browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Rothschild, Sauditas & Soros, Mestres dos Marionetes por trás do Deep State segundo QAnon

Posted by on 22/04/2018

Tem havido uma série de desenvolvimentos importantes na luta intestina dentro dos EUA que indicam quão feroz a batalha nos bastidores se tornou entre o Presidente Donald Trump e altos funcionários do Estado Profundo, incorporados dentro da burocracia do governo federal dos EUA. A luta mais reveladora envolve a invasão feita pelo FBI em 9 de abril de 2018 contra o advogado pessoal de longa data de Trump, Michael Cohen, e a juíza federal nomeada para ouvir o caso de Cohen.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

QAnon dá pistas sobre os Rothschild, Sauditas & George Soros, como Mestres dos Marionetes por trás do Deep State

Fonte: https://www.exopolitics.org/

É importante ressaltar que após a invasão do FBI do escritório de Cohen, naquela mesma noite, Trump foi visitado por líderes militares dos EUA em uma poderosa demonstração de apoio enfatizando que eles estavam firmes com o presidente Trump apesar de sua preocupação imediata sobre o que o ataque poderia significar para o império Trump Business. Significativamente, eles foram fotografados com 9 postados à sua direita e 11 enfileirados à sua esquerda, em uma referência velada ao ataque de falsa bandeira de 11 de setembro em N.York às torres gêmeas do WTC sendo um falso ataque de bandeira conhecido pelos militares como orquestrado pelo governo Bush, cuja família é controlada pelo Estado Profundo.

Como apontado em um artigo anterior, QAnon é um grupo de oficiais da inteligência militar dos EUA que trabalha com o governo Trump para expor o Estado Profundo e desmantelar seu domínio sobre o sistema político dos EUA.  Em 2015, Trump foi recrutado por este grupo de oficiais militares para impedir um golpe de estado, de acordo com o autor político Jerome Corsioutros autores.

Foi esse grupo de oficiais da inteligência militar que neutralizou uma série de esforços e planos secretos do Estado -Deep State – Profundo para impedir que Trump tomasse posse após sua surpreendente vitória na eleição de 8 de novembro de 2016. Esses esforços foram meticulosamente detalhados no livro de Corsi, Killing the Deep State .

O ataque ao advogado pessoal de Trump marcou uma dramática escalada nos esforços do Estado Profundo para minar a administração Trump. O ataque quase certamente forneceu ao Estado – Deep State – Profundo material prejudicial sobre seu império de negócios que poderia ser usado para chantagear Trump apesar do apoio que ele continua recebendo da inteligência militar dos EUA.

O ataque ao escritório de Cohen ocorreu menos de 24 horas após o evento da bandeira falsa do ataque de armas químicas de 8 de abril ser orquestrado na Síria, que culpou o ataque de armas químicas ao regime de Assad. É altamente provável que o Estado -Deep State -Profundo exigisse que Trump atacasse a Síria para impedir que material incriminatório fosse tornado público e / ou seu império de negócios fosse examinado.

Consequentemente, o ataque com mísseis limitados em 14 de abril foi cuidadosamente planejado por Trump e inteligência militar dos EUA para satisfazer as demandas do Deep State, mas também evitando qualquer confronto direto com as forças russas que poderiam precipitar a Terceira Guerra Mundial, na Síria ou mais tarde no Irã. Além disso, o presidente Putin, da Rússia, tomou conhecimento do dilema de Trump e optou por não retaliar as forças militares dos EUA responsáveis ​​pelo ataque com mísseis.

Então, quem está por trás do Estado – Deep State – Profundo? Quem são os mestres dos marionetes? E qual o papel do presidente Putin em ajudar Trump a lidar com os mestres dos fantoches (a imensa maioria do establishment político do ocidente) do Deep State? De acordo com QAnon, precisamos seguir a trilha do dinheiro para começar a obter respostas para essas perguntas. Em um post de 11 de novembro de 2017, QAnon  declarou:

Vale a pena começar com a mais antiga desta lista de mestres de marionetes (puppet masters) – a familia dos judeus khazares, os Rothschilds cuja influência remonta ao sucesso do financiamento do Império Britânico nas guerras napoleônicas. Devido ao astuto julgamento da família Rothschild em emprestar fundos para os britânicos e outros oponentes monárquicos de Napoleão, eles ficaram fabulosamente ricos após a derrota de Napoleão.

Os Rothschilds também foram recompensados por seus devedores monárquicos agradecidos com honras nacionais e títulos aristocráticos e que rapidamente elevou membros-chave da família Rothschild colocando-os em destaque público em todo o  século XIX.

A estimativa de QAnon da riqueza cumulativa da família dos judeus khazares coincide com a faixa superior  da estimativa da Investopedia de US$ 350 bilhões a US$ 2 trilhões, em março de 2016. A variação mais baixa de muitas estimativas oficiais é falsa, segundo QAnon, a verdadeira riqueza líquida dos Rothschilds está mais perto de US$ 2 trilhões.

Sobre reptilianos na Europa:

Da mesma forma , a Investopedia estima que a riqueza da Casa de Saud (que fundou e controla a Arábia Saudita) está próxima de US$ 1,4 trilhão, mas QAnon está nos dizendo que está mais perto de US$ 4 trilhões. Dado o tamanho da família real saudita; cerca de 15.000 membros, com 2.000 detendo mais poder e riqueza, a riqueza acumulada pode, de fato, estar muito mais próxima da estimativa de QAnon.

Quando se trata da riqueza do também judeu khazar George Soros,estimativa oficial de US$ 24 bilhões é, mais uma vez, muito mais baixa do que o que QAnon está nos dizendo. Como um gestor de fundos de hedge bem-sucedido, Soros controla muito mais do que seu valor pessoal, colocando o total de ativos que ele controla mais perto dos US$ 1 trilhão reivindicados por QAnon.

Então, como é que a familia dos judeus khazares Rothschild, juntamente com a Casa de Saud e George Soros, usam sua enorme riqueza acumulada de cerca de US$ 7 trilhões para puxar os cofres financeiros dos políticos e das elites nacionais em todo o mundo? QAnon forneceu uma resposta em um post de 7 de dezembro de 2017 descrevendo como as finanças dos Rothschilds, Sauditas (SA) e Soros são usadas para funções complementares de controle em todo o mundo:

A referência a família dos judeus khazares Rothschilds como “líderes de culto”, e exercer influência sobre a igreja é altamente significativa. Em 1832, os Rothschild emprestaram dinheiro ao Vaticano, o que levou os Rothschilds a ganhar grande influência sobre a igreja por meio de sua dependência do financiamento internacional. Uma dependência que teve uma influência corruptora sobre a Igreja de Roma, conforme apontado por pesquisadores como o Dr. Paul Williams, autor do  Operation Gladio: The Unholy Alliance between the Vatican, the CIA, and the Mafia.

Sobre reptilianos na África:

Além disso, a família dos judeus khazares Rothschild tem um interesse controlador em uma vasta rede de bancos centrais nacionais e grandes bancos privados, o que lhes confere enorme influência global. Previsivelmente, essa influência financeira pode ser usada para manipular e corromper políticos em todo o planeta através de contribuições de campanha. Esta é a base para o controle mundial do governo da família dos judeus khazares Rothshild, como nos diz QAnon.

O que dá crédito à referência de QAnon aos “líderes de culto” e financeiro dos Rothschilds é o Dr. Bill Deagle, um ex-médico do Comando Espacial dos EUA, que foi misteriosamente abordado pelo judeu khazar Guy De Rothschild, que afirmou ser o “Pindar”, o CEO da Earth Inc.


{Sobre PINDAR ou PÍNDARO, saiba mais no post: Conexão Reptiliana entre o Vaticano e judeus khazares Rothschild através do Estado (Deep State) Profundo:

É aqui que se torna muito útil relatar uma história contada por Bill Deagle, MD, ex-médico da Força Aérea dos EUA, que descreveu no site Project Camelot um misterioso encontro com um dos principais membros da família Rothschild, o barão Guy De Rothschild, em 1992:

-Acordei no meio da noite, me endireitei e me sentei. E eu tinha todas as luzes acesas porque eu teria que ir periodicamente ao banheiro ou qualquer outra coisa. Eu tinha todas as luzes acesas. E esse cara estava em pé na minha frente vestindo o que eu chamo de um smoking de US$ 5.000, não um cabelo grisalho na cabeça, partido ao meio, magro e elegante.

-Eu disse: como você chegou aqui?

-E ele diz: É maravilhoso ver você, meu filho.

-Eu disse: você não é meu pai.

-E eu olhei para esse cara e ele parecia da nobreza francesa. Certo? E eu disse: quem é você?

-Ele diz: Eu sou o Barão Guy de Rothschild, o Píndaro.

-E eu tive isso realmente, o que eu chamo de choque ou uma espécie de medo profundo no meu espírito. E eu soube imediatamente, porque tenho esse dom. Certo? Sem entrar em uma grande discussão longa, eu soube imediatamente.

-Eu disse: eu sei quem você é. Você é o representante do poder de LÚCIFER que controla a Terra.

-Ele diz: Sim, eu sou o CEO da Earth, Inc., e eu sou o homem que ocupa a 13ª cadeira do Conselho Druídico. Eu quero que você seja meu substituto, e quando eu transcender quero que você assuma o meu trabalho.

-E eu disse: não, eu não vou.

-Ele disse: Nós conhecemos sua linhagem; nós conhecemos sua genética; nós sabemos tudo sobre você e você é um substituto perfeito para mim.

-E eu disse: não!

O que é interessante aqui é a afirmação de Guy de Rothschild (Barão Guy Édouard Alphonse Paul de Rothschild) de que ele era o Píndaro e era o “CEO da Earth, Inc”. Isso sugere que ele estava apenas dirigindo a Terra em nome de outros, mas quem são esses “outros”? Para uma resposta, podemos procurar informações sobre “Píndaro” fornecida pelo pesquisador britânico David Icke. Icke escreveu sobre o Píndaro em The Biggest Secret depois de entrevistar um ex-participante de cerimônias ocultistas satânicas, Arizona Wilder. Icke escreveu:

Píndaro significa “Pênis do Dragão” … Arizona diz que Píndaro, como todos os reptilianos quando mudam de forma, tem olhos hipnóticos muito poderosos (o “mau olhado” da lenda) e em sacrifícios o rosto da vítima é transformado em Píndaro no momento da morte para ele roubar a alma ou energia da pessoa através desse processo magnético do “olho do mal”. Pindaro freqüenta as principais cerimônias satânicas na Europa e, em seguida, voa para a Califórnia para os rituais satânicos lá realizados. [pp. 302-3]

A ideia de que um membro de alto escalão da família Rothschild, Guy de Rothschild, é um reptiliano que muda de forma, ou um ser híbrido de algum tipo, será um choque para muitos que não acreditam que a vida extraterrestre reptiliana seja uma realidade física, muito REAL e controlando a Terra. FIM DE CITAÇÃO}


A família dos judeus khazares Rothschild demonstrou enormes poderes ocultos de acordo com Deagle , corroborando a referência de QAnon aos Rothschilds como líderes de culto. A que tipo de culto ele está se referindo? Voltarei a essa questão na Parte 2, depois de examinar as funções que QAnon atribui aos outros dois mestres de marionetes, a Casa de Saud e o também judeu khazar George Soros.

– Reptilianos: fato ou ficção?

– Conexão Reptiliana entre o Vaticano e judeus khazares Rothschild através do Estado (Deep State) Profundo

Em seu post de 7 de dezembro de 2017, a QAnon referiu-se à Arábia Saudita (SA) como estando no controle da tecnologia do petróleo, tráfico sexual de crianças, políticos dos EUA / Reino Unido e grandes empresas de tecnologia. Não é de todo surpreendente que a Casa de Saud seja listada por QAnon como um mestre de marionetes, uma vez que acumulou enorme riqueza (oficialmente US$ 1,4 trilhão ) devido às reservas de petróleo que controla há décadas na Arábia Saudita. É importante ressaltar que QAnon está nos dizendo que a Casa de Saud usou sua riqueza para controlar secretamente os sistemas políticos dos EUA e da Inglaterra (do ocidente) por meio de contribuições de campanha e suborno direto.

Isto talvez não seja melhor ilustrado do que nos ataques de 11 de setembro de 2001, onde 16 dos 19 seqüestradores eram cidadãos sauditas, mas foi o Afeganistão, em vez da Arábia Saudita, que foi invadido pelos EUA e seus aliados da Otan, já que os sauditas são SÓCIOS da famiglia BUSH em vários empreendimentos!

