browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Rússia espera que Operação na Ucrânia termine ‘nos próximos dias’

Posted by on 09/04/2022

Moscou espera que a operação militar russa na Ucrânia termine em um futuro próximo, possivelmente “nos próximos dias”, disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, à Sky News na quinta-feira. Ou as tropas do país vão acabar com A GUERRA alcançando seus objetivos militares ou Moscou e Kiev chegarão a um acordo por meio de negociações, acrescentou.

Ou as forças russas atingirão seus objetivos na Ucrânia ou Moscou e Kiev chegarão a um acordo em um futuro próximo, diz o Kremlin

Fonte: Rússia Today

A perspectiva de um acordo de paz dependeria em grande parte da “consistência” da posição da Ucrânia e sua disposição de concordar com os termos da Rússia, acrescentou Peskov. Ele observou particularmente que os responsáveis ​​pelos crimes de guerra [Batalhão nazista Azov} contra civis no Donbass devem ser levados à justiça.

Quando questionado sobre as acusações levantadas por Kiev contra Moscou sobre os supostos assassinatos em massa de civis perto de Kiev, Peskov afirmou que tais alegações não passam de uma “falsificação ousada”.

Negamos que os militares russos possam ter algo em comum com essas atrocidades e que cadáveres foram mostrados nas ruas de Bucha”  , disse ele à Sky News. “Estamos vivendo em dias de falsificações e mentiras” , acrescentou. A Rússia está “interessada em uma investigação realmente independente e objetiva de todos os crimes” cometidos na Ucrânia, disse Peskov.

De acordo com Peskov, um dos objetivos da operação russa foi evitar um conflito maior, ou seja, uma potencial Terceira Guerra Mundial que provavelmente envolveria ataques nucleares. Caso a Ucrânia se junte à Otan e tente tomar a Crimeia por meios militares, o bloco teria que defendê-la, argumentou, acrescentando que isso poderia levar a um conflito global. A Ucrânia é um “centro anti-russo” [manipulado pelos khazares e o hospício ocidental] desde 2014, disse o porta-voz do Kremlin, argumentando que a Otan não é uma entidade puramente defensiva. 

A OTAN “Não é uma aliança pacífica. Foi feito sob medida para o confronto e o principal objetivo de sua existência é confrontar nosso país”, disse Peskov.

A entrevista de Peskov imediatamente atraiu críticas de autoridades do Reino Unido. O deputado britânico Tom Tugendhat, chefe do Comitê de Relações Exteriores, classificou as palavras do porta-voz russo de “mentiras [que] não devem ser acreditadas”. Tugendhat participou da guerra ilegal do Iraque, como membro das forças armadas do Reino Unido. 

A Rússia lançou uma ofensiva em larga escala contra a Ucrânia no final de fevereiro, após o fracasso da Ucrânia em implementar os termos dos acordos de Minsk assinados em 2014 e o eventual reconhecimento da Rússia das repúblicas de Donbass de Donetsk e Lugansk. O Protocolo de Minsk, intermediado pela Alemanha e pela França, foi projetado para regularizar o status das regiões dentro do estado ucraniano.

A Rússia agora exigiu que a Ucrânia se declare oficialmente um país neutro que nunca se juntará ao bloco militar da OTAN liderado pelos EUA. Kiev insiste que a ofensiva russa foi completamente espontânea e negou as alegações de que planejava retomar as duas regiões rebeldes à força.


“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal   AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)” para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


Mais informação adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.