Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Uma onda de calor de 100º F [+38º Celsius]  dentro do “gelado” Círculo Polar Ártico

Ondas de calor siberianas seriam ‘impossíveis’ sem as mudanças climáticas, diz um novo estudo: 

“O mês de junho de 2020 está empatado com junho de 2019 como o mês de junho mais quente desde que existem registros, 0,53°C acima da média do período 1981-2010, anunciou o Copernicus em um comunicado, após um mês de maio que também registrou recordes de temperaturas elevadas para a gelada região do Círculo Polar Ártico.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Uma onda de calor de 100º F [38º Celsius], com incêndios devastadores, dentro do “gelado” Círculo Polar Ártico: ondas de calor siberianas ‘quase impossíveis’ sem as mudanças climáticas, diz um novo estudo

Por Jonny Tickle – Fonte:  https://www.rt.com/russia/494954-siberia-heatwave-climate-change/

As ondas de calor siberianas deste ano, que já tiveram temperaturas acima dos 38 graus Celsius no Círculo Polar Ártico, foram tornadas pelo menos 600 vezes mais prováveis ??pelas mudanças climáticas provocadas pelo homem, de acordo com um estudo liderado pelo Met Office do Reino Unido.

verkhoyansk-7
Verkhoyansk congelada no inverno do Círculo Polar Ártico

A temperatura de 38 graus Celsius é equivalente a 100,4 graus Fahrenheit.

Um grupo de cientistas internacionais, incluindo a professora Olga Zolina, do Instituto Shirshov de Oceanologia da Rússia, descobriu que as temperaturas eram pelo menos dois graus Celsius mais quentes do que seriam sem a influência humana.

Em 20 de junho, uma pequena cidade siberiana chamada Verkhoyansk, lar de apenas cerca de 1.000 pessoas, registrou uma temperatura recorde de 38 graus Celsius – a mais quente de todos os tempos dentro do Círculo Polar Ártico. A temperatura média de julho em Verkhoyansk é de 19,9 graus, cerca de 20º a menos na MÉDIA. No inverno, os habitantes da cidade enfrentam regularmente longos períodos abaixo de -40º Celsius.

Na remota região de Yakutia, na Sibéria, a mais de cem quilômetros dentro do Círculo Polar Ártico, fica a pequena cidade de Verkhoyansk. A temperatura do inverno aqui cai regularmente para menos cinquenta graus Celsius. Está tão frio que “ninguém pode ficar de fora por mais de 15 minutos”. A única maneira de se proteger do frio intenso é envolver-se em pesadas peles de animais e seguir em frente.

verkhoyansk-8
A temperatura mais baixa [67,8º Celsius negativos] já registrada em Verkhoyansk está documentada em uma placa de granito preto na estação meteorológica da cidade. Crédito da foto: ysia.ru
Verkhoyansk foi fundada pelos cossacos em 1638. Sua localização nas partes mais altas do rio Yana é o que deu nome à cidade – “Verkhoyansky” se traduz aproximadamente do russo para “a cidade no alto Yana”. Durante a era soviética, Verkhoyansk serviu como um local para onde os presos políticos eram enviados para o exílio. Hoje, seus descendentes, bem como alguns caçadores de bois Yakuts, compõem toda a população de 1.300 habitantes da cidade.

Segundo os pesquisadores, a onda de calor deste ano “teria sido quase impossível sem a influência das mudanças climáticas causadas pelo homem”, o que aumentou as chances de temperaturas tão altas “por um fator de pelo menos 600”O principal autor do estudo, Andrew Ciavarella, chamou as descobertas de “verdadeiramente surpreendentes”.

verkhoyansk-1
Um monumento de concreto semelhante a uma cabeça gigantesca de mamute comemora Verkhoyansk como o local mais Frio do Ártico habitado pelo homem. Crédito da foto: Becker0804 / Wikimedia

Além de temperaturas anormalmente altas, a Sibéria também sofreu com vastas faixas de incêndios florestais neste verão. Em 27 de junho, o serviço de proteção aérea contra incêndios florestais da Rússia informou que mais de um milhão de hectares estavam em chamas.

O Ártico está queimando: à medida que as temperaturas atingem 100º F [38º Celsius], mais de um milhão de hectares de floresta da Sibéria estão pegando fogo

Se há um lugar que você menos espera ver um incêndio florestal, talvez seja dentro do Círculo Polar Ártico. No entanto, na última semana de junho, os incêndios na Sibéria aumentaram quase cinco vezes – e estão ocorrendo mais ao norte do que o habitual.

Arctic Fires to Record Temps: What's Causing Extreme Weather | Time

À medida que as temperaturas no extremo norte da Rússia aumentam para acima de 38 ° C (mais de 100 ° F) – quebrando os recordes de temperatura do Ártico – cerca de 1,15 milhão de hectares de floresta estão em chamas, com a grande maioria dos incêndios localizados na região da gelada Yakutia.

Aleksey Yaroshenko, chefe do programa florestal da filial russa do Greenpeace, acredita que extinguir esses incêndios é uma tarefa insuperável.

“Mesmo se empenharmos todos os nossos esforços em [apagar os incêndios], isso já é impossível”, disse ele. “A situação é a mesma do ano passado. Estamos no pé do pico dos incêndios e já notamos um aumento muito acentuado nas queimadas. ”

Não apenas os incêndios florestais estão aumentando em volume, como também afetam áreas que antes eram consideradas imunes aos incêndios. De acordo com relatos da mídia, o Programa de Observação da Terra da União Europeia avistou chamas em Yakutia, a 72.723 ° N de latitude, geralmente associada a algumas das temperaturas mais baixas já registradas na Terra.


“E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim.  Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá FOMES, PESTES e TERREMOTOS, em vários lugares. Mas todas estas coisas são [APENAS] o princípio de dores.  Mateus 24:6-8

“E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas, Para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome. Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento, calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis“.  –  Apocalipse 13:11-18


Leitura adicional:

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *