Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Corpos ‘Biológicos’ não humanos Resgatados de OVNIs acidentados, testemunha denunciante

Um ex-oficial de inteligência da Força Aérea [USAF] disse que o governo dos EUA recuperou veículos OVNIs, bem como corpos “biológicos” [seres extraterrestres mortos] dos pilotos durante uma audiência na Câmara em 26 de julho sobre objetos voadores não identificados, agora renomeados e conhecidos como fenômenos anômalos não identificados (UAPs).

Corpos ‘Biológicos’ não humanos [extraterrestres] Resgatados de OVNIs acidentados, testemunha denunciante

Fonte: The Epoch Times

O Subcomitê de Segurança Nacional, Fronteiras e Relações Exteriores realizou uma audiência em 26 de julho, onde foi ouvido o depoimento do major aposentado David Grusch, ex-representante do Escritório Nacional de Reconhecimento (em inglês: National Reconnaissance Office – NRO), Força-Tarefa de Fenômenos Anômalos Não Identificados, Departamento de Defesa e outras testemunhas especializadas .

O Sr. Grusch foi uma das três testemunhas na audiência intitulada “Fenômenos Anômalos Não Identificados: Implicações na Segurança Nacional, Segurança Pública e Transparência Governamental”. A deputada Nancy Mace (RS.C.) questionou o Sr. Grusch sobre a recuperação de “naves acidentadas” e se ou se os seus pilotos foram encontrados.

“Você afirmou que o governo está de posse de espaçonaves “potencialmente” não humanas. Mas com base em sua experiência e extensas conversas com especialistas, você acredita que nosso governo fez contato com extraterrestres inteligentes?” Perguntou a Sra. Mace.

“Isso é algo que não posso discutir em público”, respondeu Grusch.

“Se você acredita que possuímos espaçonaves que se acidentaram – como afirmado anteriormente – temos os corpos dos pilotos que pilotavam a nave?” A Sra. Mace perguntou, querendo especificamente saber se algum resto possivelmente recuperado tinha “corpos biológicos humanos ou não humanos”.

“Os corpos vieram com algumas dessas recuperações, sim”, disse o Sr. Grusch, citando aqueles com envolvimento no programa que dirige as tentativas de recuperação que determinaram que os organismos em questão não eram “seres humanos”.

“Não era humano. E essa foi a avaliação de pessoas com conhecimento direto do programa”, disse ele.

Ele também disse aos legisladores que acredita que o governo dos EUA provavelmente está ciente da atividade “não humana” na Terra há quase 100 anos e afirmou à Sra. Mace que acreditava que havia uma “campanha de desinformação ativa há décadas dentro de nosso governo para negar a existência de [ fenômenos anômalos não identificados – extraterrestres e suas espaçonaves].”

A outra testemunha Ryan Graves, diretor executivo da Americans for Safe Aerospace, declarou que acredita que cerca de 95% dos fenômenos anômalos não identificados (UAPs) atualmente não são relatados por pilotos que trabalham para o governo dos EUA.

Encontro de Testemunhas

Outra testemunha, o comandante aposentado David Fravor, ex-comandante da Marinha dos EUA,   testemunhou perante o comitê sobre estar em uma missão de treinamento em 2004, quando foi enviado para investigar um fenômeno aéreo que foi detectado no radar do navio persistentemente por semanas.

O piloto relatou ter visto um “pequeno objeto branco em forma de uma pastilha Tic Tac” movendo-se rapidamente pela superfície da água, apesar de não ter rotores ou meios visíveis de propulsão.

“Quando puxamos [nosso] nariz para o objeto a aproximadamente meia milha com o objeto logo à esquerda de nosso nariz, ele acelerou rapidamente e desapareceu bem na frente de nossa aeronave. Nosso ala, cerca de 8.000 pés acima de nós, também perdeu a visão dele”, disse Fravor.

Pouco tempo depois, o navio de comando informou ao Sr. Fravor que o objeto havia retornado ao seu radar após viajar aproximadamente 60 milhas em menos de um minuto.

Os legisladores acreditam que, como resultado de uma grande quantidade de evidências prováveis ​​não relatadas que apóiam a presença de eventos inexplicáveis, surgem duas questões. A primeira é que destrói a fé do público em seu governo e que o sigilo sobre o assunto degrada o processo político.

“Os avistamentos de UAPs raramente foram explicados pelas pessoas que têm relatos em primeira mão dessas situações”, disse a deputada Paulina Luna (R-Fla.) durante a audiência.

“Isso se deve em grande parte à falta de transparência de nosso próprio governo e ao fracasso de nossos líderes eleitos em cumprir suas promessas de divulgar explicações, filmagens e montanhas de documentos super classificados que continuam ocultos do povo americano”.

Finalidade da Audiência

Na notificação de comunicado de imprensa do Comitê sobre a audiência, o comitê anunciou que planeja explorar “relatos em primeira mão de fenômenos anômalos não identificados (UAP) e avaliar a transparência e responsabilidade do governo federal em relação às possíveis ameaças dos UAPs à segurança nacional dos EUA”.

O comunicado à imprensa também delineou a intenção dos membros do comitê de destacar os esforços legislativos para ajudar na transparência dos fenômeno dos UAPs e os esforços para garantir que o governo federal forneça aos americanos informações sobre riscos potenciais à sua segurança e segurança nacional.

https://youtube.com/watch?v=KQ7Dw-739VY%3Ffeature%3Doembed

De acordo com o comunicado à imprensa, o deputado Tim Burchett (R-Tenn.) comentou sobre o assunto, dizendo: “O Pentágono e os burocratas de Washington mantiveram essas informações ocultas por décadas e finalmente vamos lançar alguma luz sobre isso. Estamos trazendo testemunhas confiáveis ​​que podem fornecer testemunho público porque o povo americano merece a verdade. Acabamos com os acobertamentos.”

Além disso, a Sra. Luna disse: “O status quo por parte do governo dos EUA tem sido deixar o público americano no escuro em relação às informações sobre UAPs, recusar-se a responder a perguntas feitas por denunciantes, evitar as preocupações dos americanos sobre as possíveis ameaças que os UAPs representam para nossa segurança nacional e pública, e o padrão é uma super classificação extrema e desnecessária”.

“Se os últimos meses me ensinaram alguma coisa, é que esta é uma questão que importa para os americanos. Também afeta a transparência e a responsabilidade que nosso governo deve conceder às pessoas a quem serve. Estou ansioso para trazer este tópico à luz.”

Lawrence Wilson contribuiu para este relatório.


“Parece duvidoso se, de fato, a política de “Botas no rosto” pode continuar indefinidamente.  Minha própria convicção é que a oligarquia governante encontrará maneiras menos árduas e perdulárias de governar e de satisfazer sua ânsia de poder, e essas formas serão semelhantes às que descrevi em Admirável Mundo Novo [uma verdadeira profecia publicada em 1932]. Na próxima geração, acredito que os governantes do mundo descobrirão que o condicionamento INFANTIL e a narco-hipnose são mais eficientes, como instrumentos de governo, do que e prisões e campos de concentração, e que o desejo de poder pode ser completamente satisfeito sugerindo às pessoas que amem sua servidão ao invés de açoita-los e chutando-os até à obediência. ” – Carta de Aldous Huxley  EM 1949 para George Orwell autor do livro “1984”


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *