browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Estamos há Décadas em tecnologia (secreta) à frente daquilo que nossa civilização conhece (2)

Posted by on 23/10/2018

Jeff Rense: Ok. Vamos fazer algo muito emocionante hoje à noite – realmente provocativo. O Engº aeroespacial e insider dos programas espaciais secretos dos EUA, William Tompkins está de volta hoje à noite. Ele, é claro, é o homem que começou na década de 1940 como um jovem patriota americano, entrou para a Marinha e é obviamente muito inteligente e talentoso, na medida em que o atraíram para o topo em termos de incluí-lo em assuntos muito secretos, muito avançados. assuntos tecnológicos ao longo das últimas cinco décadas. Ele passou a trabalhar, depois da Marinha, com um dos empreiteiros de defesa mais bem classificados e mais brilhantes, na Thompson Ramo Wooldridge (TRW).

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Estamos há Décadas em tecnologia (mantida secreta) à frente daquilo que nossa civilização conhece – Parte II

Fonte: https://spherebeingalliance.com/

PARA PARTE I: LINK

Jeff Rense: Ok. Vamos voltar ao nosso convidado especial, Willian (Bill) Tompkins, que acaba de nos surpreender com parte desse material. E o interessante sobre Bill é que ele tem o detalhe que, para aqueles que são céticos, escutem esses detalhes. Essas são as coisas que você não ouve com frequência.  Se alguém está fora para contar uma boa história, eles não fazem isso. Este é o negócio real de Bill Tompkins. Deixe-me rapidamente, Bill, pedir ao George para verificar aqui com sua atualização. George?

Major George Filer: e eu me lembro disso. . . Sou presidente da Associação da Força Aérea no sul de Nova Jersey e elegemos o Professor do Ano. De qualquer forma, uma das professoras que nomeamos acabou ganhando como Professora do Ano um prêmio e ela foi convidada para ir ao Egito e visitar todas as pirâmides e esse tipo de coisa. 

Mas ela disse que a coisa mais interessante é que eles visitaram túneis subterrâneos no Egito que tinham a mesma descrição que Bill mencionou há pouco tempo atrás.

Rense: tuneis com paredes “suaves como superfície de vidro”. Deixa comigo.

Filer: E interessante o suficiente, eles eram guardados por soldados egípcios com metralhadoras. Mas eles mostraram aos professores dos Estados Unidos esses túneis muito especiais. Agora ela sentia que esses túneis eram eram muito antigos, mas muito provavelmente não eram nossos. Eles eram extraterrestres. E ela não estava interessada em tuneis. . . qualquer dessas coisas. Mas ela verificou o que ele está falando agora.

Rense: Ok. Isso é muito interessante. Tudo certo. Frank?

Frank Chille: Bem, ___ a história sobre as espaçonaves tanques dispersando cinco gases, isso é. . . Eu nunca ouvi isso antes. Bill indica que a frota de aliens Nórdica precisa vir até aqui e realmente nos dar alguma ajuda com alguns desses problemas.

Rense: Ha, ha. Sim, eles são incríveis. Gente, faça uma pesquisa. Use qualquer mecanismo de busca – Google, não me importo – para máquinas de tunelamento e, em seguida, clique em “Imagens” e analise algumas dessas coisas gigantescas que podemos ver. OK? 

Agora, estes não são necessariamente os que Bill está falando, mas estes estão no domínio público e eu estou olhando para a página de cinco para baixo e há uma máquina de túnel, tem, eu não sei, quinze pessoas em pé com laços. Parece que é um lançamento, mas diz “Força Aérea dos EUA”. Tem a estrela e o círculo e as listras por trás. É um logotipo da Força Aérea. É uma máquina de perfuração de túneis da Força Aérea. E não é para subir na estratosfera, é para ir abaixo do solo, e isso acontece. Então, esses são fatos incríveis. 

Chille: Na foto a que você se referiu, a primeira vez que vi aquela foto foi no livro “Cosmic Top Secret” de Bill Hamilton.

Rense: sim, sim. O Bill ainda está conosco?

Chille: Eu envio e-mails para ele e eles não são devolvidos, mas ele não responde.

Rense: Huh. OK. Bem, se você está no ar, Bill, ‘Olá’, e tivemos muitos programas maravilhosos nos últimos anos. Eu me lembro de você com carinho e espero que você esteja bem. OK. Bill Tompkins, vá em frente. Vamos continuar aqui.

William Tompkins: Ok, se pudéssemos mudar de assunto um pouco, tentando ficar no mundo do que a TRW faz?

Rense: certo.

Tompkins: Existe um programa que. . . Mencionei anteriormente que temos um grande grupo de pessoas estudando cada aspecto da medicina. E assim, nesse grupo, há um número considerável que estuda o que você chamaria de “prolongamento da vida humana”.

Rense: certo.

Tompkins: E então ‘vida estendida’ – o que você quer dizer com isso? Bem, isso envolve manter alguém bem saudável. E também envolve o uso prolongado do cérebro. Então, na TRW, tínhamos todas essas pessoas estudando todos os aspectos da medicina, uma vez que se relacionava com viver mais.

Rense: Ok.

Tompkins: E, claro, a coisa era encontrar o gene da imortalidade.

Rense: certo. Certo. A ideia de estender a extensão da vida – vida humana – tem sido um tópico quente por um longo tempo, e então, certamente, o dinheiro e os orçamentos das operações negras para isso provavelmente são tão abundantes quanto os cientistas precisam. Então diga-nos o que você sabe que eles descobriram. Agora isso começa  voltando aos anos 60 e, eu acho, nos anos 70.

Tompkins: Sim, 1986 ~ 89.

Rense: Tudo bem.

Tompkins: Ok. Assim, a TRW começou então a tentar chegar a vários estudos técnicos e suporte, suporte de vida, sistemas e a analisar todos os aspectos do que seria necessário para se manter um ser humano vivo por mais tempo. Portanto, esta situação de não envelhecimento, finalmente chegou a um ponto em que um dos mais de 60 estudos separados surgiu com possíveis respostas de como poderíamos viver mais.  Eu tenho que dizer que algumas das pessoas, algumas das pessoas que trabalham no laboratório, estavam sendo influenciadas externamente – eles tinham que ter sido – pelos aliens nórdicos. E eu, obviamente, também tive esse tipo de problema.

Rense: Sim, eu lembro.

Tompkins: Essa ajuda. Mas, neste caso, ninguém me ajudou. Tudo certo? Então, este programa então, de uma forma simples, você toma quatro aspirinas durante um período de seis meses.

Rense: quatro aspirinas por dia?

Tompkins: Não, você só toma quatro aspirinas. Não é aspirina, é um comprimido. OK? Que você poderia tomar. . .

Rense: tipo Ácido acetilsalicílico.

Tompkins: Ok.

Rense: Isso é o que é.

Tompkins: O que você quiser. Sim. OK. Mas não é aspirina. De qualquer forma, você. . .

O tratamento para rejuvenescimento também já estaria disponível para a humanidade …

Rense: Ok.

Tompkins: Não tem nada a ver com aspirina.

Rense: Ok. Eu entendi isso.

Tompkins: Você coloca esses quatro comprimidos por um período de seis meses e, imediatamente, você se sente muito melhor. E você começa a reverter gradualmente o envelhecimento. E em alguns casos. . .

Rense: Inverte o envelhecimento, você está dizendo.

Tompkins: Sim. E algumas pessoas voltam a ter 29 em menos de três meses. Outros, leva uns cinco e seis meses.

Rense: E isso é nos anos 80 que estava acontecendo?

Tompkins: Não, isso é, me desculpe. Isso é 68, 69, 70.

Rense: Oh, meu. Então, eles tinham uma habilidade, Bill, para reverter o envelhecimento já nos anos 60?

Tompkins: Isso é no que eles estavam trabalhando. Eles não tinham feito funcionar ainda. Mas o que aconteceria é que as pessoas, as moças, voltariam para os seus 21 anos e os homens voltariam para 29 ou 30. A parte interessante é que esse tipo de programa escolheu essa versão como sendo a melhor. Também foi descoberto que o cérebro mudaria na medida em que seria. . . teria um mínimo de 400% de capacidade maior do que antes de começarem o tratamento. Agora, parte do aumento da capacidade era de até 1.000%, mas era no mínimo de 400%.

Rense: Uau!

Tompkins: Esse programa continuou na TRW. Continuou depois que a Northrop comprou a TRW e se estendeu ao ponto em que as cinco maiores empresas de pesquisa médica avançada, incluindo o Scripps Medical Group

Rense: Isso é Scripps La Jolla.

Tompkins: La Jolla. Eles estão todos trabalhando nisso, e eles têm até 300 pessoas que estão  recuando no envelhecimento em algum grau -. Se você puder aceitar as informações sobre o (Programa Espacial Secreto) Solar Warden, onde um funcionário da Marinha, um homem da Marinha, se juntou ao grupo espacial. Ele passa por treinamento e, em seguida, ele sai e opera em um transportador de espaço de quilômetros de comprimento através da galáxia. E ele faz isso por 20 anos e no final disso, ele tem a opção de levar mais 20 anos ou pode voltar para a Terra, porque não teve contato com a Terra ou com a família durante esses 20 anos.

Rense: O que você está dizendo é que essas pessoas que entram no serviço espacial dos programas secretos a longo prazo podem recuperar seus 20 anos perdidos com essas pílulas. Em outras palavras, eles estão recuperando o tempo perdido.

Tompkins: Sim.

Rense: Então eles não se importam com o serviço de longo prazo. OK.

Tompkins: Então você tem, essencialmente, o mesmo sistema de uma maneira diferente que poderíamos usar. Então essa coisa que nós. . . essa ideia, conceito de gene da imortalidade, tem sido trabalhada há 38 anos, 40 anos. Então, hoje, existem cinco grupos que estão trabalhando em um programa para realmente incluir pessoas selecionadas nesses cinco grandes grupos de pesquisa médica e levá-las de volta a um rejuvenescimento. 

Imagem do que seria uma mulher alien da raça nórdica, Tall Whites

Agora, obviamente, o estudo teve ajuda de extraterrestres. Nós teríamos que dizer que é provavelmente os aliens nórdicos (Tall Whites), e porque eles. . . como você coloca isso. . . Eles ajudam . . . Nós conversamos sobre eles antes, da ajuda que eu tive, no desenvolvimento do sistema de engenharia de Douglas no Apollo S4B Stage para as missões à lua.

Rense: O foguete Saturno 4, sim.

Tompkins: E então as pessoas que tinham me ajudado, essas “jovens (Aliens Tall Whites-Nórdicos) senhoras”, eram essencialmente. . . elas pareciam ter 18 anos, mas, você sabe, que sua idade poderia ser 2.000 anos de idade. Assim, eles podem contribuir muito mais do que podemos em 60 ou 70 anos e alguém nos dá um relógio e partimos em pouco tempo.

Rense: eu entendo.

Tompkins: Então, o que estamos vendo aqui é que, aproximadamente no final de um pouco menos de dois anos a partir de agora, haverá um grupo que será selecionado para iniciar a regressão completa e voltar para uma idade entre 21 e 29 anos.

Rense: Bem, acho que eles devem isso a você, não é Bill?

Tompkins: Eu não acho que eles me devam. Eu acho que isso é um esforço coletivo que está acontecendo. Mas o ponto é. . . Eu acho que . . . O que eu quero dizer aqui agora, senhores, é realmente importante. Quando falamos sobre a história de tudo e percebemos que tudo é uma grande mentira, você tem que parar e pensar consigo mesmo. Você tem que estudar 3 ou 4 ou 5 dos assuntos mais técnicos que estão no planeta, para obter seu doutorado e então você tem um garoto como Bill Tompkins conversando com você, e, obviamente, você não vai acreditar nele. porque você aprendeu o que precisa em seu campo técnico durante seis ou oito anos na universidade. Então você sabe o que é a “realidade”. E esse cara, Tompkins, é apenas um garoto (então com 92 anos) que está apenas sugerindo coisas.

Bem, o ponto aqui é que às vezes nós não paramos e pensamos que o que nos foi ensinado (manipulado) por centenas de anos está em todas as áreas técnicas, não apenas na medicina, não apenas na astronomia, em todo campo técnico. Nós fomos enganados o tempo todo.

Rense: Uau!

Tompkins: E isso é difícil para nós aceitarmos.

Rense: sim.

Tompkins: Esses PhDs para fazer a mudança para algo que. . . “Você quer dizer que tudo que eles me ensinaram estava errado? Eu tenho que agora olhar para uma nova matemática? E isso é muito difícil para mim. ” 

A razão pela qual estou dizendo isso é que essa é uma das principais razões pelas quais muitas pessoas de alto nível, PhDs, têm sido tão difíceis de aceitar, por exemplo, o que eu tentei fazer com o programa Apollo. . E o programa Apollo, o S4B Stage, no topo, é uma Control Station para a missão – é aí que tudo acontece. . . Então Douglas teve a parte mais complicada da Apollo. E, felizmente, tivemos engenheiros de ponta que estavam ouvindo a possibilidade de uma maneira diferente de abordar tudo. E funcionou. Mas todos nós temos problemas em falar sobre vida extraterrestre, especialmente para as pessoas “bem-educadas”, porque você não pode acreditar nelas, e no que a elas foi ensinado. Os livros, os documentos, a história estão todos incorretos.

Rense: Isso é incrível. Isso é realmente uma coisa de quebra de paradigma a considerar. Mas quando você pensa que o planeta tem cerca de 4,5 bilhões de anos, meu Deus, quantas coisas poderiam ter acontecido de que não temos ideia, e nunca saberemos. Provavelmente cerca de 98% da história REAL deste planeta que nunca conheceremos.

Tompkins: Isso é correto, tenho certeza. Sem dúvida. E isso é realmente um dos maiores problemas que temos. Seu pessoal altamente técnico. . . Agora Bob Wood, por exemplo. . .

Rense: Na Douglas Aircraft.

Tompkins: Sim, na Douglas. Na verdade, ele se formou em três dos níveis mais altos, mas esse cara vê as coisas de maneira diferente. Ele faz perguntas. Ele está exigindo documentação. E eu não estou tentando dizer que ele me deu trabalho com o livro, mas ele me deu um tempo difícil com o livro!

Rense: Ha, ha.

Tompkins: Ele queria justificação. “Talvez você esteja fumando maconha. Eu não acredito em você”.

Rense: Sim, ele está colocando sua carreira na linha, e ele queria ter certeza. Ele queria trabalhar com você, mas ele tinha que ter certeza. OK.

Tompkins: Mas isso é mais uma vez, voltando ao nosso problema no Disclosure Project (Projeto Divulgação {da Verdade}, e nós realmente temos que lidar com isso, porque estamos falando com as pessoas mais altamente técnicas, e eles SABEM que não estamos “fumando maconha” Todos eles sabem disso. E é difícil para eles recuar e olhar através de uma grande janela. . .

Rense: sim.

Tompkins: . . . que é o que temos que fazer. Ok, de qualquer maneira, do nosso ponto de vista, senhores, existe um programa que será implementado, e levou 45 anos, que é muito possível que alguns de vocês vivam muito tempo – muito mais do que você jamais sonhou. 

Agora, isso, então, coletivamente, com o Projeto Divulgação – estas são duas coisas enormes que vão acontecer. Para mim, temos um problema de convencer as pessoas, e acho que quanto mais exposição pudermos conseguir, melhor ficaremos, porque essas duas coisas vão acontecer e, obviamente, como você vai . . .

Rense: Oh, sim, sim, sim, a lista, claro. Há mais de 7 bilhões de pessoas no planeta. Eu não acho que os controladores querem regredir 7 bilhões de pessoas de volta aos seus 20 anos de idade, se eles são mais velhos do que isso – ou mantê-los em seus 20 anos. isso seria um {GRANDE} problema. A taxa de natalidade teria que ser massivamente reduzida e a população teria que ser reduzida em algum momento, algo sobre o qual todos têm falado. 

A INTENÇÃO DA REDUÇÃO DA POPULAÇÃO MUNDIAL EM 6,5 BILHÕES ESTA GRAVADO EM PEDRA:

As Pedras Guia da Geórgia (Georgia Guidestones) é um monumento em granito localizado num cume no condado de Elbert, estado norte-americano da Geórgia. O monumento fica a 72 quilômetros de Atlanta, no estado da Geórgia, e são visíveis da Rodovia 77 (Highway 77). O granito da região é um dos melhores de todo o mundo, clima moderado e a posição geográfica (ponto mais elevado do condado) foram essenciais para a sua construção. Fonte: As Pedras Guias da Georgia – Dez Mandamentos para uma Nova Ordem Mundial

A ideia de uma maneira genética de reverter o envelhecimento não é tão absurda se você pensar a respeito. Se os genes determinam como nos parecemos, como parecemos, por quanto tempo viveremos, nossa relativa resistência a doenças, por que não poderia ser revertida? Absolutamente nenhuma razão porque não. E é disso que Bill Tompkins está falando aqui, e a regressão genética da idade, o fim da senilidade.

Tompkins: Agora pare e pense. . . Pare e pense por um minuto quanto mais poderíamos, como indivíduos, contribuir. É impressionante.

Rense: Bem, nós crescemos cedo demais e ficamos velhos também cedo demais, Bill, e você está certo. Então, temos toda essa sabedoria – é muito cedo para o planeta. Então, para manter isso, se estamos fisicamente sendo revertidos para idades de 29 e 21 anos, teríamos essa sabedoria, e seríamos, como você diz, 400%, cerca de 1.000%, mais mentalmente capazes, além de ter a sabedoria. Nós nos transformaríamos em uma espécie de gênio ao ser humano “normal” médio.

Tompkins: Ok. Nós concordamos. Agora, poderíamos voltar a pensar em agradecer àa Douglas Aircraft?

Rense: Sim, nós podemos, mas temos que fazer uma pausa.

Tompkins: Tudo bem.

Rense: Beba um pouco de água, e já voltamos e continuamos com o Sr. William Tompkins, cujo primeiro livro já está disponível – mais três para terminar. E na medida em que Bill Tompkins se lembra e relata as coisas que ele vivenciou, pode ser mais do que isso. Volte em apenas alguns minutos nesta noite muito interessante.

(23: 09 ~ 24: 09 – Pausa)

Livro de Willian (Bill) Tompkins

Rense: Ok. Aqui estamos. Agora, esta é uma noite para se lembrar como eu digo. Eu não sei quantos de vocês viram o filme “Limitless”. Eu acho que há uma série de TV spin-off, que. . . Eu vi uma parte de um episódio que era inferior, mas a ideia de uma pílula permite-lhe utilizar, o que, 5% do seu cérebro, eu não sei o que dizem, você sabe, 50% do seu cérebro, ou algo assim. Agora, temos o potencial, de acordo com Bill Tompkins, de uma pílula de regressão de idade – como tomar quatro aspirinas em seis meses – que o trará de volta, como uma mulher para cerca de 21 anos, como um homem para 29 ou 30 anos de idade.

Se você voltar a esse estado fisiologicamente, e não cerebralmente. . . Agora, mentalmente, somos elétricos. Portanto, a parte elétrica de nosso banco de dados não deve ser afetada por essa pílula, e se eles tiverem desenvolvido isso por 45 ou 50 anos ou mais, tenho certeza de que eles sabem exatamente o que estão fazendo agora. O problema, Bill, com isso é que vai haver um pouco de clamor para entrar na lista para receber a “pílula”. Então ha. . .

Tompkins: Ha, ha, ha.

Rense: só um pouquinho.

Tompkins: Estou rindo.

Rense: sim, sim. Então você precisa estar nessa lista. Isso é certeza. Eu não sei como tudo isso vai se desenrolar, já que as coisas acabam quando as pessoas descobrem isso. E eles estão descobrindo sobre isso, graças a você, agora mesmo. Mas é uma grande história. Grande história. Deixe-me pegar a opinião,  de George e depois de volta para Frank. Vá em frente, George.

Filer: Inscreva-me nessa lista de rejuvenescimento. Ha, ha.

Rense: Veja.

Filer: A turma está pronta para entrar na lista. Agora eu vou dizer que entrevistei algumas pessoas que estiveram a bordo de espaçonaves alienígenas e afirmo que eles não falam sobre uma pílula, mas sim. . . Essa senhora que eu conhecia tem 60 anos de idade e estava a bordo de uma nave que ia de Pittsburgh à Filadélfia e alegou que lhe foi mostrada uma mulher dentro de um tubo de vidro que tinha 20 anos e ela tinha 60 anos e perguntaram para ela se ela gostaria de ser aquela jovem mulher. Ela teria 20 anos e era jovem e bonita, loira e assim por diante.

Rense: Uh-ha.

Filer: Também tivemos alguns casos em que eles, os alienígenas, particularmente os nórdicos, eles afirmam que são nossos ancestrais. Então eu não sei como isso seria  verdade, mas isso se encaixa no que Bill está dizendo que eles têm essa capacidade de viver durante muitos séculos.



Rense: vidas longas. Centenas e centenas de anos. Sim.

Filer: E então, na verdade, eu conheci mulheres que afirmam ser, em primeiro lugar, nórdicas, e afirmam ter 95 anos e que parecem ter 21 anos. Supondo que o que eles estão dizendo é verdade, eles têm capacidades incríveis até agora. como o rejuvenescimento de idade está em causa.

ufo-tall-whites-porta-aviões

Espaçonave dos aliens Tall (Nórdicos) Whites pousada no convés do porta aviões USS Coral Sea

Rense: Tudo bem. Frank?

Chille: Não me surpreenderia se eles tivessem essa capacidade. E eu deixaria minha parte ir para Bill Tompkins e George Filer.

Rense: Oh, isso é legal. Muito agradável.

Chille: Ouça, eu gostaria de sugerir Jeff. Bill compartilhou comigo uma história de um encontro histórico que teve com Wernher Magnus Maximilian Freiherr von Braun no Redstone Arsenal, e acho que você e seu público ficariam surpresos com isso.

Rense: Ok. Tudo certo. Eu acho que nós certamente abrimos a porta para o que você está falando, Bill. Quer nos contar sobre Werhner von Braun e a reunião em Redstone?

Tompkins: Ok. Na verdade, a reunião em si foi uma reunião ilegal. . . Eu tenho que recuar um pouco.

Rense: Claro.

Tompkins: No Douglas Aircarft Design Group, onde eu era chefe de seção, no Programa Apollo, nós. . . Agora isso não é. . . Isso é o que realmente aconteceu, e isso não é uma história inventada para cobrir alguma coisa. O tempo todo que desenvolvemos o Programa Apollo, todo mundo estava jogando chaves nas engrenagens. E nós mencionamos isso antes, quando conversamos mais cedo.

Rense: certo.

Tompkins: Mas o ponto é que as mentes das pessoas estavam sendo controladas – a fabricação na Douglas era assim. E todas essas pessoas estavam dizendo: “Por que não devemos fazer isso ou não podemos fazer aquilo e estamos perdendo tempo e tirando Tompkins de lá”. Então, nesse ambiente, nós meio que somos. . . minha seção meio que nos isolou e recuou e começou a olhar para o que era a missão – qual era a missão do Projeto Apollo? E então, o que é preciso para conseguir? Quais eram as coisas que tínhamos que fazer?

Rense: certo.

Tompkins: E o contrato da NASA dizia uma coisa. Foi uma loucura. Não havia como funcionar. Então . . . E, por acaso, o contrato foi escrito parcialmente por pesquisadores alemães da S.S., porque eles vieram para os EUA trazidos pelo Projeto Paperclip e vieram para nos ajudar no desenvolvimento dos programas espaciais secretos. E, claro, foi o programa espacial deles que eles trouxeram. Mas essas pessoas tinham uma coisa em que realmente eram muito bons. Eles eram geniais – os alemães. Mas eles não estavam desenvolvendo automação e não estavam usando micro, micro sistemas.

Então tivemos uma oportunidade – agora escute isso. Tínhamos tido a oportunidade de utilizar uma instalação, uma instalação de Douglas, em Escondido – aquela que Jack Northrop costumava ter antes de construir sua empresa, a Northrop Grumman. Foi neste momento que fomos autorizados a entrar na Área-51, algumas pessoas, pegar as coisas, trazer de volta e brincar com elas. OK? 

E então aqui estamos trabalhando com coisas extraterrestres, tentando descobrir o funcionamento. E nisso, descobrimos que há alguns avanços em como poderíamos projetar um computador, que utilizaríamos na realização de todo o serviço (cálculos) que eram feitos manualmente para o desenvolvimento de nossos equipamentos.

Claro, não há nada no contrato que nos permitia fazer isso. Tudo em alemão era feito manualmente. Então, quando reunimos algumas dessas coisas que nosso grupo estava estudando, eles disseram: “Gatos sagrados. Vamos ver se poderíamos fazer do jeito deles. ”  Então nós criamos um grupo de desenvolvimento de sistemas, e alguns deles estão no livro, de como poderíamos automatizar virtualmente tudo o que fazíamos, o estágio de controle, poderia ser operado – essencialmente, sem mais nada manual.

Uma espaçonave menor exploradora desenvolvida pelos EUA com tecnologia alien aterrissando em base dos EUA no Novo México:

E assim, quando descobrimos que o projeto da missão Apollo estava errado, nós, naturalmente, voltamos e começamos a refazer as missões também. E então descobrimos que, é claro, teríamos que apoiar a Marinha no desenvolvimento de suas estações navais em todos os planetas ou nas luas de seus sistemas solares. E depois desse estágio, iríamos para as 12 estrelas mais próximas e fazer a mesma coisa nestes sistemas estelares vizinhos e depois iniciar trocas comerciais com extraterrestre por toda a galáxia.

Rense: certo.

Tompkins: Então, quando estávamos fazendo isso, começamos a automatizar tudo – a cada passo. E os alemães, que administravam a NASA, eram os proprietários e se recusaram a nos permitir modificar o contrato. Então, como eu mencionei antes, nós montamos esse pacote, e eu construí um modelo do prédio de controle de lançamento, o centro de controle de lançamento, que foi finalmente construído, e eu levei o modelo até Redstone Arsenal e no aeroporto aluguei um caminhão e o levei para (Redstone) __ Tower e os guardas __. Uma dolly descarregou o conteúdo, tirou o modelo do prédio de controle de lançamento, abriu o caminhão, colocou-o num carrinho, subiu, os elevadores se abriram e subimos para o nível do topo, onde ficava instalado Wernher Magnus Maximilian Freiherr von Braun. As portas se abriram. Entramos e eu tinha uma lona azul cobrindo o modelo. Nós então pegamos von Braun de um lado e Dr. Kurt Heinrich Debus do outro e eu passei o resto da semana com eles.

{Kurt Heinrich Debus (29 de novembro de 1908 – 10 de outubro de 1983) foi um cientista alemão de foguetes V-2 durante a Segunda Guerra Mundial que, após ser trazido aos Estados Unidos pela Operação Paperclip , em 1962 se tornou o primeiro diretor do Centro de Operações de Lançamento da NASA (mais tarde o Centro Espacial Kennedy). Debus dirigiu o projeto, o desenvolvimento, a construção e a operação das instalações de lançamento dos foguetes Saturno da NASA no extremo norte de Cabo Canaveral e na ilha Merritt, na Flórida. Sob seu comando, a NASA realizou 150 lançamentos de mísseis militares e veículos espaciais, incluindo 13 foguetes Saturno V , o impulsionador dos desembarques de luas tripuladas do projeto Apollo. Wikipédia}

Rense: Uau! Você tem uma foto de vocês três? Alguém tirou uma foto – só por diversão? Ou você tem memória disso? Isso é um trio incrível.

Tompkins: Bem, isso está no meu livro e em detalhes. E a questão é que a minha secretária disse antes mesmo de nós descermos para Redstone Arsenal que ela escreveu uma carta que te apresentará às pessoas de topo da NASA, mas você nunca vai usá-la. Então ela fez todas essas coisas quando eu estava indo para a zona de Redstone Arsenal, a área secreta, e as portas secretas, todos os portões, abriram sem me pararem. Os guardas armados não me agarraram, revistaram. Ninguém tentou encontrar uma bomba dentro do caminhão, numa caixa. E todas essas coisas aconteceram exatamente como ela me disse que aconteceria.

Ela também me disse para não acreditar em muitas das coisas que os alemães diriam. Mas o Dr. Debus, para mim era, embora von Braun fosse o cara principal, Debus de alguma forma, logo depois de eu começar a falar, tornou-se um amigo pessoal. E não posso descrever de outra maneira. E praticamente, não pude dizer nada de errado. 

E assim ele aceitou totalmente esse novo conceito de automatização para fazê-lo. . . automatize tudo, até mesmo o Edifício de Controle de Vigilância. E o transportador e os veículos em uma plataforma rio abaixo, construa um caminhão e conduza-o pela auto-estrada para retirar os foguetes da área de lançamento – levar da área de controle para a área de lançamento. E tudo então mudou. E isso foi realizado. Mas a questão era que a S.S. já estava começando a controlar tudo. . . Eles tinham acabado de chegar e estavam tomando conta de tudo.

Rense: sim.

Tompkins: E conseguiram empregos em todas as empresas aeroespaciais dentro dos EUA  (o Complexo Industrial Militar), em todas as principais empresas médicas, todas as subcontratadas. Havia cerca de 40.000 contratados no programa Apollo por todo o país. E assim, os alemães, que sabiam falar inglês razoavelmente bem e às vezes excelente, assumiram o controle de todas essas empresas. 

E isso, então, era realmente cumprir a missão de Hitler – sair para o espaço exterior. Então, o que aconteceu lá no Redstone Arsenal foi uma aquisição do nosso planeta. Então você não. . . Nós não ganhamos a guerra. A guerra acabou porque nós bombardeamos o país para. . . nós destruímos totalmente a Alemanha.

Rense: sim.

Tompkins: Mas como todo mundo sabe, os alemães estavam pegando todas as coisas boas da sua indústria aeroespacial, quer dizer, a tecnologia oriunda de extraterrestres – OVNIs e tudo mais – e levando tudo para uma base secreta que eles construíram na Antártida.

Rense: Dezenas de milhares deles foram para a Argentina e  para a Antártida, e é claro, os “rumores” permanecem. E há todos os motivos para acreditar que isso aconteceu de fato. Houve um filme, um documentário feito, por volta de 1938-39, por alguns pesquisadores alemães, exploradores, que foram até lá. Tenho certeza de que houve várias expedições, mas esses caras voltaram com um filme em preto e branco de sua jornada para a Argentina e na Antártida andando por alí. Eles levam você através de seu filme para enormes cavernas subterrâneas, cavernas, o que você quiser chamá-las que não tinham frio, nem neve – totalmente habitável. E aparentemente numerosas. E é aí que se acredita que existe uma subcultura atual, sem mencionar na região da Patagônia Argentina, alguns no Uruguai, alguns no Brasil, mas a maior parte na Argentina. Em Bariloche, na Argentina, onde Hitler e Eva Braun viveram por pelo menos 10 anos. . .

Tompkins: Eu pensei que eles se suicidaram no bunker em Berlim.

Rense: Não, não. Eles não foram mortos.

Tompkins: Ha, ha.

Rense: Você está sendo engraçado. Sim, eles morreram no bunker. Não, eles não morreram no bunker para vocês que não estão à altura disso. Vá para Sharkhunters.com e compre o livro Hitler na Argentina e seja informado.  OK? Testemunhas oculares no bunker, um da Espanha, um oficial de inteligência, escreveu a história em longhand e enviou para Harry Cooper que expôs mais de 20 anos atrás em seu primeiro livro chamado Escape from the Bunker. 

Falei para ele atualizar o livro e atualizá-lo por causa de suas viagens à Argentina e ele concordou. O resultado é “Hitler na Argentina” – testemunhas oculares lá embaixo, a coisa toda. Mas há até uma foto colorida na primeira página do livro da grande Mercedes que ele construiu e financiou um chalé de estilo bávaro no qual Hitler e Eva Braun moravam em Bariloche.

Nota de rodapé interessante sobre Bariloche, Eisenhower. . . Agora isso está fora do caminho, pessoal, quero dizer REALMENTE fora do caminho no sul da Argentina.

Tompkins: Continue.

Rense: Na Argentina, em 1960, em San Carlos de Bariloche, apareceu um visitante. Seu nome: Dwight David Eisenhower, em 1960. Que diabos ele foi FAZER lá no meio do nada, por mais bonito que fosse? E então quem mais foi lá embaixo? Bill Clinton foi até lá. Quem foi lá também? Barack Obama. 

Por que eles estão indo para Bariloche? Dezenas de milhares de alemães foram até lá naquela área, montaram um mini-país alemão inteiro, vilarejos bávaros. Eles guardaram Hitler enquanto ele estava lá. Durante os últimos oito anos de sua vida, eles tiveram que se mudar para o norte porque Bariloche se tornou um destino turístico e se tornou muito popular, e a cobertura teria sido destruída.



Ele seguiu para o norte por 500 quilômetros até Córdoba, onde ele faleceu em 1962. Dizem que a grande dama, como a chamavam na comunidade lá embaixo, pode ter acabado de morrer há cinco anos – viveu até ficar muito velha, quase cem anos . Não sei, não posso validar, mas essa é a história. 

O livro: Hitler na Argentina em Sharkhunters.com. Eu recomendo que você leia. Eu não queria tomar seu tempo, Bill, mas sim, obrigado por isso. Ele não morreu no bunker, pelo amor de deus.

Tompkins: Ha, ha, ha. Eu aprecio você dando os detalhes sobre isso, porque é. . . é apenas . . . Toda a situação de que nós tendo ganhado a Segunda Guerra Mundial foi então invertida.

Rense: correto. A propósito, há um memorando no livro, Bill, para sua própria edificação – você vai gostar disso – de J. Edgar Hoover em 1947, onde Hoover foi instruído a parar com isso. E ele emitiu um memorando, do FBI, que dizia: “Sob nenhuma circunstância alguém pode continuar procurando por Adolph Hitler na Argentina”. Ele foi instruído a parar. E por que eles o deixaram ir, alguns de vocês estão dizendo? Mais uma vez, repito – por causa da tecnologia. Foi um trade-off (troca).

Tompkins: Sim.

