Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Cometa Leonard [C / 2021 A1] começa a dar ‘show’ nos céus do hemisfério sul

A ‘IGNIÇÃO’ DO NOVO COMETA LEONARD ( C / 2021 A1 ) : O cometa Leonard está brilhante novamente. Em 20 de dezembro, astrônomos testemunharam uma explosão do núcleo do cometa. Em questão de horas, ele se multiplicou em brilho quase 10 vezes. “Esta noite estava claramente visível como uma ‘estrela’ à esquerda de Vênus”, relata Jan Hattenbach, que envia esta foto de La Palma, nas Ilhas Canárias, onde esta ocorrendo a violenta erupção do vulcão Cumbre Vieja.

Cometa Leonard [C / 2021 A1] começa a dar ‘show’ nos céus do hemisfério sul

Fonte: Spaceweather.com

A súbita explosão do cometa pode sinalizar um evento de fragmentação no núcleo do mesmo, na medida em que ele se aproxima do seu periélio, a máxima aproximação do sol, em 03 de janeiro. Isso não seria surpresa. O cometa está se dirigindo para sua maior aproximação do sol (0,61 UA) em 3 de janeiro. O aumento de energia solar durante a sua máxima aproximação pode estar liberando novos jatos de gás e poeira do núcleo do cometa – ou pior, soprando grandes pedaços de gelo e rocha para fora de seu núcleo.

Os astrônomos do hemisfério sul têm a melhor visão da aproximação do Cometa Leonard. “O cometa está agora bem localizado para nós na Austrália”, disse Ray Pickard no Observatório de Bathurst em New South Wales. Aqui está o que ele viu através do telescópio do observatório:

O cometa parece estar tendo uma explosão com um jato perceptível de material [emergindo do núcleo]”, diz ele.

O Cometa C / 2021 A1 (Leonard) é um cometa de longo período que se aproxima da Terra descoberto por GJ Leonard no Observatório do Monte Lemmon em 3 de janeiro de 2021 (exatamente um ano antes do seu periélio ) quando o cometa estava a 5  UA (750 milhões de  km ) do sol.

Este foi o primeiro cometa descoberto em 2021 e tem uma órbita retrógrada . Em 12 de dezembro de 2021, o cometa estava a 0,233 UA (34,9 milhões de km) da Terra e em 18 de dezembro de 2021 estava a 0,028 UA (4,2 milhões de km) de Vênus. Ele fará sua maior aproximação do Sol em 3 de janeiro de 2022. Em 10 de outubro, o cometa mostrou uma cauda de poeira curta, mas densa.

Atual localização do Cometa Leonard.

No início de dezembro o cometa tinha uma magnitude aparente (coma + núcleo) de cerca de 6. Os primeiros relatos de observações a olho nu por observadores experientes começaram a chegar em 5 de Dezembro de 2021. Muito parecido com o aglomerado Messier 33 , o brilho da superfície do cometa pode dificultar a observação perto de áreas urbanas . Em 22 de dezembro de 2021, o cometa tinha magnitude aparente 4, o que o torna um bom cometa  binocular para ser visto no hemisfério sul, o ponto mais favorável para sua observação.

MUDANÇA ESPETACULAR CAUDA SENSACIONAL DO COMETA LEONARD: Telescópios ao redor do mundo estão girando para capturar o cometa Leonard ( C / 2021 A1 ), que experimentou uma explosão massiva em 20 de dezembro. Na noite passada, Gerald Rhemann fotografou os nós e redemoinhos de destroços cintilantes descendo pela cauda sensacional do cometa:

“Eu tirei a foto usando um telescópio de controle remoto em Farm Hakos, Namíbia”, diz Rhemann. “Um pequeno telescópio revela uma cauda muito complexa e dinâmica ”, acrescenta Daniele Gasparri, que fotografou o cometa no deserto do Atacama, no Chile. “É uma beleza rara do céu.”

Fotografias com “Longos tempos de exposição são inúteis, a cauda do cometa está se movendo muito rapidamente “, disse o astrofotógrafo Michael Jaeger. “As formas são sensacionais.”

Mais distúrbios no núcleo e na cauda do cometa podem estar à espreita. O cometa está se dirigindo para sua maior aproximação do sol (0,61 UA) em 3 de janeiro. O aumento do calor pode liberar novos jatos de gás e poeira do núcleo do cometa ou até mesmo soprar para longe grandes pedaços de gelo e rocha. 

Os astrônomos no hemisfério sul terão a melhor vista enquanto o cometa Leonard sobe mais alto no céu austral de verão ( coordenadas ). Tem uma foto? Envie aqui .


“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal  AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)”. para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


“Você não é deste mundo. Você não é este corpo que habita. Você não é essas emoções, esses pensamentos, esse ego com o qual se identifica. Você nem mesmo é sua vida ou morte. Quando você é capaz de se distanciar dessas coisas, então o verdadeiro você, o você gnóstico, entra no foco de sua cognição. Mais puro que o éter, mais radiante que o sol, mais puro que a neve acumulada, cheio de vida e retirado do contexto da morte, este é o eu que você é. Para ajudá-lo a saber disso, Jesus e Buddha e todos os outros grandes mensageiros de luz vieram a este mundo, fazendo o sacrifício de vir da plenitude para o vazio para trazer isso a você. Você deve saber disso, e deve fazer isso, porque sem ele você não está realmente vivo, não está realmente consciente, mas com ele, você é todas as coisas, você tem todas as coisas, e o Tudo se tornou você. Esta é a mensagem da Gnose! ”  – Richard, Duc de Palatine (1916–1977)


Saiba mais, leitura adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *