browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

‘Preços Globais dos Alimentos’ disparam à medida que Óleos Vegetais se elevam além de todos os recordes

Posted by on 01/03/2022

O preço da soja atingiu seu nível mais alto desde 2008 , que foi a última vez que ocorreu um grande crash do mercado. Os preços recordes dos alimentos podem ser iminentes, alertam especialistas agora, depois que os futuros do óleo de soja também lideraram as paradas, junto com o óleo de palma, uma commodity usada em milhares de produtos alimentícios que atingiram um novo recorde de elevação de preço. E os dois maiores produtores e exportadores de trigo do mundo e grandes produtores de milho e óleo de girassol, a Ucrânia e Rússia estão em guerra e o preço do pão vai explodir.

‘Preços Globais dos Alimentos’ disparam à medida que Óleos Vegetais se elevam além de todos os recordes, situação se agravará com a Guerra entre dois grandes produtores de alimentos

Fonte: ZeroHedge.comNaturalNews.comThe Epoch Times

“Os preços da soja aumentaram para o nível mais alto desde 2008”, informou a Zero Hedge . “Os futuros de óleo de canola dos EUA também estão à beira de uma alta histórica, e o óleo de palma na Malásia atingiu um novo recorde de US$ 1.434 por tonelada.”

Segundo a Bloomberg , a causa disso foi a “seca”, mas isso é apenas uma parte da história. De alguma forma, esses meios de comunicação de notícias falsas nunca querem falar sobre o elefante na sala que é o Federal Reserve e seu reinado de mais de 100 anos sobre o suprimento de dinheiro americano .

Embora seja verdade que as condições climáticas não tenham sido necessariamente favoráveis ​​para grandes rendimentos em certas commodities, o verdadeiro problema agora é a inflação descontrolada causada por muitas décadas de impressão de moeda fiduciária. Isso criou uma enorme bolha de dívida que está prestes a estourar.

Os cartéis bancários globais projetaram a destruição atual e contínua da economia global e a Guerra Rússia x Ucrânia foi muito bem vinda

A plandemia do coronavírus Wuhan (COVID-19) também foi lançada como bode expiatório. Todos os problemas da cadeia de suprimentos que impedem que os itens cheguem de suas origens a seus destinos são outra cobertura conveniente para o motivo pelo qual as coisas estão desmoronando.

A perspectiva deste escritor é que as coisas já iam desmoronar e alguém precisava de uma distração. Chega o vírus da China, recém-saído dos laboratórios, para criar o caos, enviar mais alguns bilhões aos bolsos dos acionistas da Big Pharma através das “vacinas”, e agora os dominós finais estão caindo com os problemas persistentes da cadeia de suprimentos.

“Estamos fora de tudo, não me importo se é petróleo, gás, carvão, cobre, alumínio: você escolhe e estamos fora”, disse Jeff Currie, da Goldman Sachs, no início do mês, explicando que o os mercados estão “incrivelmente apertados do ponto de vista físico”.

Do ponto de vista do papel , os comerciantes continuam negociando. Mas do ponto de vista físico, bem, o imperador não tem roupas, está nu e em meio a um grande conflito Rússia e Ucrânia e está se tornando dolorosamente óbvio que será a maior crise como talvez nunca antes na história da nação.

Abdul Hameed, diretor de vendas da Manzoor Trading em Lahore, Paquistão, disse que a situação dos óleos comestíveis está agora em “território desconhecido” e que os preços podem continuar a subir cada vez mais sem fim à vista. “A situação global de oferta e demanda é uma preocupação muito, muito grande”, acrescentou.

Assustadoramente, o presidente da Tesco Plc, John Allan, anunciou que o “pior ainda está por vir” no que diz respeito à escassez de alimentos e à inflação associada a elevação generalizada dos preços. As famílias de baixa renda em todo o Ocidente serão especialmente impactadas por isso, embora, verdade seja dita,  todos serão devido à grande magnitude do que ainda está por vir.

Do que você está reclamando? Você ainda pode obter uma vacina segura e eficaz de graça”, brincou morbidamente um leitor do Zero Hedge . “As coisas nunca estiveram melhores!!!”