Um subsequente Relatório da Comissão do ataque de 11 de setembro autorizado pelo Congresso dos EUA, que foi lançado em 2002, escondeu o envolvimento saudita, classificando como secretas 28 páginas. Foi somente em 15 de julho de 2016 que as páginas classificadas da Comissão foram divulgadas publicamente com detalhes das autoridades sauditas envolvidas, que incluíam seu então embaixador nos EUA, o príncipe Bandar, que financiou pelo menos dois dos seqüestradores.  

Indiscutivelmente, foi este comunicado que levou aos eventos extraordinários na Arábia Saudita no início de novembro de 2017, quando o príncipe herdeiro Muhammed bin Salman prendeu membros proeminentes da Família Real e altos funcionários sauditas por corrupção. Os presos incluíam o príncipe Bandar, o mais graduado dos oficiais sauditas implicados nos ataques de 11/9. Parece que o príncipe Salman, atual governante da Arábia Saudita tomou medidas preventivas para abrir caminho para que a verdade sobre o 11/9 fosse finalmente tornada pública por encarcerar e envergonhar as autoridades sauditas implicadas no ataque da falsa bandeira em N. York. 

Além disso, QAnon nos diz que a Arábia Saudita tem sido ligada há muito tempo ao tráfico de crianças como escravas sexuais. Como as crianças são usadas? Além dos óbvios abusos sexuais e trabalhistas, isso aumenta a prática mais problemática do sacrifício de crianças. Voltarei a isso quando a questão da liderança do culto da família de judeus khazares Rothschild for discutida na Parte 2 . Isso nos leva ao terceiro dos mestres de marionetes identificados por QAnon

O judeu khazar George Soros é mais conhecido por ter apostado com sucesso contra a libra esterlina em 1992, e fazendo aproximadamente US$ 2 bilhões de lucros no processo. Se a riqueza acumulada de Soros, por meio do seu hedgefund é próxima de US$ 1 trilhão, juntamente com a coordenação secreta com a família judeu khazar Rothschild e a casa Saudita, fica fácil entender como Soros poderia ter se oposto com sucesso ao Bank of England em sua especulação cambial.

Soros, de acordo com QAnon, é responsável por manipular a opinião pública em direções favorecidas pela implantação da agenda do Estado Profundo. Através de sua Open Society Foundation, Soros esteve envolvido no financiamento secreto de dissidentes e opositores políticos que levaram a movimentos de massas que derrubaram muitos regimes políticos (Primavera Árabe). Além de seu papel proeminente na derrubada dos estados comunistas do Leste Europeu, a Open Society de Soros  desempenhou um papel proeminente no movimento da Primavera Árabe e, mais recentemente, na catalização da oposição interna em massa à eleição de Donald Trump.

Fundos secretos foram criados e habilmente usados ​​para financiar organizações “progressistas” que servem as agendas do Estado Profundo nos EUA e na Europa. Isso ficou claro em julho de 2017, quando o Departamento de Justiça de Jeff Sessions iniciou uma investigação de fundos secretos gerados por penalidades corporativas ordenadas por juízes. em ações federais. Esses fundos estavam sendo direcionados para “organizações progressistas” que se opunham à administração Trump.

Finalmente, é importante ressaltar que o juiz designado para supervisionar o caso envolvendo Michael Cohen é a juiza distrital americana Kimba Wood, que celebrou o casamento de George Soros em 2013 . O relacionamento íntimo da juiza Kimba com Soros aponta claramente para ela ser um ativo do Estado – Deep State – Profundo que foi colocado nessa importante posição para ameaçar diretamente o império de negócios de Trump.

Agora que os enormes ativos financeiros controlados pelos mestres de marionetes, os judeus khazares Rothchilds, pelos sauditas (aliados de Israel) e, o judeu khazar George Soros, foram examinados, agora posso voltar à afirmação de QAnon de que os Rothschild são os chefes de um culto mundial, o que descreveremos na segunda parte desta matéria.

Continua na Parte 2 .

© Michael E. Salla, Ph.D.


