Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Milhares de Cientistas assinam Declaração Formal: “Não há Emergência Climática”

Um número crescente de cientistas e outros profissionais e especialistas têm a mesma opinião de que o chamado “aquecimento global” e outras ficções sobre mudanças climáticas são apenas isso: ficção. Pelo menos 1.200 deles assinaram a Declaração Mundial do Clima, que declara que não há “emergência climática”, apesar do que governos de políticos corruptos e marionetes, instituições acadêmicas e oligarcas psicopatas afirmam.

Milhares de Cientistas assinam Declaração Formal: “Não há Emergência Climática”

Fonte: Natural News

Acontece que o clima está sempre mudando. E os humanos desempenham pouco ou nenhum papel nas temperaturas e nos padrões climáticos, que são ditados por fatores muito fora do controle da humanidade [e em breve toda a população da Terra vai perceber isso muito claramente].

O establishment político e seus meios oficiais de “ciência” afirmam que o tema é um assunto “resolvido”, mas a Declaração Mundial do Clima especifica o contrário. (Relacionado: Centenas de cientistas assinaram uma declaração semelhante em 2019, declarando que a suposta emergência climática era ficção.)

O Prêmio Nobel de Física norueguês Professor Ivar Giaever é um dos signatários da declaração. Ele diz que os dogmas das mudanças climáticas são mais religião do que ciência – uma lista completa dos signatários da Declaração Mundial do Clima está disponível aqui .

“A escala da oposição à ciência climática moderna ‘estabelecida’ é notável, dada a dificuldade na academia para obter subsídios para qualquer pesquisa climática que se afaste da ortodoxia política”, relata a Insurreição Legal .

“Outro principal autor da declaração, o professor Richard Lindzen, chamou a narrativa climática atual de ‘absurda’, mas reconheceu que trilhões de dólares e a propaganda implacável de acadêmicos dependentes de subsídios e de jornalistas pro$tituta$ ‘orientado$’ pela agenda das mudanças climáticas atualmente dizem que não é absurdo a mudança do clima”.

O aquecimento global pelos “motivos expostos” é tão real quanto o coelhinho da Páscoa

Uma peça comum de “evidência” apresentada em favor da narrativa de emergência climática é o consórcio de modelos climáticos, que afirmam usar matemática e ciência para “provar” a existência do aquecimento global.

Esses modelos climáticos são centrais para a discussão sobre mudanças climáticas e, no entanto, são apenas um produto do que seus criadores querem que eles sejam – ou seja, eles mostram o que as pessoas que os fizeram querem que os seus gráficos mostrem.

“Devemos nos libertar da crença ingênua em modelos climáticos imaturos”, afirma a Declaração Mundial do Clima. “No futuro, a pesquisa climática deve dar muito mais ênfase às evidências empíricas.”

O Grupo CLINTEL criou um plano de ação para combater a agenda climática. Esse plano inclui os seguintes pontos principais, que o Grupo CLINTEL diz que dará a governos e empresas em todo o mundo para consideração:

  • Causas naturais contribuem para mudanças no clima;
  • O aquecimento foi mais lento do que o previsto;
  • A política climática está sendo formada com base em modelos inadequados [e interesses excusos];
  • O dióxido de carbono não é um poluente – é alimento para as plantas e a base para a vida na Terra;
  • O aquecimento global, supondo que seja real, não aumentou a prevalência de desastres naturais;
  • A política climática deve respeitar as realidades científicas e econômicas – não a ficção imaginada pelos seus defensores.

“Não há emergência climática”, diz o Grupo CLINTEL. “Portanto, não há motivo para pânico e alarme.  Opomo-nos fortemente à política prejudicial e irrealista de CO2 líquido zero proposta para 2050. Se surgirem melhores abordagens, e certamente surgirão, teremos tempo suficiente para refletir e nos readaptar”.

“O objetivo da política global deve ser ‘prosperidade para todos’, fornecendo energia confiável e [alimentos] acessível em todos os momentos. Em uma sociedade próspera, homens e mulheres são bem educados, as taxas de natalidade são baixas e as pessoas se preocupam com o meio ambiente”.

Permitir que as políticas [a agenda globalista] do chamado “Green New Deal” vençam o que o Grupo CLINTEL está propondo permitirá e levará a destruição total da riqueza, prosperidade e vida como a conhecemos atualmente.

“Se eles realmente acreditam que a atividade do homem não causa mudança climática, então o título deveria ser: ‘Não há mudança climática causada pelo homem’”, escreveu um comentarista.

A verdade real sobre o clima pode ser encontrada em ClimateScienceNews.com .

As fontes para este artigo incluem: LegalInsurrection.comNaturalNews.com


O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é fim-dominio-eua-otan-nabucodonosor-fim-roma.jpg

{Nota de Thoth: Em breve haverá um novo papa, será um francês, e será o ÚLTIMO  . . .  A estrondosa queda da “Estátua de Nabucodonosor“, com o fim do Hospício e os psicopatas da civilização ocidental e a própria destruição da região da cidade de Roma [incluso a cloaca do Vaticano] estão bem próximos de acontecer. O Hospício Ocidental, o circo do G-7 [do qual dois marionetes já caíram, Mario Draghi e Boris Johnson], os ditos “Países de Primeiro Mundo” vão fazer face ao seu carma “liberal“}


“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal   AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)” para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1

Artigos Relacionados:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

Uma resposta

  1. A emergência climática arquitetada, construída e manipulada pelas milhares de toneladas de produtos químicos despejados nos céus no mundo todo. Esses aviões de rastros químicos tem passe internacional livre, e nenhum governo interfere ou pode informar o que estão fazendo nem o que estão soltando no ar. Há uns 15 anos que a formação de nuvens não é mais como antes. Nuvens em formato de algodão, umas mais altas e outras mais baixas em velocidades diferentes por causa da variação de altitude não existem mais. Agora o formato das nuvens está totalmente diferente, não são mais formadas como antes. Isso gera alteração no clima, na temperatura, nas chuvas, etc… Tudo arquitetado pelo maligno que governa a Terra. Estão destruindo tudo, queimando as florestas e incendiando o pouco que ainda resta. Os demônios e suas agendas satânicas maquiavélicas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *