browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Os Principais Meios de Comunicação tiveram Jantares e Viagens ‘Patrocinados’ pela China comunista

Posted by on 01/01/2021

Vários “profissionais” dos veículos de mídia [PRE$$TITUTE$] corporativas, incluindo a CNN, The New York Times, The Washington Post e MSNBC participaram de jantares privados e viagens patrocinadas com a think thank China-United States Exchange Foundation, um grupo financiado pelo Partido Comunista Chinês que busca angariar “cobertura favorável” da MSM pre$$titute e “disseminar mensagens positivas” sobre a China, que agora o The National Pulse pode revelar.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Todos o$ Principai$ “Meio$ [PRE$$TITUTE$] de Comunicação” Ocidentai$ tiveram ‘Jantare$ Privado$’, ‘Viagen$ Patrocinada$’ pela Frente de Propaganda Comunista Chinesa

Fonte:  The National Pulse  –  Por Natalie Winters

Outros veículos MSM Pre$$titute$ envolvidos na operação de propaganda chinesa incluem a revista Forbes, o Financial Times, Newsweek, Bloomberg, Reuters, ABC News, LA Times,  The Economist , Wall Street Journal , AFP, revista TIME , The Hill, BBC e The Atlantic [a maioria também costuma receber “doações da Fundação Bill & Melinda Gates …].

A relação incestuosa é revelada nos documentos da Lei de Registro de Agente Estrangeiro (FARA) do Departamento de Justiça, que revelam uma relação de mais de uma década entre os meios de comunicação MSM Pre$$titute$ estabelecidos e a Fundação de Intercâmbio China-Estados Unidos (CUSEF).

‘Neutralize a oposição.’

A CUSEF é uma iniciativa financiada pelo Partido Comunista Chinês , fundada por Tung Chee Hwa. O grupo também visa as universidades americanas com ofertas para financiar pesquisas sobre políticas, diálogos de alto nível e programas de intercâmbio.

Tung também atua como vice-presidente da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês (CCPPC), identificada pela Comissão de Revisão Econômica e Segurança EUA-China como um componente-chave da Frente de Trabalho Unida do Partido Comunista Chinês.

O esforço, de acordo com o relatório do governo dos Estados Unidos , visa “cooptar [comprar] e neutralizar fontes de oposição potencial às políticas e à autoridade de seu governante Partido Comunista Chinês”.

“A estratégia da Frente Unida usa uma variedade de métodos para influenciar as comunidades chinesas no exterior, políticos de governos estrangeiros e outros atores a tomar ações ou adotar posições de apoio às políticas preferidas de Pequim”, continua.

Essa estratégia parece ter sido implantada em conjunto com veículos como as Pre$$titute$   CNNNew York Times e Washington Post .

Visando jornalistas, repórteres, estudantes de jornalismo.

Um processo FARA de 2011 destacado pela Axios detalhou o acordo da CUSEF com a firma americana de lobby BLJEle descreve como o CUSEF se propôs a “disseminar efetivamente mensagens positivas para a mídia, os principais influenciadores e formadores de opinião e o público em geral” a respeito da China.

Para isso, o CUSEF visou jornalistas Pre$$titute$ em atividade e estudantes de jornalismo:

A fim de desenvolver uma cobertura favorável na mídia nacional importante, a BLJ continuará a organizar e fornecer “viagens de familiarização” à China. Isso inclui o recrutamento de jornalistas importantes para viajar à China, selecionados por sua eficácia e “oportunidades” de cobertura favorável aos interesses da China.

Só em 2009, o CUSEF gerou 28 colocações na mídia Pre$$titute$ como resultado de suas quatro visitas jornalísticas e a BLJ garantiu “a publicação de 26 artigos de opinião e citações em 103 artigos separados” em nome do CUSEF.

Os meios de comunicação MSM e seus jornalistas Pre$$titute$ incluíam Newsweek, National Journal, Nation, Congressional Quarterly, US News, World Report, The Chicago Tribune e Washington Note.

RESULTADOS DE DIVULGAÇÃO DE JORNALISTAS EM 2009.

“O BLJ contribuiu diretamente ou influenciou” uma média de três artigos da MSM Pre$$titute$  “por semana”.

Culpado.

Enquanto as universidades, incluindo  a Universidade do Texas em Austin, ter  despojado de CUSEF à luz dos seus laços do Partido Comunista chinês, não é o mesmo pode ser dito para dezenas de meios de comunicação MSM Pre$$titute$ ocidentais.

Os arquivos da FARA da firma americana de lobby da CUSEF BLJ revelam que a organização de mídia americana participa de “jantares privados na casa do CEO da BLJ em nome da CUSEF”, viagens à China e reuniões com funcionários da CUSEF.

Um documento datado de 1º de janeiro de 2012 mostra veículos como  The New York Times, The Wall Street Journal, Reuters, CNN e outros participantes de “jantares privados” na casa do CEO da firma americana de lobby do CUSEF.

JANTARES PRIVADOS da CUSEF com jornalistas Pre$$titute$.

O mesmo documento revela que veículos como a National Public Radio (NPR),  The Atlantic,  MSNBC e Reuters tiveram jornalistas que visitaram a China para se encontrarem com funcionários do CUSEF.

Desde então, os registros continuam a revelar uma série de estabelecimentos da MSM ocidentais que participam de jantares privados e visitam a China. A maioria das empresas está incluída mais de uma vez .

Em 2013 , The Washington Post se  juntou a uma delegação de jornalismo com destino à China, em 2014 a Harvard Business Review também se juntou a uma delegação e, em 2015, o Los Angeles Times  e o The Huffington Post também visitaram o país comunista.

Um processo de 2014 revela que a firma de lobby BLJ “organizou jantares privados em Nova York e Washington DC em nome da CUSEF” com mais de 20 jornalistas Pre$$titute$ participantes, incluindo The New York Times, The Washington Post,  Reuters, Associated Press, BBC e outras Pre$$titute$:

Pre$$titute$ PARTICIPANTES DO JANTAR CUSEF 2014.

As imagens das brochuras da CUSEF revelam as entidades visitadas pelos jornalistas.

Entre 2011 e 2013, imagens revelam jornalistas visitando a Huawei – empresa de telecomunicações rotulada de “ameaça à segurança nacional” e colaboradora militar do governo dos EUA – junto com bases militares chinesas:

FOLHETO CUSEF 2011 e a visita dos Pre$$titute$ . 
FOLHETO DA CUSEF DE 2012 e a visita dos Pre$$titute$ .

Os Resultados da prostituição.

Após as contínuas campanhas de pressão, a CUSEF escapou às críticas significativas da imprensa corporativa MSM Pre$$titute$ . Houve apenas algumas menções em artigos mais amplos sobre as operações de influência do Partido Comunista Chinês nos campi universitários norte americanos.

Tal comportamento nos meios de comunicação MSM Pre$$titute$ implica um grave conflito de interesses, ou pior: que os “tradicionai$ meios de comunicação”, a MSM Pre$$titute$  osten$ivamente foram comprado$ [como mera$ pro$tituta$ à $erviço do PCC da China].

Mesmo quando o CUSEF é criticada, como no artigo do The Washington Post  “Alcance da China nos campi dos EUA”, o diretor executivo do CUSEF, Alan Wong, recebeu uma refutação: algo que mesmo americanos de direita política não conseguem obter de veículos como o Post .

A Vox, outra agência que participa das viagens jornalísticas do CUSEF, prefaciou um artigo sobre o presidente Trump e a Coreia do Norte observando que o autor Yochi Dreazen “escreveu seu material durante uma viagem à China patrocinada pela China-United States Exchange Foundation (CUSEF)”:

O autor deste artigo o escreveu durante uma viagem à China patrocinada pela  China-United States Exchange Foundation (CUSEF) , uma organização privada sem fins lucrativos com sede em Hong Kong que se dedica a “facilitar o intercâmbio aberto e construtivo entre os legisladores, líderes empresariais, acadêmicos, grupos de reflexão, personalidades culturais e educadores dos Estados Unidos e da China ”. Os relatórios da Vox.com, como sempre, são independentes. 

O artigo, que apresentava citações de funcionários do Partido Comunista Chinês, parecia regurgitar a linha do partido, observando “Pequim ganhou muito”.

Como observou a revista Foreign Policy, para seu crédito, a CUSEF dificilmente é uma organização sem fins lucrativos com financiamento privado, mas sim “um agente estrangeiro registrado e financiado por um alto funcionário do governo comunista ateu chinês com laços estreitos com um vasto aparato do Partido Comunista que lida com operações de influência no exterior”.


Questione tudo, nunca aceite nada como verdade sem a sua própria análise, chegue às suas próprias conclusões


“Parece duvidoso se, de fato, a política de “Botas no rosto” pode continuar indefinidamente.  Minha própria convicção é que a oligarquia governante encontrará maneiras menos árduas e perdulárias de governar e de satisfazer sua ânsia de poder, e essas formas serão semelhantes às que descrevi em Admirável Mundo Novo [uma verdadeira profecia publicada em 1932]Na próxima geração, acredito que os governantes do mundo descobrirão que o condicionamento INFANTIL e a narco-hipnose são mais eficientes, como instrumentos de governo, do que e prisões e campos de concentração, e que o desejo de poder pode ser completamente satisfeito sugerindo às pessoas que amem sua servidão ao invés de açoita-los e chutando-os até à obediência. ”  Carta de Aldous Huxley  EM 1949 para George Orwell autor do livro “1984” 


Mais informação adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

One Response to Os Principais Meios de Comunicação tiveram Jantares e Viagens ‘Patrocinados’ pela China comunista

  1. Keanu Reeves

    Eita! Feliz 2021 THOTH e leitores do blog {Apesar que vai ser pior que 2020, rs}. Sucesso, paz e felicidades, que continuem com esses excelentes posts.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.