browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Pandemia, ‘Great Reset’ e Eleições nos EUA – Conectando os Pontos (1)

Posted by on 13/12/2020

O ano de 2020 foi um dos anos mais loucos, estranhos e bizarros da história humana recente, com o frenesi de vírus, bloqueios, quarentenas, uso forçado de “focinheiras”, fraude eleitoral, vacinas “warp speed” e murmúrios de necessidade de uma “Grande Reinicialização”Todos esses tópicos e eventos estão relacionados?  Eles fazem parte de um plano maior?  E o que exatamente é a desejada “Grande Reinicialização”?  Ótimas perguntas!  Vamos tentar “ligar os pontos” neste artigo, então coloque o cinto de segurança e prepare-se para aprender.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Pandemia COVID-19, a “Grande Reinicialização” e as Eleições nos EUA – Conectando os Pontos (PARTE 1) 

Fonte:  https://thetruthaboutcancer.com/great-reset/

Em junho, em uma reunião virtual organizada pelo Fórum Econômico Mundial (WEF), muitos dos “globalistas” se encontraram e propuseram “reiniciar” a economia global. Vimos o mesmo grupo de agentes do governo, líderes empresariais poderosos e ativistas usando a mudança climática para justificar suas mudanças de política por décadas, mas a “Grande Restauração” é o plano mais radical e implacável que vimos surgir em nossa vida. 

Em poucas palavras, o “Great Reset” se refere a uma agenda globalista orwelliana para redistribuir riqueza, monitorar controlar o mundo inteiro por meio de vigilância digital e exigir que todos tenham uma identificação eletrônica vinculada a contas bancárias e seus registros de saúde. Trata-se de redistribuir riqueza, eliminar a livre empresa e o capitalismo e trocá-los por “desenvolvimento sustentável” e “capitalismo das partes interessadas”,  descrito pela revista Forbes como “a noção de que uma empresa se concentra em atender às necessidades de todas as suas partes interessadas: clientes, funcionários, parceiros, a comunidade e a sociedade como um todo.

Na reunião do WEF em junho, Klaus Schwab , fundador e presidente executivo do Fórum Econômico Mundial, declarou:

Todos os países, dos Estados Unidos à China, devem participar, e todos os setores, desde petróleo e gás até tecnologia, devem ser transformados . Em suma, precisamos de uma ‘Grande Restauração’ do capitalismo … Todos os aspectos de nossas sociedades e economias … devem ser renovados … da educação aos contratos sociais e condições de trabalho”. 

Nas palavras do Príncipe Charles : “Temos uma oportunidade de ouro de aproveitar algo de bom desta crise – suas ondas de choque sem precedentes podem tornar as pessoas mais receptivas a grandes visões de mudança … É uma oportunidade que nunca tivemos antes e talvez nunca mais tenhamos”.

De acordo com o primeiro-ministro canadense [um marionete dos controladores do establishment], Justin Trudeau, no vídeo abaixo: “ Reconstruir melhor significa dar apoio aos mais vulneráveis ​​e, ao mesmo tempo, manter nosso ímpeto para alcançar a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável e os Sustainable Development Goals (SDGs). O Canadá está aqui para ouvir e ajudar. Esta pandemia ofereceu uma oportunidade para um reinício . 

Reconstruindo melhor”. Agora, onde ouvimos dizer isso antes? Oh, isso mesmo, esse era o slogan de Joe Biden para suas políticas econômicas durante a campanha presidencial de 2020. Não é a primeira vez que Biden plagia, mas, neste caso, a repetição de “ reconstruir melhor ” é bastante reveladora. Na verdade, o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, também usa o mesmo slogan.  

O plano de “ reconstruir melhor ” vem direto do manual do “Great Reset”, é óbvio. E uma parte intrincada desse plano é a transição do sistema financeiro para uma moeda totalmente digital, que por sua vez faz parte do sistema de controle social , já que pode ser facilmente usado para incentivar comportamentos desejados e desencorajar comportamentos indesejados das massas.

Foi bem divulgado em toda a “plandemia” [pandemia planejada-criada intencionalmente] que devemos limitar o uso de papel-moeda e a circulação de moedas, pois elas podem “espalhar o vírus”. A história do papel-moeda mostra que, em momentos de crise, o Departamento do Tesouro pode “ajustar” o sistema monetário para equilibrar as necessidades econômicas e de saúde do país. 

No ano do “distanciamento social”, e se eles decidirem que precisamos nos “distanciar socialmente” do papel-moeda? O que isso pode parecer? Durante o debate sobre a Lei Cares, uma  proposta do senador Sherrod Brown pedia a criação de “dólares digitais” para cidadãos e residentes norte americanos. Em maio, uma manchete do Washington Post dizia “O COVID-19 acabará com o uso de papel-moeda? ”E um artigo de 13 de agosto no site do Federal Reserve discute os supostos benefícios de uma moeda digital do banco central (CBDC). 

Mas e se os globalistas [psicopatas em sua maioria] fossem capazes de transformar o comportamento individual e criassem um dispositivo para capturar a energia gerada pelo corpo humano para criar criptomoedas? E se o “comportamento desejado” resultasse em um “depósito digital” em sua conta bancária de criptomoedas?  

Surpresa surpresa!   A Microsoft desenvolveu este dispositivo e já tem uma patente nos Estados Unidos e uma patente internacional [uma dica o número da patente é 2020-060606] para um método de transformar a energia do comportamento humano em criptomoeda , o que é feito por meio de um dispositivo não especificado acoplado a um servidor que registra a atividade do corpo e “minera” a criptomoeda.

Hmmmmmm …… .. vamos olhar mais de perto este “conceito bizarro” na Parte 2 em breve.

A conexão com [a fraude] as eleições nos EUA

Existe uma forte conexão entre a erupção e disseminação da pandemia, a “Grande Restauração” e a Eleição Presidencial dos EUA ? Pode apostar que sim! Desde que o presidente Trump foi eleito e assumiu o cargo em janeiro de 2017, seu governo desfez acordos, retirou ou denegriu várias agências da ONU e instituições afiliadas, incluindo a OMS, a Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados Palestinos, a OMC, a UNESCO, o Conselho de Direitos Humanos da ONU e Tribunal Penal Internacional, entre outros.

Os globalistas o odeiam ! 

No início deste ano, em janeiro, o presidente Trump falou no Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça. Em um discurso poucos minutos antes da ativista adolescente [a marionete] Greta Thunberg falar em uma sessão chamada “Evitando um Apocalipse Climático”, o Presidente Trump alertou que havia forças em ação que visavam “ destruir a economia e destruir nosso país ou erradicar nossa liberdade”. Ele continuou:

Eles querem nos ver mal, mas não deixaremos isso acontecer. Eles previram uma crise de superpopulação nos anos 1960, fome em massa nos anos 70 e o fim do petróleo nos anos 1990.  Esses alarmistas sempre exigem a mesma coisa: poder absoluto para dominar, transformar e controlar todos os aspectos de nossas vidas. Nunca permitiremos que socialistas radicais destruam nossa economia, destruam nosso país ou erradiquem nossa liberdade”.

No vídeo acima, o presidente Trump diz algo que enfureceu os globalistas: “Líderes sábios sempre colocam o bem de seu próprio povo e de seu país em primeiro lugar. O futuro não pertence aos globalistas, o futuro pertence aos patriotas.

Você poderia ter ouvido um alfinete cair neste momento! 

Dois dias após o discurso de Trump em Davos, o magnata multibilionário [judeu khazar] e globalista George Soros fez uma “declaração de emergência” de que “a eleição de 2020 nos EUA determinará o destino de todo o mundo ocidental” [e ele estava certo]. Ele disse que considerava a administração Trump um “perigo” para o mundo, mas tinha certeza de que Trump “desapareceria em 2020“.

Lembre-se de que George Soros é um grande financiador do Black Lives Matter (BLM), da Antifa, do Partido Democrata e de várias revoluções coloridas ao redor do planeta. Antes de descartar isso como “teoria da conspiração”, aqui estão os fatos. O BLM começou em 2013 quando três amigos ativistas criaram a hashtag #BlackLivesMatter para protestar contra as acusações de atirar em um adolescente negro desarmado, Trayvon Martin. Então Alicia Garza, Patrisse Cullors e Opal Tometi eram todos conectados e financiados por grupos de frente ligados à Freedom Road Socialist Organization (FRSO), uma das quatro maiores organizações de esquerda radical nos EUA formada por algo chamado Novo Movimento Comunista que se dissolveu na década de 1980.

