browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Ao recusar Segurança às fronteiras da Rússia, os EUA/OTAN abriram a Caixa de Pandora da Guerra

Posted by on 14/01/2022

Como os leitores sabem, considero totalmente irresponsável a recusa do ocidente [EUA/OTAN] em acomodar as preocupações de segurança da Rússia. Ao negar as garantias de segurança à Rússia, Washington disse essencialmente ao Kremlin que pretende localizar mísseis nucleares nas fronteiras do urso eslavo e usar “revoluções coloridas” [como a da Ucrânia e recentemente a tentativa frustrada no Cazaquistão] entre as antigas províncias soviéticas para desestabilizar os países da Federação Russa. Em outras palavras, Washington e Bruxelas mostraram que os EUA-OTAN representam uma hostilidade com risco de sobrevivência à Rússia.

Ao recusar a segurança à Rússia, Washington abriu as portas para a guerra

Fonte: Paul Craig Roberts

A Rússia não vai sentar e esperar que isso aconteça. A Ucrânia certamente não terá permissão para ser membro da OTAN. Moscou reincorporaria a Ucrânia à Rússia em vez de permitir que isso acontecesse. Nenhuma base de mísseis dos EUA ou da OTAN será permitida na Ucrânia. Se eles estiverem lá ou forem colocados lá, eles serão destruídos.

As bases de mísseis dos EUA existentes na Romênia e na Polônia serão destruídas. A Rússia pode conseguir isso por ar com mísseis e não precisa invadir nenhum território. Seria inútil a mobilização da OTAN, pois suas forças convencionais são pequenas em comparação com a Rússia e incapazes de fazer frente a qualquer tipo de luta contra os exércitos russos muito bem treinados. A Rússia poderia invadir a Europa Oriental muito antes que os EUA pudessem mobilizar forças suficientes para lutar.

A Stratfor, site que fornece informações de inteligência geopolítica para clientes corporativos, diz que os quatro exércitos do Distrito Militar Oriental da Rússia estão em processo de serem transferidos para a frente ocidental. Não tenho opinião sobre a confiabilidade das informações da Stratfor ou qualquer conhecimento de QUEM possa estar por trás dessa organização.

O relatório Stratfor talvez seja uma indicação de que o Kremlin esperava que as negociações desta semana com o Ocidente [EUA-OTAN] fossem malsucedidas e está posicionando a Rússia para reverter a OTAN, como indicou o vice-chanceler russo. A menos que os problemas de segurança da Rússia sejam resolvidos, disse ele, haverá consequências terríveis.

Antes de usar a força, é provável que a Rússia posicione mísseis nucleares a 200 milhas das costas do Atlântico e do Pacífico próximo dos EUA como uma restrição para Washington transformar uma ação convencional discreta em uma guerra nuclear para salvar a face. [Os loucos marionetes em] Washington, em sua arrogância e estupidez, preparou-se para uma derrota que achará difícil de aceitar, especialmente porque os [atuais políticos psicopatas dos] EUA a terá causado a si mesma.

Putin expressou seu desespero muitas vezes por Washington não poder aceitar a soberania de outros países e aprender a viver juntos e em paz no mundo. Para manter a paz, tudo o que Washington precisava fazer era desmilitarizar os membros da OTAN que fazem fronteira com a Rússia e deixar de adicionar ex repúblicas soviéticas à OTAN. Em vez disso, um [hospício em] Washington confiante demais se afogando em arrogância tomou uma decisão muito ruim.

É possível que uma guerra nuclear seja o resultado. Mas isso exigiria decisões mais estúpidas ainda [no hospício] em Washington. Não é a intenção da Rússia.

O vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia, Alexander Grushko, disse a repórteres nessa quarta-feira que a Rússia e a Otan não conseguiram encontrar um terreno comum. Ele resumiu a reunião de quarta-feira:

“Por decisão da OTAN, toda a cooperação prática entre a Rússia e a aliança europeia em áreas de interesse comum foi suspensa. Hoje não temos nenhuma agenda positiva unificadora, nenhuma”. 

Ele disse que o Ocidente apresentou à Rússia uma “ameaça inaceitável” que a Rússia terá que combater.

Em outras palavras, nem Washington nem seu braço da OTAN ouviram os russos dizerem que as bases militares nas fronteiras da Rússia são inaceitáveis. Como o Kremlin descobriu que a razão e a diplomacia são inúteis ao lidar com o Ocidente, a perspectiva de construir uma segurança europeia comum não está mais em jogo. A Rússia “não tem escolha a não ser implementar uma política de contra-contenção e contra-intimidação”.

Tendo recusado a segurança da Rússia, os idiotas do Ocidente podem esperar pela Guerra.

Atualização: a estupidez de Washington é inacreditável. Agora Senadores democratas querem sanções impostas a Putin pessoalmente. O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse: “A imposição de sanções contra o chefe de Estado e contra o líder da Rússia. . . é uma medida que é comparável ao rompimento de relações entre os dois países.”


O Dr. Paul Craig Roberts ocupou cargos acadêmicos na Virginia Tech, Tulane University, University of New Mexico, Stanford University, onde foi Pesquisador Sênior na Hoover Institution, George Mason University, onde teve uma nomeação conjunta como professor de economia e professor de administração de empresas e a Universidade de Georgetown, onde ocupou a Cátedra William E. Simon em Economia Política no Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais. 

Serviço público:  O presidente Reagan nomeou o Dr. Paul C. Roberts como secretário adjunto do Tesouro para Política Econômica e ele foi confirmado no cargo pelo Senado dos Estados Unidos. De 1975 a 1978, o Dr. Roberts serviu na equipe do Congresso, onde redigiu o projeto de lei Kemp-Roth e desempenhou um papel de liderança no desenvolvimento de apoio bipartidário para uma política econômica do lado da oferta. Depois de deixar o Tesouro, ele atuou como consultor do Departamento de Defesa dos EUA e do Departamento de Comércio dos EUA.


“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal  AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)”. para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


“Parece duvidoso se, de fato, a política de “Botas no rosto” pode continuar indefinidamente.  Minha própria convicção é que a oligarquia governante encontrará maneiras menos árduas e perdulárias de governar e de satisfazer sua ânsia de poder, e essas formas serão semelhantes às que descrevi em Admirável Mundo Novo [uma verdadeira profecia publicada em 1932]

Na próxima geração, acredito que os governantes do mundo descobrirão que o condicionamento INFANTIL e a narco-hipnose são mais eficientes, como instrumentos de governo, do que e prisões e campos de concentração, e que o desejo de poder pode ser completamente satisfeito sugerindo às pessoas que amem sua servidão ao invés de açoita-los e chutando-os até à obediência. ”  Carta de Aldous Huxley  EM 1949 para George Orwell autor do livro “1984” 


Saiba mais, leitura adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

One Response to Ao recusar Segurança às fronteiras da Rússia, os EUA/OTAN abriram a Caixa de Pandora da Guerra

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.