browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

URSS destruiu uma base secreta dos EUA na LUA em 1977?

Posted by on 21/04/2019

Um documento do Wikileaks que se referiu à destruição de uma Base  norte-americana na LUA, em algum momento dos anos 1970, pela extinta URSS {capitaneada pela Rússia} ganhou recentemente uma atenção renovada. O documento é datado de 24 de janeiro de 1979 e intitula-se “Relato de que Base Secreta dos EUA foi destruída pela URSS {Rússia} na LUA”. Se trata de correspondência envolvendo um ou mais funcionários do Departamento de Estado dos EUA a Samuel L. Devine, um membro republicano do Congresso dos EUA.  

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

A extinta URSS (União Soviética, capitaneada pela Rússia} destruiu uma secreta Base na LUA dos EUA em 1977?

Fonte:  https://www.exopolitics.org/

O documento possui tags “Operações gerais” | UR – União Soviética (URSS) “, que revela que” UR “significa a URSS. O documento foi marcado como não classificado, o que sugere que o conteúdo da correspondência não continha informações classificadas e envolvia material de código aberto amplamente disponível na época. O fato de que as autoridades estavam discutindo tal tópico levanta a questão: a URSS destruiu uma base lunar secreta dos EUA em algum momento antes de janeiro de 1979?

O Wikileaks incluiu o documento em seus arquivos diplomáticos do Departamento de Estado que começou a ser lançado on-line em novembro de 2010 e terminou em 1 de setembro de 2011. A prisão de Julian Assange em 11 de abril de 2018 despertou um interesse renovado por ele e pelo Wikileaks.

Arjun Walla publicou um artigo na Evolução Coletiva que discutiu a prisão de Assange e examinou o controverso documento do Wikileaks com referência à existência de uma Base dos EUA na LUA. Arjun Walla discutiu isso em relação a uma série de informações relacionadas à Lua que vazaram ao longo dos anos. Isto incluiu uma declaração do Congresso sobre a construção de uma base dos EUA permanente da Lua; Preocupação da CIA com os planos soviéticos de construir uma base lunar; As preocupações soviéticas sobre os EUA planejarem usar a Lua como base militar de operações; e denunciantes insiders discutindo evidências fotográficas da existência de bases lunares, especialmente no lado oculto de nosso satélite. Eu recomendo que se leia o artigo de Walla {LINK, EM PORTUGUÊS} para uma visão sucinta desses dados.

No entanto, para explorar a questão de saber se a URSS destruiu ou não uma base secreta da Lua nos anos 1970, precisamos voltar alguns anos para as notáveis ​​letras em áudio do Dr. Peter Beter. Beter foi Conselheiro Geral do Export-Import Bank (1961-67) e tinha fontes de alto nível que lhe confidenciavam o que acontecia nos bastidores no espaço, da década de 1960 até o início dos anos 80. Nesta era moderna de insiders denunciantes, vale a pena enfatizar que Beter foi o primeiro insider genuíno a apresentar detalhes sobre a existência dos programas espaciais secretos – SSP-Secret Space Program.

Documento Wikileaks expõe existência de “Base Secreta dos EUA na Lua”

A foto AS15-M1333 acima é uma ampliação da região onde se encontra uma nave mãe extraterrestre acidentada com a estimativa de seu tamanho sendo  3.370 metros de comprimento por 510 metros de altura. Apollo Image Atlas Courtesy NASA/LPI. FONTE

Ele descreveu como os EUA e a URSS estavam competindo ferozmente tanto em uma corrida para chegarem à Lua quanto no desenvolvimento de armas de feixe de partículas que poderiam operar entre a Lua e a Terra. Ficou claro que quem primeiro desenvolvesse uma arma de feixe de partículas que pudesse operar a partir da Lua possuiria uma vantagem estratégica militar esmagadora.

De acordo com Beter, enquanto os EUA avançavam na corrida para a chegada à Lua, os soviéticos estavam à frente no desenvolvimento de armas de feixe de partículas. Em seu Audio Letter 26, lançado em 30 de setembro de 1977, Beter escreveu :

“Em 1972, esses experimentos ainda estavam longe de uma arma adequada para a implantação na Lua. Mas desenvolvimentos ameaçadores na União Soviética levaram à decisão de interromper o programa Apollo prematuramente, para que a construção da base lunar secreta pudesse ser levada adiante”.

SEGREDOS DA LUA REVELADOS, UFOs e BASES ETS {VÍDEO}:

Segundo Beter , a misteriosa Base de Diego Garcia dos EUA {Arquipélago de Chagos, possessão da Inglaterra, no Oceano Índico} foi usado como espaçoporto para construir a base lunar dos EUA na LUA:

“No início de 1973, logo após o suposto fim do programa de conquista da lua americano{Projeto Apollo}, começamos a ouvir sobre um lugar chamado Diego Garcia no Oceano Índico. Supostamente estávamos apenas construindo uma instalação de comunicações lá, mas o drástico passo foi dado para realocar e remover completamente todos os cerca de 20.000 nativos desta pequena ilha para outras áreas. Mais recentemente, ouvimos falar de Diego Garcia como o local de uma nova e imensa base naval americana; mas, meus amigos, você ainda não foi informado da história toda. Diego Garcia, meus amigos, é o novo espaço-porto do qual missões secretas para a lua foram lançadas durante a construção da base lunar dos EUA em nosso satélite”.

A Base Diego Garcia era o local ideal {discreto} para uma plataforma de lançamento espacial de acordo com Beter:

“Ao contrário de Cabo Canaveral, onde é impossível esconder um lançamento dos enormes foguetes Saturno, a Base de Diego Garcia é remota e isolada, e até os nativos {foram todos removidos do arquipélago} não estão mais lá para observar o que acontece”. 

Além disso, Diego Garcia é praticamente o porto lunar perfeito, localizado quase no equador terrestre, e um veículo espacial lançado para o leste em órbita a partir de Diego Garcia passa por uma extensão quase ininterrupta de água por mais da metade da circunferência da Terra.  O único meio de monitorar um vôo inicial de uma nave espacial ou de qualquer foguete lançados a partir da Base de Diego Garcia, portanto, é dos navios.

Em seu boletim de 1977, Beter escreveu sobre as informações que recebeu de suas fontes sobre a Base lunar dos EUA:

“Fui alertado pela primeira vez sobre a existência de uma Base secreta dos EUA na Lua em novembro de 1976 – mas tem sido um dos segredos mais bem guardados de todos os Rockefeller, e foi apenas algumas semanas atrás que eu pude confirmar sua existência e aprender sob sua história completa; e desde então, os eventos mudaram com a velocidade da luz”.

– Insiders do SSP confirmam bases humanas em planetas e luas, no sistema solar e além

Beter continuou a dar detalhes sobre a corrida mortal para desenvolver armas de feixe de partículas, como aconteceu em 1977:

“Ao longo deste ano, uma corrida invisível, mas mortal, já está em andamento para ver quem conseguiria desenvolver uma arma de feixe de partículas em primeiro lugar: os Rockefellers {EUA}, em sua base lunar secreta; ou a União Soviética, em órbita terrestre. No final da primavera, foi lançada {pela URSS} uma nave espacial tripulada Salyut que realizou testes preliminares de técnicas de armas de raios, usando lasers para simular o Particle Beam”.

A imagem dessa pirâmide na Lua foi tirada pelo telescópio espacial Hubble (HST) em dezembro de 2008.

em seguida deu detalhes sobre a corrida espacial entre a URSS e os EUA para desenvolver armas de feixe de partículas para implantação no espaço e / ou {em bases} na Lua. Os soviéticos conseguiram desenvolver as primeiras armas de feixes de partículas operacionais na órbita da Terra e com ela destruíram a recém-construída base lunar americana:

“No dia 26 de setembro {1977}, o pessoal americano na base lunar secreta Rockefeller, aninhada na Cratera de Copérnico, estava quase pronta. A arma de feixe de partículas da URSS estava quase operacional – mas já era tarde demais. No final daquele dia, a União Soviética começou a bombardear a base lunar dos EUA com um Feixe de Partículas Neutrônicas. Durante a noite, e durante todo o dia 27 de setembro, a base lunar foi bombardeada sem misericórdia com a radiação de nêutrons, exatamente como aquela produzida por uma bomba de nêutrons; e, nessa noite, enquanto os americanos olhavam para uma pacífica LUA cheia conhecida como a Lua da Colheita, os últimos poucos americanos na lua estavam morrendo de radiação de nêutrons.  A América havia perdido a Batalha da Lua Cheia da Colheita”.

Não está claro qual é o conteúdo do documento intitulado “Relatar que a Base Secreta Destruída da URSS na Lua” discute. Dado o seu status não confidencial, e a data em que foi criado, a explicação mais plausível é que envolveu uma discussão entre oficiais do Congresso e do Departamento de Estado sobre a “Batalha da Lua” de Beter, ou algum outro material não confidencial referente à destruição da base da Lua dos EUA e o desenvolvimento de armas de feixe de partículas.

Vários cientistas publicaram artigos sugerindo que a lua é oca e feita artificialmente”

Por que as autoridades do Congresso e do Departamento de Estado estariam interessados em tal informação? E, mais importante, o que eles têm a dizer sobre isso? Um pedido da Lei de Liberdade de Informação {FOIA} ajudará a responder a essas perguntas.

© Michael E. Salla, Ph.D.


{Nota de Thoth: Excerto do Post Informações sobre a nossa “LUA

A LUA  que acompanha o planeta Terra foi trazida para o seu Sistema Solar, para orbitar a Terra, há cerca de 1,7 bilhões dos seus anos. Nessa época a Lua estava mais próxima da Terra do que está agora, e ela está “programada”  para se posicionar à exata distância de 30 diâmetros da Terra no “FINAL desse atual ciclo galáctico“ … A sua Lua dá a volta no seu planeta em 655,719 horas, e também gira em seu eixo, uma volta completa a cada 655,719 horas, portanto vocês só vêem um lado da mesma, sempre.

Mas não foi sempre assim, há cerca de um milhão de anos, quatro balanceadores foram instalados na sua Lua pra sincronizar os movimentos dela com a velocidade de rotação do seu planeta. Nada é “artificial” no Universo… A sua Lua é tão antiga quanto o seu Sistema Solar, ela foi produzida por uma raça altamente inteligente e foi trazida para a órbita da Terra com o propósito de diminuir a velocidade de rotação do seu planeta.Fim de citação.}


A Matrix (o SISTEMA de CONTROLE MENTAL): “A Matrix é um sistema de controle, NEO. Esse sistema é o nosso inimigo. Mas quando você está dentro dele, olha em volta, e o que você vê? Empresários, professores, advogados, políticos, carpinteiros, sacerdotes, homens e mulheres… As mesmas mentes das pessoas que estamos tentando despertar.

Mas até que nós consigamos despertá-los, essas pessoas ainda serão parte desse sistema de controle e isso as transformam em nossos inimigos. Você precisa entender, a maioria dessas pessoas não está preparada para ser desconectada da Matrix de Controle Mental. E muitos deles estão tão habituados, tão profunda e desesperadamente dependentes do sistema, que eles vão lutar contra você para proteger o próprio sistema de controle que aprisiona suas mentes …”


Mais informações sobre ANTÁRTIDA, leitura adicional:

Permitida a reprodução desde que mantida na formatação original e mencione as fontes.

phi-golden-ratiowww.thoth3126.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.