FRSO é um guarda-chuva para dezenas de grupos amorfos, incluindo BLM. O que é interessante sobre as raízes que se autodenominam marxista-leninistas da FRSO é o financiamento recebido de um grupo de fundações isentas de impostos bem dotadas, incluindo dezenas de milhões de dólares de ambas as principais fundações isentas de impostos de George Soros – Open Society Foundations e a Foundation to Promote Open Society. E a FRSO agora clama abertamente por uma revolução contra o capitalismo. Parece que eles também estão recebendo ordens do manual “Great Reset”, não é mesmo?

É disso que se trata a farsa do Rússiagate. É disso que se trata a fraude do impeachment de Trump.  Por quatro anos, os democratas esquerdopatas e globalistas tentaram impedir o presidente Trump de governar porque, com a economia dos EUA crescendo como estava até o início de 2020, a Grande Restauração não encontraria eco nos ouvidos da população! E então a pandemia pelo COVID-19 simples e furtivamente “apareceu” …

Pandemia COVID -19, UMA COBERTURA perfeita para implantar uma agenda de mais controle

Da perspectiva de Klaus Schwab, existem inúmeras razões pelas quais uma Grande Reinicialização deve ser realizada, mas a pandemia pelo COVID-19 é a mais urgente de todas, porque “acelerou nossa transição para a era da Quarta Revolução Industrial”. Se você ainda não ouviu o termo “Quarta Revolução Industrial”, este foi um conceito com o qual o Fórum Econômico Mundial liderou em sua reunião de 2016 em Davos. Passe alguns minutos lendo um excelente artigo escrito por Steven Guinness intitulado “Quarta Revolução Industrial: Avanço da Missão em direção a uma Nova Ordem Mundial”. 

Em seu livro, “A Quarta Revolução Industrial”, Schwab anunciou a Grande Iniciativa de Redefinição do Fórum Econômico Mundial em junho de 2020, que inclui retirar o direito à propriedade de todos os ativos de propriedade privada de todas as pessoas. Não se engane, a pandemia COVID-19 é apenas uma pequena parte de um plano coordenado de longo prazo com a intenção de inaugurar a “Grande [Nova Ordem Mundial] Restauração”. Nas palavras de James Corbett em seu Relatório Corbett : 

É parte de uma agenda de longo prazo e quando você a reduz, isso é apenas uma nova camada de batom em uma porca muito velha … Então, está funcionando como uma ferramenta de marketing para as ideias muito antigas de centralização de controle, globalização, a transformação da sociedade por meio de tecnologias de vigilância.  Você pode conhecer pelo termo de “conspiração” maluca “Nova Ordem Mundial”, mas aqui está “A Grande Restauração”. 

“The Great Reset” pretende redistribuir riqueza em uma escala global e invocar a implantação de um governo socialista em todo o mundo [provavelmente usando o modelo atual existente na China]. Como sempre, essa redistribuição de riqueza irá claramente concentrar MAIS riqueza e poder nas mãos de uma pequena elite de burocratas, dizimando a liberdade individual, a livre iniciativa, o capitalismo e a classe média.

Caso em questão.  Entre 18 de março e 10 de abril de 2020, mais de 22 milhões de americanos perderam seus empregos com a taxa de desemprego subindo para 15% no pais, enquanto a riqueza dos bilionários americanos aumentou em US$ 282 bilhões no mesmo período – uma justaposição inadequada. No momento da redação deste artigo, os bilionários da América viram sua riqueza coletiva aumentar em US$ 931 bilhões desde março, de acordo com uma análise feita pelos Americanos para a Justiça Fiscal e o Instituto de Estudos de Política.  

A diferença é gritante entre lucros obscenos para bilionários e a miséria econômica  generalizada em nosso país e no planeta, atribuível aos bloqueios e desligamentos do golpe da pandemia pelo coronavírus. Milhões de americanos perderam sua saúde, sua riqueza, seu meio de ganhar a vida, e muitos suicidaram-se à medida que a depressão e o suicídio dispararam. 

E ninguém foi mais dizimado pelos bloqueios e fechamentos de cidades inteiras pelo coronavírus do que a classe média norte americana . Mas isso não é uma mera coincidência. É por design intencional. Veja, a “pandemia” forneceu a cobertura perfeita para implementar mais bloqueios, eviscerar a liberdade e exercer controle. E nunca se esqueça de onde vem a palavra “bloqueio” …

O objetivo de um bloqueio não é salvá-lo do COVID-19. É um grande passo para a reclassificação das pessoas como prisioneiros sob lei marcial e a destruição completa de nossas liberdades, direito de locomoção e direito à livre expressão.

