browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

‘The Great Reset’: Este é plano da Nova Ordem Mundial e para isso os EUA devem ‘cair’

Posted by on 11/11/2020

Construa melhor. Este é o slogan da Nova Ordem Mundial – também conhecida como a “Grande Restauração”: Você ouve-o frequente e repetidamente hoje em dia – à maneira das obedientesStepford Wives‘ – sendo repetido por todos os marionetes, desde o primeiro-ministro do Reino Unido Boris Johnson , o Príncipe de Gales até o “artista” canadense Justin Trudeau e, inevitavelmente, o senil Joe Biden, que o adotou como seu slogan de campanha à presidência dos EUA. Sobre o único líder político de uma nação que você não ouvirá usar este slogan é Donald Trump, porque ele reconhece seu “verdadeiro significado”. ‘Build Back Better’ [Construa Melhor] é o código para um dos mais terríveis e perigosos ataques às liberdades e a prosperidade coordenados globalmente na história da humanidade. 

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Construa melhor. Este é o slogan da Nova Ordem Mundial – também conhecida como a “Grande Restauração”

Fonte:  Breitbart.com

Se a implantação deste plano der certo, o mundo em que você habita ficará irreconhecível, seus filhos não terão perspectivas e mal valerá a pena viver sua vida. Build Back Better significa governo mundial totalitário por uma elite global, de bilionários e tecnocrática – tão constritiva e miserável quanto a vida sob o fascismo ou o comunismo. Esta horrível Nova Ordem Mundial é a “Grande [The Great Reset] Restauração” almejada pelas elites que querem uma governança global dos recursos do planeta.

Parece uma teoria da conspiração [lá vamos nós de novo], mas as pessoas por trás dela são perfeitamente abertas sobre isso Por que mais eles dedicariam uma edição especial da revista para delinear seu plano mestre e apresentá-lo publicamente?

Um ensaio – intitulado ‘É 2023. Veja como consertamos a economia global’ – imagina um mundo onde as coisas começaram a melhorar com a expulsão de Donald Trump do comando do pais, ainda o único empecilho para a implantação desta nova ordem. :

Os EUA começaram a mudar sua abordagem após 3 de novembro de 2020, quando Joe Biden derrotou Donald Trump nas  eleições presidenciais  e os democratas detiveram a maioria nas duas casas do Congresso [neste cenário previsto pelos globalistas].

Então, como Biden e seus amigos do ‘Great Reset’ consertam a economia global neste futuro aparentemente desejável?

Simples: o Grande Governo cuidará de tudo para voce, não apenas em escala nacional, mas global. Será administrado por uma elite tecnocrática sobre a qual você não terá nenhum controle democrático [não serão eleitos por ninguém].

Empregos e altos salários mínimos serão garantidos; o gás de xisto [nos EUA] será substituído pela energia solar; as empresas [menos as grandes corporações, tipo Complexo Industrial Militar, Big Pharma, Big Tech] – em troca de massivos resgates do governo – concordarão em ser administradas mais como cooperativas de trabalhadores comunistas; as pistas para carros nas autoestradas serão substituídas por pistas para bicicletas; as empresas não são mais movidas pelo lucro, mas pelo ‘interesse público’ e por objetivos como a “sustentabilidade”. A implantação de uma moeda digital global e única será um ponto importante. Ah – e você não precisa mais se preocupar com o pagamento da hipoteca – porque a propriedade privada será abolida.

(E sim, eles levam a sério a abolição da propriedade. Aqui está o site deles gabando-se de seus planos ainda em 2016.)

Bem-vindo ao ano 2030. Bem-vindo à minha cidade – ou devo dizer, “nossa cidade”. Eu não possuo nada. Eu não tenho carro. Eu não tenho uma casa. Não tenho eletrodomésticos nem roupas.

Pode parecer estranho para você, mas faz todo o sentido para nós nesta cidade. Tudo o que você considerava um produto, agora se tornou um serviço. Temos acesso a transporte, acomodação, alimentação e tudo o que precisamos em nosso dia a dia. Uma por uma, todas essas coisas se tornaram gratuitas, então acabou não fazendo sentido para nós possuirmos muito.

O que é incomum nesse plano de aquisição comunista global é que ele se origina não de algum encontro de estudantes de sociologia com camisetas de cabelos longos em Berkeley University, mas do Fórum Econômico Mundial [WEF], que promove um encontro anual em Davos, onde bilionários [Tipo Bill Gates, George Soros, Elon Musk, CEOs da Big Tech, Big Pharma, da mídia pre$$titute, et caterva] dão palestras a milionários sobre como vivem as pessoas comuns.

O fundador do Fórum Econômico Mundial, Klaus Schwab , escreveu um livro – vários livros, na verdade – sobre seu plano mestre. The Great Reset..

Seu último, chamado Covid-19: The Great Reset , não esconde o fato de que o caos [criado intencionalmente] da pandemia [fake] do Coronavirus representa a oportunidade perfeita para acelerar o mundo inteiro em direção a um “novo normal”.

No momento em que este livro foi escrito (junho de 2020), a pandemia continuava a piorar globalmente. Muitos de nós estão pensando quando as coisas vão voltar ao normal. A resposta curta é: nunca. Nada jamais retornará ao sentido “quebrado” de normalidade que prevalecia antes da crise, porque a pandemia do coronavírus marca um ponto de inflexão fundamental em nossa trajetória global.

Percebido? No que diz respeito aos seus novos senhores globalistas, você NUNCA vai ter sua velha vida de volta, por mais que deseje. Além disso, que fique claro: isso está sendo feito para o seu próprio bem, porque seu antigo modo de vida era baseado em um modelo “quebrado”.

Tal é a convicção do autor de que o novo normal é o que precisamos e devemos desejar, que ele mal se dá ao trabalho de fingir que o coronavírus chinês é outra coisa que um pretexto útil.

Ao contrário de certas epidemias anteriores, o COVID-19 não representa uma nova ameaça existencial.

Schwab deixa claro em seu livro que o coronavírus não é tanto uma crise quanto uma oportunidade a ser explorada – uma chance de acelerar o nascimento da Nova Ordem Mundial que ele chama de Quarta Revolução Industrial .

Mudanças radicais de tal conseqüência estão chegando, e alguns especialistas se referiram a uma era “antes do coronavírus” (BC) e “depois do coronavírus” (AC). Continuaremos a nos surpreender com a rapidez e a natureza inesperada dessas mudanças – conforme elas se fundem, elas provocarão consequências de segunda, terceira, quarta e mais ordens, efeitos em cascata e resultados imprevistos.

GIF do beijo de Joe Biden assustador - GIFs do beijo de JoeBiden assustadorIsso tudo poderia parecer uma torta no céu – os delírios demente de um alemão de aparência tão sinistra que teria feito um excelente Blofeld [um vilão] nos filmes de Bond – se não fosse por um grande problema: muitos líderes [marionetes do establishment/Deep State] mundiais, empresários bilionários e outros “mestres do universo” estão totalmente a par do projeto. Isso inclui, se não tivermos sorte, o possível futuro presidente senil e marionete Joe Biden.

Porque tudo soa como algo saído de um romance distópico à maneira de “Mil novencentos e oitenta e quatro” , de George Orwell, muitas pessoas têm a ilusão de que a Grande Restauração é uma teoria [mais uma] da conspiração que podem ignorar tudo com segurança. Mas, como disse um comentarista da Lockdown Skeptics :

‘Não é mais uma conspiração quando eles dizem tudo o que estão fazendo.’

Lentamente, as pessoas estão acordando. Um deles é o arcebispo Carlo Maria Viganò, núncio apostólico formal da igreja de Roma nos Estados Unidos, que escreveu uma carta aberta ao presidente Trump avisando-o da ameaça representada pela Grande Restauração [algo que o próprio papa Francisco VÊ COM BONS OLHOS…].

“Um plano global chamado  Grande Reinicialização  está em andamento. Seu arquiteto é uma elite global que deseja subjugar toda a humanidade, impondo medidas coercitivas com as quais limitar drasticamente as liberdades individuais e de populações inteiras. Em várias nações este plano já foi aprovado e financiado; em outros, ainda está em um estágio inicial. Por trás dos [pseudos] líderes mundiais, cúmplices e executores desse projeto infernal, estão personagens inescrupulosos que financiam o  Fórum Econômico Mundial  [WEF] e o  Evento 201,  promovendo sua agenda”.

“O objetivo da  Grande Restauração  é a imposição de uma ditadura da saúde [com vacinação em massa] visando a imposição de medidas liberticidas, escondidas por trás de promessas tentadoras de garantia de uma renda universal e cancelamento de dívidas individuais. O preço dessas concessões do Fundo Monetário Internacional será a renúncia à propriedade privada e adesão a um programa de vacinação em massa contra Covid-19 e [futura] Covid-21 promovido por Bill Gates com a colaboração dos principais grupos farmacêuticos. Além dos enormes interesses econômicos que motivam os promotores da  Grande Reinicialização, a imposição da vacinação será acompanhada da exigência de passaporte de saúde e carteira de identidade digital, com o consequente rastreamento de contato da população de todo o mundo. Aqueles que não aceitarem essas medidas serão confinados em campos de detenção ou colocados em prisão domiciliar, e todos os seus bens serão confiscados”.

O arcebispo tem razão em se preocupar. Isso não é um exercício. A Grande Restauração é uma ameaça iminente e mortal da qual todos que se preocupam com a liberdade, prosperidade e soberania nacional devem estar cientes.

Ainda teve notável e propositalmente pouca cobertura na mídia [pre$$titute]. Um dos poucos meios de comunicação MSM a abordar isso foi a Sky News Australia, cujo jornalista Rowan Dean descreveu o Great Reset como ‘um empreendimento antidemocrático projetado para destruir seu trabalho, roubar sua prosperidade e roubar o futuro e a liberdade de seus filhos. Você pode assistir minha breve visão sobre ele aqui – também na Sky News Australia.

