browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Trump comunicou Putin sobre efeitos da passagem muito próxima do COMETA 46P/WIRTANEN

Posted by on 25/10/2018

Um novo relatório do Conselho de Segurança (SC relatório) circulando no Kremlin retrata os líderes russos  reagindo com certo alarme após o secretário de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton rodar uma mensagem de vídeo gravada para o Presidente Putin no qual o presidente Trump gravemente explicou por que ele de repente mais do que dobrou o orçamento de seu escritório de coordenação de defesa planetária de nações (PDCO) por causa da chegada do  COMETA 46P / WIRTANEN, que passará muito próximo de nosso planeta em DEZEMBRO.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Líderes Russos Reagem Com Alarme Após Trump comunicar Putin sobre possíveis efeitos da passagem muito próxima da Terra, em dezembro, do Cometa 46P WIRTANEN

Fonte:  http://www.whatdoesitmean.com/

Neste relatório em vídeo Trump explica que este aumento de orçamento volumoso era em resposta ao aparecimento em nosso sistema solar do Cometa 46P / Wirtanen de quando sua passagem próximo à terra e de cujos efeitos o presidente americano atribui para causar uma série de terremotos e vulcões para entrar em erupção na costa ocidental do Canadá – causando com que Putin concordasse se encontrar com Trump em 11 de novembro e de peritos científicos da Roscosmos State Corporation for Space Activities se preparando para visitar Washington DC para se encontrar com seus homólogos da NASA

Clique na imagem abaixo para explorar a abordagem do COMETA 46P / WIRTANEN em sua chegada à Terra, cortesia da NASA / JPL.

De acordo com este relatório, o aparecimento de cometas dentro do nosso sistema solar sempre foi visto com pavor pela humanidade pois eventualmente grandes catástrofes acontecem – ocorrência melhor exemplificada e documentada pela estudiosa americana Jacqueline Brook em seu tratado científico de 1999 intitulado “Our Rock Who Art In Heaven, Hallowed Be Thy Name”.

 Nessa obra ela faz uma detalhada comparação abrangente de textos bíblicos entre si e os chamados mitos pagãos que descobriram um eco contínuo, um tema comum, sobre como os cometas sendo responsáveis ​​pela criação de nosso planeta e o surgimento e derrocada de sociedades – o mais importante dos quais foi o cometa que se apresentou nos céus do planeta com dez caudas.O cometa que mudou a civilização”, que apareceu em 1486 a.C. e refez todas as nações da Terra naquele momento.

Representação egípcia do aparecimento do COMETA com DEZ CAUDAS, que mudou a Civilização, quando apareceu nos céus da Terra em 1486 a.C., mudando cada nação do mundo …

No início do século XIX  quando o exame científico começou a suplantar os mitos históricos, este relatório continua, o ano de 1811 forneceu uma pista sobre cometas sobre por que os povos antigos temiam o fenômeno que aparecem em nosso sistema solar e os viam como arautos da desgraça e foi devido à aparição nos céus noturnos da Terra do que hoje é chamado de ” O Grande Cometa de 1811” que muitos povos ainda afirmam ser o culpado pela série mais catastrófica de terremotos na história americana ao longo de sua Linha de Falha New Madrid em 1811-12 que se acontecesse hoje, destruiria a vasta maioria daquele país. 

Ao longo do século XX , observa o relatório, cientistas de todo o mundo continuaram a recolha de informação sobre a possível ligação entre terremotos e a aparição de cometas, mas que viu esses esforços sendo dividido após cientistas orientais plantaram seus esforços científicos no que é chamado a teoria elétrica de cometas , enquanto os cientistas ocidentais continuaram a alegar sua teoria de que os cometas eram apenas “bolas de gelo sujas“.

Em 2003, no entanto, nosso planeta Terra começou a receber sinais de rádio misteriosos do espaço exterior – que os cientistas ocidentais alegavam estar vindo de anos-luz de distância, mas os cientistas orientais acreditavam que eram variações de frequência criadas por um objeto ainda desconhecido que perturba os campos elétricos. dos planetas externos do sistema solar – com cientistas do leste sendo provados como corretos em sua assertiva, em 27 de agosto de 2004, quando o Cometa Machholz foi descoberto vindo em direção à Terra – e que alcançou o brilho e ficou visível à olhos nus em janeiro-2005, o que era altamente incomum para um cometa relativamente brilhante, pois seu periélio estava mais distante do Sol do que a órbita da Terra.

