browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Alemanha reimporá Mandato de Máscara em setembro, apesar da onda Covid já estar ‘Perdendo Impulso’

Posted by on 20/07/2022

Hospício Ocidental: Estado policial tirânico de biossegurança tornando-se um elemento permanente. O ministro da Justiça da Alemanha, Marco Buschmann, anunciou que os alemães terão que se mascarar neste outono quando estiverem dentro de casa e que as regras estarão em vigor durante todo o inverno. Ridiculamente, tais medidas estão sendo finalizadas com meses de antecedência, quando ninguém sabe qual será a situação do COVID no final do ano.

A Alemanha deve reimpor seu mandato de máscara em setembro, apesar da onda de COVID do verão já estar “perdendo força”, indicando que essas regras estão se tornando permanentes.

Fonte: Summit News

Buschmann também reconheceu que a onda de COVID do verão no país já está “perdendo força”, mas os alemães serão forçados a usar coberturas faciais de qualquer maneira. As medidas serão enviadas ao parlamento em setembro, onde provavelmente serão votadas em lei.

“A eficácia das máscaras para indivíduos dentro de casa é indiscutível”, disse Buschmann. “É por isso que uma forma de exigência de máscara em ambientes fechados certamente desempenhará um papel em nosso conceito.”

Pelo contrário, as regras das máscaras estão sendo reimpostas em todo o mundo ocidental, apesar de não haver evidências de que sejam eficazes para interromper o COVID.

A própria investigação do governo do Reino Unido descobriu que as evidências da eficácia do uso das máscaras faciais que não impedem a propagação do COVID-19 nas escolas “não são conclusivas”.

Anteriormente, relatamos os comentários do conselheiro SAGE do governo do Reino Unido, Dr. Colin Axon, que descartou as máscaras como “cobertores de conforto” que praticamente não fazem nada, observando que a partícula do vírus COVID-19 é até 5.000 vezes menor que os buracos na máscara.

“Os tamanhos pequenos não são fáceis de entender, mas uma analogia imperfeita seria imaginar bolinhas de gude atiradas nos andaimes dos construtores, algumas podem atingir um poste e ricochetear, mas obviamente a maioria voará”, disse Axon.

Um estudo na Dinamarca envolvendo 6.000 participantes também descobriu que “não houve diferença estatisticamente significativa entre aqueles que usavam máscaras e aqueles que não usavam quando se tratava de serem infectados pelo Covid-19”informou o Spectator .

Um estudo realizado na Alemanha também descobriu que a capacidade de leitura das crianças despencou em comparação com os tempos pré-COVID, graças às políticas de bloqueio que levaram ao fechamento das escolas.

Adultos usando máscaras levaram a sérios distúrbios de desenvolvimento cognitivo em crianças. A fonoaudióloga Jaclyn Theek disse que o uso de máscaras durante a pandemia causou um aumento de 364% nas referências de pacientes de bebês e crianças pequenas.

“Uma fonoaudióloga diz que sua clínica viu um “aumento de 364% nas referências de pacientes de bebês e crianças pequenas. É muito importante que as crianças vejam seu rosto para aprender, então elas estão observando sua boca. O que diabos nós fizemos?! – Acabem com essa insanidade cruel”.


O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é thoth-3126-1.png

“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal   AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)” para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


Mais informação adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.