browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Recessão Global Histórica: Preços do mercado futuro do petróleo ficam “negativos”

Posted by on 21/04/2020

Os preços do petróleo ainda estão caindo depois de um colapso completo e impressionante nessa segunda-feira que viu os preços futuros de petróleo dos EUA caírem abaixo de zero pela primeira vez na história da indústria petrolífera. A aguda dor nos mercados de petróleo agora está se espalhando para a queda generalizada do preço das ações, com os índices asiáticos e europeus e futuros das ações dos EUA, todos abrindo no vermelho nessa terça-feira. Por maior que seja a ajuda dos governos a contração e recessão econômica global é irreversível e inevitável e o mercado de energia deixou isto muito evidente.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

A pandemia de coronavírus ‘quebrou’ o mercado de petróleo

Fonte: https://edition.cnn.com/2020/04/21/investing/premarket-stocks-trading/index.html

Londres (CNN Business): Deseja saber o quão grave são as consequências da pandemia de coronavírus nos mercados, finanças e na economia? Veja apenas o preço do petróleo .

Na segunda-feira, o preço do mercado FUTURO do petróleo [WTI-West Texas Intermediate] dos EUA a ser entregue em maio ficou cotado em – US$ 37,60 por barril, o primeiro fechamento negativo da história. 

Isso significa que os produtores, que estão ficando sem espaço de armazenamento à medida que a demanda por energia desmorona, estão dispostos a pagar aos compradores para tirar o petróleo de suas mãos. Isso nunca aconteceu antes para os futuros do West Texas Intermediate, a referência dos preços do petróleo dos EUA.

O mais recente: o preço do barril de petróleo WTI a ser entregue em maio ainda está abaixo de zero. O contrato é fechado na terça-feira, o que significa que as negociações são leves e a maioria dos investidores está ansiosa para o preço de junho. Mas o preço do barril de petróleo WTI a ser entregue naquele mês também está caindo. Na terça-feira, caiu 18% e agora está sendo negociado abaixo de US$ 17 por barril. Os contratos futuros de petróleo leve tipo Brent, a referência mundial, mergulharam abaixo de US$ 20 por barril, atingindo o nível mais baixo desde 2002.

“Estou chocado”, disse-me Bjornar Tonhaugen, diretor de mercados de petróleo da Rystad Energy. Normalmente, existe alguma volatilidade no final de um período do contrato. Mas isso indica que o mercado de petróleo está “oficialmente quebrado” à medida que o armazenamento aumenta, disse ele. Existe uma preocupação especial com a quantidade de espaço restante em Cushing, Oklahoma, o hub de entrega do WTI.

Os efeitos da sujeira do petróleo barato ecoarão pela economia. Mesmo em um ambiente petrolífero de US $ 20, 533 empresas de exploração e produção de petróleo dos EUA entrarão com pedido de falência até o final de 2021, de acordo com a Rystad Energy.

Source: Rystad Energy Graphic: Matt Egan and Tal Yellin, CNN

O problema não está desaparecendo. Ninguém pode dizer quando a demanda global por petróleo se recuperará. E mesmo depois que os bloqueios das quarentenas terminarem, levará algum tempo para as refinarias voltarem à velocidade anterior, se algum dia voltarem, disse Tonhaugen. Problemas semelhantes podem surgir quando o contrato dos futuros de junho vencer dentro de um mês.

“Há muito petróleo produzido e não há lugar para colocá-lo no momento, então ninguém quer recebê-lo”, disse Randy Giveans, analista da Jefferies.

Sinal dos tempos: À medida que o armazenamento em terra se enche, a Giveans acompanha um boom no armazenamento flutuante em superpetroleiros, onde comerciantes e produtores podem guardar óleo para entregar em uma data posterior por um preço mais alto.

Nos últimos 10 anos, comerciantes ou produtores normalmente gastam US$ 25.000 por dia em abril para um superpetroleiro, ou VLCC, que pode armazenar 2 milhões de barris de petróleo bruto, de acordo com Giveans. Esse preço agora saltou para cerca de US$ 150.000 por dia, um aumento de seis vezes, disse ele.

“Vimos mais contratos [de armazenamento flutuante] nas últimas quatro semanas do que nos últimos quatro anos somados”, disse Giveans.

Por que importa: A incrível deslocação nos mercados de petróleo é um sinal de quanto a pandemia de coronavírus está prejudicando os investidores, mesmo com as ações se estabilizando. Os efeitos podem continuar a ser sentidos nos próximos meses e anos.

“É uma reminiscência de um tempo em meados dos anos 80, quando exatamente a mesma situação aconteceu – oferta demais, demanda e preços do petróleo permaneceram baixos por 17 anos”, disse o ex-chefe da BP John Browne à BBC, na terça.

As empresas não têm idéia de onde os seus ganhos vão vir daqui para a frente

A pandemia de coronavírus está criando tanta incerteza que mais e mais empresas estão retirando suas orientações sobre ganhos para este ano, destacando o caminho difícil para os negócios, mesmo quando os países discutem como reabrir suas economias.

O mais recente: a IBM ( IBM ) retirou suas perspectivas para o ano inteiro para 2020 nesta segunda-feira, quando divulgou ganhos para o período de janeiro a março. A empresa disse que reavaliaria essa decisão no final do segundo trimestre “com base na clareza da recuperação macroeconômica”.

