Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Ucrânia, ‘Celeiro da Europa’ é sufocada pela Guerra, os preços dos grãos sobem

A Ucrânia ganhou o apelido de o “Celeiro da Europa” por seu rico e fértil solo escuro, vastos campos de trigo e outros produtos agrícolas. A atual invasão russa cortou o mundo da obtenção de suprimentos de grãos baratos e abundantes especialmente de trigo. “Se o conflito for prolongado – daqui a três meses, quatro meses – sinto que as consequências podem ser muito sérias”, disse Andree Defois, presidente da consultora Strategie Grains, à Bloomberg. “O trigo precisará ser racionado.”

Ucrânia, ‘Celeiro da Europa’ é sufocada pela guerra com a Rússia, os preços dos grãos sobem

Fonte: Zero Hedge

Ambos, Ucrânia e Rússia são vitais para o fornecimento global de alimentos, respondendo por mais de um quarto do comércio global de trigo, cerca de um quinto do milho e 12% de todas as calorias comercializadas globalmente, segundo a agência Bloomberg .

A Reuters  relata que os portos ucranianos permanecerão fechados até que a invasão russa termine e a segurança marítima seja restaurada para navios comerciais. 

Isso significa que todos os embarques de produtos agrícolas da Ucrânia cessaram e os comerciantes de commodities terão que procurar em outro lugar. 

A atividade nos portos ucranianos foi interrompida desde que a Rússia invadiu seu vizinho na semana passada, e o comércio de grãos da Rússia também está efetivamente em pausa. As sanções foram aumentadas para isolar ainda mais a Rússia, rica em commodities, das finanças globais, sancionando seu banco central e cortando vários bancos líderes do crítico sistema de mensagens financeiras SWIFT .

Restringir o fornecimento de grãos da região do Mar Negro ameaça aumentar ainda mais os preços globais dos alimentos, que estão perto de um recorde , em um momento em que os suprimentos já estão sobrecarregados com o clima adverso em muitas regiões do planeta em crescimento. – Bloomberg 

“Se o conflito for prolongado – daqui a três meses, quatro meses – sinto que as consequências podem ser muito sérias”, disse Andree Defois, presidente da consultora Strategie Grains, à Bloomberg. “O trigo precisará ser racionado.”

Michael Magdovitz, analista sênior do Rabobank, disse que a Ucrânia e a Rússia aumentaram as colheitas e as exportações na última década a um custo muito menor do que os agricultores ocidentais, o que ajudou a manter os preços do trigo baixos. No entanto, esse não é o caso hoje, pois a invasão russa faz com que as negociações de futuros de trigo em Chicago atinjam uma alta de seis anos. 

“Não vou colocar uma tampa no que pode acontecer”, disse Arlan Suderman, economista-chefe de commodities da StoneX, à Bloomberg. “Poderíamos facilmente estar olhando para preços em novos recordes de alta.”

O pesquisador UkrAgroConsult, com sede em Kiev, alertou que “a cadeia de produção de alimentos, desde o cultivo até os embarques portuários, está paralisada”. 

Isso nos traz de volta ao chefe global de pesquisa de commodities do Goldman Sachs, Jeffrey Currie, que disse à Bloomberg TV no início deste mês que nunca viu os preços dos mercados de commodities na escassez  que estão agora.

“Faço isso há 30 anos e nunca vi mercados assim”, disse Currie à Bloomberg TV em entrevista na segunda-feira. “Esta é uma crise sem precedentes. Estamos fora de tudo, não me importo se é petróleo, gás, carvão, cobre, alumínio, você escolhe, estamos fora disso.”

À medida que a oferta aperta, o índice Bloomberg Agriculture Spot Index sobe para novos recordes. A interrupção ocorre quando os preços globais dos alimentos já estão se aproximando de recordes e podem em breve ser catapultados para território desconhecido.


“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal   AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)” para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


Mais informação adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

0 resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *