Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Rússia coloca seu Míssil Nuclear de maior alcance em ‘Serviço de Combate’, apelidado de ‘Satan II’

A Rússia anunciou nessa sexta-feira que seus ICBMs Sarmat estão  em “serviço de combate”. A RIA citou o chefe da agência espacial do país, Roscosmos, Yuri Borisov, para confirmar: “o complexo estratégico Sarmat foi colocado em serviço de combate”. O sistema de mísseis balísticos intercontinentais Sarmat, com capacidade nuclear, foi anteriormente elogiado pelo presidente Putin como sendo capaz de atingir “qualquer alvo na Terra”.

Rússia coloca seu Míssil Nuclear de maior alcance em ‘Serviço de Combate’, apelidado de ‘Satan II’

Fontes: Zero Hedge – Rússia Today – Sputnik

O novo ICBM é amplamente considerado como sendo de longe o míssil de maior alcance no arsenal da Rússia (ou no mundo, aliás). Foi apelidado pela OTAN de “Satan II”. Nenhum outro pais tem qualquer arma similar a ele.

O míssil pesado de combustível líquido baseado em silos, cuja fase final de testes foi concluída no ano passado, é o substituto pretendido para os antigos mísseis R-36M2 Voevoda. Seu alcance é estimado em pelo menos 11.000 km, com carga útil de cerca de 10 toneladas.

O Sarmat, que pertence a uma classe de mísseis “superpesados”, tem uma fase de impulso inicial curta que lhe confere melhor capacidade de escapar de todos os sistemas convencionais de defesa antimísseis, visto que isso resulta em uma janela de tempo muito menor para rastreá-lo.

https://youtube.com/watch?v=Sn_TDQbcUiA%3Ffeature%3Doembed

Por design, seu super longo alcance lhe dá a capacidade de atingir alvos a milhares de milhas de distância nos EUA ou na Europa. De acordo com as suas especificações, é de longe o míssil mais pesado que a Rússia possui – com mais de 200 toneladas – e mais pesado que todos os seus concorrentes  estrangeiros: 

Isso permite transportar cerca de 15 ogivas atômicas, até 750kt cada uma. (A bomba atômica lançada pelos EUA sobre Hiroshima foi de 15kt.) Isto seria suficiente para destruir um país do tamanho da França com um ÚNICO MÍSSIL. O Sarmat também pode transportar mísseis hipersônicos, tornando ineficazes a maioria dos sistemas de defesa antimísseis.

A entrada em serviço do sistema de mísseis estratégicos Sarmat aumentará o poder da tríade nuclear russa, disse o analista militar Igor Korotchenko à Sputnik.

“O Sarmat é capaz de atacar através do Polo Norte e do Polo Sul. Este míssil transporta de dez a 15 ogivas guiadas individualmente e um sistema de defesa antimíssil avançado, de acordo com várias estimativas. Sem dúvida, o Sarmat aumentará as capacidades e a estabilidade do grupo de forças nucleares estratégicas russas para dissuadir agressores potenciais”, afirmou Korotchenko.

Na situação militar e política atual, seria conveniente reavivar o projeto do “comboio de mísseis via trem” – complexo de mísseis ferroviários Barguzin, de acordo com ele.

“Barguzin, devido à incerteza de sua posição na área posicional de Moscou a Vladivostok e à inacessibilidade dos meios de reconhecimento por satélite do potencial inimigo para revelar sua localização, dará uma contribuição significativa para o potencial de ataque de retaliação, tornando-se um fator importante para garantir a invulnerabilidade estratégica das forças nucleares russas“, sublinhou Korotchenko.

Míssil Sarmat  - Sputnik Brasil, 1920, 22.06.2023
Complexo de mísseis ferroviários Barguzin: Trata-se principalmente de complexos de mísseis de combate ferroviários (BZHRK), criados na União Soviética pelos irmãos Utkin – o projetista geral do Yuzhnoye Design Bureau, acadêmico do RAS Vladimir Fedorovich Utkin (Dnepropetrovsk, Ucrânia) e o projetista geral do departamento de engenharia especial (São Petersburgo). Petersburgo, Rússia) Acadêmico do RAS Alexei Fedorovich Utkin no meio do 80-s do século passado. Sob a liderança do irmão mais velho, um míssil balístico intercontinental RT-23 e sua versão ferroviária RT-XNUMHUTTH (23IX15, “Bisturi” segundo a classificação da OTAN) foram criados e sob a direção do irmão mais novo, o “espaçoporto sobre rodas” capaz de transportar três “Bisturi” e lançá-los de qualquer lugar na União Soviética, com a qual existe uma conexão ferroviária.

O presidente russo, Vladimir Putin, elogiou o alcance do Sarmat como oferecendo novas oportunidades para derrotar sistemas de mísseis antibalísticos. Os ICBMs de menor alcance só podem, por exemplo, chegar aos EUA a partir da Rússia, sobrevoando o Ártico, e os EUA têm interceptores terrestres situados para essa rota de voo.

Putin sublinhou repetidamente que a Rússia foi forçada a desenvolver a nova arma depois de os EUA terem renegado o seu compromisso de não construir sistemas ABM. O Sarmat está em desenvolvimento desde 2009 e está em fase de testes há vários anos, alguns dos quais podem ter falhado. O Sarmat foi apontado como capaz de atingir velocidades hipersônicas de quase 25.000 km/h .

No ano passado, após um teste bem sucedido, Putin descreveu: “O novo complexo tem as mais altas características táticas e técnicas e é capaz de superar todos os meios modernos de defesa antimísseis. Não tem análogos no mundo e não terá por um tempo muito longo para vir“.

“Esta arma verdadeiramente única fortalecerá o potencial de combate das nossas forças armadas, garantirá de forma confiável a segurança da Rússia contra ameaças externas e fornecerá o que pensar para aqueles que, no calor da retórica agressiva frenética, tentam ameaçar o nosso país”, acrescentou Putin.

Sem dúvida, o momento do anúncio dessa sexta-feira também pretende assustar os líderes ocidentais , à medida que a retórica nuclear relacionada com a guerra na Ucrânia continua a aumentar, particularmente no contexto de Moscou ter posicionado recentemente armas nucleares táticas em território bielorrusso.


Estamos executando o nosso blog com as doações de nossos leitores. Como a receita de anúncios foi  “cancelada” há bastante tempo, agora você não é apenas um leitor, mas uma parte integrante do processo que constrói este site. Obrigado pelo seu apoio, ele é muito importante. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (CEF)”.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *