browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Militares dos EUA lançam alerta contra o Comunismo Interno, em carta aberta

Posted by on 13/05/2021

120 Generais aposentados e oficiais militares assinam carta de alerta de conflito entre marxismo e “liberdade constitucional” nos EUA: “Estamos numa luta pela nossa sobrevivência como República Constitucional como em nenhum outro momento desde a nossa fundação em 1776. O conflito é entre os partidários do Socialismo e do Marxismo vs. os partidários da liberdade e direitos  constitucionais” , afirmou a carta, que foi assinada por 124 ex-generais e almirantes, lançada pela “Flag Officers 4 America” .

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

120 Generais aposentados e oficiais militares assinam carta de alerta de conflito entre marxismo e “liberdade constitucional” nos EUA

Por Jack Phillips – Fonte: Epoch Times

Mais de 120 Generais, Almirantes e oficiais militares aposentados assinaram uma carta aberta alertando que os Estados Unidos estão envolvidos em uma luta existencial e conclamando “todos os cidadãos” norte americanos a se envolverem na política local e estadual.

“Estamos numa luta pela nossa sobrevivência como República Constitucional como em nenhum outro momento desde a nossa fundação em 1776. O conflito é entre os partidários do Socialismo e do Marxismo vs. os partidários da liberdade e liberdade constitucional , afirmou a carta ( pdf ), que foi assinada por 124 ex-generais e almirantes, lançada pela “Flag Officers 4 America” .

A carta também postulou que a oposição aos projetos de lei e leis propostas que fortaleceriam as legislações e iniciativas eleitorais tem implicações problemáticas.

“A integridade eleitoral exige que haja um voto legal lançado e contado por cidadão. Os votos legais são identificados pelos controles aprovados do Legislativo estadual usando identidades governamentais, assinaturas verificadas, etc. Hoje, muitos estão chamando esses controles de senso comum de ‘racistas’ em uma tentativa de evitar eleições justas e honestas”, acrescentou a carta.

De acordo com a Diretoria da “Flag Officers 4 America” do website , trata-se de um grupo de ex-líderes militares que “se comprometeram a apoiar e defender a Constituição dos Estados Unidos contra todos os inimigos”, quer sejam “internos” e “externos”.

Digno de nota, os signatários da carta incluem o General do Exército aposentado. General Brigadeiro. Donald Bolduc – candidato ao Senado em New Hampshire, o Tenente-General aposentado do Exército William Boykin e o Vice-Almirante aposentado John Poindexter – que foi o assessor de segurança nacional do presidente Ronald Reagan.

“A China é a maior ameaça externa para a América. O estabelecimento de relações de cooperação com o Partido Comunista Chinês [PCC] os encoraja a continuar o progresso em direção à dominação mundial, militar, econômica, política e tecnologicamente. Devemos impor mais sanções e restrições para impedir seu objetivo de dominação mundial e proteger os interesses da América”, disse a carta.

Outras ameaças que eles listaram incluem a reentrada dos Estados Unidos no acordo nuclear com o Irã, a imigração ilegal e a paralisação do projeto do Oleoduto Keystone. O presidente marionete senil Joe Biden emitiu uma ordem executiva interrompendo o projeto do gasoduto no início de sua presidência.

Enquanto isso, em meio à pandemia de COVID-19, os líderes militares aposentados disseram que as ordens de bloqueio que afetam escolas e empresas equivalem a “ações de controle populacional”.

“Devemos apoiar e responsabilizar os políticos que agirão para se opor ao socialismo, marxismo e progressismo, apoiar nossa República Constitucional e insistir em governar fiscalmente responsável, ao mesmo tempo que nos concentramos em todos os norte americanos, especialmente a classe média, e não em grupos de interesses especiais ou extremistas que são usados para nos dividir em facções beligerantes”, acrescentou a carta.

A carta concluí instando “todos os cidadãos a se envolverem agora em nível local, estadual e / ou nacional para eleger representantes políticos que agirão para Salvar a América, nossa República Constitucional, e responsabilizar aqueles que estão atualmente no cargo”.

Alguns ex-militares questionaram por que a carta foi emitida.

O almirante aposentado Mike Mullen, o ex-chefe do Estado-Maior Conjunto, disse que a carta “fere os militares e, por extensão, fere o país” e disse que contém “pontos de discussão” do Partido Republicano, de acordo com o site Politico.

Enquanto isso, também na França, dezenas de generais aposentados foram sancionados após enviarem recentemente uma carta aberta alertando sobre uma possível guerra civil pela “proteção de nossos valores civilizacionais”. Eles culparam a liderança da França por não lidar com o que eles descreveram como imigração irrestrita para o país.


Nosso trabalho no Blog é anônimo e não visa lucro, no entanto temos despesas fixas para mantê-lo funcionando e assim continuar a disseminar informação alternativa de fontes confiáveis. Desde modo solicitamos a colaboração mais efetiva de nossos leitores que possam contribuir com doação de qualquer valor ao mesmo tempo que agradecemos a todos que já contribuíram, pois sua ajuda manteve o blog ativo. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal AGENCIA: 1803 – CONTA: 00001756-6 – TIPO: 013 [poupança] e pelo PIX 211.365.990-53 (Caixa).


“E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim.  Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá FOMES, PESTES e TERREMOTOS, em vários lugares. Mas todas estas coisas são [APENAS] o princípio de dores.  Apocalipse 13:16

Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome. Nesse tempo muitos serão escandalizados, e trair-se-ão uns aos outros, e uns aos outros se odiarãoE surgirão muitos FALSOS PROFETAS, e enganarão a muitos. E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará. Mas aquele que perseverar até ao fim, esse será salvo”.  Mateus 24:6-13


Mais informação adicional:

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

thoth(172x226)www.thoth3126.com.br

 

 

2 Responses to Militares dos EUA lançam alerta contra o Comunismo Interno, em carta aberta

  1. Silvio J. B. Maia

    Por aqui e por ali os dominadores e acumpliciados estão sempre tentando disfarçar e descaracterizar a verdadeira realidade sempre ocorrida e ocorrente: a ganância sempre explorando a necessidade por ela sempre desassistida, sempre transformando os ricos em mais ricos e os pobres em mais pobres.
    Isso só poderá começar a mudar, ou dar uma guinada decisiva, quando a ignorância for conscientizada com empenho pela banda conscientizada.
    Até lá, é blablablá em cima de blablablá deslumbrando e iludindo idólatras de corruptos ladrões.

  2. Alberto Jones

    È muito bom obter informações oriundas de fontes de tendências ideológicas diversas: assim, torna-se mais fácil compreender as intensões, interesses e objetivos das diversas tendências em Política Internacional.
    Gosto deste artigos. Ajudam a formar e desenvolver a minha compreensão acerca desta e de outras questões importantes. – Alberto Jones / Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.