EUA preparando financiamento para Vacinas mRNA da Gripe Aviária H5N1 para a Moderna

As ações da Moderna subiram mais de 4% no pregão de pré-mercado de Nova York, após um relatório do Financial Times de que o governo dos EUA está se preparando para “financiar um teste de estágio final da vacina mRNA contra a Gripe Aviária H5N1 pandêmica da Moderna“. O H5N1 está espalhando-se pelos EUA antes das eleições presidenciais de Novembro, e alguns médicos proeminentes já alertaram sobre até mesmo laboratórios universitários fazendo experiências com o ganho de função do vírus H5N1. 

EUA preparando financiamento para Vacinas mRNA da Gripe Aviária H5N1 para a Moderna

Fonte: Zero Hedge

As ações da Moderna subiram com as manchetes sobre a propagação da Gripe Aviária H5N1 nos últimos meses.

Fontes familiarizadas com as negociações entre a Moderna e a Autoridade de Pesquisa e Desenvolvimento Biomédico Avançado do governo dos EUA, conhecida como BARDA, dizem que o financiamento federal poderia ser alocado à empresa farmacêutica já no próximo mês. 

“Espera-se que totalize várias dezenas de milhões de dólares e poderá ser acompanhado por um compromisso de aquisição de doses se os ensaios da fase três forem bem-sucedidos”, disseram.

A Moderna disse anteriormente que estava testando vacinas contra a gripe H5N1, com dados provisórios esperados em breve. 

A Moderna está atualmente testando uma vacina H5N1, do subconjunto 2.3.4.4b de vírus, em pessoas. Esse procedimento começou no verão passado. Mas a listagem do ensaio no banco de dados Clinicaltrials.gov é cautelosa quanto às dosagens que a Moderna está testando, chamando-as simplesmente de dose número 1, 2 e 3. -Statnews

Em 25 de fevereiro de 2009, durante uma reunião [Council of Eugenics] da OMS, o judeu khazar Henry Kissinger declarou: “Uma vez que o rebanho (os bovinamente zumbis) aceita as vacinas obrigatórias, o jogo termina. Eles aceitarão qualquer coisa – doação forçada de sangue ou órgãos – para um bem maior, NÓS PODEMOS MODIFICAR GENETICAMENTE E ESTERILIZAR CRIANÇAS, para um bem maior – Controle as mentes das ovelhas e você controla o rebanho. Os fabricantes de vacinas devem ganhar bilhões. E muitos de vocês nesta sala são investidores. É uma grande vitória para todos. Nós reduzimos o rebanho e o rebanho nos paga pelos serviços de extermínio“.

Até quarta-feira, o Departamento de Agricultura dos EUA detectou 67 rebanhos de vacas leiteiras com infecções pelo H5N1 em nove estados: Texas, Kansas, Novo México, Michigan, Idaho, Carolina do Norte, Dakota do Sul, Ohio e Colorado. 

O surto em curso está ligado ao gado leiteiro. Apenas dois casos de H5N1 foram detectados entre humanos.  O primeiro foi em abril, com um trabalhador leiteiro do Texas, e a segunda foi de uma fazenda leiteira em Michigan, na semana passada. Ambos tiveram infecções leves e já se recuperaram.

O FT também disse que o governo federal está em negociações com a Pfizer sobre uma vacina de mRNA contra o H5N1

Em notas recentes, escrevemos  “A ameaça crescente da gripe aviária H5N1 e o dilema ético da pesquisa de ganho de função” e “Ex-diretor do CDC soa alarme sobre experimentos com gripe aviária”.

Suspeitamos que o governo levará mais a sério o surto se os casos entre humanos aumentarem. E, claro, o seu manual para qualquer “pandemia” futura ou potencial é ligar para a Moderna e a Pfizer, tal como foi feito com a Covid.

Mas desta vez, com a crescente desconfiança entre o povo e o governo, duvidamos que o governo veja a mesma adesão em massa às suas vacinas “EFICAZES E SEGURAS”, a menos que as pessoas caiam literalmente mortas nas ruas. E mesmo assim . . . vai haver filas para tomarem quantas doses forem indicadas pelos “especialistas” do governo . . .


“O indivíduo é [TÃO] deficiente mentalmente [os zumbis], por ficar cara a cara, com uma conspiração tão monstruosa, que nem acredita que ela exista. A mente americana [humana] simplesmente não se deu conta do mal que foi introduzido em seu meio. . . Ela rejeita até mesmo a suposição de que as [algumas] criaturas humanas possam adotar uma filosofia, que deve, em última instância, destruir tudo o que é bom, verdadeiro e decente”.  – Diretor do FBI J. Edgar Hoover, em 1956


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba nosso conteúdo

Junte-se a 4.326 outros assinantes

compartilhe

Últimas Publicações

Indicações Thoth