browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Presidente patético, marionete e senil, o fantoche Biden é censurado ao vivo

Posted by on 15/09/2021

Senador exige saber “Quem corta o microfone de Biden? Precisamos saber quem está no comando. Este é um ato de titereio”! O senador republicano James Risch exigiu saber na terça-feira quem é o encarregado de cortar o microfone de Joe Biden quando ele sai do script a ele determinado, como foi testemunhado várias vezes nos últimos meses. Os democratas afirmam que é “absurdo”, “bizarro” e “ridículo” [mas é a dura realidade] sugerir que Biden está sendo silenciado [monitorado, manipulado, conduzido] por alguém durante as transmissões ao vivo, apesar das claras evidências de que isto está acontecendo.

Um ‘presidente’ patético, marionete e senil, o fantoche Biden é censurado ao vivo

Fonte: Summit News

Durante uma audiência perante a Comissão de Relações Exteriores do Senado, Risch perguntou ao Secretário de Estado Anthony Blinken “quem está dando as cartas?” ao manipular e controlar Joe Biden [pseudo e senil presidente dos EUA].

“Uma das coisas que precisamos descobrir é quem é o responsável por isso? Quem tomou as decisões? ” Risch disse, referindo-se ao desastre de Biden no Afeganistão. O senador então acrescentou que Biden “não pode nem falar sem que alguém na Casa Branca o censure ou dê a sua aprovação” [ou “puxe as cordas” do presidente marionete/fantoche].

Risch insistiu ainda: “Este é um ato de titereiro, se você quiser, e precisamos saber quem está no comando e quem está tomando as decisões”.

“Não há batom suficiente no mundo para colocar este porco e fazê-lo parecer diferente do que ele realmente é”, acrescentou Risch sobre a bagunça do Afeganistão, acrescentando “O povo americano quer saber quem é o responsável por isso?”

“Alguém na Casa Branca tem autoridade para apertar o botão e parar o presidente, interromper sua fala e cortar o som do presidente. Quem é essa pessoa?” Risch então perguntou diretamente a Blinken, que negou que isso tivesse acontecido ou que houvesse tal pessoa.

Tweeting o vídeo, os esquerdistas insistiram que as afirmações eram ‘bizarras’, ‘ridículas’ e ‘absurdas’:

O incidente com o “presidente” Joe Biden sendo “cortado” por alguém, a que Risch se referia especificamente aconteceu há alguns dias, ao vivo e a cores:

No entanto, esta não é a primeira vez que a [“alguém” na] Casa Branca corta a alimentação dos microfones [do velho marionete/fantoche Joe] Biden. transmissão de áudiode Biden  foi cortada  no mês passado, quando ele estava prestes a responder a uma pergunta de um repórter sobre o prazo de retirada militar de seu governo do Afeganistão.

Conforme informamos na época , o feed foi silenciado (está atrasado) porque Biden fez um comentário sarcástico. A Casa Branca também  cortou  o feed durante um evento transmitido ao vivo em março, depois que Biden disse: “Fico feliz em responder a perguntas se é isso que devo fazer …” 

Além disso, de acordo com o Politico , os funcionários de Biden admitiram tê-lo interrompido para evitar as usuais gafes. E, como vimos, não é improvável sugerir que Biden é completamente “gerenciado”… como um patético fantoche:


Precisamos do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal  AGENCIA: 1803 – CONTA: 00001756-6 – TIPO: 013 [poupança] e pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa).


“O indivíduo é [TÃO] deficiente mentalmente [os zumbis], por ficar cara a cara, com uma conspiração tão monstruosa, que nem acredita que ela exista. A mente americana [humana] simplesmente não se deu conta do mal que foi introduzido em seu meio. . . Ela rejeita até mesmo a suposição de que as [algumas] criaturas humanas possam adotar uma filosofia, que deve, em última instância, destruir tudo o que é bom, verdadeiro e decente”.  – Diretor do FBI J. Edgar Hoover, em 1956


Saiba mais, leitura adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.