“O COVID acabou agora; essa é a novidade”, sugeriu outro sobre a invasão Rússia da Ucrânia e como isso está mudando a narrativa para a próxima fase de implementação da agenda de desmantelamento de tudo.

Como posso me preocupar com preços e disponibilidade de alimentos quando estou tentando descobrir se sou menino ou menina ou outra coisa ???” brincou outro sobre como o atual estoque delirante de mafiosos americanos “acordados”, pois tem um despertar muito rude reservado para eles no horizonte. “Prioridades pessoal!!!”

As últimas notícias sobre o colapso econômico global podem ser encontradas em Collapse.news .

As fontes incluem: ZeroHedge.comNaturalNews.com


Guerra Rússia x Ucrânia ameaça produção e fornecimento Global de alimentos: Trigo, Milho, Óleo de Girassol

A guerra entre Rússia-Ucrânia em ebulição está colocando em risco o suprimento global de alimentos, ameaçando criar escassez de alimentos e elevar ainda mais os preços, com o trigo, milho e óleo de girassol entre os itens que serão mais afetados.

A Rússia e a Ucrânia juntas respondem por cerca de 80% das exportações globais de óleo de girassol, 29% das exportações mundiais de trigo e 19% da oferta global de milho.

A escassez de trigo e milho seria especialmente problemática, uma vez que estes são alimentos básicos em muitos países. Os futuros de trigo dos EUA subiram 9,72 por cento desde que atingiram uma baixa em 3 de fevereiro, enquanto os futuros de milho dos EUA subiram 9,34 por cento no mesmo período.

O presidente russo, Vladimir Putin, declarou duas regiões rebeldes da Ucrânia como estados independentes e enviou tropas para “manter a paz” nessas regiões, invadindo a Ucrânia e atraindo críticas do mundo inteiro com raras exceções. O Reino Unido já tomou medidas, sancionando três indivíduos russos e cinco bancos russos.

O Oriente Médio, o norte da África e a Ásia sofreriam mais com as interrupções no fornecimento de alimentos devido à guerra Rússia-Ucrânia. Cerca de 70% das exportações de trigo da Rússia em 2021 foram para a África e o Oriente Médio. Em 2014, os preços do trigo subiram 20% nos dois meses anteriores à conquista da Península da Crimeia pela Rússia.

Quatorze nações dependem da Ucrânia para mais de 10% de seu consumo de trigo. O Líbano importa 50% de seu trigo da Ucrânia, Líbia 43%, Malásia 28%, Indonésia 28%, Líbia 22%, Bangladesh 21% e Egito 14%.

A Ucrânia estima que suas exportações de grãos atinjam 56 milhões de toneladas este ano. Grande parte da exportação passa por dois portos no Mar Negro, região que pode sofrer interrupções por causa do conflito militar. Alguns compradores já começaram a desviar os navios para outros fornecedores com a preocupação de que um surto de guerra levaria a longos atrasos no carregamento de cereais.

“Os navios estão evitando entrar no Mar Negro por causa do risco da guerra” e alguns navios já formam atingidos em meio ao conflito, disse um comerciante de Cingapura à Reuters. “Interrupções no fornecimento já estão ocorrendo.” Nikolai Gorbachev, chefe da Associação Ucraniana de Grãos, acredita que um bloqueio das exportações de milho e trigo da região do Mar Negro pode resultar em uma alta de 20% a 30% nos preços do milho e do trigo.

Outra grande cultura que pode ser afetada é a soja, que tende a competir com o milho pelas mesmas terras agrícolas. Os preços mais altos do milho e da soja também afetariam vários produtos fabricados que contêm esses itens, além do seu uso na produção de proteína animal, como frango e suínos, disse Sal Gilbertie, presidente e diretor de investimentos da Teucrium Trading, ao MarketWatch.

“A oferta de soja está diminuindo rapidamente devido ao mau tempo na América do Sul, o que significa que os preços do milho e da soja terão que competir uns com os outros (através de aumentos de preços) para ‘comprar’ mais acres nesta primavera no Hemisfério Norte”, ele disse.


“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal   AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)” para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


Mais informação adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

One Response to ‘Preços Globais dos Alimentos’ disparam à medida que Óleos Vegetais se elevam além de todos os recordes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.