browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Antártica, derretimento de enorme geleira é irreversível…

Posted by on 02/08/2016

Geleira Pine Island, no oeste da Antártida, é uma das maiores, responsável por 20% do total de gelo da parte ocidental do continente. Sumiço do gelo vai aumentar o nível do mar, afirmam cientistas.

.

Edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Derretimento de geleira na Antártida é irreversível, aponta estudo

Fonte: http://www.dw.de/ e  http://www.bbc.co.uk/

Um iceberg gigantesco, com 700 quilômetros, que se desprendeu da Antártida, pode ameaçar rotas de navegação marítimas no Atlântico Sul. Imagens aéreas recentes tomadas do local mostram uma faixa de água entre o iceberg e a geleira Pine Island, da qual ele se desprendeu.

Localização da Geleira Pine Island, na Antártica.

Em todo o mundo, o nível do mar pode subir até um centímetro nos próximos 20 anos em consequência do derretimento de uma única geleira na Antártida, a Pine Island. Ela é uma das maiores do continente gelado, é responsável por 20% do total de gelo na Artártida Ocidental. A informação foi publicada pelo Instituto de Pesquisas Glaciais e Geofísica da Universidade de Grenoble, na França, na revista Nature Climate Change.

Segundo os pesquisadores, o derretimento da Pine Island é irreversível, não é mais possível mudar esse curso. A geleira “iniciou uma fase de recuo autossustentável e vai continuar o seu declínio irreversível”, afirma Gael Durand, um dos cientistas envolvidos no estudo.Desde de 2000, o tamanho de Pine Island diminuiu 10 quilômetros.

O derretimento também ficou mais acelarado nos últimos 40 anos: cerca de 20 bilhões de toneladas de gelo desapareceram por ano entre 1992 e 2011. Essa quantidade pode chegar até 100 bilhões de toneladas, causando um aumento de 0,3 até 1 centímetro no nível do mar nos próximos 20 anos.

Para a pesquisa, os cientistas se basearam em três modelos de simulação de fluxo de gelo e concluíram que a perda pode chegar a 40 quilômetros nos próximos 50 anos. A Pine Island é uma das maiores rotas para o fluxo de gelo da Antártida para o mar e, para os cientistas, entender seu mecanismo ajudará na previsão do aumento do nível do mar devido ao aquecimento global.

Clima no mundo

Outro estudo publicado no início de janeiro apontou que o derretimento dessa plataforma depende da direção do vento, relacionada a mudanças tropicais associadas ao El Niño – fenômeno que altera a temperatura da superfície da água no Oceano Pacífico e modifica o clima e os ventos.

Estudos anteriores defendiam que, com o aumento da temperatura do oceano, a geleira estava derretendo por baixo. A pesquisa do British Antarctic Survey em parceira com a Universidade de Washington mostrou que, além disso, a água mais quente está chegando em maior volume na plataforma continental. Nas últimas décadas, a presença dessa camada de água mais quente foi constante na plataforma continental em contato com a Pine Island.

Mas em 2012 essa camada de água quente diminuiu e no verão do mesmo ano foi medido o menor nível de derretimento da geleira. Nessa mesma época, também foi registrada uma mudança na direção dos ventos nesse local, com a presença da La Niña, evitando, assim que essa água mais aquecida atingisse a geleira.

 “Esses novos resultados mostram que a quantidade de gelo que derrete nas geleiras da Antártida pode depender das condições climáticas de outros lugares do planeta”, afirmou Eric Steig, um dos coautores da pesquisa.

Esse derretimento contínuo das geleiras está sendo observado por cientistas no mundo inteiro e o aumento do nível do mar ameaça a costa de algumas regiões. No mês passado, a Agência Espacial Europeia afirmou que a camada de gelo do oeste da Antártida está derretendo em um ritmo muito mais acelerado, cerca de 150 quilômetros cúbicos por ano. CN/afp/lusa – DW.DE

new-york-inundação-leste-EUA

A massa gigante de gelo, do tamanho de Cingapura, se desprendeu da geleira em julho, mas na época ela permaneceu presa pelo gelo em seu entorno, já que era inverno no hemisfério Sul.

“Nos últimos dias em Janeiro de 2014, o iceberg começou a se romper, e agora há uma faixa de um ou dois quilômetros de água que se desenvolveu entre ele e a geleira”, afirma o pesquisador Grant Bigg, da Universidade de Sheffield (Grã-Bretanha).

Bigg e sua equipe receberam um financiamento de emergência para monitorar a movimentação do iceberg e prever seu deslocamento. “Normalmente leva um tempo para que os icebergs dessa área deixem a baía de Pine Island, mas quando saem podem ir tanto na direção leste, ao longo da costa, ou podem circular à parte principal do Atlântico Sul”, afirma Bigg.

O pesquisador disse à BBC News que um iceberg foi identificado na Passagem de Drake, entre o Cabo Horn, na América do Sul, e as Ilhas Shetland do Sul, na Antártida.

Se o iceberg gigante seguir a mesma trajetória, pode causar distúrbios em uma movimentada rota marítima internacional. A geleira de Pine Island é descrita como a geleira mais longa e de crescimento mais rápido na Antártida, gerando grandes icebergs a cada seis a dez anos. Outros desprendimentos importantes ocorreram em 2001 e 2007.

O início do desprendimento para a formação do iceberg gigante foi detectado pela primeira vez em outubro de 2011. Os pesquisadores das Universidades de Sheffield e de Southampton pretendem prever os possíveis rumos do iceberg nos próximos 12 meses.

contagem-regressiva

“Até quando vocês, inexperientes, irão contentar-se com a sua inexperiência? Vocês, zombadores, até quando terão prazer na zombaria? E vocês, tolos, até quando desprezarão o conhecimento?” – Provérbios 1:22


Saiba mais em: 

  1. http://thoth3126.com.br/category/mudancas-climaticas/
  2. http://thoth3126.com.br/antartica-com-o-degelo-aparecem-piramides/
  3. http://thoth3126.com.br/antartida-descoberto-vulcao-ativo-erupcao-poderia-elevar-os-niveis-dos-oceanos/
  4. http://thoth3126.com.br/eventos-incriveis-acontecendo-na-antartica/
  5. http://thoth3126.com.br/novo-telescopio-no-polo-sul-spt-south-pole-telescope/
  6. http://thoth3126.com.br/antarctica-tem-lagos-com-aguas-quentes-em-seu-interior/

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

Thoth-flordavidawww.thoth3126.com.br

4 Responses to Antártica, derretimento de enorme geleira é irreversível…

  1. Felipe ferreira

    Você tem alguma prova concreta sobre essa matéria ?? alguma fonte CONFIÁVEL ??
    envie por favor…

    • Thoth3126

      A NASA é uma das fontes mais consultadas. Consideramos que as FONTES CITADAS também são muito confiáveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *