browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Soldado dos EUA diz que matou à tiros gigante (Nephilim?) com cerca de 4,5 metros no Afeganistão

Posted by on 13/07/2018

Somente agora se começou a saber que em 2002, uma patrulha dos EUA se perdeu e desapareceu em uma área muito remota do Afeganistão. Outra patrulha foi despachada em uma missão de busca e resgate, e um soldado naquela patrulha descreveu o que viu depois de dar a volta pelo lado de uma montanha: Era um homem de pelo menos 12 a 15 pés (3,60 a 4,50 metros) de altura. Aquilo era um MONSTRO.  Com barba ruiva, com o cabelo – era comprido, passando pelos ombros, de cor de um vermelho escarlate. E Dan corre para ele e começa a atirar, o que trouxe-nos a todos nós de volta à realidade – porque era surreal.”

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Soldado das forças especiais dos EUA diz que matou à tiros no Afeganistão, em Kandahar, um homem gigante com cerca de 4 metros de altura e quinhentos quilos, ele tinha seis dedos nos pés e mãos e cabelos vermelhos

Fonte: https://www.collective-evolution.com/


“E houve ainda outra guerra em Gate; onde havia um homem de grande estatura, e tinha vinte e quatro dedos, seis em cada mão, e seis em cada pé, e que também era filho do gigante”. 1 Crônicas 20:6


EM RESUMO

  • Os fatos:  Há um testemunho corroborativo de que uma patrulha de soldados dos EUA atirou e matou um gigante de 12 a 15 pés de altura no Afeganistão, amplamente conhecido como “O Gigante de Kandahar”.
  • Refletir sobre:  Quais seriam as implicações sobre a história humana se soubéssemos que havia uma ou várias outras espécies humanóides que já viveram no planeta, ou que ainda vivem aqui hoje?

Em 2002, uma patrulha dos EUA se perdeu e desapareceu em uma área muito remota do Afeganistão. Outra patrulha foi despachada em uma missão de busca e resgate, e um soldado naquela patrulha descreveu o que viu depois de dar a volta pelo lado de uma montanha:

“Quando nos aproximamos da curva, vimos a abertura da caverna. E então eu vejo um monte de pedras que é outra esquisitice. E então os ossos importam. Eu não estou perto o suficiente para identificar que tipo de ossos são, mas eu vi o que eu sabia ser um pedaço do nosso equipamento de comunicação. Então instantaneamente estamos pensando em emboscada, talvez um animal, você sabe, poderia ser qualquer coisa. Havia espaço suficiente na frente da caverna, mas tinha uma queda completa; mas havia espaço suficiente para entrarmos em uma dispersão decente em caso de emboscada.”

“Esses grupos de seres gigantes, de barba e cabelos vermelhos, sendo encontrados por todo o planeta, também estavam na Europa, no Sul e na América do Norte. E ao que parece, ao mesmo tempo, antes da última Idade do Gelo aparentemente, eles tinham uma área muito grande que eles governavam”.

Não muito tempo depois de terem entrado naquela formação de dispersão, eles viram algo emergir da caverna que, apesar de sua preparação militar, os pegou completamente de surpresa.

Era um homem de pelo menos 12 a 15 pés (3,60 a 4,50 metros) de altura. Aquilo era um MONSTRO.  Com barba ruiva, com o cabelo – era comprido, passando pelos ombros, de cor de um vermelho escarlate. E Dan corre para ele e começa a atirar, o que trouxe-nos a todos nós de volta à realidade – porque era surreal.

Enquanto Dan está se movendo para cercá-lo, outro irmão meu abriu fogo e eu começo a atirar também. Ele espeta Dan – ele agora está com ele nessa ‘lança’. Passou por ele. Ele transpassou Dan e ele vem contra o resto de nós. Todos nós apenas atiramos. Eu não sei o que era aquilo, mas eu lembro que todos nós ficamos gritando: “Atire na cara dele, atire na cara dele!” Ele está levando vários tiros, e ele ainda estava se movendo.

Finalmente, o gigante foi morto à tiros. Dan também foi morto. E a unidade de patrulha foi logo visitada por um helicóptero que derrubou uma grossa rede de carga. Nós fomos informados de que tínhamos que colocar o gigante na rede, e logo depois que eles terminaram, um helicóptero maior veio, soltou um gancho e o gigante foi carregado.

O soldado confirmou que o gigante ruivo e de pele clara tinha seis dedos em cada mão e seis dedos em cada pé. Depois de terem submetido o relatório pós-ação, o soldado conta que foi informado por seus superiores para reescrevê-lo de uma maneira particular, presumivelmente para remover qualquer menção sobre o ser gigante morto.