Cometa Machholz, 2005

Estando preparado para o caso do cometa Machholz causar algum terremoto, observaram os cientistas do leste , em 24 de dezembro de 2004, quando aconteceu  um dos maiores terremotos dos últimos tempos que anos atingiu região cerca de 800 quilômetros da costa da Tasmânia – com um poder de magnitude 8,1º entre a Austrália e a Antártida e poderoso o suficiente para destruir uma cidade inteira – e a catástrofe foi seguida dois dias depois, em 26 de dezembro de 2004, quando um outro terremoto catastrófico de magnitude 9,3º atingiu o Oceano Índico desencadeando um poderoso tsunami que matou cerca de 230.000 pessoas na Indonésia e países vizinhos atingidos pelas ondas gigantes. 

Exatamente como foi em 2004, quando misteriosos sinais de rádio cósmicos pressagiaram a chegada do Cometa Machholz aparecendo nos céus e com terremotos catastróficos devastando nossa Terra matando mais de um quarto de milhão de seres humanos, este relatório continua, também hoje outra série de misteriosos sinais de rádio estão também sendo detectados do espaço sideral – e que estão sendo acompanhados por dois cometas conhecidos pelos nomes 21P / Giacobini-Zinner e o  COMETA 46P / WIRTANEN – com o Cometa Giacobini-Zinner tendo feito sua aproximação mais próxima à Terra em 10 de setembro, não sendo visível a olho nu.

Yasushi Aoshima, de Ishikawa, no Japão, tirou a foto acima do Cometa 46P / Wirtanen usando um telescópio de 12 polegadas. Ele mostra a atmosfera verde do cometa, que é, impressionante, quase duas vezes maior que o planeta Júpiter. A cor verde vem do carbono diatômico (C2) – uma substância gasosa comum em atmosferas de cometas que brilha verde no quase vácuo do espaço.



O COMETA 46P / WIRTANEN  poderá se tornar verdadeiramente histórico, pois será o décimo cometa mais a passar mais PRÓXIMO pela Terra nos tempos modernos e será visível para o mundo todo durante semanas, se não meses, começando por volta do dia 16 de dezembro, coincidentemente, como em 2004, novamente no mês de dezembro e próximo ao natal! 

O que é mais temido sobre o COMETA 46P / WIRTANEN, porém, conclui este relatório, é que assim como o “Grande Cometa de 1811” provocou para a Falha Geológica New Madrid na América, e o Cometa Machholz fez no Oceano Índico em 2004, também com destruição e danos catastróficos com terremotos e tsunami em nosso planeta como os povos antigos predisseram – e cujos sinais iniciais de que isso pode acontecer foi à apenas três dias, quando o Canadá foi atingido por vários terremotos poderosos em menos de uma hora no domingo à noite.

Com receio de que a ruptura de uma placa tectônica ainda maior aconteça ao longo de toda a costa oeste dos EUA e do Canadá. Se tal catástrofe ocorrer – como o Presidente Trump acabou de advertir o Presidente Putin – veria o muito temido plano militar da Operação Panorama sendo colocado imediatamente em prática, em que se veria as forças militares conjuntas dos Estados Unidos e do Canadá socorrendo esta região para salvar aqueles que eles puderem, e rapidamente enterrar sem cerimônia as dezenas de milhares de mortos antes dos surtos de doenças ocorrerem.

Em 24 de outubro de 2018 © EU e EUA todos os direitos reservados. A permissão para usar este relatório em sua totalidade é concedida sob a condição de que ele seja vinculado à sua fonte original em WhatDoesItMean.comConteúdo do Freebase licenciado sob CC-BY e GFDL.


Saiba mais sobre astronomia:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

3 Responses to Trump comunicou Putin sobre efeitos da passagem muito próxima do COMETA 46P/WIRTANEN

  1. Hélio Cabral

    A comunidade científica deve manter as Nações inormadas sobre o que os cometas podem causar em nosso Planeta, se passarem muito perto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.