Sistema de Bancos Centrais (controlados pelos Rothschilds) concordam em eliminar dinheiro Físico e implementar CBDCs

O WEF-Fórum Económico Mundial divulgou um relatório a 16 de Abril afirmando que 98% dos bancos centrais do mundo concordaram em implementar uma sociedade sem dinheiro, eliminando o dinheiro físico e mudando para moedas digitais dos bancos centrais. Apesar da cobertura quase nula das PRE$$TITUTA$ dos principais meios de comunicação social corporativos, esta mudança radical na forma como as transações são conduzidas levou décadas a ser preparada e acabará com o conceito de privacidade e anonimato.

Novo relatório do WEF afirma que 98 por cento dos bancos centrais concordaram em substituir o papel-moeda por “dinheiro digital” rastreável

Fonte: Leohohmann.substack.com – Por Leo Hohmann

98% dos bancos centrais (controlados pelos Rothschilds) concordam em eliminar o dinheiro e implementar CBDCs, diz um novo relatório do WEF

A era do dinheiro vivo, da cédula impressa em papel está chegando ao fim e com ela chegará o fim da privacidade e o controle total da população.

O Fórum Econômico Mundial (“WEF”) afirma que 98 por cento dos bancos centrais do mundo concordaram em implementar o sonho há muito esperado dos globalistas de uma sociedade sem dinheiro físico.

A maioria dos bancos centrais, como o FeD-Federal Reserve dos EUA, são instituições quase governamentais de propriedade privada de banqueiros bilionários (sistema criado e controlado pela família de banqueiros judeus khazares Rothschild).

E o Fórum Econômico Mundial (“WEF”) não é o primeiro a revelar os planos da elite globalista, que se prepara há anos para eliminar as moedas fiduciárias em papel. Mas este último relatório indica que o grande plano está agora muito perto de ser concretizado, talvez apenas aguardando um evento desencadeador – algum tipo de evento do Cisne Negro, como a quebra do sistema financeiro dos EUA, há muito tempo sendo planejada – antes de fazer a mudança para o “dinheiro digital”.

Conforme relatado pela primeira vez pelo Slay News, a última revelação foi feita num  novo documento branco  do WEF que declara que as nações de todo o mundo serão em breve “forçadas” a adotar uma moeda digital do banco central, ou CBDC, em vez do dinheiro tradicional.

No relatório, intitulado Modernizando os Mercados Financeiros com a Moeda Digital do Banco Central de Atacado, o WEF afirma que um CBCD substituirá todas as outras formas de dinheiro para servir como um sistema único de moeda digital global.

Faz sentido que, quando o petrodólar entrar em colapso, todas as moedas de papel atreladas a ele caiam como dominós um após outro. Isto tem sido sugerido e sendo implantado, paciente e metodicamente há muitos anos, talvez com a indicação mais clara vindo da economista Dra. Pippa Malmgren em março de 2022, quando ela discursou na Cúpula Mundial de Governos e disse:

“E direi isto com ousadia: estamos prestes a abandonar o sistema tradicional de dinheiro e contabilidade e introduzir um novo sistema. E a nova, a nova contabilidade é o que chamamos de blockchain. Significa 100% digital. Significa ter um registro quase perfeito de cada transação que acontece na economia, o que nos dará muito mais clareza [E CONTROLE TOTAL] sobre o que está a acontecer.”

O dinheiro digital não é dinheiro de forma alguma. Não é apenas digital, mas é totalmente controlável e programável, o que significa que alguma autoridade superior tem a capacidade de ligá-lo e desligá-lo, ou programá-lo de tal forma que o torne aplicável apenas em determinadas lojas ou para determinados bens, produtos, fornecedores e serviços, em detrimento de outros.

O relatório do WEF ainda afirma:

[O Dinheiro do banco central] O CeBM é ideal para transações sistemicamente importantes, apesar do surgimento de instrumentos de pagamento alternativos. A moeda digital grossista do banco central (wCBDC) é uma forma de CeBM que poderia desbloquear novos modelos econômicos e pontos de integração que não são possíveis hoje.

O relatório centra-se no objetivo alegado de simplificar as transações transfronteiriças, mas é muito mais do que isso, é a implantação de um instrumento de controle total, indispensável para a criação de um governo global totalitário.

De acordo com o FEM, os bancos centrais estão a preparar-se para implementar diferentes formas de CBDCs especificamente concebidas para serem utilizadas por diferentes instituições por diferentes razões.

Os CBDCs de atacado serão usados ​​por bancos, governos e corporações transnacionais. Os CBDCs de varejo serão reservados ao público em geral.

O relatório do Fórum Econômico Mundial (“WEF”) também confirma o que já sabíamos, que a conversão para este novo sistema digital significa que todos os ativos físicos acabarão por ser “tokenizados”, num esquema destinado a trazer mais bilhões em lucros para os bolsos das elites de banqueiros judeus khazares de Wall Street e da City de Londres:

A tokenização de ativos envolve a criação de tokens digitais que representam ativos subjacentes como imóveis, ações, arte digital, propriedade intelectual e até dinheiro. A tokenização é um caso de uso chave para blockchain, com algumas estimativas apontando para US$ 4-5 trilhões em títulos tokenizados em [tecnologia de contabilidade distribuída] DLT até 2030.

Isso não parece divertido?

E tenho certeza que nossos queridos políticos [marionetes servis] nos protegerão desses monstros, certo?

Sobre o autor: Leo Hohmann  é um repórter investigativo veterano e autor cujo livro ‘Stealth Invasion‘ passou a maior parte de 2017 entre os 10 melhores livros da Amazon sobre imigração. Ele passou décadas pesquisando e escrevendo sobre educação, imigração, crime, política e religião.


2 respostas

  1. A tecnologia do block-chain juntou forças com o Software Livre e disso nasceu o qortal.org.
    Esta é a tecnologia Web3 ‘para as pessoas, das pessoas e pelas pessoas’.
    Não só é uma forma de moeda digital mas – muito mais – uma Internet Livre, Anônima e Incensurável.
    É o antídoto contra o veneno dos CBDCs e, ao mesmo tempo, a recuperação da Internet como era no início – antes de ser abduzida pelos malignos.

  2. O Banco Central Brasileiro, privatizado por políticos comprados, agora está nas mãos dos Judeus Kwazarianos, que denominou esse CBDC de DREX, que não tem tradução do inglês, no entanto se voçê acrescentar um prefixo IN e um sufixo ING na palavra DREX, fica INDREXING, que traduzido para o português fica INDEXAÇÃO.
    Portanto a nossa economia agora está indexada ás mentes psicopatas dos adoradores de satanás da máfia kwazariana (hotchilds).
    Os trabalhadores devem estar preparados para mais achatamentos salariais, além de controle total das nossas finanças.
    Brasileiros, é imperativo REESTATIZAR urgentemente NOSSO Banco Central e sem indenizações, pelo montante de juros já roubado do povo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba nosso conteúdo

Junte-se a 4.330 outros assinantes

compartilhe

Últimas Publicações

Indicações Thoth