browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

USAF e a revelação do Programa Espacial Secreto com a criação da SPACE FORCE

Posted by on 14/12/2019

DIVULGAÇÃO: Em 7 de dezembro, os participantes do Fórum de Defesa Nacional de Reagan, realizados na Biblioteca Presidencial Ronald Reagan, foram informados pela secretária da Força Aérea, Barbara Barrett, e pelo congressista [deputado pelo Alabama] norte americano Mike Rogers, que são a favor da desclassificação de informações sobre a existência dos Programas Espaciais Secretos dos EUA para que o público apoie a criação do sexto braço militar do pais, a SPACE FORCE [Força Espacial Militar] dos EUA. 

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Secretário da USAF e congressista querem desclassificar Programas Espaciais Secretos dos EUA

Fonte:  https://www.exopolitics.org/usaf-secretary-congressman-want-to-declassify-secret-space-programs/

Seus comentários confirmam que a Força Aérea dos EUA está prestes a divulgar a verdade por trás dos rumores da existência de longa data de um Programa Espacial Secreto e que a Força Espacial é uma parte vital de uma série de divulgações impressionantes que estão por vir.

Os comentários de Barrett e Rogers foram publicados pela Defense News em um artigo do repórter Nathan Strout com o atraente título: “ Barrett, Rogers consideram desclassificar Programas Espaciais Secretos “. Barrett e Rogers estavam conversando em um painel sobre “Next Steps in Space: Launching America’s Sixth Military Branch [Próximos passos no espaço: lançando o sexto ramo militar americano]. No painel Barrett disse:

Desclassificar parte do que está atualmente guardado em cofres seguros seria uma boa idéia … Você teria que ter cuidado com o que desclassificamos, mas há muito mais classificação do que o necessário.

Rogers, co-patrocinador do projeto original da Câmara dos Deputados para criar uma Força / Corpo Espacial militar, concordou e disse que as informações sobre os programas espaciais eram “ classificadas de maneira esmagadora “. Ele aprofundou a necessidade de desclassificar a infraestrutura secreta da Força Aérea no espaço, a fim de obter apoio público para a criação da SPACE FORCE [Força Espacial]:

Como membros do Comitê de Serviços Armados e apropriadores de defesa, nós entendemos. Mas temos que ter outros colegas no Congresso para nos apoiar nas mudanças necessárias e nos recursos necessários … Isso não acontecerá até que eles entendam a ameaça e a dependência que temos. E não creio que isso possa acontecer até vermos uma desclassificação significativa do que estamos fazendo no espaço e do que a China e a Rússia estão fazendo, e como o espaço está no seu dia-a-dia.

O comentário de Rogers de que os EUA, a China e a Rússia têm programas espaciais secretos e que o público precisa saber mais sobre eles para apoiar a criação da SPACE FORCE [Força Espacial] é um reconhecimento impressionante da existência de programas militares rivais com tecnologias espaciais muito mais avançadas do que as obsoletas tecnologias de foguetes convencionais usadas pela NASA e outros programas espaciais nacionais, como o programa privado da SpaceX de Elon Musk.

Atual tecnologia aeroespacial é absolutamente cara e obsoleta em relação aos sistemas de propulsão antigravidade desenvolvido pelo Programa Espacial Secreto.

Isso ecoa os comentários do tenente-general da USAF recém-aposentado Steven Kwast em uma palestra em que descreveu a China desenvolvendo uma “marinha espacial”:

Eles estão construindo uma marinha no espaço com o equivalente a navios de guerra e destróieres que serão capazes de manobrar, matar e se comunicar com domínio.

A futura marinha espacial da China poderá dizimar os sistemas de satélites e os recursos espaciais dos EUA da noite para o dia.

Vídeo dos comentários do tenente-general da USAF Steven Kwast sobre SPACE FORCE da CHINA:

Em seu artigo no Defense News que cobre os comentários de Barrett e Rogers, Strout disse:

Os dois se recusaram a dizer quanto do portfólio do Programa Espacial Secreto poderia ser aberto para o público, nem quando essas mudanças começariam a acontecer. Mas Barrett prometeu que seria um foco para o seu escritório avançar, um sinal de que o progresso poderia ocorrer durante 2020.

Dois dias depois, foi anunciado que o Comitê da Conferência do Congresso, criado para resolver propostas concorrentes sobre a criação da SPACE FORCE [Força Espacial] da Câmara e do Senado, havia chegado a um acordo.

