browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Terra escapa por pouco de gigantesco perigo espacial (vídeo)

Posted by on 07/03/2018

Enquanto a maioria das pessoas aproveita a vida e está ocupada com seus próprios negócios, um corpo celeste gigantesco passava significativamente próximo de nosso planeta. O asteroide 2017 VR12 foi detectado, pela primeira vez, em novembro do ano passado. Segundo revelam estimativas da NASA, o corpo celeste se dirigia em direção à Terra.

Edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Nesta madrugada, Terra consegue escapar por pouco de gigantesco perigo espacial, o asteroide 2017 VR12

Fonte: https://br.sputniknews.com/

O Asteroide 2017 VR12 de 230-510 metros de diâmetro aproximou-se em 7 de março da Terra e pôde ser visto. Na madrugada de quarta-feira (7), foi possível observá-lo, pois estava a 3,7 vezes a distância lunar do nosso planeta.

Segundo indica o Centro de Planetas Menores, o corpo é considerado como “potencialmente perigoso”. Não obstante, não colidiu com a Terra, sendo que voou à distância de cerca de 1,5 milhão de quilômetros.

Não se sabe nada ainda sobre as caraterísticas físicas do asteroide 2017 VR12, exceto a sua magnitude absoluta de 20,5. Isso significa que o corpo celeste deveria possuir diâmetro com cerca de 250 metros, explicam os cientistas do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA (JPL).

No entanto, outros astrônomos estimam que seu diâmetro possa ser maior e superar a altura do Empire State Building (443 metros de altura) de Nova York.

Por exemplo, os astrônomos do observatório Northolt Branch (Londres, Reino Unido), calculam que seu diâmetro poderia atingir 510 metros.


 “Haverá muitas mudanças dramáticas no clima do planeta, muitas mudanças nas condições meteorológicas  na medida em que o TEMPO DA GRANDE COLHEITA se aproxima RAPIDAMENTE ao longo dos próximos anos. Você vai ver a velocidade do vento em tempestades ultrapassando 300 milhas (480 quilômetros) por hora, às vezes.

Deverão acontecer fortes tsunamis e devastação generalizada NAS REGIÕES COSTEIRAS, e emissão de energia solar (CME-Ejeção de Massa Coronal do Sol)  que fará  importante fusão e derretimento das calotas de gelo nos polos, e subseqüente aumento drástico no nível do mar, deixando muitas áreas metropolitanas submersas em todo o planeta“. Saiba mais AQUI 


Muito mais informações, LEITURA ADICIONAL:

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

phi-golden-ratiowww.thoth3126.com.br

9 Responses to Terra escapa por pouco de gigantesco perigo espacial (vídeo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.