De acordo com Isabel Van Brugen, com o Epoch Times , quase 50.000 cientistas e médicos de todo o mundo assinaram uma petição contra os bloqueios, lockdowns, distanciamento social e imposição do uso de “focinheiras” pelo COVID-19, dizendo que eles estão causando “danos irreparáveis” e citando “graves preocupações” sobre os danos físicos e impactos na saúde mental da população, especialmente para o desenvolvimento psíquico sadio de nossas crianças e jovens, por causa das políticas COVID-19 em vigor. A petição é intitulada Declaração do Grande Barrington , em homenagem à cidade de Massachusetts onde foi assinada pela primeira vez.

Não se engane Não se trata de nenhum tipo de doença ou vírus, e sequer de uma “pandemia” [afinal a taxa de mortalidade gira em torno de 0,30%] e não deixe ninguém te convencer do contrário. Este é MAIS um pretexto para implantar a Grande Restauração.

Na verdade, Klaus Schwab escreveu um novo livro chamado COVID-19: The Great Reset e, no livro, o propósito desta pandemia fake – destruir “negócios e empregos como de costume” – está claramente delineado. 

Great Reset

Os globalistas estão usando essa pandemia fake para contornar a responsabilidade democrática, anular a oposição às suas ideias e agendas ocultas, acelerar a implantação de sua agenda e impô-la ao público global contra nossa vontade. Não devemos deixá-los ter sucesso!

Por que nós chamamos esse “circo covid” de “ Plandémico”? 

Porque este COVID-19 é apenas uma peça do quebra-cabeça que representa o plano que existe há décadas. É uma fraude, uma bandeira falsa, uma farsa que está sendo usada para atiçar o medo, gerar o pânico da imensa maioria de desavisados e a histeria ao mesmo tempo em que exerce mais e mais controle sobre a população. Se você ainda não viu “Plandemic” , produzido por nossa grande amiga Mikki Willis, você precisa tirar 26 minutos e  assistir aqui . Neste filme, a Dra. Judy Mikovits discute como ela acredita que a pandemia de coronavírus foi o resultado de uma pesquisa que ocorreu nos EUA em um laboratório da Carolina do Norte em Fort Detrick [laboratório de risco e armas biológicas do exército dos EUA], bem como no infame Wuhan Institute of Virology na China.

Plandemic II ( assista aqui ) rastreia uma trilha de dinheiro de três décadas que leva diretamente aos principais atores por trás da pandemia COVID-19 e conecta os pontos entre todas as formas de mídia [a habitual pre$$titute e as mídias sociais das Big Tech são parte do esquema], a indústria médica, [os marionetes] políticos e a banca financeira internacional para desmascarar o principal conflito de interesses com os tomadores de decisão que atualmente administram esta “farsa” de crise pandêmica.

O principal patologista do Canadá, Dr. Roger Hodkinson, disse a funcionários do governo canadense em Alberta durante uma conferência telefônica que a pandemia de coronavírus é “a maior farsa já perpetrada contra um público desavisado”

O cientista Dr. Hodkinson, que é o CEO de uma empresa de biotecnologia que faz testes de PCR para coronavírus, afirma: “Há uma histeria pública totalmente infundada impulsionada pela mídia e pelos políticos”. Hodkinson afirma corretamente que os resultados positivos dos testes PCR não significam uma infecção clínica, e ele acredita que todos os testes devem parar porque os números falsos que eles produzem estão ” levando à histeria pública “. Ele diz que o risco de morte para pessoas com menos de 65 anos é de “ um em trezentos mil”, é “ultrajante “fechar a sociedade por um vírus que é  “apenas mais uma gripe forte”.

Se você examinar as mortes reais nos EUA durante 2020, em comparação com os anos anteriores, você notará algo interessante. Em 2018, houve 2.839.000 mortes. Em 2019, houve 2.855.000 mortes. E até 22 de novembro de 2020, houve 2.533.214 mortes. Se extrapolarmos as mortes no final do ano, obteremos 2.818.000 mortes nos EUA, o que representa 37 mil mortes a menos do que no ano passado…! E isto durante uma “pandemia mortal e terrível” se acreditarmos na mídia MSM pre$$titute e nos políticos psicopatas. 

homem com máscara disfarçada

Se houver uma pandemia real, por que as mortes estão diminuindo? Isso não faz sentido. Este é um trabalho de psicopatas.