A Lei de Autorização de Defesa Nacional (NDAA) para o ano fiscal de 2020 conteria a redação da Lei da Força Espacial que lançaria oficialmente a SPACE FORCE [Força Espacial] no início de 2020. Expliquei as principais disposições da Lei da Força Espacial em um artigo anterior disponível aqui .

Na quarta-feira, 11 de dezembro, a Câmara dos Deputados aprovou o acordo bipartidário alcançado pela NDAA / Ato de Força Espacial e o Senado está programado para votá-lo na próxima semana. O presidente Donald Trump já twittou que assinará imediatamente a lei, tornando oficial a criação da Força Espacial.

O Programa [Espacial Secreto] Solar Warden mantém uma frota de várias naves espaciais. É constituída por oito enormes naves-mãe em forma de charuto e cerca de quatro dúzias de “navios exploradores” menores. Centenas de “Marines Espaciais” estão em serviço a bordo destas naves e cada nave-mãe tem uma tripulação adicional de aproximadamente 300 cientistas e técnicos a bordo. A Frota Espacial é operada pelo NNSOC (United States Naval Network and Space Operations Command). FONTE –  O hacker escocês Gary McKinnon descobriu a existência de uma Frota Secreta Espacial Fora do Planeta da Marinha dos EUA, enquanto hackeava computadores do Pentágono e até mesmo relação de “oficiais não terrestresmembros desta frota espacial.

Os comentários de Barrett e Rogers sobre a necessidade de desclassificar mais atividades espaciais realizadas secretamente pela USAF seguiram apenas um dia após as notícias de 6 de dezembro de um acordo alcançado no Congresso para a aprovação da Lei da Força Espacial. Isso não é meraccoincidência.

De fato, essa sequência de eventos é uma confirmação impressionante de que a Força Espacial está sendo usada como um meio para desclassificar elementos-chave do Programa Espacial Secreto da USAF que possui sistemas avançados de propulsão e energia ANTIGRAVIDADE que revolucionarão a indústria aeroespacial e colocará os atuis cientistas, ainda presos ao paradigma atual – o arrogante “establishment científico e acadêmico” – completamente abalados com a súbita e imediata obsolescência do seu “saber”.

A ligação entre a criação da Força Espacial e o processo de desclassificação de tecnologias espaciais avançadas é precisamente o que eu previ no  livro “US Air Force Secret Space Program: Shifting Extraterrestrial Alliances & Space ForceSimplificando, o lançamento e criação da Space Force fornece os meios para divulgar tecnologias futuristas já desenvolvidas e usadas pela Força Aérea (há décadas) de uma maneira que aumenta a confiança do público, preparando o terreno para divulgações ainda mais notáveis.

A criação da SPACE FORCE [Força Espacial]  marca o início de um processo oficial de divulgação que confirmará que a origem de muitos avistamentos de OVNIs eram, de fato, tecnologias espaciais avançadas desenvolvidas pela USAF ou forças aeroespaciais de grandes nações como a Rússia e China além dos EUA.

Recentemente, a Marinha dos EUA autorizou o lançamento de cinco patentes de sistemas revolucionários de propulsão eletromagnética e energia que um de seus cientistas reconheceu estarem sendo desenvolvidos ativamente pela China . A China tem um programa espacial secreto que preocupa muito os analistas de segurança nacional dos EUA, como o general Kwast, e esse é um fator-chave por trás do lançamento da Força Espacial.

Após a implantação da Força Espacial em 2020, o cenário será preparado para novas divulgações sobre tecnologias aeroespaciais revolucionárias [de origem extraterrestre]. Pode-se esperar que explicações para as origens de tais tecnologias sejam inicialmente consideradas por cientistas [conscientes de “novos princípios” científicos, na sua maioria obtidos através da reversão de tecnologia alienígena] talentosos, como o cientista Dr. Salvator Pais, da  Marinha dos EUA , o “inventor” das cinco patentes da Marinha aprovadas e avanços semelhantes de cientistas em outros programas espaciais nacionais. No entanto, será muito mais difícil esconder a verdade de suas origens reais.

Muitas das tecnologias usadas em programas espaciais secretos desenvolvidos pelos EUA, China e Rússia foram projetadas de maneira reversa a partir de artefatos recuperados das ruínas de civilizações antigas e de veículos extraterrestres abatidos e acidentados, como vários especialistas afirmaram recentemente . Entre eles, está o ex-diretor da Agência de Inteligência de Defesa, vice-almirante Tom Wilson, que soube que uma grande empresa do Complexo Industrial Militar da defesa estavativamente fazendo engenharia reversa dessa tecnologia já em 1997.

Na manhã do dia 19 de outubro de 20, um insider informante, minha fonte de longa data, JP (um pseudônimo), foi mais uma vez instruído a olhar para o céu e testemunhar uma operação secreta próxima, onde ele novamente viu um OVNI com formato de plataforma retangular. Ele usou a câmera do telefone para tirar cinco fotos do OVNI. Ele então notou que ele tve experiência de tempo perdido e quando ele tentou lembrar o que aconteceu, ele teve flashes de memória de estar dentro do OVNI retângulo voador que acabara de fotografar. FONTE

Eventualmente, a divulgação da existência de vida extraterrestre [e nosso contato com eles – militares e governo dos EUA] tecnologicamente avançada será anunciada, mas somente após a criação e a implantação da Força Espacial atingirem o ponto em que a confiança do público é tal que o colapso social previsto pela revelação de civilizações extraterrestres no Relatório Brookings de 1961 não ocorrerá ou será muito amenizado.

O Relatório Brookings, intitulado “Proposed Studies on the Implications of Peaceful Space Activities for Human Affairs” [Estudos Propostos sobre as Implicações de Atividades Espaciais Pacíficas para Assuntos Humanos],  descreveu um cenário alarmante do que poderá acontecer à sociedade planetária se a humanidade não estivesse suficientemente preparada para a descoberta de civilizações extraterrestres tecnologicamente avançadas:

Evidências de sua existência [dos extraterrestres] também podem ser encontradas em artefatos deixados na lua (ná própria Terra, especialmente no Oriente Médio] ou em vários outros planetas. As consequências para atitudes e valores são imprevisíveis, mas variariam profundamente em diferentes culturas e entre grupos dentro de sociedades complexas; um fator crucial seria a natureza da comunicação entre nós e os outros seres. Os arquivos antropológicos contêm muitos exemplos de sociedades, seguras de seu lugar no universo, que se desintegraram quando tiveram que se associar a sociedades anteriormente desconhecidas, abraçando idéias diferentes e modos de vida diferentes; outros que sobreviveram a essa experiência geralmente o faziam pagando o preço de mudanças em valores, atitudes e comportamento {em seja EVOLUINDO …}.

No vídeo abaixo, uma espaçonave aterrissando em uma Base da Força Aérea dos EUA (USAF) apresentando o logotipo da USAF na sua fuselagem. Nave desenvolvida com tecnologia reversa extraterrestre antigravidade pelo SSP-Programa Espacial Secreto:

As principais conclusões da Secretária da Força Aérea que prometem divulgações futuras da existência [há décadas] de um Programa Espacial Secreto militar e o lançamento da SPACE FORCE [Força Espacial] são que um processo oficial de divulgação sobre vida extraterrestre está agora oficial e firmemente em andamento.

O ano de 2020 promete ser um ano emocionante para todos que desejam aprender sobre os programas espaciais secretos criados pelos EUA, China e Rússia e, eventualmente, aprender as verdadeiras origens dessas tecnologias.

[Nota de Thoth: Por outro lado, na medida em que a Divulgação ocorra, isso colocará em cheque vários aspectos fundamentais de nossa civilização planetária, especialmente na área RELIGIOSA e CIENTÍFICA, ambos sistemas extremamente dogmáticos, duas faces de uma mesma moeda: a da IGNORÂNCIA!.

© Michael E. Salla, Ph.D. 


“Somos confrontados em todo o mundo por uma Conspiração Monolítica e Implacável que se baseia principalmente em meios secretos para expandir sua esfera de influência – em infiltração em vez de invasão, em subversão em vez de eleições, em intimidação em vez de livre escolha, em guerrilhas pela noite em vez de luta com exércitos à luz do dia. Seus preparativos  são ocultos, secretos, não são publicados. Seus erros estão enterrados, não são noticiados. Seus dissidentes são silenciados, ninguém ora por eles. Nenhuma despesa é questionada, nenhum rumor é impresso, nenhum segredo é revelado. Ela induz à Guerra Fria, em suma, com uma disciplina de tempo de guerra, nenhuma democracia jamais esperaria ou desejaria ter que enfrentar tal situação.” –  John F. Kennedy, uma semana antes de ser assassinado …


Saiba mais, leitura adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

One Response to USAF e a revelação do Programa Espacial Secreto com a criação da SPACE FORCE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.