRUS MORTAL E SEU CRIADOR é o PRÓPRIO C.D.C. (Centro de Controle e Prevenção de Doenças)

O coronavírus do surto atual não teve origem na China, mas FOI IMPLANTADO neste país asiático com a clara intenção de causar o maior dano possível aos chineses. A consequência natural, quando  [se já não descobriu] a China perceber que a eclosão do surto pode ter sido um ataque de BIOWEAPON ao seu território e contra seu povo, qual será o tipo de resposta a ser dada pela China aos [ir]responsáveis pela contaminação. Começamos a ano de 2020 com muitos que operam nas sombras desejando aumentar o caos no planeta.

PATENTE de criação de um CORONAVÍRUS fornecida ao CDC (Centers for Disease Control and Prevention)  US7220852B1 – SOBRE A CRIAÇÃO DE CORONAVÍRUS [SARS] ….

Na patente acima, do registro de um CORONAVÍRUS [uma BIOWEAPON], você encontrará 72 páginas de conteúdo para poder julgar esse letal “surto repentino e desconhecido de coronavírus” na ChinaLeia a patente nesse link primeiro, faça o download e compartilhe este artigo amplamente antes que os AGENTES do DEEP STATE a excluam. Mantenha-se sábio, com discernimento e saudável!


 “E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim.  Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá FOMES, PESTES e TERREMOTOS, em vários lugares. Mas todas estas coisas são [APENAS] o princípio de dores. Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome. Nesse tempo muitos serão escandalizados, e trair-se-ão uns aos outros, e uns aos outros se odiarãoE surgirão muitos FALSOS PROFETAS, e enganarão a muitos. E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará. Mas aquele que perseverar até ao fim, esse será salvo”.  Mateus 24:6-13

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.