Na verdade, existe uma escola inteira de pesquisa em saúde pública que se concentra em identificar as maneiras mais eficazes de assustar as pessoas para que aceitem as medidas de saúde pública desejadas e impostas. De acordo com o Dr. Joseph Mercola:

Ao adicionar confusão e incerteza à mistura, você pode levar um indivíduo do medo à ansiedade extrema e ao pânico total – um estado de confusão no qual você não consegue mais pensar logicamente – e neste estado, você é mais facil e docilmente manipulado” [especialmente após perder seu negócio e / ou emprego]. 

E não há maneira mais óbvia de que as pessoas estão sendo manipuladas do que os “ mandatos de focinheira/máscara” sendo impostos ​​por todo o país. Um ano atrás, quem teria acreditado que milhões de norte americanos estariam dispostos a andar por aí com uma “focinheira” no rosto, só porque um burocrata tirânico lhes disse para usá-la?  

Há meses que dizemos que as máscaras não funcionam e até escrevemos um artigo abrangente sobre o assunto . E na semana passada, um estudo “primeiro de seu tipo” foi publicado no prestigioso Annals of Internal Medicine, no qual dois grupos iguais de 3.000 pessoas cada foram comparados. Um grupo usava máscaras. O outro grupo não. Ao final do estudo, não houve diferença significativa nas infecções por COVID-19 entre os grupos. Os autores concluíram que as máscaras não funcionam. Leia o estudo aqui .

Dobrando o fato de que as máscaras são inúteis, até mesmo o AVISO na caixa das máscaras cirúrgicas de alça de ouvido afirma claramente que essas máscaras “ NÃO PROVERÃO NENHUMA PROTEÇÃO CONTRA O VÍRUS COVID-19”.

No entanto, nossos “líderes políticos” hipócritas, egoístas, corruptos, marionetes de psicopatas e tirânicos (e usamos essa palavra vagamente) consistentemente falham em cumprir os éditos que pronunciam sobre nós, os camponeses. Por exemplo, políticos duvidosos e dissimulados como Gavin Newsom, o governador democrata da California, que recentemente compareceu a um jantar de aniversário em Napa, em um dos restaurantes mais caros do mundo, foi flagrado no local sem máscara, comendo massa com trufas ao custo de US$ 300 e “festejando como se fosse réveillon de 1999”. 

Junto com Newsom estava uma lista “quem é quem” de VIPs, incluindo um dos principais lobistas de saúde da Califórnia e o CEO da California Medical Association. Havia 12 pessoas no jantar de Newsom, nenhuma delas usando máscaras, o que era uma clara violação das próprias “regras COVID” impostas à população de “camponeses” da Califórnia pelo próprio Newsom.  

Então, se você está se perguntando por que, se você mora na Califórnia, deve obedecer ao toque de recolher às 22h, ou não pode celebrar o Dia de Ação de Graças este ano com mais de 6 pessoas, ou não pode visitar sua avó doente enquanto ela morre sozinha num hospital, é por causa deles e de gente como eles.  

gavin newsom viola ordem de distanciamento social

O governador da Califórnia Gavin Newsom (circulado na foto à esquerda e em pé na foto à direita) janta no The French Laundry em Yountville, Califórnia, em 6 de novembro (KTTV-TV) desrespeitando regras impostas por ele mesmo.

A imagem acima, dele à esquerda, nas palavras de Tucker Carlson , é :

o resumo do ano de 2020 condensado em sua essência. Aqui você tem plutocratas jantando com lobistas, ignorando as próprias ordens que estão impondo aos outros com tanta arrogância, empanturrando-se de reclusão enquanto as pessoas que eles deveriam ajudar murcham e morrem. E então, quando são pegos, eles mentem sobre isso. Isso é perfeito? Está tudo aí. Cada elemento – hipocrisia, ganância, egoísmo, estupidez. Este é o nosso momento nacional em uma única foto”.

Em julho deste ano, o site Natural News relatou como Newsom foi pego enviando meio bilhão de dólares para a China comunista como parte de um “esquema maciço de lavagem de dinheiro com máscara facial [focinheiras]”, então sabemos por que ele impôs tantos mandados de máscara, embora ele não as use [porque sabe que elas são inúteis]. pois não segue suas próprias regras. 

E vimos a senadora Feinstein e a deputada Nancy Pelosi [ambas democratas esquerdopatas] e muitos outros “elitistas” violando as regras da máscara também, mas não vamos nos preocupar com isso. Aparentemente, nossas regras não se aplicam a eles . Veja, não se trata de proteção contra algum vírus misterioso. É uma questão de controle e imposição da vontade da elite sobre nós, os camponeses. 

“ USE UMA MÁSCARA! ” somos informados. “OBEDEÇA! ” 

 

Estamos até mesmo sendo informados de que devemos usar máscaras enquanto estivermos dentro de nossas casas, por nós mesmos! À primeira vista, essa sugestão é obviamente ridícula, mas é tudo parte do plano multifacetado e tirânico que estabelece os blocos de construção para inaugurar o edifício da Grande Restauração. 

De acordo com o Dr. Joseph Mercola : 

Não há uma única área da vida que seja deixada de fora da Grande Restauração. A reforma planejada afetará tudo, desde governo, energia e finanças até alimentos, medicamentos, imóveis, policiamento e até mesmo como interagimos com nossos semelhantes em geral.

As proteções de privacidade, é claro, são um grande obstáculo neste plano, e é por isso que todos os esforços são feitos para fazer com que as pessoas abram mão dos seus pontos de vista sobre o direito à sua privacidade. Nos Estados Unidos, também temos a Constituição que impede o caminho do Great Reset, e é por isso que os esforços para minar, contornar, ignorar ou anular [os EUA] estão aumentando ”.

O conceito de fazer algo para o “bem maior” se aplica a uma ideologia chamada “coletivismo” que basicamente significa que o grupo é mais importante do que o indivíduo. Portanto, o indivíduo deve ser sacrificado, se necessário, para o bem maior de um número maior. Depois de meio século ensinando esse conceito do K ao 12 e depois nas faculdades e universidades, o coletivismo se tornou a ideologia dominante de governos, mídia, partidos políticos e muitas instituições religiosas em todo o mundo. 

Lembre-se, a Grande Restauração é uma proposta para alterar completamente toda a economia global, movendo-a mais para o coletivismo e para longe do capitalismo e a livre iniciativa. O coletivismo e o conceito de “bem maior” também estão difundidos no campo da vacinação. O medo irracional de COVID-19, junto com bloqueios, paralisações, quarentenas, uso de focinheiras e ordens de permanência em casa impostos pelo governo, paralisou e quebrou a economia do mundo. 

“Autoridades de saúde” agora estão nos dizendo que a única solução para COVID-19 é uma vacina obrigatória junto com rastreamento de contato 24/7/365 e vigilância constante. Na verdade, o conceito de compulsão do estado para o “bem público” não é tão novo e é consistente com uma filosofia coletivista. O senil marionete Joe Biden [que não deve governar seis meses sendo substituído por Kamala Harris] disse que estaria aberto a  tornar a vacina COVID-19 obrigatória,  dependendo de sua eficácia, de quanto o vírus está se espalhando e “quando ela ficar pronta e como estará sendo distribuída”. Se alguém é vacinado ou não, é uma decisão pessoal que não deve ser imposta por ninguém para ninguém! Se não tomarmos uma posição firme contra todos os mandatos da vacina e lutarmos pelo direito de fazer nossa própria escolha, não haverá fim para a tirania médica que se seguirá. 

De acordo com um artigo na Covert Geopolitics : 

Como você deve ter adivinhado, ‘a âncora mais importante de recuperação’ é para uma vacinação COVID-19 … A implicação é que sem uma vacina o mundo será incapaz de retornar a qualquer senso de normalidade, particularmente em termos de interação aberta com seus parceiros.”

Já estamos vendo outdoors surgindo em todo o mundo com a mensagem clara de que, se você não vacinar, ficará isolado do público em geral. 

isolar ou vacinar propaganda

Assista a esta entrevista do Stand for Health Freedom com Vera Sharav, que passou três anos de sua infância em campos de concentração nazistas. Você ficará surpreso com sua história de terror e quase morte. Ela diz que sobreviveu apenas porque se recusou a cooperar. Igualmente impressionante, no entanto, é a compreensão de que todas as características sombrias do nazismo, incluindo vigilância, confinamento, isolamento e a expectativa de obediência total ao estado em nome do “bem maior” agora são características de todos os políticos de todos os países do mundo.

