Sol emite Flare Solar gigante

sunspot-AR1967-redflare

RETORNO de SUNSPOT AR-1967 com ENORME EXPLOSÃO: 

Um mês atrás, a Mancha Solar (Sunspot) AR1967 surgiu ao longo do lado leste do sol e desencadeou quase duas dezenas de erupções solares de classe M, enquanto cruzou o disco solar.

Hoje aconteceu de novo !  Hoje a mancha solar AR1967 desencadeou uma poderosa  explosão solar classe X4.9em 25 de fevereiro às 00:49 UTC. 

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@gmail.com

https://spaceweather.com/

RETORNO de SUNSPOT ainda ativa, emite um Flare solar monstruoso, o maior de 2012, até o presente:

Este é a emissão de CME-Ejeção de Massa Coronal mais intensa de 2014 até a presente data, e uma das mais intensos explosões de todo do ciclo solar 24, registrado pelo SDO-Solar Dynamics Observatory da NASA, que gravou o poderoso flash em ultravioleta extremo:

sunspotAR1967-explosão.01-jpg

Embora este flare seja impressionante, os seus efeitos serão mitigados pela localização do local da explosão na coroa solar – perto do lado sudeste do sol, e não de frente e direcionado diretamente para a Terra. De fato, uma ejeção de massa coronal brilhante (CME), que correu para longe do sol logo após o emissão do flare parece não se dirigir para o nosso planeta:

sunspotAR1967-explosão
Essa foi uma das mais intensos explosões de todo do ciclo solar 24, registrado pelo SDO-Solar Dynamics Observatory da NASA, que gravou o poderoso flash.

Emissões de rádio de ondas de choque na vanguarda da nuvem da CME sugerem uma velocidade de expansão perto de dois mil km / s ou cerca de 4,4 milhões milhas por hora. 

Se tal nuvem carregada de energia em movimento rápido atingir a Terra, as tempestades geomagnéticas resultantes poderiam ser graves.

No entanto, devido a sua trajetória estar tão longe da linha Sol-Terra, a CME vai talvez entregar um golpe de raspão, no campo eletromagnético do planeta na melhor das hipóteses, e, provavelmente, nenhum golpe acontecerá, afinal.

SOL Lança Flare Solar Monstro, o maior de 2014:

A fonte da erupção é a antiga Mancha Solar (Sunspot) AR1967 já de longa duração, começando agora a sua terceira viagem através do lado mais distante do sol. Esta região foi uma produtora ativa de flares durante seus trânsitos anteriores, e parece que pela terceira vez ela vai ser um pouco diferente. 

Por tradição, as manchas solares são renumerados cada vez que voltam do lado mais distante do sol, então a Sunspot AR1967 em breve terá uma nova designação. ( Atualização:O novo nome dessa mancha solar é (Sunspot) AR1990).

Mais informações em:

  1. https://thoth3126.com.br/supertempestade-solar-poderia-causar-o-caos/
  2. https://thoth3126.com.br/tempestades-solares-ameacam-redes-de-distribuicao-eletrica/
  3. https://thoth3126.com.br/sol-se-agita-tempestade-solar-com-emissao-de-cme-rumo-a-terra/
  4. https://thoth3126.com.br/supertempestade-solar-poderia-causar-o-caos/
  5. https://thoth3126.com.br/anatomia-de-um-flare-solar-gigante/
  6. https://thoth3126.com.br/ciclo-solar-24-surpreende-o-mais-fraco-em-100-anos/
  7. https://thoth3126.com.br/buraco-negro-sugando-energia-do-nosso-sol-ou-ufo-gigante/
  8. https://thoth3126.com.br/as-manchas-solares-sunspots-e-os-ciclos-de-atividade-do-sol/
  9. https://thoth3126.com.br/apice-do-ciclo-solar-24-em-2013-e-a-quebra-das-modernas-tecnologias/
  10. https://thoth3126.com.br/nacoes-unidas-nasa-e-o-clima-espacial/

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba nosso conteúdo

Junte-se a 4.327 outros assinantes

compartilhe

Últimas Publicações

Indicações Thoth