browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Praga de Gafanhotos na Índia: enxames chegam aos subúrbios de Delhi

Posted by on 28/06/2020

As imagens mostram um enorme enxame de gafanhotos, proveniente de áreas desérticas desde o Paquistão, invadindo a cidade indiana de Gurugram, localizada a sudoeste da capital da Índia, Nova Delhi. Os gafanhotos passaram pelas ruas de Gurugram no sábado (27), voando em uma grande massa semelhante a uma nuvem. A invasão era prevista pois os insetos estão migrando desde o leste da África e as autoridades locais pediram que os moradores fechassem suas portas e janelas com antecedência.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Praga de Gafanhotos na Índia: enxames chegam aos subúrbios de Delhi

Fontes: https://www.bbc.com/ – https://edition.cnn.com/2020/06/27/india/india-desert-locusts-gurgaon-intl/index.html


… e haverá FOMES, PESTES e TERREMOTOS, em vários lugares. Mas todas estas coisas são [APENAS] o princípio de dores”.  Mateus 24:6-8


Partes da capital indiana, Delhi, foram colocadas em alerta após um enxame de gafanhotos invadir uma área suburbana. Correspondentes dizem que é a primeira vez que a cidade de Gurgaon (Gurugram) sofre uma invasão de gafanhotos.

Os gafanhotos voaram para a Índia a partir de suas áreas de reprodução no Paquistão, disse Om Prakash, um oficial de proteção de plantas com sede no Rajastão para a Locust Warning Organization.

Imagens nas mídias sociais mostraram dezenas de milhares de insetos sobrevoando prédios e pousando em telhados. A Índia está testemunhando sua pior invasão de gafanhotos em décadas. Os enxames, originários do Chifre da África, devoraram colheitas em vários estados.

No sábado, o ministro do Meio Ambiente de Delhi, Gopal Rai, pediu às autoridades distritais do sul e oeste da cidade que permanecessem em alerta máximo, informou o Times of India .

Os moradores de Gurgaon foram instruídos a fazer barulhos altos com panelas e frigideiras ou tambores para tentar afastar os gafanhotos.

Os pilotos que voam para dentro e fora do aeroporto internacional de Délhi, na fronteira com Gurgaon, foram instruídos a tomar cuidado extra, de acordo com a agência de notícias ANI.

O funcionário do Ministério da Agricultura, KL Gurjar, disse que o enxame parecia estar indo em direção à cidade de Palwal, ao sul de Delhi. “Os enxames mudaram de oeste para leste. Eles entraram no Gurugram por volta das 11h30”, disse ele à agência de notícias PTI.

“A situação é muito mais séria este ano, não apenas no Afeganistão, Índia, Irã e Paquistão, mas em todos os países da linha de frente no leste da África e na península Arábica”, disse Muhammad Tariq Khan, diretor do Departamento de Proteção Vegetal do Paquistão.

Se não for controlado, os gafanhotos do deserto destroem o suprimento de alimentos e podem causar fome generalizada por onde passam.

Segundo a ONU, as atuais infestações podem ser rastreadas até a temporada de ciclones de 2018-19, que trouxe fortes chuvas à Península Arábica. Isso permitiu pelo menos três gerações de “procriação sem precedentes” que não foram detectadas. Desde então, os enxames se espalharam pela África Oriental, Oriente Médio e Sul da Ásia.


“E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim.  Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá FOMES, PESTES e TERREMOTOS, em vários lugares. Mas todas estas coisas são [APENAS] o princípio de dores.  Mateus 24:6-8

“E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas, Para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome. Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento, calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis“.  –  Apocalipse 13:11-18


Leitura adicional:

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

One Response to Praga de Gafanhotos na Índia: enxames chegam aos subúrbios de Delhi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.