Vera acredita que a pandemia foi engendrada por pessoas que podem ganhar [já estão ganhando] trilhões de dólares com vacinas, testes PCR, focinheiras, etc. Ela também traça paralelos entre o que aconteceu na Alemanha nazista e o que está acontecendo em nossa sociedade planetária hoje – e discute por que é mais importante do que nunca tomar uma posição. Os objetivos desses oligarcas não é nos manter saudáveis, mas pegar nossa riqueza e nos manter acorrentados e sob controle. 

Um artigo de 9 de novembro no  The Defender, uma nova plataforma de mídia da Children’s Health Defense , também aponta os problemas com o plano Great Reset do  World Economic Forum para a  indústria de alimentos :

Os arquitetos do plano afirmam que ele reduzirá a escassez de alimentos, a fome e as doenças, e até mesmo mitigará as mudanças climáticas. Mas um olhar mais atento às corporações e grupos de reflexão com os quais o WEF está fazendo parceria para inaugurar essa transformação global sugere que o motivo real é um controle  corporativo muito mais rígido sobre o sistema alimentar por meio de soluções tecnológicas”.

O WEF insiste que o futuro dos alimentos e da saúde pública depende de alimentos geneticamente modificados (OGM), proteínas cultivadas em laboratório, com uso de drogas e produtos químicos industriais. Vamos dar uma olhada mais de perto na Grande Redefinição e no futuro dos alimentos na parte 2 desta série. 

Em suma

A Grande Restauração é um pesadelo distópico e é o maior  perigo para o capitalismo e os direitos individuais, de liberdade, auto expressão desde o colapso da União Soviética. Se você quiser assistir a um vídeo “aprofundado” sobre o assunto, dê uma olhada em James Corbett e no “Guia para a Grande Reinicialização” do Relatório Corbett abaixo.

Nas palavras do Dr. Joseph Mercola , “Em última análise, a Grande Restauração resultaria em duas camadas de pessoas: A elite tecnocrática de oligarcas, que tem todo o poder e governa sobre todos os ativos, e o resto da humanidade, que não tem poder, não possui nenhum bem e direito a dizer nenhuma palavra sobre nada”.

Esta não é mais uma teoria da conspiração. O plano está “escondido à vista de todos”.  Conforme observado pela Time Magazine , “ A pandemia COVID-19 forneceu uma oportunidade única de pensar sobre o tipo de futuro que desejamos”. A mesma declaração foi feita por vários políticos e organizações em todo o mundo nos últimos meses.

As ideias de políticas oferecidas pelos defensores do Great Reset incluem programas governamentais de “renda básica universal”, saúde universal, aumentos massivos de impostos e o New Deal Green. Parece a plataforma inteira do senil Joe Biden, não é? Lembre-se de que o slogan de Biden era “reconstruir melhor” e em um evento de campanha em 9 de julho, ele disse que precisamos acabar com a “era do capitalismo das partes interessadas”. Ele estava repetindo o manual do Great Reset implementado pelo WEF conforme dito pelos seus manipuladores por trás das cortinas. 

Com a possível (fraudulenta) eleição de Joe Biden, os globalistas acreditam que é sua hora e estão lutando pela linha do gol proverbial, porque o último obstáculo, que são os EUA, sob um “governo” Biden, depois de Kamala Harris será removido. Em um painel de discussão no Fórum Econômico Mundial no início deste ano, o ex-secretário de Estado John Kerry disse que Biden está pronto para não apenas voltar a aderir ao Acordo Climático de Paris (que eliminaria literalmente mais de um milhão de empregos nos EUA), mas ser impulsionador para a “Grande Restauração” por meio da qual burocratas globais [tipo Bill Gates, George Soros et caterva] não eleitos aboliriam literalmente o dinheiro, a propriedade privada e a democracia em prol de uma “Nova Ordem Mundial”.

Terá impacto sobre todos no planeta e será a declaração de que a distopia de George Orwell estilo ‘Big Brother’ de seu livro “1984”veio para ficar.

Em um pequeno vídeo abaixo, o WEF prevê que até 2030, “Você não possuirá nada e será feliz ” e “os EUA não serão mais a principal superpotência e  economia do mundo”. O WEF diz que o público vai “alugar” tudo, retirando assim o direito de propriedade sob o pretexto de “consumo sustentável” para “salvar o planeta”. Claro, a “elite” global que implementou o Great Reset terá o controle sobre tudo, afinal esses psicopatas pensam que sabem o que é melhor para voce e os demais camponeses.

Para aqueles de nós que apoiam o mercado livre, a livre iniciativam a liberdade de expressão a Grande Reinicialização é nada menos que aterrorizante. Os Estados Unidos são a nação mais poderosa e próspera do mundo precisamente por causa dos próprios princípios de mercado que os defensores do Great Reset detestam. 

Nas palavras de Justin Haskins , Diretor Editorial do Heartland Institute: 

Os detalhes do plano ainda precisam ser definidos. Eles virão na reunião do WEF em Davos em janeiro de 2021 [transferida para Maio em Cingapura], cujo tema também será “A Grande Restauração”. Mas, como o New Deal Green, é claro que o objetivo do plano – como as citações listadas anteriormente revelam – é mover a economia mundial em direção ao socialismo, usando as mudanças climáticas e o COVID-19 como justificativas.

Não é exagero dizer que a Grande Restauração representa a ameaça mais significativa ao capitalismo e à liberdade individual em mais de meio século. Em muitos aspectos, é mais perigoso até do que a União Soviética foi, porque muitas pessoas em países como o Reino Unido, nos Estados Unidos e Europa estão apoiando a Grande Restauração de maneiras que nunca vimos durante a Guerra Fria.

Os defensores da liberdade não devem rir da Grande Reinicialização como um sonho irreal. Algumas das pessoas e instituições mais poderosas do mundo já o estão apoiando (Microsoft, FMI, Fórum Econômico Mundial, Nações Unidas, etc.), e ainda estamos nos estágios iniciais do plano. Uma vez que o ímpeto para a Grande Reinicialização se acumule, isso pode levar a verdadeiras reformas políticas, incluindo o próprio New Deal Verde.

Agora é a hora de começar a soar o alarme. Não podemos esperar”.

Justin está absolutamente correto. Não podemos esperar. Este é o nosso 1 7 7 6 . Não ficaremos parados enquanto eles destroem nosso país. Devemos fazer nossas vozes serem ouvidas agora, à luz do fato de que o nome do jogo é colocar a economia e a população dos Estados Unidos [e do ocidente] de joelhos, por isso  imploramos pelo Global Reset , clamando por ajuda dos globalistas.  

Não cometa erros. Esses globalistas medonhos odeiam a Deus, odeiam o nascituro, odeiam a família tradicional composta de homem e mulher, odeiam as pessoas por serem saudáveis,  odeiam Trump, odeiam você e nos odeiam . 

E quando eles dizem para você ficar em casa, usar sua focinheira, distância social, quarentena para você não “matar a vovó”, lembre-se de que eles não se importam com você, eles não se importam com a vovó, eles não preocupam-se com os bebês, eles querem que sejam abortados, pois são mais bocas para alimentar. Na verdade, se você quiser salvar sua avó ou seu bebê, é melhor manter os globalistas longe deles! 

Na Parte 2, veremos o impacto da Grande Restauração no suprimento de alimentos e também examinaremos o papel que a “mudança climática” desempenhará neste experimento de engenharia social distópica.

Para acessar parte 1, clique AQUI


Questione tudo, nunca aceite nada como verdade sem a sua própria análise, chegue às suas próprias conclusões.


“E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim.  Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá FOMES, PESTES e TERREMOTOS, em vários lugares. Mas todas estas coisas são [APENAS] o princípio de dores. – Mateus 24:6-8

“E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas, Para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome. Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento, calcule o número da BESTA; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis[666]“.  –  Apocalipse 13:16-18


Mais informações, leitura adicional:

Permite reproduzir desde que mantida a formatação original e a conversão como fontes.

phi-cosmoswww.thoth3126.com.br

2 Responses to Pandemia, ‘Great Reset’ e Eleições nos EUA – Conectando os Pontos (1)

  1. Keanu Reeves

    Puta que pariu, isso que é artigo THOTH, parabéns pela tradução! Fica com Deus 🙏

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.