A Matrix (o SISTEMA de CONTROLE): “A Matrix é um sistema de controle, NEO. Esse sistema é o nosso inimigo. Mas quando você está dentro dele, olha em volta, e o que você vê? Empresários, professores, advogados, políticos, carpinteiros, sacerdotes, homens e mulheres… As mesmas mentes das pessoas que estamos tentando despertar. Mas até que nós consigamos despertá-los, essas pessoas ainda serão parte desse sistema de controle e isso as transformam em nossos inimigos. Você precisa entender, a maioria dessas pessoas não está preparada para ser desconectada da Matrix de Controle. E muitos deles estão tão habituados, tão profunda e desesperadamente dependentes do sistema, que eles vão lutar contra você para proteger o próprio sistema de controle que aprisiona suas mentes …”


Sobre os Judeus Khazares, saiba mais acessando os links:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

22 Responses to Rothschild, Sauditas & Soros, Mestres dos Marionetes por trás do Deep State segundo QAnon

  1. Juarez Gouveia

    A ONU, orquestrada pelos comunistas, está implantando a ideologia de gênero mundo a fora. Junto desse assunto também está sendo debatido e difundido as questões sexuais e a sexualidade infantil. Estão levando assuntos sexuais as crianças nas escolas, como aqui no Brasil. A turma da pedofilia está trabalhando para sexualizar as crianças a partir dos 4 anos de idade. Paralelamente o Islamismo, que tem crescido e se expandido mundialmente, e aceita os casamentos infantis está no mesmo paradigma, onde crianças inocentes são vendidas, comercializadas, ou negociadas em casamentos bizarros de crianças com menos de 10 anos com senhores que podem ser seus avós. Vemos um mundo virando Comunista e sendo Islamizado, onde um trabalha para a implantação do outro. Daqui uns tempos não muito distantes não vai ser mais considerado pedofilia um senhor de idade ter ralações sexuais com uma menininha de menos de 10 anos, e todos aceitarão de boa, basta nossa geração ficar para trás, pois as gerações mais novas já estão apreendendo nas escolas a aceitar tal aberração governamental. Assim como marcharam 40 anos no deserto até a Terra prometida, para que a geração fosse trocada e os ensinamentos egípcios se perdesse, o mesmo acontece agora, e assim que a geração conservadora dos anos 50-90 sumir, estará tudo liberado para a implantação do mal.

  2. Juarez Gouveia

    O Brasil tem uma dívida de mais de R$3,3 Trilhões de Reais com a emissão dos Títulos do Tesouro Nacional. O País mais endividado no Mundo é os EUA que faz nossa astronômica dívida ficar pequena. Nosso Governo Federal gasta todos os anos vultuosos Bilhões de Reais com amortização e juros que vão para os credores, que não são divulgados. Não sabemos quem são os donos desse crédito todo. Mas como se sabe são poucas as famílias famosas e mundiais que controlam esse tipo de crédito governamental, usando da própria máquina pública corrupta para emprestar o que foi pego daquele próprio governo, trabalhando e jogando créditos de um país para outro, e endividando cada vez mais os governos mundiais, sendo hoje essas famílias de banqueiros os controladores do globo. Essa dívida descontrolada da emissão dos títulos do tesouro brasileiro, vai chegar ao ponto que vão ter que entregar a nação para os credores e os brasileiros serão escravos de uma nova dinastia imperialista. Mas tem quem diga que não foi o povo que fez essa dívida toda, só que no mundo internacional, nossos governantes tem via voto a procuração para representar o povo, então essa dívida é do povo, lamentavelmente dentro desse embuste político.

  3. Lucas

    Do “problema crônico a nível mundial” e a manipulação das massas, fazemos uma correlação com o Campeonato Europeu “bombando” com seus estádios cheios, e a mídia europeia e mundial com seus holofotes voltado para esse espetáculo, e a população dormente não percebe e/ou não se importa que não muito distante dali, na Síria e aos arredores do Oriente Médio, o clima de tensão continua “pegando fogo”, com pessoas morrendo, os refugiados, com as famílias atrocidadas desfeitas e separadas forçadamente de forma desumana e cruel, e os órfãs dessas guerras escravizados e usados como objeto de interesses escusos. Vivemos em tempos de muita incompaixão, desunião e individualismo, cercada de muita fumaça nebulosa do mal que venda e cega para a realidade.

Deixe uma resposta para Juarez Gouveia Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.