Testemunho Corroborante

Embora não seja uma testemunha ocular, outro soldado de tropas especiais do Afeganistão fornece o seguinte testemunho corroborativo:

Nós voltávamos para a base e começamos a ouvir esse boato sobre uma unidade que matou isso, o que eles começaram a chamar de pessoa realmente muito alta. No começo eu não pensei em nada disso, então descobri que a pessoa que eles mataram tinha na verdade três vezes o tamanho de um homem, tinha dedos extras nas mãos e dedos extras em seus pés, e tinha cabelos ruivos, e uma unidade especial tinha chegado e capturou esse alvo.

Depois que as forças especiais atacaram o gigante, a testemunha que permaneceu anônima, disse que levou cerca de 30 segundos para matá-lo com armas de fogo, M16 e M16A4. O foco foi concentrado na área da cabeça e face da vítima.

Bem, ouvimos dizer que eles mataram essa coisa dentro de uma caverna, ou na boca de uma caverna, e havia conhecimento comum entre os militares para ouvir isso. Quando você ouve pela primeira vez, você está pensando como, isso tem que ser uma piada. Isso tem que ser uma farsa. Então, depois que as coisas caem de certa forma, e você continua ouvindo, você começa a perceber que não é uma piada.

Eles ficavam nos dizendo para manter nossas armas no alto, o que normalmente significa que são dois terços no peito, um terço na altura da cabeça (sobre o tamanho do armamento), mas eles continuaram nos dizendo para colocar as armas na direção da cabeça de um homem e colocá-lo ainda mais alto.  Então, nós questionamos, por que eles querem que atiremos mais alto que a cabeça de um homem?

Entrevistas gravadas

Esses depoimentos são encontrados no vídeo de compilação abaixo, a partir de entrevistas conduzidas por LA Marzulli com os dois soldados que queriam permanecer anônimos. Além disso, há algumas filmagens de Coast to Coast com o apresentador George Noory apresentando um piloto que viu e realmente transportou o gigante em seu helicóptero.

Testemunho do Piloto

Este piloto aterrissou em uma base no Afeganistão e foi informado de que eles precisavam pegar uma carga especial e que absolutamente não haveria câmeras de fotografias permitidas. O piloto descreveu a sua ”carga”:

“Era basicamente um cara morto, e esse cara era extremamente grande, e quando eu digo grande, nossos paletes são basicamente, se bem me lembro, cerca de 9 por 12 pés, ou mais, e esse cara estava deitado em uma posição fetal para caber no palete, e ele encheu o catre. Ele pesava em torno de um cara com cerca de 1100 libras (cerca de 500 quilos!)”.

O piloto corroborou muito mais os detalhes dados pelas outras duas testemunhas, incluindo o fato de que esse gigante era de pele clara, cabelos ruivos e tinha dedos extras nas mãos e nos pés.

Corroboração generalizada

Por mais impressionante que seja a consistência desses três testemunhos separados, há, na verdade, uma corroboração muito mais ampla sobre a existência de gigantes de cabelos vermelhos e pele clara, com seis dedos das mãos e pés, e fileiras duplas de dentes, entre 3,50 e 4,50 metros de altura. Certamente, no Afeganistão, as histórias entre os nativos foram desenfreadas sobre a existência de gigantes canibais que vivem em cavernas. 

Os soldados que entendiam a língua dos nativos tendiam a se referir a essas histórias como “lendas” e “mitos”, embora alguns notassem que a presença de ossos perto das entradas das cavernas sugeria que os humanos eram mortos e devorados por algo que vivia na caverna, seja por emboscada ou de acordo com as histórias dos nativos, por sacrifícios que eles ofereciam aos gigantes.

Há uma abundância de evidências de que uma raça canibal e ruiva de gigantes já habitou a América do Norte, e ameaçou várias tribos nativas cujo folclore e lendas (ou para as tribos, a sua própria história ) contam histórias semelhantes às relatadas neste artigo:

“Depois de anos de lutas e numerosas baixas em ambos os lados da cerca, os nativos decidiram acabar com essa ameaça gigantesca unindo-se sob uma única bandeira. Não demorou muito até que os gigantes ruivos fossem alijados e forçados a sair de suas casas”.

“Os gigantes recuaram para dentro de uma caverna, mas foram perseguidos pelos nativos e, com um desejo de vingar seus irmãos caídos, atearam um fogo considerável que os tinha queimado ou intoxicado. Aqueles que se aventuraram para fora da caverna para tentar escapar do ataque foram recebidos com a morte até o último”.

Em referência aos gigantes ruivos, há uma discussão entre David Wilcock e Corey Goode, onde se diz que esses gigantes foram encontrados em estase, o que significa em animação suspensa, até o momento em que deveriam retornar a despertar. Mais de uma pessoa dentro da comunidade OVNI testemunhou esses gigantes ruivos sendo encontrados em câmaras de stasis, em trajes completos de batalha e outros adornos, aparentemente em preparação para retomar seu papel na Terra na hora marcada.

Razões para não divulgação

Ao perguntar a uma das testemunhas do exército americano por que essa informação estava sendo mantida em segredo do mundo, ele disse:

Minha opinião pessoal é que, se aponta para a exatidão da Bíblia (sobre os gigantes Nephilim), eles não querem isso. Se for contra a Evolução Darwiniana, nada será falado.

No IRÃ (antiga PÉRSIA)  foi encontrado um túmulo com cerca de 12.000 anos em montanhas remotas com um corpo em estase !

Isso está muito de acordo com meu artigo anterior sobre Gigantes na América do Norte, onde parece que aqueles que estão no poder estão tentando de tudo para impedir que todos descubram que a história humana é muito diferente do modelo (imbecilizante) neodarwinista no qual a evolução humana foi um padrão aleatório, lento e ininterrupto, sem intervenção de qualquer outra espécie senciente. É provável que apenas a aprendizagem da existência de uma espécie diferente, ainda vivendo, aqui na Terra quebrasse completamente o feitiço (da ignorância) e que a maioria de nós estivesse prontos para exigir a verdade sobre a nossa história e o nosso lugar neste universo ao lado de outras espécies e raças inteligentes.

Snopes Pesa Em

É claro que as tentativas convencionais de reduzir a credibilidade desse tipo de história começam no topo – o topo de uma pesquisa no Google, quero dizer. Uma pesquisa sobre “Kandahar Giant”, previsivelmente, tem este artigo de Snopes  em primeiro lugar na lista, para nos dizer, é claro, que toda a história é falsa. A prova?

Um porta-voz do Departamento de Defesa nos disse que eles não têm registro de tal incidente: “Nós não temos nenhum registro ou informação sobre um membro das forças especiais morto por um gigante em Kandahar”.

Se você chegou até aqui no artigo, duvido que essa “prova” seja muito convincente para você.

Nosso papel

Nosso papel de despertar e despertar os cidadãos na comunidade que busca a verdade é continuar a fazer o melhor possível para trazer à luz todas as evidências de informações que foram suprimidas, escondidas e negadas. À medida que mais e mais testemunhas oculares e outros denunciantes ganham a coragem de sair e falar sobre o que eles experimentaram, está ficando mais fácil começar a construir uma imagem maior sobre nossa verdadeira história e o que realmente está acontecendo hoje em nosso mundo.


A Matrix (o SISTEMA de CONTROLE): “A Matrix é um sistema de controle, NEO. Esse sistema é o nosso inimigo. Mas quando você está dentro dele, olha em volta, e o que você vê? Empresários, professores, advogados, políticos, carpinteiros, sacerdotes, homens e mulheres… As mesmas mentes das pessoas que estamos tentando salvar.  “Mas até que nós consigamos salvá-los, essas pessoas ainda serão parte desse sistema de controle e isso os transformam em nossos inimigos. Você precisa entender, a maioria dessas pessoas não está preparada para ser desconectada da Matrix de Controle. E muitos deles estão tão habituados, tão desesperadamente dependentes do sistema, que eles vão lutar contra você  para proteger o próprio sistema de controle que aprisiona suas mentes …”


Muito mais informações, leitura adicional:

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

phi-golden-ratiowww.thoth3126.com.br

4 Responses to Soldado dos EUA diz que matou à tiros gigante (Nephilim?) com cerca de 4,5 metros no Afeganistão

  1. Jedu

    Não é um comentário, apenas reproduzo o texto acima reforçando a informação desse site:

    “Nosso papel

    Nosso papel de despertar e despertar os cidadãos na comunidade que busca a verdade é continuar a fazer o melhor possível para trazer à luz todas as evidências de informações que foram suprimidas, escondidas e negadas. À medida que mais e mais testemunhas oculares e outros denunciantes ganham a coragem de sair e falar sobre o que eles experimentaram, está ficando mais fácil começar a construir uma imagem maior sobre nossa verdadeira história e o que realmente está acontecendo hoje em nosso mundo.”

  2. Heber Soares

    Então os ser humano, ou nesse caso, os militares não estão preparados para recepcionar nenhum tipo de situação adversa. E se ele estivesse se aproximando para fazer contato ou pedir ajuda, e os soldados assustados, simplesmente o mataram. Se fizerem isso com algum povo vingativo, podem algum dia desencadear uma revolta que não haverá nenhum tipo de defesa. E como sempre os justos pagando pelo erro dos pecadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.