O Wells Fargo estimou na segunda-feira mais cedo que 98 empresas do S&P 500 haviam retirado ou suspendido sua orientação, incluindo McDonald’s ( MCD ) , Walgreens ( WBA ) , Caterpillar ( CAT ) e Target ( TGT ) . Esse número deve continuar crescendo. A falta de previsões para as perdas torna difícil ficar muito animado com os recentes ganhos do mercado de ações.

O Bespoke Investment Group apontou em notas recentes para clientes que o S&P 500 recuperou metade das perdas em relação à alta de fevereiro da semana passada. Desde a década de 1930, os ganhos dessa escala têm sido um “sinal muito confiável” de que os pontos baixos do mercado em baixa já passaram.

Mas o grupo de pesquisa também alertou que a falta de orientação dificulta a visão clara das atuais avaliações do mercado de ações.

“É difícil culpar as equipes de gerenciamento por terem cautela sobre como preveem a evolução de seus negócios”, afirmou o grupo na segunda-feira. “Mas também é difícil comparar o nível extremo de incerteza da administração com estoques de grande capitalização … acima de [26%] dos mínimos recentes.”


Nova York / Hong Kong (CNN Business) – Os preços dos contratos futuros de petróleo dos EUA para entrega em maio foram negociados com preços abaixo de US$ ZERO, depois de subir brevemente acima de US$ 1,00 o barril. O contrato de maio, que termina na terça-feira, terminou as negociações regulares na segunda-feira a US$  37,63 por barril.

O contrato futuro para junho do óleo tipi WTI-West Texas Intermediate, que agora está sendo negociado de forma mais ativa, caiu mais de 11%, para US$ 18,14 por barril. O Brent, referência mundial para o preço do petróleo, também despencou quase 22%, sendo negociado a US$ 19,92 por barril.

A pandemia de coronavírus fez com que a demanda por petróleo se evaporasse tão rapidamente que o mundo está ficando sem espaço para armazenar barris de óleo bruto que ninguém quer. Um novo acordo, há pouco mais de uma semana, da Arábia Saudita e da Rússia – com outros produtores da OPEP- para reduzir a oferta por um valor recorde, não conseguiu convencer os comerciantes de que a oferta excessiva diminuirá em breve.

O mercado provavelmente continuará pressionado para baixo nas próximas semanas, escreveu Bjornar Tonhaugen, diretor de mercados de petróleo da Rystad Energy, em uma nota de pesquisa terça-feira. Ele observou que os cortes da OPEP + só entram em vigor em maio. E embora o grupo tenha concordado em reduzir a produção de petróleo em valores históricos , Tonhaugen disse que o mercado precisa ver muitos cortes adicionais para enfrentar um declínio maciço na demanda por petróleo devido à paralisação da economia global.

Os preços das ações globais também registraram grandes quedas na abertura desta terça-feira. Os índices FTSE 100 ( UKX ) está sendo negociado 1,4% menor em Londres. O DAX da Alemanha ( DAX ) e o CAC 40 da França ( CAC40 ) caíram 1,8%.

O Hang Seng ( HSI ) de Hong Kong caiu 2,2%, enquanto o Nikkei 225 do Japão ( N225 ) caiu quase 2%. O Shanghai Composite da China ( SHCOMP ) perdeu 0,9%.

O Kospi da Coréia do Sul ( KOSPI ) caiu quase 3% e os ganhos caíram 1,7% em relação ao dólar, como a CNN informou – citando um oficial dos EUA com conhecimento direto – que os Estados Unidos estão monitorando a inteligência que sugere o líder norte-coreano Kim Jong Un está em grave perigo de vida após uma cirurgia de emergência.

A Casa Azul Presidencial da Coréia do Sul disse em comunicado a repórteres que eles não têm nada a confirmar nos relatórios sobre a saúde de Kim e que “nenhum sinal incomum” foi detectado na Coréia do Norte. O Kospi reduziu as perdas para fechar em queda de 1%. O ganho também se recuperou um pouco, embora ainda fosse mais fraco em relação ao dólar em relação à segunda-feira.

Global Economic Crisis

Os mercados regionais asiáticos apenas cobraram “uma pequena reação às notícias [norte-coreanas]”, escreveu Jeffrey Halley, analista de mercado sênior da Ásia-Pacífico em Oanda, em uma nota de pesquisa na terça-feira. Mas ele acrescentou que, se provado que as notícias estão corretas, “a região está definida para viver um período de incerteza”.

O mercado futuro de ações dos EUA reverteu os ganhos iniciais da segunda. Os contratos futuros da Dow caíram 264 pontos, ou -1,1%. Os contratos futuros da S&P 500 caíram 0,7% e os da Nasdaq caíram cerca de 0,2%, .

O Dow ( INDU ) fechou 592 pontos a menos, ou -2,4%, na segunda-feira, marcando o pior dia para o índice desde 1º de abril. O S&P 500 ( SPX ) terminou em queda de -1,8% e o Nasdaq Composite ( COMP ) fechou em -1%.

– Jill Disis, Julia Horowitz, Anneken Tappe e Matt Egan contribuíram para este relatório.


“E foi-lhe concedido que desse espírito à imagem da besta, para que também a imagem da besta falasse, e fizesse que fossem mortos todos os que não adorassem a imagem da besta. E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas, Para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome”. – Apocalipse 13:15-17

“E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim.  Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares. Mas todas estas coisas são o princípio de dores”. – Mateus 24:6-8

 

 

3 Responses to Recessão Global Histórica: Preços do mercado futuro do petróleo ficam “negativos”

  1. Guilherme

    Cenário assustador para o futuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.