Rense: simples. Vá em frente, Bill, por favor. Temos cerca de dois a três minutos ainda – esta visita.

Tompkins: Ok. Eu aprecio sua cobertura porque as pessoas realmente precisam ler isso. E quando você chegar à excursão do almirante Byrd lá embaixo {Operação Highjump} no polo sul. Eles iríam lá e cuidariam da situação. . .

Rense: Oh sim. Operação Highjump se transformou em Operação Desastre.

Tompkins: Sim. Isso é o que foi. Foi um desastre total. Mas a situação de Eisenhower levanta a outra discussão de Truman com extraterrestres diferentes, e depois Eisenhower com outro grupo de alienígenas, supostamente os nórdicos (Tall Whites), mas muitas pessoas estão dizendo agora que os aliens que contataram Eisenhower, os extraterrestres, não eram nórdicos.



Rense: Isso poderia muito bem ser assim.

Tompkins: Acabei de receber informações. . .

Rense: A única coisa sobre Eisenhower, Bill, como você sabe, ele realmente odiava o povo alemão.

Tompkins: Sim.

Rense: Ele matou entre cerca de 2 milhões de militares alemães depois que a guerra terminou, pelo amor de Deus. Esse homem era um monstro.

Tompkins: Sim.

Rense: Quando ele foi para lá em 1960, Hitler e Eva Braun já haviam se mudado para o norte, para Córdoba – por volta de 1956. Eles estavam lá há 10 anos em Bariloche. Então, quando Ike foi lá, ele não foi lá encontrar-se com Hitler. Ele foi até lá para ver os alemães, para descobrir o que podia fazer, eu acho, e, talvez, tenha havido um envolvimento com ETs. Também se diz, como todos sabemos, que Eisenhower se encontrou pelo menos uma vez com extraterrestres em 1954, e talvez novamente em 1956. Mas isso é outra história.

Encontro de Eisenhower com uma delegação Extraterrestre em fevereiro/1954 contada em livro. FONTE

Tompkins: Sim. Mas é importante, muito importante.

Rense: Ok. Bill, apenas embrulhe e depois teremos você de volta assim que pudermos providenciar as boas graças de Frank. Muito obrigado por compartilhar isso – apenas informações fenomenais. E o detalhe que você apresenta é realmente irrefutável. Você tem algum formulário W2 dos dias da TRW quando eles pagaram você? Com sorte, eles te pagaram.

Tompkins: Ha, ha. Em algum lugar.

Rense: sim, sim. Tenho certeza que você deve ter. Ei, ouça, vamos conversar de novo em breve, Bill. Continue assim. Que bom que você está aqui. Espero que você tenha feito a lista. E nós falaremos com você novamente em breve.

Tompkins: Muito bem, senhor. É bom estar aqui. Eu agradeço.

Rense: Obrigado, Bill. Obrigado. George Filer, fechando comentário.

Filer: Oh, meu.

Rense: Oh, meu. Isso vai fazer sucesso.

Filer: Tudo o que Bill diz é muito excitante e eu conheço um pouco sobre von Braun e conheci alguns dos cientistas de maneira bastante interessante e homens nesse programa. Existiu. Na verdade, eles ainda mantêm tudo. . . muita informação secreta em nossos arquivos.

Rense: certo. Exatamente. Exatamente. Frank Chille, muito obrigado por organizar isso. Eu estou de pé para o próximo. Sempre que você quiser, me avise.

Chille: Bem, ele tem histórias sobre as capacidades de viagem no tempo e Jack Northrop comprando um drydock de aviões para construir as naves de um quilômetro que Bill Tompkins projetou. Quero dizer, ele poderia continuar por mais seis horas.

Rense: Bem, vamos fazer isso. Você acabou de me avisar e eu vou registrá-lo. Muito obrigado, Frank.

Chille: Obrigado, Jeff.

Rense: ótimo. Ok, bem, uau! Vamos finalizar e voltar com mais depois disso.

FIM 


“Conhece-te a ti mesmo e conheceras todo o universo e os deuses, porque se o que tu procuras não encontrares primeiro dentro de ti mesmo, tu não encontrarás em lugar nenhum”.  –  Frase escrita no pórtico do Templo do Oráculo de Delphos, na antiga Grécia.


Matrix (o SISTEMA de CONTROLE)

“A Matrix é um sistema de controle, NEO. Esse sistema é o nosso inimigo. Mas quando você está dentro dele, olha em volta, e o que você vê? Empresários, professores, advogados, políticos, carpinteiros, sacerdotes, homens e mulheres… As mesmas mentes das pessoas que estamos tentando despertar. 

Mas até que nós consigamos despertá-los, essas pessoas ainda serão parte desse sistema de controle e isso as transformam em nossos inimigos. Você precisa entender, a maioria dessas pessoas não está preparada para ser desconectada da Matrix de Controle. E muitos deles estão tão habituados, tão profunda e desesperadamente dependentes do sistema, que eles vão lutar contra você  para proteger o próprio sistema de controle que aprisiona suas mentes …” 


Mais informações, leitura adicional:

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.