Há um excelente resumo de leitura mais longa das questões-chave de Marc Morano, do Climate Depot. Morano reconheceu que a Grande [The Great Reset] Restauração é, na verdade, apenas uma versão reformulada do “New Deal Green”, apenas com a Covid-19 agora sendo usada como a grande desculpa para a transformação socialista por atacado, em vez de ‘mudança climática’. Ele cita o jornalista de saúde Peter Barry Chowka, que o chama de ‘Uma gripe de estado ”

‘ Controle do Estado’

O jornalista de saúde Peter Barry Chowka foi contundente, chamando a ligação entre a “solução” COVID / Clima de “uma  gripe de estado”. “Uma tomada de controle de nosso processo político supostamente democrático por burocratas médicos do estado administrativo não eleitos e irresponsáveis”, advertiu Chowka, observando que todas as soluções COVID eram virtualmente iguais às “soluções” do “New Deal Green” para a suposta “crise” climática.

“Da noite para o dia, nossa sociedade está fazendo o que o esquerdista radical deputado Alexandria Ocasio-Cortez (D-NY) e seus companheiros fanáticos do New Deal Green exigiram: um fim quase total das viagens aéreas; viagem de automóvel pessoal por um fio; promessas de assistência médica gratuita para todos rapidamente se tornando o novo status quo; e a capacidade das pessoas de ficarem sentadas em casa sem trabalhar e receberem um cheque de pagamento do governo. Os democratas querem que isso continue indefinidamente ”, escreveu Chowka [e para isso é fundamental ter o senil Joe Biden como marionete nas mãos deles].

Também definitivamente vale a pena ver – se você não se importa em ficar muito deprimido – este explicador de Dave Cullen (também conhecido como Computing Forever), que diz: 

‘Você não terá nada e será feliz … Parece muito com o comunismo global.’

Também recomendo este relato de James Corbett no Relatório Corbett, que reúne todas as próprias declarações do WEF – incluindo entrevistas dadas por Klaus Schwab – para construir um caso condenatório e assustador quanto aos horrores que nos aguardam se isso progredir mais.

#WhyAreTheyDoingThis se tornou uma hashtag popular no Twitter para o número crescente de pessoas preocupadas com as políticas extraordinariamente draconianas e muitas vezes cientificamente inexplicáveis ​​que estão sendo adotadas por governos em todo o mundo para lidar com o Coronavírus.

A Grande Restauração pode ser a resposta.

E se for a resposta – e se tantos líderes mundiais estiverem a bordo – então minha opinião é que só há um homem no mundo em um cargo político importante, representando uma poderosa nação que pode nos salvar disso. Esse homem é Donald Trump. Ele já deu recado claro e inequívoco de sua opinião a respeito desse Great Reset, em alto e bom som.  Ao discursar no encontro anual do WEF em Davos, Suíça, em janeiro de 2020, o presidente dos EUA   declarou num alerta contra esta agenda:

“Estamos comprometidos em conservar a majestade da criação de Deus e a beleza natural de nosso mundo … Mas para abraçar as possibilidades de amanhã, devemos rejeitar os profetas perenes da desgraça e suas previsões do apocalipseEsses alarmistas sempre exigem a mesma coisa : poder absoluto para dominar, transformar e controlar todos os aspectos de nossas vidas. Nunca permitiremos que socialistas radicais destruam nossa economia, destruam nosso país ou erradiquem nossa liberdade. A América sempre será o baluarte orgulhoso, forte e inflexível da liberdade”.

É por isso que, em minha opinião, esta eleição presidencial nos EUA é provavelmente o evento político mais importante que qualquer pessoa viva viverá. Do resultado dela depende nossa liberdade, nossa prosperidade, nossa civilização.


“E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim.  Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá FOMES, PESTES e TERREMOTOS, em vários lugares. Mas todas estas coisas são [APENAS] o princípio de dores. – Mateus 24:6-8

“E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas, Para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome. Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento, calcule o número da BESTA; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis[666]“.  –  Apocalipse 13:16-18


Mais informações, leitura adicional:

Permite reproduzir desde que mantida a formatação original e a conversão como fontes.

phi-cosmoswww.thoth3126.com.br

2 Responses to ‘The Great Reset’: Este é plano da Nova Ordem Mundial e para isso os EUA devem ‘cair’

  1. Eu

    Fonte Breitbart.com?!

    Você sabe que esse pessoal do Breitbart são sionistas, não sabe?!

  2. Valéria Maria Zanelo

    Tão sinistro e dantesco este cenário que gostaria que parecesse surreal, minha mente nega a acreditar tanto quanto o corpo quer negar a máscara. fui avisada há anos atrás, mas não consigo acreditar, rebeldia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.